1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. warnette

warnette

warnette
Nome: ⠀‹ ⛓ tessa | ela/dela HIATUS
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização:
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

warnette


𝐈𝐆𝐍𝐈𝐓𝐄, 𝐌𝐘 𝐋𝐎𝐕𝐄. 𝐈𝐆𝐍𝐈𝐓𝐄.

(felipe, nossa juventude)

Postado

Escreveu ─── ‧ ‧ ‧ ‧ ❰❪ 𝐎𝐇 𝐍𝐎𝐕𝐈𝐍𝐇𝐀 𝐄𝐔 𝐐𝐔𝐄𝐑𝐎 𝐓𝐄 𝐕𝐄𝐑 𝐂𝐎𝐍𝐓𝐄𝐍𝐓𝐄, 𝐍𝐀̃𝐎 𝐀𝐁𝐀𝐍𝐃𝐎𝐍𝐀 𝐎 𝐁𝐎𝐍𝐃𝐄 𝐃𝐀 𝐆𝐄𝐍𝐓𝐄
Escreveu
❝─ 𝑽ou te mandar o papo reto, menor. Não é fácil, você tá ligado? Pra gente que nasceu aqui na periferia, na favela, tudo é o dobro da dificuldade. É tudo muito precário, tá ligado? Pra você se meter no mundo do crime é um passo. Eu fico vendo esses menor correndo por aí, chutando uma bola, e só consigo torcer para que eles encontrem um rumo igual eu. Porque mano, te mandar a real. Se não fosse a minha mãe que é firmeza, e o funk, eu já estaria ai nesse mundo. Porque cada um tem que se virar com seus corre né? Nem todo mundo tem a sorte de nascer no Leblon e ter a educação de um colégio de elite. Mas a gente tem fé nEle, e é isso que mantém a gente firme.❞
Mostrar Spoiler: 𝐕𝐀𝐌𝐎𝐒 𝐂𝐎𝐌𝐁𝐈𝐍𝐀𝐑 𝐀𝐒𝐒𝐈𝐌, 𝐒𝐎́ 𝐋𝐈𝐆𝐀𝐑 𝐏𝐑𝐀 𝐌𝐈𝐌
Escreveu 𝐕𝐈𝐍𝐇𝐀 𝐀𝐐𝐔𝐈 𝐍𝐀 𝐅𝐀𝐕𝐄𝐋𝐀 𝐏𝐑𝐀 𝐒𝐄𝐍𝐓𝐀𝐑 𝐍𝐎 𝐆𝐑𝐀𝐔
() . . . ㅡ 𝘿𝙄𝙁𝙀𝙍𝙀𝙉𝙏𝙀 𝘿𝙊 𝙐𝙎𝙐𝘼𝙇 em outros países pelo mundo, é raro uma família brasileira, principalmente vinda da periferia, escolher um nome para seu filho por causa de seu significado. Com Dona Andreia não foi diferente. Quando descobriu que estava grávida de seu primeiro — e único — filho, recém casada com Seu Geraldo, ela não foi atrás do nome com o significado mais bonito, pelo contrário, ela nem mesmo sabia que isso existia. Apenas achava o nome FELIPE bonito e agradável, e só. Sem homenagens ou coisas do tipo. O marido deixou que ela decidisse sem opinar muito, confiava na escolha de sua esposa, contanto que ele pudesse escolher um segundo nome também, tendo sido ele JOSÉ, esse por causa da Bíblia, sendo um homem de bastante fé, assim como toda a família. Apenas por curiosidade, o significado de ambos é, respectivamente "aquele que gosta dos cavalos" o que, sinceramente, não seria um bom motivo para a escolha, já que não faz o menor sentido condizente com a realidade em que vivem. O outro é "acréscimo do Senhor” ou “Deus multiplica”, o que faz bem mais sentido, visto a grande ligação com a religiosidade que possuem. Por fim, recebeu os sobrenomes de ambos os pais, sendo o RIBEIRO vindo de sua mãe, e o MARTINS de seu pai.
Apelidos são comuns para Felipe, a maioria das pessoas que o conhecem o chamam por algum. LIPE é o mais usado, principalmente por seus amigos, e ele não faz ideia de como surgiu, apenas se lembra de ser chamado assim desde criança. Sua mãe lhe chama de , e ela é a única. Ele não gosta muito, mas não se opõe, até porque é a sua mãe, a mulher a qual ele mais ama e respeita. Com o sonho de se tornar um MC, Felipe costuma brincar que se auto intitularia "Mc Lipe RM", sendo o RM as iniciais de seus sobrenomes.
() . . . ㅡ 𝙉𝘼𝙎𝘾𝙄𝘿𝙊 𝙀𝙈 um hospital público bem simples, Felipe é cria da periferia do Rio de Janeiro, mais especificamente do Muquiço, situado em Guadalupe. Veio ao mundo no dia três de janeiro de dois mil e dois, e tem atualmente dezoito anos recém completados, tendo já atingido a maioridade e "podendo ser preso agora", como o mesmo diz brincando. Foram raras as vezes em que comemorou o seu aniversário. Nunca chegou a ter uma festa, de vez em quando sua mãe fazia um pequeno bolo de cenoura com cobertura de chocolate, comprava uma garrafa de dois litros de Guaraná Antártica, e cantava os parabéns para o filho com alguns poucos amigos que ele tinha. Mas Felipe nunca se sentiu mal por isso, nem nunca desejou que fosse diferente, para ele esses pequenos e simples momentos são os mais preciosos que a vida poderia lhe dar, os guarda na memória com muito carinho. Seu signo é Capricórnio, mas ele acha isso uma grande besteira e não acredita nem um pouco. Seu tipo sanguíneo é A+.
() . . . ㅡ 𝙀́ 𝙐𝙈 𝙍𝘼𝙋𝘼𝙕 𝙌𝙐𝙀 se identifica com seu gênero de nascença, sendo então um homem cisgênero. Sentindo-se atraído sexualmente e amorosamente apenas pelo gênero oposto ao seu, é heterossexual. Mas, engana-se quem pensa que ele é dotado de preconceitos por isso, muito pelo contrário. Na realidade, o Felipe tá bem foda-se pra tudo que não envolva a si mesmo.
Escreveu 𝐕𝐎𝐔 𝐌𝐀𝐑𝐂𝐀𝐑 𝐓𝐄 𝐃𝐄 𝐕𝐄𝐑 𝐄 𝐍𝐀̃𝐎 𝐈𝐑
Escreveu 𝐌𝐄 𝐉𝐎𝐆𝐎𝐔 𝐍𝐎 𝐋𝐈𝐗𝐎 𝐄 𝐀 𝐀𝐌𝐈𝐆𝐔𝐈𝐍𝐇𝐀 𝐑𝐄𝐂𝐈𝐂𝐋𝐎𝐔
() . . . ㅡ 𝙀́
() . . . ㅡ 𝙀́

