Lista de Leitura: Aleatórias

Lista criada por:
4 histórias
Fanfic / Fanfiction Não se renda
Em andamento
Capítulos 19
Palavras 45.425
Atualizada
Idioma Português
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Gêneros Hentai, Luta, Romance e Novela
Levi é o melhor soldado do grupo de elite capitaneado por Erwin, e recebe a difícil tarefa de treinar a novata e promissora Mikasa Ackerman.

Erwin o considera ideal para o papel: assim como ela, Levi já foi o garoto problema da corporação, embora por outros motivos.

Pela primeira vez em anos, Levi duvida de sua capacidade de concluir uma tarefa. Conseguirá passar por cima dos fantasmas de seu passado e de sua tragédia pessoal, e transformar Mikasa na soldado que o esquadrão tanto precisa?
  • 218
  • 170
Fanfic / Fanfiction Moço do ônibus ((Jeongcheol))
Em andamento
Capítulos 20
Palavras 56.975
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Ele olhava pela janela, tentando encontrar o olhar perdido daquele moço que estava sentado no banco da janela no ônibus parado em frente ao seu prédio.

Ele se perdia no olhar daquele moço do apartamento, mesmo achando que ele não lhe via devido a película da janela.

Se seus olhares não tivessem se cruzado, quando a sinaleira estragou e um congestionamento surgiu na rua, fazendo o menino observar a paisagem e encontrar o outro parado na janela com sua xícara de café olhando o movimento, muita coisa seria diferente na vida dos dois.

{Fluffy} {Menção Jihan, Cheolsoo}
  • 272
  • 122
Fanfic / Fanfiction Lose Control - JeongCheol
Terminada
Capítulos 1
Palavras 3.080
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Ficção Adolescente, Lemon, Yaoi (Gay)
“‘Talvez tenha sido uma brisa forte, ou alguém tenha trancado a porta sem verificar se havia alguém ali, mas isto deixou os dois garotos sozinhos, assustados e olhando um para o outro, sem saber o que fazer.

— O que caralhos você fez, JeongHan? — SeungCheol perguntou, tentando abrir a porta.

— Eu não fiz nada! — exclamou, jogando a mochila no chão e ajudando o mais alto.’

Ficar preso em uma sala de aula, no escuro, durante uma tempestade, com um amigo seu. Seria isto tão ruim, de fato?”
  • 239
  • 12