Lista de Leitura: MaVen

Lista criada por: ~
3 histórias
Fanfic / Fanfiction Rise, Red As The Dawn
Em andamento
Capítulos 11
Palavras 19.057
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Rainha Vermelha
Gêneros Ação, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
A Guarda Escarlate foi forçada a se manter escondida após o desastroso ataque a capital, e Maven, o novo Rei de Norta os caça impiedosamente. Seus números de recrutados e soldados diminuíram, e com as novas restrições dos Vermelhos, a rebelião e guerra que eles esperavam para incitar parece impossível...

Lutando com seus demônios internos, Mare Barrow jurou para si mesma que ia achar os outros New Bloods como ela, e tornando eles membros da Guarda Escarlate, eles podem ser a única esperança que a rebelião incipiente tem. Sua batalha interna continua ao mesmo tempo que ela luta mais uma vez contra seus sentimentos por Cal, o Príncipe Traidor que está sob custódia da Guarda Escarlate e lutando contra seus próprios demônios.

Assim como a guerra paira no horizonte, eles devem perdoar um ao outro para salvar o que amam, ou assistir tudo o que já trabalharam para conseguir cair sobre eles.

Somente uma coisa é certa neste novo amanhecer:

KNEEL OR BLEED

  • 46
  • 27
Fanfic / Fanfiction The Red Queens: The next generation.
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 12.039
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Rainha Vermelha
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela
(Essa fic se passa 15 anos depois de 'A Prisão do Rei')

15 anos desde que ela o perdoou.
15 anos desde que eles se casaram.
15 anos desde que elas nasceram e trouxeram alegria para eles.
15 anos desde que ela morreu.
E agora o que acontecerá com as suas filhas.
Segredos serão revelados, máscaras arrancadas, poderes evoluirão.
'Os deuses ainda reinam, ainda descem das estrelas, mas eles não são gentis.'

(Esta fanfic terá Mareven, porque apesar de tudo, eu ainda shippo os dois, se não gosta não leia. Mas quiser arriscar pode vir)
  • 19
  • 15
Fanfic / Fanfiction The Virtuoso and The Maven of The Strings. - (EDITANDO)
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 29.755
Atualizada
Idioma Português
Categorias League Of Legends
Gêneros Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
- Me disseram que psicopatas não amam ninguém...parece que estavam certos...

- Meu amor é diferente de tudo que conhece, minha querida.








“A ordem através da música."

Sona Buvelle, The Maven of The Strings: Nascida muda e sem lembranças de sua família, Sona foi abandonada nas portas de um orfanato ioniano junto de um enigmático instrumento musical quando ainda era bebê. Em sua infância a garota chamava atenção na casa de adoção por sua aparência exótica e seu dom incomum para perceber músicas e sons, mas sua deficiência afastava possíveis pais adotivos. Passados vários anos sem conseguir uma família, um dia Sona, que já era uma adolescente, foi adotada pela nobre demaciana Lestara Buvelle. Desde então, sua vida mudou radicalmente.

Desfrutando de uma vida de luxo que ela jamais imaginaria e com a orientação de Lestara, a jovem começou a compreender sua ligação com a lendária harpa Etwahl e a desenvolver seu dom nato para a música. Através dele, podia finalmente ser compreendida pelo mundo e com o tempo uma paixão muito forte cresceu em si, juntamente de um ambicioso desejo: Se tornar a maior musicista de Valoran. Com a dedicação certa esse sonho estava perto de ser alcançado.

Porém, nem tudo são flores. A guerra entre Noxus e Ionia devastava a ilha continental e Sona via tudo que amava ameaçado de sumir para sempre. Disposta a impedir uma tragédia, a garota secretamente buscava alcançar pleno domínio sobre Etwahl para assim, trazer harmonia através de suas melodias para toda Runeterra. Ser capaz de mudar as pessoas com seu poder era tudo que ela queria, para ela mortes e batalhas não curariam a guerra, mas caso tudo desse errado gostaria de ter a força para lutar e defender quem necessitasse.

No contra tempo, assassinatos brutais e inexplicáveis começaram a ocorrer em Ionia e o terror iminente voltara. Um antigo inimigo havia retornado mais forte e perigoso do que nunca, disposto a transformar a nação em um perfeito palco de matanças. Um homem misterioso iria surgir na vida de Sona criando sentimentos desconhecidos para ela e revirando sua vida de cabeça para baixo. Mal a musicista suspeitaria que o assassino estava mais perto do que imaginava.









“A essência de algo é encontrada em sua ausência.”

Khada Jhin, The Virtuoso: Um antigo aprendiz, o mais brilhante e notável da Ordem que pertencera, mas transformado por um passado perturbador. Khada Jhin é um homem em conflito com seu próprio eu. Perdendo a humanidade que lhe restava e deturpando sua própria existência, o homem se tornou obcecado pela morte, vendo o fim como algo dramático e belo. Revivendo inúmeras vezes seus traumas e culpa, abraçou as sequelas de seu passado e o que já fora chamado de virtude se tornou a sentença de todos que considerava “boas vítimas”.

Sua vida se tornou cinza e seu único sentido de existência passou a ser reviver para sempre aqueles “últimos momentos”, os últimos momentos antes de se tornar o que se tornou, o momento em que matar poderia ser a coisa mais prazerosa em resposta ao ódio que sentia. Ele não podia ser belo, não podia ser puro e se matar não adiantaria, mas seu alter ego "Jhin" poderia trazer a beleza. Ele seria a própria beleza, o mal necessário. O fim era inevitável e precioso e ele acabaria com tudo eternizando na morte uma forma bela em um ciclo eterno. Seu antigo eu havia morrido, o corpo e a face impura, e no lugar um botão nasceu.

Procurado por muitos anos em Ionia pelos crimes horrendos que cometera, o demônio dourado foi capturado pela Ordem Kinkou durante o festival do florescer no estreito de Jyom. Aprisionado em Tuula, inúmeros monges tentaram curar Jhin de sua insanidade, mas a loucura que havia se instalado não podia ser curada por remédios ou palavras, a ferida era exposta e imensamente profunda. As lendas do demônio se espalharam por toda ilha e posteriormente Valoran, e a descoberta que a aberração assassina na verdade era um humano, chamou a atenção de pessoas poderosas dispostas a ter o assassino em sua posse. Uma facção sombria conspirou por sua libertação e novamente o demônio estava solto se tornando um dos assassinos cabais.

O botão floresceu e a carnificina o manteria vivo. Armado pelo arsenal Kashuri e ansioso por realizar novamente sua arte profana, Jhin se tornou uma arma, uma arma de terror na mão da facção. Nutrindo desejos de vingança por aqueles que o prenderam e por aqueles que o usavam, Ionia novamente seria seu teatro de horror em proporções catastróficas. No entanto, o rumo de seus planos mudaria. Aquela mulher era tudo que Jhin precisava, sua obra mais bela, matar ela talvez curasse sua loucura, ele desejava ela, Sona Buvelle.


Uma pessoa nasce psicopata ou se torna psicopata?

É possível mudar por alguém?


Dois artistas com passados obscuros, será que o amor é mais forte do que o ódio?





SINOPSE ATUALIZADA!





Olá! Se você chegou aqui agora e não conhece a fanfic, ela sofrerá alterações em breve nos capítulos 1,2 e 3 principalmente (eles serão reescritos) mas fique à vontade caso queira ler.

Para mais informações sobre as mudanças ler o capítulo ( Aviso importante )
  • 47
  • 30