1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Yukimac

Yukimac

Yukimac
Nome: ~ Yukimac ~ ユキマック ~ 유키맛쿠
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo - SP
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

Yukimac


🌟 Olá! Yukimac 🌟

Voltando a ativa aos poucos :p
@Mxnstalewis - FORÇA ÍCONE!
@Kamiluiza = sobrinha afrontosa! ♡
@YuraSugaLipidio = É chata, mas a gente atura, ne? ♡

-Twitter: Yukimac9
-Tradutora
-Escritora por hobby
-Metida a artista nas horas vagas

J-Rock - Minha vida e morte
K-pop - Redescobri e fiquei viciada <3
Flex pra todos os shipps ♡


🌟 Te espero em minhas fics!🌟

Uma Fantasma Chamada Yukimac que Veio Assombrar os Leitores

Postado

Olá! Tudo bom com vocês?

Bem… esse jornal talvez seja um pouquinho mais longo do que eu inicialmente espero. Quem me conhece sabe como adoro protelar com palavras, hehe.


Primeiramente o motivo desse jornal:

Antes de mais nada, eu queria agradecer de coração todos vocês. Sim, todos vocês que depois de todo esse tempo continuam lendo, falando das minhas fics no twitter (sim, eu de vez em quando dou uma olhadinha), das pessoas maravilhosas que eu conheci no meu grupo e ao longo do tempo graças às fics; Quero agradecer também você leitor, que fez possível minha primeira história ter 5000 favoritos. De verdade, estarei falando aqui aquele clichê de sempre que “Eu nunca poderia imaginar crescer com uma história à tal ponto”, mas é a mais pura verdade, hehe.

Lembro que quando pensei nessa história, foi uma madrugada qualquer, mais uma das incontáveis madrugadas que eu passava em claro, devido à uma doença que acomete tantas pessoas, mas que eu mesma sequer tinha consciência que me acometia também. Lembro-me também como foi deliciosa a sensação de postar meu primeiro capítulo; o frio na barriga, pensando se alguém ia ler algo de uma completa desconhecida com problemas de interação com o mundo exterior; a felicidade extrema de conseguir meus primeiros favoritos, e uma felicidade maior ainda quando consegui meus primeiros comentários. Assim como também me lembro da autocobrança que coloquei em minhas obras. Nesse ponto eu já tinha um certo…. problema. Não notava isso ainda. Engraçado como vendo hoje, é algo fácil de notar. Mas quando estamos no meio da catástrofe, não percebemos o que acontece conosco.

A autocobrança era, obviamente, apenas um dos reflexos de minha depressão. O que começou com uma sensação maravilhosa, assim como foi com meu piano e meus desenhos, depois de receber tanto amor e carinho dos leitores, passou a virar uma cobrança minha. Uma cobrança para agradar à todos, assim como eu fazia na vida “real”, com as pessoas à minha volta.

Mas digo com toda certeza do mundo, vocês todos me ajudaram muito. Fazer meu grupo foi sem dúvida uma das melhores decisões que eu tomei nessa época. Embora também tivesse ficado morrendo de medo que ninguém fosse entrar, hehe. Eu conheci pessoas maravilhosas. Pessoas que mesmo quando eu anunciei meu hiatus, iam falar comigo no privado, perguntavam se eu estava bem. E juro, isso valia mais do que tudo. Era parte da parcela de coisas que me mantinham viva.

Pouco tempo depois, ao fim de 2018, ano que minha frequência de atualizações diminuiu bastante (algo que me chateava muito), mais precisamente na época do meu último capítulo postado, eu ainda sem perceber o que me acontecia, resolvi mudar de cidade. Fiz uma mudança um tanto drástica em meus parâmetros para à época, visto que eu mal levantava da cama. Então eu me mudei para SP, e foi neste período de um mês afastada de tudo que eu notei e, principalmente, minha família viu que eu estava num quadro de depressão. E já há um certo período.

