Lista de Leitura: XscapeGirl Lista de leitura

Lista criada por: ~
4 histórias
Fanfic / Fanfiction A true love
Terminada
Capítulos 46
Palavras 59.181
Atualizada
Idioma Português
Categorias Michael Jackson
Gêneros Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Tatiana é uma mulher de 27 anos,que mora no bairro de Brooklyn em Nova York,com sua mãe Dulce que foi abandonada por seu marido quando descobriu que estava grávida.Tatiana é uma mulher de personalidade forte,que arrasa corações por onde passa ,porém não namora com nenhum menino de seu bairro , pois todos eles não pensam em um romance de verdade , só pensam em curtição.Mas um novo vizinho , mecherá com seu coração , podendo até virar mais do que isso...
  • 53
  • 244

Friends escrita por ~Magicvarow

Fanfic / Fanfiction Friends
Terminada
Capítulos 45
Palavras 80.963
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
- Você nunca sentiu nenhuma atração por mim?
- Não é que eu nunca quis comer você, só acho que é boa demais para isso.
  • 12.761
  • 3.905
Fanfic / Fanfiction Fatos e Curiosidades Sobre Michael Jackson
Em andamento
Capítulos 83
Palavras 5.383
Atualizada
Idioma Português
Categorias Michael Jackson
Gêneros Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela
Aqui vocês irão descobrir vários Fatos, Curiosidades entre outros, sobre o Rei do Pop, MICHAEL JACKSON!!!
  • 89
  • 362
Fanfic / Fanfiction The greatest pain is inside.
Em andamento
Capítulos 69
Palavras 126.330
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
[Conteúdo ADULTO! (+18)]
" –Pai, por favor me desculpe... –Fui interrompido por um tapa no rosto, tão forte que me fez cambalear um pouco. Senti na minha boca, o gosto metálico que eu tanto conhecia.
–Você vai aprender a nunca mais se meter em confusão.–falou pausadamente. Ele pegou no meu braço já machucado, e começou a me arrastar escada a baixo.
–Não... por favor! No porão não! Eu não tive culpa! Eu tentei evitar! Por favor! –tentava ao máximo escapar, mas ele tinha quase o dobro da minha força.
–Cale a boca! –ele levantou o braço livre e bateu novamente em meu rosto, fazendo-me cuspir sangue. –A culpa é toda sua e você sabe disso!
E assim, ele, mais uma vez, me jogou naquele porão abafado e sem luz alguma, fazendo todos os meus medos e pesadelos voltarem.
Ele sabia o quanto eu ficava apavorado quando ficava no escuro, mas era como se ele gostasse de me ouvir gritar, implorar.
E ele sabia que ele mesmo fazia parte de meus pesadelos."
  • 4.045
  • 3.641