Lista de Leitura: Taehyung

Lista criada por: ~
2 histórias
Fanfic / Fanfiction Imagine- Kim Taehyung (BTS)
Terminada
Capítulos 64
Palavras 41.339
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Olá meu nome é (S/N), sou brasileira e tenho 17 anos e estou prestes a fazer 18. Tenho um irmão mais velho seu nome é Junior e ele tem 21 anos.
Estou indo morar na Coreia (sozinha) talves por 5 anos ou mais.

Estou com muito medo, pois vou morar pela primeira vez sozinha....

"A vida é bela, a gente que embanana ela"...
  • 287
  • 358

Comatose escrita por ~btscream

Fanfic / Fanfiction Comatose
Terminada
Capítulos 20
Palavras 92.457
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Harem, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
[Sendo reescrita]
"Você escolhe a maneira que vai viver sua vida, você escolhe suas ações, suas falas, sua personalidade..."

– Baixinha, cara de nojenta. – murmurou. – Com certeza você é irmã do Namjoon.
– Cabelos laranjas e um bom humor imensurável. – soei intencionalmente irônica – Óbviamente, um telettubie.

"Você faz as escolhas que lhe apetecem, entra no caminho que lhe agrada..."

– Se você for ficar na minha classe, eu pedirei um veneno para o café da manhã.
– E se você for na minha, certificarei de que o veneno será de verdade. – Taehyung ameaçou.

"Você faz de tudo para sua vida ser completamente planejada... Mas, existe algo que você não pode lutar..."

– Eu preciso que esse. Coisa. Cale a boca. – pedi. Um urro de hienas seria mais agradável.
– Acontecem que eu estou um pouco me lixando para o que você precisa. – Taehyung murmurou.
– Eu te odeio – proferi irritada, fazendo Taehyung revirar os olhos. – Sim, eu odeio. E sabe o que mais? Eu te acho um-
– Odeie o que quiser, mas faz um favor... – suspirou. – Guarda pra você.

"E esse, é o destino."

– Hye. Eu. – suspirou. – Eu te amo. – Taehyung proferiu as palavras com uma dor imensurável. Coisa que eu não entendia. Como amar alguém poderia ser tão doloroso e confuso? Sua voz estava embriagada, áspera. Séria. Três palavras ditas com tanta seriedade que eu jurava ter lido em seus olhos que todas suas células queria que eu acreditasse nas palavras. Nessas palavras que, apesar do momento, soaram como a melhor música para meus ouvidos. -– Eu te amei desde quando você chegou, te amo, e te amarei até depois que meu coração parar de bater.
  • 3.552
  • 1.347