Lista de Leitura: Percy Jackson

Lista criada por: ~
2 histórias
Fanfic / Fanfiction Confissões de Uma Semideusa em Crise
Em andamento
Capítulos 13
Palavras 21.223
Atualizada
Idioma Português
Categorias As Crônicas dos Kane, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
(Segunda temporada de Diário de uma semideusa em crise)

(Em hiatus)

Uma semana. Esse foi o tempo máximo que os deuses deixaram Isabell e os outros semideuses da profecia livres.

Deuses, mal deu tempo de respirar. Depois de um mês em um estado quase vegetativo era isso que eles chamavam de férias?

Ela queria curtir mais. Queria aproveitar a presença de Percy e Nico, seus irmãos. Sanguíneo e de consideração, respectivamente. Gostaria de desfrutar da sua amizade com Adriana e das outras garotas.

Mas, acima de tudo, desejava ficar junto de Leo, até porquê, depois de tanto sofrimento, ambos mereciam aquilo.

Pena que esses não eram os planos dos deuses. E, você pode ter certeza: eu não estou lhe falando só de deuses gregos ou romanos.

Se quiserem vencer Urano, alianças improváveis serão necessárias. Mas ninguém disse que elas seriam fáceis de serem formadas.
----------------------------
Avisos:

- Essa fanfic é minha, temos um universo inteiro para aproveitar, plágio é crime!

- Os personagens não são meus, foram criados por Rick Riordan, ou tio Rick para os íntimos, apenas as cenas são minhas.
  • 94
  • 126
Fanfic / Fanfiction Daughter Of Poseidon
Terminada
Capítulos 69
Palavras 85.256
Atualizada
Idioma Português
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Ela foi me arrastando até a cela e me jogou lá dentro com muita força no chão. Eu estava de frente e acabei caindo em cima do meu braço que doeu muito. Mas naquele momento, não importava a dor, o sangramento e nem as torturas. Nada importava! Eu só queria uma coisa... Dar adeus ao meu amor. Dizer lhe que o amo. Mas pelo visto, eu não iria conseguir. Irei ficar aqui sendo torturada e vou morrer de fome ou sede logo. Mas eu nunca entregarei o que ele pediu, porque uma coisa que aprendi foi: "Nunca confie nele." Naquele momento senti meu coração doer e meus olhos se encheram de lágrimas, como um grito de socorro no vazio e tudo se esclareceu. Eu nunca mais iria ver quem amo. Será que morrer não seria melhor? Qual o sentido da vida? Por que eu não tenho o direito de ser feliz? Por que sempre alguém tem que atrapalhar tudo? Essas perguntas estavam martelando na minha cabeça e as respostas poderiam estar bem na minha frente, eu só não conseguia vê-las. - Aquamarine.
  • 468
  • 904