1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Debora-cara-de-biscoito >
  4. Histórias

Debora-cara-de-biscoito - Histórias

1 história

Você pode me ouvir? (Imagine Bakugou Katsuki) escrita por Debora-cara-de-biscoito

Fanfic / Fanfiction Você pode me ouvir? (Imagine Bakugou Katsuki)
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 11.438
Atualizada
Idioma Português
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Gêneros Drama / Tragédia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo
Era um domingo quente de verão, as cigarras cantavam, o Sol brilhava, as crianças brincavam e eu acabo de descobrir a minha individualidade, tinha tudo para ser um dia incrível, mas as coisas não sairam bem como eu imaginava.

[...]

-VOCÊ É UM IDIOTA! IZUKU NUNCA FEZ NADA DE RUIM PRA VOCÊ! EU NUNCA MAIS VOU SER SUA AMIGA!

Eu digo deixando ele surpreso, mas logo ele fica bravo me rebate.

Bakugou-VOCÊ É UMA TONTA! FALA QUE É MINHA AMIGA, MAS SEMPRE DEFENDE O MERDA DO DEKU!

-O IZUKU É MEU AMIGO DE VERDADE E ELE NÃO FEZ NADA DE ERRADO! PARE DE MACHUCAR ELE!

Bakugou-SE ELE SE MACHUCA É PORQUE ELE É UM FRACOTE BEBÊ CHORÃO QUE NEM VOCÊ, VOCÊ É TÃO INÚTIL QUANTO ELE!

-PARA COM ISSO! ISSO É MALDADE KATSU-KUN!

Bakugou-NÃO É MALDADE NÃO, EU SEI QUE EU SOU O MELHOR, SÓ ESTOU DIZENDO A VERDADE, EU SOU MELHOR DO QUE VOCÊ E AQUELE MERDA JUNTOS,O QUE VOCÊ VAI FAZER, HÃ?

Ele diz, fazendo explosões com as mãos.

-Eu te odeio Katsuki…, eu te odeio e eu nunca mais vou ser amiga, nunca mesmo.

Eu sussurro e quando ele se aproxima pra me explodir, eu fecho meus olhos com força e uso a minha individualidade.

Dei um grito extremamente alto e agudo, numa frequência que mal dava pra ouvir de tão alto e assim que abro os meus olhos e vejo Katsuki ajoelhado no chão, chorando com os olhos fechados e as mãos tapando os ouvidos, me assustando um pouco.

Eu me aproximo lentamente e me abaixo ficando da altura dele.

-Katsuki, você tá bem?

Eu pergunto, mas ele não responde, então eu gentilmente pego cada um de seus pulsos e tiro suas mãos do rosto, e acabo levando um susto ao ver seus ouvidos sangrando.

-O que eu fiz?

Eu pergunto assustada.

[A imagem a cima não é de minha autoria]
  • 47
  • 36