Lista de Leitura: Hoppy

Lista criada por: ~
4 histórias
Fanfic / Fanfiction Uma paixão chamada: J-Hope
Em andamento
Capítulos 40
Palavras 152.067
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Angel é uma corredora profissional, investiu metade da sua vida nisso.

J-Hope é um ex corredor preso em uma cadeira de rodas por tempo indeterminado.

O que ela ama, ele odeia...e o destino? O destino pode ser bem cruel quando quer.
Família, pistas, amigos, tragédias...até que ponto o verdadeiro amor vale a pena?
  • 256
  • 219
Fanfic / Fanfiction Loving the wrong guy (Imagine J-Hope - BTS)
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.653
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ecchi, Hentai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
"...Jung Hoseok. Ele é o responsável por ela não falar mais comigo nem olhar na minha cara, quando passa ao meu lado finge que não existo. Parece ser filha única. Ela conhece Hoseok de um modo e eu de outro. Isso me deixa ainda mais confusa quando esbarro nele.
Com a minha irmã ele é todo mal educado, irônico, sem noção, sério, frio; um verdadeiro Bad Boy. Mas comigo... é completamente ao contrário, ele mostra somente quando estamos sozinhos quem realmente é. Um garoto alegre, feliz, sorridente, educado, gentil... Tudo isso fez com que eu acabasse me apaixonando por ele..."
  • 441
  • 21
Fanfic / Fanfiction Race of Life - Imagine J-hope
Terminada
Capítulos 80
Palavras 99.366
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Gêneros Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Olá meu nome é (s/n) tenho 20 anos, tenho um irmão chamado Jungkook ele é dois anos mais velho do que eu. Ele é da equipe de Jung Hoseok ou J-hope um dos melhores pilotos da atualidade. Sou assistente de Hoseok ele é muito rígido comigo, sempre bravo...aceitei esse emprego pois estava precisando de dinheiro na época, mas eu nunca tive vontade de me demitir...não sei eu acho que Hoseok precisa de mim e não posso deixá-lo.

(Capa atualizada)
  • 600
  • 442
Fanfic / Fanfiction Covenant (Imagine J-Hope - BTS)
Terminada
Capítulos 2
Palavras 5.150
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ecchi, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
"...—E-Eu soube que você é um feiticeiro que concede favores por troca. – Gaguejei nervosa, respirei fundo tomando meu controle de volta.
—Quem lhe contou? – Perguntou não parecendo muito feliz com minha revelação.
—Uma amiga disse que ouviu pessoas do vilarejo comentando sobre pedidos que você os concedeu em troca de algo. Eu quero uma troca. – Ergui a cabeça firme, o tão homem suspirou e retirou a enorme touca que cobria todo seu rosto, ele era magnífico, dono de uma beleza extraordinária. Seus olhos em um tom castanho médio me fitaram intensamente procurando vestígios de mentiras. Encostou-se à cadeira suspirando.
—Que troca? – Cruzou as mãos sobre a mesa parecendo curioso sobre minha proposta. —Estou ouvindo garota, faça uma proposta boa. – Moveu a mão em minha direção como se me concedesse permissão.
—Minha mãe está doente, ninguém consegue descobrir do que se trata, eu já vasculhei todos os lugares possíveis procurando uma resposta, não encontrei nada, uma amiga contou sobre você e preciso saber que ainda tenho chance de salvar minha mãe ou não, não quero perdê-la agora, não é a hora. – Expliquei rapidamente a ele a história, peguei a pequena sacola da minha cintura a jogando em uma mesa deixando a mostra tudo o que eu havia levado. —Quero uma cura para salvar minha mãe. – Fui o mais clara possível.
Ele pareceu pensar, olhou para o ouro e as joias sobre a mesa; ficou em pé vindo em minha direção, permaneci parada, sem demonstrar medo, eu precisava de uma cura, não tinha tempo, não podia sair correndo e perder a única chance que me restava. O feiticeiro andou em círculos ao meu redor parecendo me estudar. Parou em minha frente, sério.
—Tudo bem, vou lhe dar algo que cure sua mãe. – Meus olhos marejaram com a possibilidade de salvá-la. —Mas como sabe, peço algo em troca. – Disse com a voz baixa..."
  • 1.005
  • 120