genixs

genixs
.a+ idiota
Nome: ❥.gαвяιεlα.✧ @erupt
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 23 de Setembro
Cadastro:

genixs - .a+ idiota

[centro][b]●๋•.ѕ[ω]єєт ℓιтℓℓє вαву⇅ | 16y✿´- | ⊱·°𝔀alk{e}r&𝓱unter•*✦[/b][/centro]

.luzes de dezembro;

Postado

Escreveu ৴*̥̥ que nada nos ↳*.♡defina. Que nada nos ;+`๑, sujeite. que a liberdade⋆̥ ˚̣̣̣͙❞ seja a nossa própria»/;✿ substância.✧*☽:ノ
❝╰✱:*✿𝐓𝐄𝐑 𝐀𝐋𝐆𝐔𝐄́𝐌 𝐄́ 𝐑𝐀𝐑𝐎✦৴*̥̥✼❞


❝*.♡.a noite +৴*̥̥ empalidece. alvorecer✦ *◦♡... ouve-se:❘❙❚ mais o gargalhar ⋆̥ ˚̣̣̣͙❞, da fonte... sobre a cidade ↴:・* muda, o horizonte☽·͙➘, é uma orquídea estranha a florescer. há andorinhas prontas a dizer: a missa d'alva, mal o sol desponte. gritos de galos soam monte em monte numa intensa alegria de viver. passos ao longe... um vulto que se esvai... em cada sombra Colombina trai... anda o silêncio em volta a q'rer falar... e o luar que desmaia, macerado, lembra, pálido, tonto, esfarrapado, um Pierrot, todo branco, a soluçar...✦৴*̥̥✼❞

Mostrar Spoiler: ❝quem ⊱vive sem +loucura•ू não é ✧tão ♡.sábio como ↝pensa❞☆*.¸


「𝐀𝐂𝐓 𝟎𝟏. 𝐁𝐀𝐒𝐈𝐂 𝐃𝐀𝐓𝐀」

❝•° 。゚Amo a musica, acredito na melhoria《do planeta, confio em que nem tudo está ⊹.perdido, creio na ❥bondade do ser ๑˛humano e intuo que a ✧loucura é ▪♡fundamental. Viver é ótimo.*・。❞


✦ ━ 𝐀𝐁𝐎𝐔𝐓 ▪ 𝐇𝐄𝐑 ━ ✦

carrego comigo no peito infinidades. sou refém da própria imensidão. residente perdido na própria casa. um bilhão de sentimentos que não se ordenam em frases legíveis. há tanto pra dizer que parece não ter palavras suficientes.

・゚.✧*✿・.✧゚𝒩𝑜𝓂𝑒 𝒞𝑜𝓂𝓅𝓁𝑒𝓉𝑜・゚.✧*✿・.✧゚
【 》*✧.𝓟olaris ℒeona 𝓗awley 𝓝ormandia.♡*《 】
Escreveu ╰*◦♡..significados
O nome de Polaris é sem dúvidas um tanto quanto extenso, mas isso é por Wessex pertencer a família de sua mãe e a mesma não fez questão alguma de colocar o do pai, já que o paradeiro do mesmo é desconhecido. Já Seamore, pertence aos pais adotivos da menina, que resolveram deixar o nome de nascimento da menina e apenas acrescentar o sobrenome deles, já que a pequena era da família. Polaris se deu ao desejo do avô paterno, um historiador fascinado por tudo que envolvia constelações, que achou que combinaria perfeitamente com a neta devido a sua beleza estonteante. Polar (Polaris, α UMi, α Ursae Minoris, Alpha Ursae Minoris, comumente chamada de Estrela do Norte ou Estrela Polar) é a estrela mais brilhante da constelação da Ursa Menor. Leona sempre fora um nome muito querido para a mãe da menina, que sempre quis colocar este em alguém, nomeando até mesmo alguns bichinhos de estimação assim, já que o seu primeiro filho fora um menino e não tivera a oportunidade até o nascimento de Polaris. Leona significa ❝leoa❞ ou ❝valente como uma leoa❞. É a variante inglesa e alemã de Leoní, derivado do inglês Leoni e do francês Leonie, versões femininas de Leon, nome que vem do grego leon, que quer dizer ❝leão❞.




