Lista de Leitura: seriemusica Lista de leitura

Lista criada por: ~
4 histórias
Fanfic / Fanfiction Beautiful Crime
Em andamento
Capítulos 32
Palavras 71.139
Atualizada
Idioma Português
Categorias Orphan Black
Gêneros Drama (Tragédia), FemmeSlash, Policial, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Tatiana Maslany sofre de sinestesia e tem uma memória perfeita. Com essas habilidades, ela é convidada a juntar-se a uma equipe especial organizada pelo chefe de Ciência Comportamental do FBI. Uma das integrantes desta equipe é Evelyne Brochu, a líder. Quando as duas mulheres passam a conviver diariamente, combatendo criminosos, infiltrando-se em operações secretas de risco, elas descobrirão estarem mais interligadas do que imaginam.
  • 207
  • 276
Fanfic / Fanfiction Defy Them - Cophine
Em andamento
Capítulos 42
Palavras 124.451
Atualizada
Idioma Português
Categorias Orphan Black
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Delphine Cormier ficou devastada desde o momento em que descobriu a morte do pai, e mesmo tendo uma vida em Paris se obrigou a voltar para Toronto, onde viu todo o império que John Cormier demorara uma vida para construir ser colocado em uma perigosa disputa de poder entre ela e sua meia-irmã Rachel Duncan. Sendo a mais velha das filhas Cormier, Delphine tinha a preferência pela presidência do Dyad, mas na leitura do testamento deixado por seu pai, ela vê seu cargo à deriva devido a uma cláusula imposta por John. Em meio a sua nova vida, cheia de altos e baixos Delphine encontra uma mulher que torna sua existência menos vazia, uma mulher que a faz se sentir completa, uma mulher pela qual jamais imaginou se apaixonar.
  • 158
  • 470

Bodas de Prata escrita por ~AccioShipp

Fanfic / Fanfiction Bodas de Prata
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.914
Atualizada
Idioma Português
Categorias Orphan Black
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Após a queda da Neolution e a liberdade de finalmente serem quem realmente desejam, as clones seguiram suas vidas felizes.

Rachel Duncan teria tido um fim trágico, se não fosse por um pedido simples de Charlotte. A clone mirim acreditou que poderia mudar a história da mulher, e assim fez. Pediu para Rachel adotá-la, e a mesma a acolheu de braços abertos. Seu desejo de ser mãe, realizou-se.

Sarah Manning passou a nutrir sentimentos por Rachel. Tentando evitar ao máximo, a loira chegou a um ponto em que não conseguia mais esconder que os sentimentos por Manning eram correspondidos.

Um olhar...
Um batom vermelho...
Um desejo...
E finalmente as bodas de prata...
  • 13
  • 5
Fanfic / Fanfiction Um Amor Por Oculto (UAPO)
Em andamento
Capítulos 11
Palavras 28.677
Atualizada
Idioma Português
Categorias Orphan Black
Gêneros Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Vocês já se apaixonaram perdidamente por alguém?

Ou algo que se pareça com amor?

Pois então.

Passei muitos anos de minha vida pensando que já havia idealizado o amor da minha vida. E que seria um rapaz lindo, forte e ao mesmo tempo delicado, compreensivo e de bom coração. Mas esse cara não existe. O homem perfeito não existe, ou ainda não existe nesse século.

Com o passar dos anos do meu ensino médio, fui sentindo uma forte atração pelas meninas. Não entendia esse sentimento e nem ao menos me entendia, guardava tudo para mim mesma. Nunca foi nada forçado, apenas sinto. Mas há um problema.

Eu ainda não havia ficado com nenhuma.

Oi, me chamo Cosima Niehaus, tenho vinte anos e estou no segundo período de Literatura na faculdade.
Não me pergunte o porquê. Mas sempre senti uma forte atração pelas meninas, porém nunca beijei nenhuma garota.
Não sei, sempre acontecia algo que me fazia ir embora no momento exato que iria acontecer algo.
E não... Nunca fui pra balada, usei drogas, fumei ou bebi na minha vida.

Praticamente uma santa.

Sim. Nunca fiz nada de errado.
Até conhecer Delphine Cormier...

Meu pai sempre me protegeu do mundo. Nunca me deixou sair muito e eu até entendo.
Sou filha única, então já viu, não é?

Mas sei lá, queria saber como são essas coisas. Quero aproveitar a vida enquanto sou jovem. Não deixando de estudar, jamais, mas tem coisas na vida que gostaria de sentir.

Tipo um amor.

E meu amor por Delphine é mais forte do que qualquer coisa, até mais forte que a morte.

Sim, essa tal Delphine é o grande amor da minha vida, e sabe por que? Porque ela me faz querer continuar vivendo e com ela não tenho medo de nada. Me sinto segura. Uma protege a outra e ao lado dela que quero continuar vivendo.

Vocês sabem como é, não é?

Já sentiram algo que se pareça com amor?

Parece ser estranho e ao mesmo tempo doentio, possessivo e suicida.

Mas mesmo correndo todos esses riscos, eu precisava sentir.

E eu senti.
  • 77
  • 68