Depois de muita conversa, idas e vindas e muita ajuda de pessoas maravilhosas que mantinham sempre contato comigo (Sim, estou falando de vocês, Amanda, Monbebea, Kemi (Kamiluiza), Yura e todas vocês do meu grupo), eu decidi voltar para casa e começar meu tratamento. Nessa época, pela primeira vez em muito tempo eu me senti leve, assim que saí de minha primeira consulta. Lembro também que sorri. As coisas poderiam se ajeitar depois de tudo.

Eu comecei a frequentar as sessões, e minha vida finalmente começou a guinar. Eu sentia vontade de fazer as coisas, consegui um emprego na área que eu amo; consegui passar obstáculos que descobri existirem desde minha adolescência. Enfim, virei uma nova pessoa. Mas havia um porém:

Eu ainda não conseguia voltar a fazer meus hobbies. Tocava piano, mas me sentia um pouco estranha… sem emoção, eu diria. A mesma coisas com meus desenhos e minha escrita. E eu falava isso para minha psicóloga. Eu sentia falta do meu mundo. Talvez uma das poucas coisas na qual eu sentia falta. E depois de muito conversar, eu consegui vislumbrar o porquê dessa… falta de alguma coisa em minhas obras.

Eu vivi, cresci em meu próprio mundinho. Eu não falava com meus colegas. Hoje entendo o porquê. Me desculpem mesmo se isso parece uma auto pena. Não é, de verdade. Hoje eu consigo ver e falar sobre tudo isso.

Eu cresci ouvindo certas coisas na época da escola, coisas que me ainda fazem ter um pouco de dificuldade em aceitar elogios, ou sentir segurança nas coisas que faço. Embora lhes asseguro que estou trabalhando muito nisso. Quero poder sentir orgulhosa e satisfeita pelas coisas que faço. Mais do que eu já consigo me sentir.

Mas enfim, voltando (e perdoem-me pela protelação novamente :p), eu depois de todos esses anos finalmente consigo me abrir, consigo falar com as pessoas, consigo admitir erros ou falhas da minha parte. Consigo me expressar por fora. E isso me nublou a forma como eu me expressava antigamente, por meio de minhas obras. Isso que me frustrou bastante durante esses dois últimos anos de hiatus.

Quem é próximo de mim (Kemi e Amanda aí) pode afirmar e lembrar às vezes que eu desabafava que não conseguia escrever novamente com emoção. Que eu olhava para FDI e sentia medo de decepcionar quem lia minhas fics, porque eu sentia que faltava alguma coisa na escrita, a emoção nas palavras.

Bem, depois de muita conversa, e uma dose de coragem, eu exponho isso para vocês aqui nesse jornal.

Durante esse tempo todo em hiatus eu recebi mensagem de leitores aqui no spirit e no wattpad, me perguntando se eu havia desistido de escrever, se um dia eu iria voltar, ou como ficariam as fics daqui para frente.

Bem, não. Eu não desisti de escrever. Na verdade, desde o começo do ano eu tenho escrito algumas coisas no meu Drive. Só a Kemi sabe como eu enchi o saco dela perguntando sobre minha escrita, se estava bom, se estava ruim, hahaha. Ela merece um prêmio de paciência, haha. Enfim, não desisti e não vou. Estou escrevendo, mas como disse, estou me achando novamente. Escrevo, apago, olho…. parece que hoje eu ainda tenho esses tipos de bloqueio que não tinha antes, quando só pelas minhas obras eu conseguia me expressar. É um aprendizado da minha vida agora. E eu estou aprendendo com vocês, para vocês, e principalmente, para mim.

Um ponto interessante que eu também queria deixar exposto. Na época que eu estava acabando FDI, eu tinha uma vontade exagerada de reescrever minha fic. Fica bem óbvio para quem leu que o começo é extremamente amador. Eu mudei o tempo verbal da narrativa do meio para frente; o começo também tem algumas cenas bem inocentes, arrisco dizer que até bem infantis. Isso pode representar bem, talvez, a vontade que eu tinha de imaginar coisas felizes e inocentes naquela época, e mesmo assim, eu sentia vergonha de “ser tão amadora e deixar as coisas daquela maneira”. Hoje eu consigo ver que ela fez parte de meu amadurecimento, junto com todo o processo de narrativa até o final da fic. Por isso hoje eu consigo sentir orgulho dela, mesmo que possa parecer infantil. Quem sabe daqui um tempo eu a ajuste, melhore o começo, mas com certeza isso será feito pela razão de melhorar uma obra que eu amo, não pela razão de aperfeiçoar porque eu tenho que fazer tudo perfeito.

