1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. pwalettes

pwalettes

pwalettes
Nome: .𝘭𝘦𝘷𝘪, 𝘰 𝘣𝘦𝘣𝘦̂ 𝘥𝘰 𝘯𝘰𝘢𝘩 || icon by @alfea
Status: Usuário
Sexo: Masculino
Localização: .𝘣𝘰𝘪𝘰𝘭𝘢𝘯𝘥𝘰 𝘱𝘦𝘭𝘰 𝘯𝘰𝘢𝘩 𝘦 𝘱𝘦𝘭𝘢 𝘪𝘶
Aniversário: 21 de Fevereiro
Cadastro:

pwalettes


ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ↳¦𝐰𝐞𝐥𝐜𝐨𝐦𝐞 𝐭𝐨 𝐦𝐲 𝐩𝐫𝐨𝐟𝐢𝐥𝐞 •҂ 𝙞𝙪 ᨊ a͟𝙧𝙩 ੭
ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ (𝗱)𝗲𝗹𝗲 • 𝐰𝐫𝐢𝐭𝐞𝐫, 𝐛𝐞𝐭𝐚, 𝐦𝐮𝐥𝐭𝐢𝐟𝐚𝐧𝐝𝐨𝐦
ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ ꗃ 𝗰⁹² ⬪ 🚂 𝗷⁹³ ੭ • 𝗮𝘀𝗽𝗶𝗿𝗮𝗻𝘁𝗲 𝗮 𝗮𝘁𝗼𝗿
ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ 𝗳𝘂𝘁𝘂𝗿𝗼 𝗲𝘀𝘁𝘂𝗱𝗮𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗲 𝗮𝘀𝘁𝗿𝗼𝗻𝗼𝗺𝗶𝗮
ㅤㅤㅤ ㅤㅤㅤ @hopezzz, @hwa_sa, @joohvie

Sobre fanfics, relacionamentos abusivos, inseguranças e aparências

Postado

Não é nenhuma surpresa que eu, Levi, goste bastante de refletir sobre questões sociais, então eu não acho que seja necessário me apresentar neste jornal ou fazer alguma piadinha para descontrair, porque o assunto desta vez é sério e pouco refletido atualmente.
Vamos falar sobre fanfics, relacionamentos abusivos, inseguranças e aparências, e mostrar o que cada uma dessas problemáticas têm em comum.


Mostrar Spoiler: Sobre fanfics, relacionamentos abusivos, inseguranças e aparências


Eu tenho certeza absoluta de que todo mundo já viu alguma história com a temática “Mundos Opostos”.
Um ditado popular — e que foi levado ao pé da letra — é o que diz que os opostos se atraem, e, apesar de não saber de onde a ideia de contar romances entre um aluno excluído, nerd e com uma vida social quase que inexistente, e outro completamente popular, chamativo, dono de uma inteligência duvidosa, e com uma vida social maior do que a conta bancária da Kim Kardashian, surgiu, é algo mais comum do que vocês imaginam!
Ou então um romance entre um simples secretário(a/e) e um(a/e) CEO poderoso(a/e), que tem todo mundo aos seus pés. Enfim, existem várias versões!
No entanto, iremos focar no primeiro caso.

