Lista de Leitura: Kim Taehyung ♡

Lista criada por: ~
9 histórias
Fanfic / Fanfiction Assassinos - Imagine Kim Taehyung (V)
Terminada
Capítulos 30
Palavras 34.272
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
- Por favor Hoseok.- dizia sua mãe fraca,- por favor, levem eles pra escola.- esse foi o último pedido dela.


- Minha mãe morreu quando eu tinha 6 anos meu irmão Jungkook 7, era a primeira vez que íamos a escola, mas ela morreu em um tiroteio, durante o trajeto, e pediu pro nosso irmão Hoseok que na época tinha 12 anos, para nos levar para escola, bom ele fez o que minha mãe pediu, mas por causa do nosso trabalho, vivíamos mudando de cidade, e as vezes de país, mas para fazer o ensino médio, não podemos fazer o que fazemos, não por enquanto.


Ah sim, somos assassinos de aluguel.
  • 319
  • 119
Fanfic / Fanfiction Meu querido meio irmão
Terminada
Capítulos 35
Palavras 28.164
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), HyunA, Zico
Gêneros Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Moon uma garota de dezoito anos, órfã de mãe, que faleceu quando Moon tinha apenas dois anos de idade, criada pelo seu pai que casou com uma coreana também viúva e tem dois filhos mais velhos que Moon. Por causa disso Moon vai para Coréia do Sul morar com sua madrasta e seus "meio irmãos".
Oque será que vai acontecerá, será que Moon vai encontrar novos amigos, e quem sabe um novo amor?!
  • 118
  • 84

Comatose escrita por ~btscream

Fanfic / Fanfiction Comatose
Terminada
Capítulos 20
Palavras 92.457
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Harem, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
[Sendo reescrita]
"Você escolhe a maneira que vai viver sua vida, você escolhe suas ações, suas falas, sua personalidade..."

– Baixinha, cara de nojenta. – murmurou. – Com certeza você é irmã do Namjoon.
– Cabelos laranjas e um bom humor imensurável. – soei intencionalmente irônica – Óbviamente, um telettubie.

"Você faz as escolhas que lhe apetecem, entra no caminho que lhe agrada..."

– Se você for ficar na minha classe, eu pedirei um veneno para o café da manhã.
– E se você for na minha, certificarei de que o veneno será de verdade. – Taehyung ameaçou.

"Você faz de tudo para sua vida ser completamente planejada... Mas, existe algo que você não pode lutar..."

– Eu preciso que esse. Coisa. Cale a boca. – pedi. Um urro de hienas seria mais agradável.
– Acontecem que eu estou um pouco me lixando para o que você precisa. – Taehyung murmurou.
– Eu te odeio – proferi irritada, fazendo Taehyung revirar os olhos. – Sim, eu odeio. E sabe o que mais? Eu te acho um-
– Odeie o que quiser, mas faz um favor... – suspirou. – Guarda pra você.

"E esse, é o destino."

– Hye. Eu. – suspirou. – Eu te amo. – Taehyung proferiu as palavras com uma dor imensurável. Coisa que eu não entendia. Como amar alguém poderia ser tão doloroso e confuso? Sua voz estava embriagada, áspera. Séria. Três palavras ditas com tanta seriedade que eu jurava ter lido em seus olhos que todas suas células queria que eu acreditasse nas palavras. Nessas palavras que, apesar do momento, soaram como a melhor música para meus ouvidos. -– Eu te amei desde quando você chegou, te amo, e te amarei até depois que meu coração parar de bater.
  • 3.553
  • 1.349
Fanfic / Fanfiction Bad Brother-Imagine Incesto BTS-V
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 8.106
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Nome: Kim ______
Idade: 16 anos
Função: Ser trouxa
Hobbie: Se apaixonar por seu irmão Kim Taehyung

Pobre ______ mal sabia que se apaixonar por seu irmão, seria seu maior erro.