Sim, eu voltarei. Podem ter certeza. Eu não esqueci do último extra de FDI. Podem ficar tranquilos que a Tag de Mpreg ainda vai ser utilizada melhor, acreditem, hehe. Minhas outras fics também. Com relação à elas, talvez algumas mudanças serão feitas. Eu amadureci bastante nesses dois anos, e provavelmente mudarei algumas coisas. Mas não se preocupem, se forem mudanças mais significativas eu avisarei. Também estou escrevendo coisas novas. Resolvi tirar algumas OS da poeira e começar com elas para aprender a escrever novamente.

Sei que é pedir muito, mas dessa vez eu deixo a certeza de que voltarei. Nosso mundo esteja passando por um momento tão… triste e delicado. Eu peço e espero que todos vocês que esteja, lendo se cuidem, fiquem bem, e que consigamos passar por tudo isso da melhor maneira possível.

Eu estou tirando parte do tempo que tenho agora para aprender novamente. Estou escrevendo quando me bate vontade, sem forçar nada, mas tentando me encontrar de novo.

Por isso, peço novamente de maneira egoísta. Se puderem, e quiserem, esperem mais um pouco, porque eu voltarei. E com coisas novas ^^

Se tiverem alguma dúvida em relação à alguma fic específica, ou qualquer outra coisa sintam-se livre para perguntar nos comentários ou até mesmo em Mensagens Privadas. Responderei com o maior prazer <3

Fiquem todos bem, um beijo e abraço virtuais. hehe!

E até a próxima!!

Escutando: For You - Soundtrack de Jardim de Meteoros :P
Comendo: Alguma besteira calórica
Permalink Comentários (1)

[08/11/2018] Estou Mudando! LEIAM todos, por favor. É importante.

[03/11/2018] Assunto Sério

[04/01/2018] PRECISO DA SUA AJUDA! FDI E LAST HEAVEN CONCORRENDO NO BUSAN AWARDS!

[30/12/2017] FDI está concorrendo a uma votação!!!


Atualizações do Usuário

Usuário: Yukimac
Favoritei a história
História: Pane no Sistema
História: Pane no Sistema
No último ano do ensino médio, Jimin escreveu uma carta, que nunca foi entregue, desabafando sobre todo o amor que sentia por Jungkook, a fim de selar ali seus sentimentos e come..
Usuário: Yukimac
Adicionei um novo capítulo
História: Flor do Infinito
História: Flor do Infinito
O último registro da existência de um ômega foi datado há muitos anos, bem como a existência de um alfa lúpus. Uma sociedade moderna, mas ainda instituída na monarquia, onde só e..
Usuário: Yukimac
Favoritei a história
História: Entrela&#231;os (abo-Minsung)
História: Entrelaços (abo-Minsung)
Lee Minho é um ômega que cometeu um erro quando era apenas um adolescente. Ele acreditava que as marcas do que aconteceu naquela noite, quando tinha apenas 19 anos, ficariam com ..
Usuário: Yukimac
Favoritei a história
História: Make It Real - Changlix
História: Make It Real - Changlix
O que aconteceria se Changbin e Felix fossem obrigados a ouvirem uma fanfic sobre eles mesmos transando? E ainda por cima, tendo que olhar um na cara do outro? ⓉⓌⓞⓢⓗⓞⓉ + 𝙱�..
Usuário: Yukimac
Favoritei a história
História: Lascivious
História: Lascivious
Changbin diz-se hétero em cada fio de cabelo, mas basta que Felix, o novo intercambista, surja à sua frente para que os dados joguem contra ele. [ stray kids | oneshot | smut ]