Relacionamentos amorosos são complicados, ainda mais quando você e o seu parceiro vem de mundos completamente opostos! Inseguranças são colocadas em jogo, à mercê da disposição de vocês, e, para piorar, o diálogo é algo praticamente inexistente entre vocês. Conseguem imaginar o que isso pode causar, correto? Isso mesmo, brigas!
Discussões são comuns, então fiquem relaxados. Vocês, como casal, não precisam concordar em absolutamente tudo. Isso não fará de vocês menos apaixonados. Pelo contrário! Isso só prova que vocês são seres humanos e que possuem limites! Ah, os limites…
Todos nós possuímos limites e devemos respeitá-los. Então, antes de tudo, entendam: está tudo bem não se sentir confortável com algo!
Quer um exemplo? Então lá vai!
Eu não sou um rapaz muito sociável, diga-se de passagem. Lugares públicos e cheios me deixam desconfortável. No entanto, minha namorada adora esse tipo de lugar. Semana passada, decidimos sair com uns amigos dela, e eu já estava um tantinho desconfortável com isso, mas preferi ficar quietinho no meu lugar.
Como já era de se esperar, eu não consegui aturar nem vinte minutos. Eu me estressei, chorei e, infelizmente, eu e ela acabamos brigando.
Eu não contei do meu desconforto, então não tinha como ela saber. Respeitar os meus limites sempre foi algo muito difícil para mim, mas, depois daquele dia, eu descobri que aquilo só havia prejudicado a minha saúde mental e contribuído para que mais inseguranças fossem geradas dentro de mim.


A base de todo relacionamento é a confiança, todavia, é quase que um mantra. Sem diálogo, sem confiança. Se você não diz ao seu parceiro que está desconfortável com algo e vice-versa, vocês não sabem os limites um do outro, consequentemente, diminuindo a confiança, quando acabam tendo uma discussão.
Eu admiro muito quem corta qualquer indício de relacionamento abusivo na raiz.
"Eu não quero que vc saia com tal pessoa"
Pois vai ficar não querendo, porque eu vou sair e pronto! Entendo o seu ciúme, mas não vou deixar de me divertir só porque você está inseguro a meu respeito!
"Ah, mas fulano tá dando em cima de você"
Eu não correspondi, então para de graça! Nós, como namorados, iremos trabalhar na sua insegurança, para que você se livre dela, mas não venha querer controlar a minha vida e as minhas amizades!
Se você não confia em mim, eu não posso fazer muita coisa, porque eu não posso fazer nada além de te garantir que eu NUNCA irei te trair! Não queira justificar o seu abuso com a sua insegurança, porque eu não caio nessa.
Eu vejo muito isso em fanfics, sabe? O casal protagonista não conversa, e, por terem muitas inseguranças, brigam pra caramba, e, em muitas das vezes, por motivos fúteis que podem ser resolvidos com um simples diálogo.
Parem de romantizar relacionamentos abusivos e inseguros em fanfics! É extremamente errado influenciar adolescentes (garotas em especial) a seguirem um padrão para agradarem ao namorado! Ciúmes é algo natural, todo mundo sente! Mas da forma que está sendo vista é algo abusivo!
A insegurança acaba gerando ciúmes, que gera uma briga, que gera um afastamento, e, consequentemente, leva o relacionamento ao fim.
Não romantizem inseguranças, pessoal! Quando você faz o seu personagem, que não atendia aos padrões da sociedade, mudar bruscamente tudo em si para agradar uma pessoa que nem ao menos ligava para elu antes, você não livrou-o das inseguranças. Você apenas empurrou toda a sujeira para debaixo do tapete. E, aproveitando a analogia, eu devo dizer que em algum momento alguém irá descobrir o seu esconderijo.
O ciúme é normal até o momento em que se torna abusivo, até o momento em que priva o seu parceiro de ter uma vida social. Você é inseguro, eu entendo. Todavia, você não deve justificar isso com ciúmes.
Chame o seu parceiro para conversar, e o faça entender os seus limites. Peça ajuda profissional, do seu namorado(e/a), da família, dos amigos, e até do cachorro!
Trabalhe nas suas inseguranças, e aprenda que tudo tem limite! Até o ciúme.

Permalink Comentários (2)

[11/01/2021] Surtei e resolvi abrir os pedidos de betagem!


Atualizações do Usuário

Usuário: pwalettes
Eu quero trocar de user!
Usuário: pwalettes
@bloberry vc n é o único que arruma o perfil a cada cinco segundos
Usuário: pwalettes
@_apollon cansei daqui, quero voltar pra casa