Porém quando amamos vale a pena, certo? Definitivamente não, nem tudo são flores.
  • 531
  • 158
Fanfic / Fanfiction Dear Submissive
Em andamento
Capítulos 17
Palavras 16.140
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Você é dona de uma empresa de jóias, Makimoto, a empresa mais prestigiada e consagrada da Coreia do Sul. Sendo assim a torna mais poderosa e sádica. Uma mulher que em vez de ser ferida por homens ela os fere e só quer saber de satisfazer seus desejos. Qualquer xingamento que receba de homens que você ja usou, pra você será apenas um elogio e mostrará que é mais poderosa ainda.

Kim Taehyung seu secretário e o homem que você deseja apenas para brincadeiras sexuais. Ele é um tanto quanto timido , mais você sabe perfeitamente que ele tem seu lado sexy e safado, mesmo não querendo demonstrar. Você será capaz de saber separar seu trabalho com o prazer que quer dele??.

Deixar seu orgulho de lado e se arriscar nessa aventura prazerosa que terá???.

{Fanfic inspirada em " Irresistible - Imagine Taehyung" da autora ~GirlD_Bae. Não é PLÁGIO!!, a fanfic é inspirada, e aconselho que lêiam a fic dela também. Também inspirada em "Obscure Pleasure - Imagine Jungkook."}

Capa: @HigurashiMellow
  • 62
  • 27

Ao acaso escrita por ~Laryhw1

Fanfic / Fanfiction Ao acaso
Em andamento
Capítulos 4
Palavras 9.965
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Aventura, Comédia, Romance e Novela
Meu nome é Bianca Nery, tenho apenas 20 anos, e fui convidada por minha irmã pra passar um tempo na Coreia do Sul, e eu juro que tava com a consciência de que ia ser tudo calmo.....Eu juro que tinha isso na mente, até chegar na Coreia e conhecer um amigo da minha irmã e tudo virar de cabeça pra baixo....
  • 4
  • 0
Fanfic / Fanfiction Aleatória (Imagine Kim Taehyung)
Terminada
Capítulos 16
Palavras 34.502
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Muita gente deve pensar, assim que me vê desse jeito, que eu estou apenas com frescura, que é apenas uma fase ou que sou uma aborrescente, algo normal pra minha idade. Porém, na minha cabeça, isso é apenas uma calúnia, e das grandes.

Ultimamente, um sorriso vale muito mais do que valia antigamente para mim. Ele apenas surge em minha face para pessoas que convivo o tempo inteiro, ou seja, escola e afins. Porém, as verdadeiras pessoas que viveram comigo desde que nasci, meus pais, parecem não merecer mais o meu sorriso.

Aprendi esses tempos na aula de Química que, para que uma molécula de certa substância possa se locomover, é preciso certa quantidade de energia. O mesmo acontece com um sorriso meu, ele precisa desse mesmo valor de energia, porém convertido em uma simples palavra: amor. E, de uns tempos para cá, não é exatamente isso o que está acontecendo com meus pais e até mesmo outros familiares. Mesmo na escola, onde me divirto e rio sem parar, muitas vezes quando sorrio, é falso, porque sinto a energia mentirosa e/ou estou triste.

Sinceramente, adolescência é um saco... Um pé no saco.

[...]

"A propósito, sou o V."

Assim que ele me manda isso, fico completamente triste. Isso é um nome por acaso? Um menino tão lindo assim poderia ser chamado por uma simples e insignificante letra?

"V de Viado ou de Vadio?"

Pergunto, tentando ser um pouco irônica. Logo, recebo sua mensagem.

"É V de Viril mesmo... Brincadeira. É meu apelido que criei para o aplicativo... Sabe, eu estava cansado de ficar tentando e tentando arranjar um user válido, daí quando eu me irritei, acabei colocando V."

Sorrio. Ele parecia ser fofo, e não apenas por seu rosto.

"Já que é assim... Pode inventar um apelido pra mim. Acabei pegando as sugestões, e agora eu sou a amiga003."

Envio e subo um pouco a conversa para admirar sua foto novamente, porém tenho de descer tudo de novo para ver sua mensagem nova.

"Posso te chamar de Aleatória? Afinal, você realmente foi uma escolha aleatória..."

Dou risada de sua resposta e fico encarando aquela simples mensagem novamente, subo para ver seu sorriso angelical, e logo o respondo.

"Ok, mas só porque não temos outra opção..."
  • 812
  • 238