・゚.✧*✿・.✧゚𝓐𝓹𝓮𝓵𝓲𝓭𝓸𝓼・゚.✧*✿・.✧゚
【 》*✧.Polly | Leon | Maluca | 801 | Hawley.♡*《 】
Escreveu ╰*◦♡..alcunhas
Polaris, como qualquer pessoa ━ ou como a maioria, ao menos ━, já recebeu diversos apelidos, entre eles alguns maldosos, mas que não valem a pena citar. Ela realmente não liga que as pessoas os usem; na verdade, até os prefere, mas precisa admitir que não se sente muito confortável vindo de pessoas que não simpatiza. A primeira alcunha é Polly, que é muito comumente usada e fora tirada do nome Polaris. Polly foi um apelido dado por sua mãe, e a mesma costumava usa-lo bastante. Leon, apesar de na verdade ser um nome de gênero masculino, é considerado um apelido por ser frequentemente usado, sendo uma abreviação de seu segundo nome, Leona. Maluca, na verdade, deveria ser considerado uma ofensa, como é para a maioria, mas não para Polaris, que leva como um apelido e gosta dele. Já foi muito utilizado por colegas de classe que conheciam e conviviam com ela, e atualmente é mais chamada assim por outros impuros. 801, seu número de identificação, é como se referem a ela médicos e seguranças do terreno 22. Hawley, embora seja seu sobrenome, também é bastante utilizado por funcionários do ludar, modos os quais ela não se incomoda de forma alguma.



・゚.✧*✿・.✧゚𝓘𝓭𝓪𝓭𝓮・゚.✧*✿・.✧゚
【 》*✧.Vinte anos de idade.♡*《 】
Tendo nascido no dia dez de março [10/03], Polaris pertence ao signo de Peixes com ascendente em Aquário. Polly raramente lembra das datas de seu próprio aniversário; ela é péssima com datas, tendo também uma memória relativamente fraca, portanto, Leon poderia passar o dia inteiro sem saber que estar comemorando mais um ano de vida, a menos que seja lembrada ou informada de que dia seja. Entretanto, ela possui total consciência de que tem exatos vinte [20] anos de idade.



・゚.✧*✿・.✧゚𝓝𝓾́𝓶𝓮𝓻𝓸 𝓭𝓮 𝓲𝓭𝓮𝓷𝓽𝓲𝓯𝓲𝓬𝓪ç𝓪̃𝓸・゚.✧*✿・.✧゚


【 》*✧.Oitocentos e um.♡*《 】
{ 8 0 1 }

・゚.✧*✿・.✧゚𝓐𝓹𝓪𝓻𝓮̂𝓷𝓬𝓲𝓪・゚.✧*✿・.✧゚

・゚✧❝Olhos de cigana oblíqua e dissimulada.❞
Não é uma tarefa nada complicada notar a esplendida beleza de Polaris; a menina é, de longe, realmente linda, e são raras as pessoas que negam tal fato. Quem não a conhece e costuma julgar pela aparência, poderia a ver como uma mulher doce e frágil devido ao seu aspecto angelical, o que não é total verdade, embora Polaris seja relativamente sensível quanto a algumas coisas, porém ela está longe de ser uma mulher fragilizada. Ela dificilmente costuma passar despercebida, começando por seus longos fios de cabelo pintados em um loiro quase branco, algo que no começo fora difícil de manter, já que a cabeleira é naturalmente castanha escura e, para passar dessa cor para um loiro platinado leva um tempo. Os mesmos chegam quase no fim de suas costas, sendo a sua raiz lisa e possuindo ondulações mais para baixo. Polly é muito cuidadosa com estes, raramente os deixando soltos, preferindo os manter em diferentes tipos de tranças e penteados feitas por ela mesma.