Escreveu 𝐂𝐎𝐌𝐏𝐑𝐄𝐈 𝐔𝐌𝐀 𝐋𝐀𝐍𝐂̧𝐀 𝐏𝐑𝐀 𝐁𝐀𝐅𝐎𝐑𝐀𝐑 𝐂𝐎𝐌 𝐄𝐋𝐀
() . . . ㅡ 𝙁𝘼𝙈𝙄𝙇𝙄𝘼 𝙀́ 𝘼 𝘽𝘼𝙎𝙀 𝘿𝙀 𝙏𝙐𝘿𝙊 , e isso Felipe faz questão de reforçar a todo momento que tem a oportunidade, pois sem seus pais ele não seria um terço da pessoa que se tornou hoje. Filho de Dona Andreia, uma das cozinheiras do colégio público em que estudava, e Seu Geraldo, um pedreiro, sempre teve uma educação rígida exemplar. Isso porque a mãe sempre temeu que seu filho fosse para o lado errado, então sempre o orientou bastante, dando vários puxões de orelha quando necessário (o que era sempre, já que Lipe não era a criança mais comportada do mundo). Mas Andreia nunca deixou de ser uma mãe muito amorosa, pelo contrário: sempre encheu o filho de carinho, principalmente depois de uns bons tapas. Ela é uma mulher forte e guerreira, que nunca levou uma vida fácil, e ele se orgulha muito da mãe, a vê como uma verdadeira fonte de inspiração e como sua rainha. A relação de Felipe com seu pai não difere muito da com a mãe, a não ser pelo fato do pai ser mais quieto e calado. Geraldo é um homem calmo e de sorriso fácil, que não nega uma boa roda de conversa com um tira gosto e uma cerveja geladinha, e o filho é o seu companheiro na maioria das vezes, principalmente em dia de jogo do Flamengo. Felipe trabalha junto com o pai de servente após a aula, e isso fortalece ainda mais a relação deles. Ambos apoiam o sonho do garoto de se tornar MC, apesar da mãe sempre o xingar quando ele coloca músicas com palavras de baixo calão em sua caixinha de som que leva pra todo canto. Em resumo, vivem de forma harmoniosa com o pouco que possuem, fazendo um churrasquinho de vez em quando e chamando os amigos da comunidade para comemorar quando sobra um pouco de dinheiro. Felipe é muito ligado aos pais, já que é filho único, mas nem de longe isso foi um motivo para ser mimado por eles. Sua meta é dar uma vida melhor e confortável para os dois, e tem fé que um dia vai conseguir.
() . . . ㅡ "𝙎.
() . . . ㅡ 𝙀́
() . . . ㅡ "𝙎𝙀 𝙀́ 𝙈𝙀𝙐 𝘼𝙈𝙄𝙂𝙊 pode contar comigo pra tudo.” Felipe é um rapaz que valoriza e muito suas amizades, e que sabe muito bem separar as falsas das verdadeiras, e não tolera gente aproveitadora que apenas finge gostar dele. Ele não é aquela pessoa que fica procurando os amigos o tempo inteiro, até porque tem a sua própria vida para cuidar, mas pode apostar que se algum estiver precisando de sua ajuda, passando por algum momento difícil, ele irá ajudar e ficar do lado sem pensar duas vezes. Às vezes acaba sendo aquele amigo que abre o olho dos outros, mas nem adianta pedir conselhos a ele, o moleque é mais perdido que cego em tiroteio. Não dispensa uma peladinha com os amigos, muito menos um baile ou uma simples resenha na casa de algum, já que é bem da farra. Ter Lipe como amigo é ter a certeza que sempre terá alguém para contar, mesmo que ele fique apenas em silêncio temendo dizer algo errado, e que raramente apontará o dedo julgando as escolhas e ações, caso essas não façam o mal diretamente aos outros. Ele é do tipo que vibra com as conquistas dos outros e que torce para dar certo como se fosse as suas ou de alguém de sua família, mas sem invejar ou desejar que dê errado. Mas não é tão simples assim ser considerado por ele um amigo e não apenas um colega, porém quem o consegue tem a sorte de ter um cara fechamento ao lado em vários momentos.