Os olhos deslumbrantes de Polaris são, provavelmente, o que mais chama atenção. Desde cedo já fora muito elogiada pela cor incrível que estes possuem, sendo de um azul parecido com o do céu, profundos e chamativos, não existindo quase ninguém que não se perca nestes e tente decifrar o passado triste que escondem. Seus lábios são bem preenchidos, carregando um rosa natural igualmente aos das bochechas desta que ficam expostos quando o frio é demais ou mesmas, quando está envergonhada, sendo a segunda opção pouco provável. E já que estamos falando desta região, não podemos deixar de citar o sorriso animador e contagiante de Leon, sendo capaz de iluminar os dias mais cinzas de alguém, e é exatamente por saber disso que não faz questão alguma de os esconder quando alguém importante para ela está tendo um dia ruim. Seus dentes são brancos e bem alinhados, mas isso graças ao aparelho que foi obrigada a usar na adolescência, já que eles nem sempre foram assim.


Sua pele é clara e macia, quase totalmente livre de manchas, carregando consigo apenas algumas cicatrizes de tombos levados quando ainda era criança. Polaris sabe que não é a mulher mais atraente em relação ao seu corpo, porém se orgulha e gosta de cada curva e detalhe do mesmo, e não é à toa que a mesma jamais fez questão de escondê-lo em baixo de muitos panos, e isso costumava irritar muitas pessoas quando ainda não estava no Terreno 22. Seus seios são consideravelmente medianos, assim como traseiro e coxas; sua cintura não é tão fina, porém também não é tão larga, assim como o quadril. Polaris acha seu corpo proporcional a ela e não mudaria nada nem mesmo se tivesse a chance. Polly possui, também, quatro tatuagens espalhadas por seu corpo, sendo estas uma desenhada como pulseira, envolvendo um curto espaço de seu pulso até o começo de sua mão em seu braço esquerdo e, ainda no mesmo, tem outra tatuagem escrita ❝Grl Pwr❞, encurtada de ❝Girl Power❞, que na tradução quer dizer ❝Poder feminino❞. Também tem alguns detalhes desenhados em seu dedo do meio, ainda na mão esquerda, enquanto em seu braço direito, vem a tatuagem de uma linda flor consideravelmente grande. A primeira tatuagem de Polaris foi a sua ❝pulseira❞ no braço esquerdo que fez quando tinha apenas quinze anos de idade, sem a permissão dos pais em um ato impulsivo com algumas amigas. Porém, quando viu que não acharam ruim o fato de ter feito uma tatuagem e sim de não ter os contado ou pedido permissão, Polly se empolgou, devido ao seu amor por tatuagens, fazendo as outras três, mas desta vez com o consentimento de seus responsáveis. Leon não se arrepende de tê-las feito, muito pelo contrário; se arrepende de não ter feito mais, e com certeza se tivesse outra chance, não pensaria duas vezes antes de aceitar.

Escreveu ╰*◦♡..tatuagens de Polaris




・゚.✧*✿・.✧゚𝓟𝓮𝓻𝓼𝓸𝓷𝓪𝓵𝓲𝓭𝓪𝓭𝓮・゚.✧*✿・.✧゚
Procure no dicionário a palavra espontaneidade e você provavelmente achará Polaris, ou quando estiver lendo o sinônimo, certamente irá se remeter a garota com alguns parafusos a menos de cabelos platinados. Quase tudo o que a moça faz é espontâneo e a base da impulsividade, principalmente quando a questão é sentimentos. Ah, como Leona é emotiva, deixando-se levar muitas vezes por suas emoções, esquecendo completamente de seu lado racional. E talvez este seja um dos maiores defeitos dela. E não falo apenas de quando ama alguém, mas também de quando está triste, feliz e principalmente, com raiva. Com certeza já ouviu dizer que o ódio cega as pessoas; este é um dito que lhe resume bem. Normalmente, é muito difícil despertar esse lado em Polaris, devido a sua tranquilidade e paciência exageradas, entretanto, isso se torna extremamente fácil quando envolve alguém por quem possui laços afetivos e ela, infelizmente, não consegue esconder. Mas não pense que a garota se apaixona fácil ou é de procurar por alguém para evitar a solidão; na verdade, ela sempre se deu perfeitamente bem sozinha, e é um tanto difícil para Polaris se apaixonar ou se apegar a alguém, talvez por ela mesma se negar a tal coisa por medo do abandono e por concordar que muitas vezes, o amor pode se tornar sua fraqueza. Empoderamento é outra palavra que bem a define, amando se sentir poderosa, decidida e dona de sua própria vida; sendo também um conforto inexplicável para a garota ter a companhia de mulheres que sejam da mesma forma. É característico de Polaris lutar e defender até a morte pelo que acredita.




・゚.✧*✿・.✧゚𝓗𝓲𝓼𝓽𝓸́𝓻𝓲𝓪・゚.✧*✿・.✧゚

Polaris é filha do casal formado por Charlie e Cassiopéia Hawley, que viviam numa das zonas mais pobres e perigosas da Inglaterra. Nunca esteve nos planos de Cassiopéia ter um filho, e quando recebeu a notícia foi certamente um enorme choque, principalmente por nunca ter tido condições financeiras ou psicológicas para tal. A mulher não chegou a realmente tentar um aborto por não ter coragem o suficiente, embora já tenha ponderado a ideia várias vezes. Infelizmente, essa gravidez indesejada — tanto para a mãe quanto para o pai —, levou Polaris a total falta de amor ou carinho durante a sua infância, pois sua mãe preferia ocupar o seu tempo com drogas e sexo após o abandono do marido seis anos depois do nascimento da filha, e claro que ela a culpava, sempre fazendo questão de jogar tudo na cara da garota. Ao menos três vezes por semana era um cara novo que Cassiopéia levava para casa e não fazia questão alguma de os esconder. Com isso, veio a necessidade da pequena Polaris em começar a frequentar algumas aulas de artes-marciais num velho ginásio, com o intuito de se proteger do perigo vivido em sua própria casa pelos ficantes de sua mãe, que por muitas vezes tentaram agredi-la física, psicológica e, principalmente, sexualmente. Foram pelo menos duas vezes em que chegaram a tocar na menina e isso até chegou a fazê-la fugir de casa aos onze anos de idade, pois não tinha força ou prática na luta o suficiente para com os homens. Mas, Leona, que felizmente não herdou a ruindade dos pais e sempre possuiu um coração enorme, voltava para o lar por saber que Cassiopéia era uma mulher psicologicamente fraca, prejudicada pela vida e que precisava do amor de alguém, já que nunca o recebeu do marido ou dos pais, acabando por encontrar saída no álcool, drogas e no prazer. Polaris, quando não estava a procura de uma salvação para sua progenitora, ocupava seu tempo em bibliotecas lendo livros ou treinando cada vez mais.


Escreveu ˘.+*✦.a tragédia, as ruas e o reformatório৴☇❥ⵓ
Um dia, aos quinze anos, quando regressava da escola, Polly encontrou sua casa rodiada de pessoas e uma ambulância. Aparentemente, a mãe havia tido uma overdose, indo à falência. Enquanto estava parada aos prantos em frente à casa junto da multidão, Leona não demorou a perceber o que aconteceria com ela após aquilo; uma garota menor de idade, o pai abandonou e a mãe morreu. Com isso, a única solução que lhe veio a mente era fugir, decidindo viver nas ruas frias da Inglaterra, não passando muito tempo por ser logo apanhada e mandada para o último lugar que queria no momento; o orfanato. As coisas não foram nada fáceis e o seu tempo no orfanato acabou por ser bem curto, pois devido ao seu transtorno bipolar, Polaris tinha seus altos e baixos no humor muito frequentemente e, com isso, ela se comportava tão mal que os diretores da instituição tiveram que a enviar para um reformatório.
Quando Polly celebrou o seu 15º aniversário, decidiram manda-la de volta para o orfanato de onde havia saído, entretanto a garota conseguira fugir antes que isso acontecesse, e desta vez fora definitivo.


Escreveu ˘.+*✦.das ruas ao roubo e a prostituição৴☇❥ⵓ
A vida de Polaris Leona não fora nada fácil e, com certeza, nenhum conto de fadas. Assim que voltou a morar nas ruas, a menina Hawley entrou em hiatus com relação aos seus treinos em lutas pelo fato de que o lugar ilegal onde o fazia fora descoberto e teve de ser fechado. Desolada e destruída, acabou por conhecer um inteligente grupo que se encontrava nas mesmas situações que as suas e, logo, convencendo a moça a partir para o mundo do crime e da prostituição. Ela detestava a sensação que tinha em ter que vender o próprio corpo por dinheiro e nunca sentia prazer em nenhum dos casos, ainda que se obrigasse a fingir isso. Polaris não podia negar que aquelas pessoas com quem andava eram realmente ótimas no que faziam, roubando sempre que podiam das casas mais ricas da Inglaterra, principalmente a garota, que preferia isso à se prostituir para poder sobreviver, ainda que isso a fizesse se sentir mal por um tempo e que já quase tenha levado a mesma para a prisão inúmeras vezes.