() . . . ㅡ 𝙀́
() . . . ㅡ 𝙀́
() . . . ㅡ 𝙀́
Escreveu 𝐒𝐔𝐀 𝐀𝐌𝐈𝐆𝐀 𝐄𝐔 𝐕𝐎𝐔 𝐏𝐄𝐆𝐀𝐑
() . . . ㅡ 𝘾𝙊𝙈 𝙏𝙊𝘿𝘼 𝘾𝙀𝙍𝙏𝙀𝙕𝘼, problema é o que não falta na vida de Felipe, mas o garoto é uma pessoa com bastante otimismo e fé, e procura sempre enfrentar as pedras em seu caminho com garra, pensando que amanhã será um dia melhor. O que mais lhe preocupa é a condição de vida de sua família, pois não é sempre que a renda do mês dá para as despesas da casa, e já ocorreu dias em que o arroz e o feijão faltou a mesa. Isso o tira as noites de sono constantemente, e foram muitas as vezes que cogitou a ideia de largar a escola para trabalhar o dia inteiro, ou até mesmo pensou que talvez fosse mais simples se envolver com o mundo do crime no morro. Ele logo se adverte por tais pensamentos, pois tem consciência de que sua mãe ficaria extremamente abalada caso isso acontecesse um dia.
() . . . ㅡ 𝘿𝙀 𝙄𝙉𝙄𝘾𝙄𝙊 𝙁𝙊𝙄 um grande choque, principalmente para Felipe. Seu primeiro pensamento foi “fodeu!”, como iria terminar o seu ano letivo e se formar? Já havia sido muito difícil chegar até o terceiro, e quando ele finalmente estava prestes a se formar e se livrar da escola, para enfim conseguir um trabalho integral para ajudar a sustentar sua família, um incêndio aconteceu e arruinou seus planos. Ele não consegue deixar de pensar que isso não foi por acaso, e que provavelmente não foi apenas um acidente, mas não comenta isso com ninguém. Fato é que todo esse acontecimento só o deixou mais ainda desanimado com os estudos, e pensando seriamente em largar a escola.
() . . . ㅡ 𝙏𝙐𝘿𝙊 𝙐𝙈𝘼 𝙂𝙍𝘼𝙉𝘿𝙀 𝘽𝘼𝘽𝙊𝙎𝙀𝙄𝙍𝘼 , é o que Felipe acha sobre isso. Sinceramente, quando que um bando de riquinhos iriam se dispor a ajudar os mais pobres sem querer nada em troca? Com toda certeza tudo isso é apenas para essa tal diretora sair por cima como a benfeitora. Se dependesse dele, com certeza não colocaria os pés nesse colégio, pois já consegue até imaginar os olhares tortos que irá receber. Mas quem manda é a Dona Andreia, então nada resta a ele a não ser se lamentar por toda essa terrível situação.
() . . . ㅡ 𝙌𝙐𝙀 𝙄𝙎𝙎𝙊, 𝙈𝙀𝙉𝙊𝙍? Tá achando que nois tamo nos Estados Unidos?” Felipe acha é engraçado essa história de grupo estilo filme americano com popular, nerd e essas coisas, já que na visão dele, em sua antiga escola não havia nada disso, apenas grupos normais de amigos. Mas, se tivesse que se classificar em um não conseguiria nesses típicos. Ele tem seu “bonde”, que são todos amigos de anos que compartilham gostos em comum, como o funk e o sonho em ser um MC um dia, e eles andam juntos para todo lado, inclusive dançando uns passinhos pelo intervalo e em festas. Talvez seu grupo social então seja o dos funkeiros, se é que isso realmente tem real importância.
() . . . ㅡ 𝙀́

Permalink Comentários (31)

[19/09/2020] (wuxian, hel)

[09/09/2020] (pedidos de capa)

[06/09/2020] (nicolás, hel)

[03/09/2020] (delilah, hel)


Atualizações do Usuário

Usuário: warnette
passando pra dizer que provavelmente essa é a minha última att aqui kkk vou vazar do site, volto pra atualizar tdf apenas. a entrega as outras capas que faltam serão feitas nesse fim de semana via mp.
é isso.