Escreveu ˘.+*✦.o ❝ultimato❞৴☇❥ⵓ
A garota havia se tornado uma mulher fraca, carente e muito machucada por tudo o que já havia passado até ali. Contudo, resolveu mudar isso ao juntar todo o dinheiro que havia ganhado no que fazia para investir em aulas de artes marciais. Leona de fato não se importava em ter um lugar para dormir, tudo o que ela queria era poder se tornar uma profissional em uma das raras coisas que realmente lhe interessava para que pudesse, talvez, seguir com isso ganhando dinheiro baseado no que havia visto e pesquisado.
Logo que ingressou nas aulas de Ninjutsu, a moça não pôde deixar de se sentir extremamente bem e acolhida ali. Mas infelizmente o dinheiro que Polaris usava para pagar estas não era tanto quanto desejava, então após oito meses ele veio a sobrar não o bastante para tal. No entanto a habilidade e tamanho esforço de Polly despertou o interesse e a compaixão de Haru, um homem bom e o seu professor, ou sensei, como a garota gostava de chamar, o levando a oferece-la aulas particulares, que a moça não demorou ou pensou duas vezes antes de aceitar.




・゚.✧*✿・.✧゚𝓕𝓪𝓶𝓲́𝓵𝓲𝓪・゚.✧*✿・.✧゚

✦./*𝓒assiopéia 𝓐nn 𝓗awley mãe 35 anos quando faleceu morta.↑*.¸

[lena headey]


✦./*𝓒harlie 𝓦illians 𝓝ormandia pai 40 anos desde a última vez ex-militar.↑*.¸



・゚.✧*✿・.✧゚𝓟𝓸𝓻 𝓺𝓾𝓮 𝓮𝓼𝓽𝓪́ 𝓷𝓸 𝓽𝓮𝓻𝓻𝓮𝓷𝓸 𝟐𝟐?・゚.✧*✿・.✧゚



・゚.✧*✿・.✧゚𝓔𝓶 𝓺𝓾𝓪𝓵 𝓫𝓵𝓸𝓬𝓸 𝓿𝓲𝓿𝓮 𝓮 𝓹𝓸𝓻 𝓺𝓾𝓮̂?・゚.✧*✿・.✧゚



・゚.✧*✿・.✧゚𝓠𝓾𝓪𝓷𝓽𝓸𝓼 𝓹𝓮𝓭𝓲𝓭𝓸𝓼 𝓭𝓮 𝓭𝓮𝓼𝓬𝓪𝓻𝓽𝓮 𝓬𝓸𝓷𝓼𝓽𝓪𝓶 𝓮𝓶 𝓼𝓾𝓪 𝓯𝓲𝓬𝓱𝓪?・゚.✧*✿・.✧゚



・゚.✧*✿・.✧゚𝓙𝓪́ 𝓶𝓪𝓽𝓸𝓾 𝓸𝓾 𝓶𝓪𝓽𝓪𝓻𝓲𝓪 𝓪𝓵𝓰𝓾𝓮́𝓶? 𝓟𝓸𝓻 𝓺𝓾𝓮̂?・゚.✧*✿・.✧゚


Permalink Comentários (6)

Atualizações do Usuário

Usuário: genixs
@scxrletwitch hey, meu anjo! queria saber se ainda dá para te entregar a ficha para libertatem? me perdoa pelo sumiço, estive extremamente ocupada com tudo e vou entender caso não aceite. aliás, é a @erupt
Usuário: genixs
Favoritei a história
História: Beauty Through Pain - Interativa
História: Beauty Through Pain - Interativa
Sempre houve e sempre haverá uma incontestável diferença entre o que você é, e o que você almeja ser. Com certeza, ser uma líder de torcida ou capitão do time de futebol é um gra..
Usuário: genixs
pareço uma louca comentando nas fichas dos outros de madrugada