1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. matsushi-

matsushi-

matsushi-
Nome: —— *:・゚.✧ 𝒈𝒊𝒎𝒎𝒆 𝒈𝒊𝒎𝒎𝒆 𝒈𝒊𝒎𝒎𝒆;⋆̥☽
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Patos de Minas - MG
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

matsushi-


— "𝐏𝐑𝐈𝐍𝐂𝐄𝐒𝐀𝐒 𝐁𝐀𝐈𝐋𝐀𝐑𝐈𝐍𝐀𝐒!𝐒𝐐𝐔𝐀𝐃"
"𝐂𝐋𝐔𝐁𝐄 𝐃𝐀 𝐏𝐈𝐏𝐎𝐂𝐀!𝐒𝐐𝐔𝐀𝐃"
close, beleza.

( tô cyclonado, meia na canela )

Postado

Escreveu
Escreveu
ㅤㅤㅤㅤ❝.... na faixa de gaza, só homem-bomba, na guerra é tudo ou nada, várias titânio no pente, colete à prova de bala, nós desce pra pista pra fazer o assalto, mas tá fechadão no 12, se eu tô de rolé, 600, bolado, perfume importado, pistola no coldre. Mulher, ouro e poder, lutando que se conquista, nós não precisa de crédito, nós paga tudo à vista, é Ecko, Lacoste, é peça da Oakley, várias camisa de time, quem tá de fora até pensa que é mole viver do crime. Nós planta humildade, pra colher poder, a recompensa vem logo após, não somos fora da lei, porque a lei quem faz é nós. Nós é o certo pelo certo, não aceita covardia, não é qualquer um que chega e ganha moral de cria. Consideração se tem, pra quem age na pureza, pra quem ta mandado o papo é reto bota as peça na mesa. Quantos amigos eu vi, ir morar com Deus no céu, sem tempo de se despedir, mas fazendo o seu papel.
Mostrar Spoiler: ❰❝..ೃ̥̥⋆̥ ♡{◦ة彡❥.¸+˚₊· ᴏ ʀɪᴏ ᴅᴇ ᴊᴀɴᴇɪʀᴏ ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀ ʟɪɴᴅᴏ 】♡+ん❞.#↻¸·.¸。⁺◞
[img].png[/img]
Citação:
[img]trem[/img]
Não tem muito conteúdo para se falar sobre o preguiçoso atarefado, afinal, nada mais fazia do que descer em sua pequena bicicleta que havia ganhado em seu aniversário de 14 anos para a escola em que estudava, e claro, distrair o Seu Zé para que pudesse roubar algumas das suas balinhas de caramelo e depois sair 'pianinho da vendinha. Tem malandragem no sangue, mesmo que rezasse pelos cantos para Nossa Senhora protegê-lo de todo mal. Não faz muito, ajuda na organização da casa e para dizer que fez algo, muda uma planta em estado crítico de lugar, enquanto tira a poeira de qualquer jeito dos móveis antigos de sua casa. Comprando correntes de ouro falsas para fingir que tem muito, mesmo tendo migalhas sobrando a sua mesa. Mas sabe apreciar o pouco, gosta do cafézinho que toma de manhã, mesmo que amargo, e mesmo que precisando gritar com o vizinho de cima para abaixar o som pois atrapalhava seus estudos, não suportaria viver no silêncio enforcando seu pescoço e tampando seus ouvidos. Poeta que não sabia rimar e nem mesmo formular uma frase sem um erro de português, mas ainda tinha o molejo para criar uma história mirabolante, mas impossível ao ponto de se tornar ridícula. Tinha um crucifixo rodeado no pescoço, mas às vezes o esquecia por dentro da blusa, mas ele ainda tem a tarde inteira. Sabia dançar mas possuía o receio, e portanto, não se deixava libertar pelo ritmo que seus ouvidos captavam. E em nada tinha sentido, sem pé nem cabeça, em dias estava colorido, e em outros monocromático. Mas talvez não necessitava de explicação, razão, afinal, não precisava haver sentido, apenas sentimento.
[img]trem de basic data[/img]
ㅤㅤㅤㅤ❝ ⸃。 。 。 Tomava um café feito na hora em um copo americano que havia acabado de lavar, sentado no pequeno espaço de sua porta, vendo a movimentação das pessoas subindo e descendo como borrões, com certa lerdeza ou pressa para chegar aonde quer que deveriam ir, não é como se o garoto também não tivesse que criar coragem para se levantar e ir trabalhar daqui alguns minutos na lojinha de roupas (cafonas) da dona Carolina, mas sentia aquela preguiça deprimente alastrando por seu corpo, e parecia não querer ir embora por um bom tempo, aproveitando a carcaça cansada da qual se apoderou. Entediado, com apenas um copo de café na mão para fazer companhia, e sua mãe se apressando dentro de casa em procurar seu uniforme para enfim abrir o cabeleireiro ao lado de sua casinha, que foi quando Arthur em um surto de "falta do que fazer", virou-se para sua matriarca e perguntou com certo desinteresse: "Mãe, por que eu chamo Arthur?", e é claro, que a senhora Maria de Lurdes não iria parar o que faria, para responder de forma gentil a pergunta tão inesperada do filho, respondendo apenas um: "Porque eu quis". E talvez, nem mesmo o café que tomava de pouquinho em pouquinho, iria realmente lhe dar vergonha na cara para se levantar e fazer algo de produtivo. Tendo tido a energia de tirar seu celular do bolso (um Samsung quebrado e quase viciado, que provavelmente algum dia ainda iria explodir em sua mão) e ver várias notificações de redes sociais do qual não se importava no momento, procurou no Google então, significado do nome Arthur, e num site muito confiável, — ou não — descobriu que seu nome significava rei urso, ou homem urso, e quando leu, deixou um: "Caralho menor, nome feio da porra" escapar de sua boca. Mas não é como se realmente tivesse uma notória importância saber do significado de seu primeiro nome, afinal de contas, não faria questão de andar com um cartaz escrito "Arthur significa Rei Urso. Perigo! Não se aproxime", pelas ruas da comunidade. Mas devido as circunstâncias e o interesse que nasceu diante da preguiça, Arthur começou a procurar o que seus sobrenomes correspondiam. Arthur descobriu que Ferreira significava que vem da terra rica em ferro, e ferreiro, não foi muita surpresa, afinal o próprio nome já deixava claro seu objetivo, mas se surpreendeu que o significado não era como pensava, afinal, passou pelo sua cabeça que iria encontrar um ferroviária no meio de sua busca. Lima foi um nome que até mesmo o deixou surpreso, afinal pensou que iria achar algo relacionado a limoeiro, mas encontrou invés disso, aquele que atravessou o rio do esquecimento, Arthur estranhou, afinal aquilo era muito papo de quem tinha fumado uma, mas da mesma forma não deu muita atenção. Então descobriu que seu nome significava Rei Urso que vem da terra rica em ferro que atravessou o rio do esquecimento. Provavelmente um título de livros infantis estranhos da década de 80, mas da mesma forma, aquilo conseguiu retirar um pouquinho do seu tédio, e quando gritou sua mãe para contá-la sobre a novidade, recebeu apenas: "Tá bom Arthur, agora levanta desse chão e vai varrer a casa", como resposta.
ㅤㅤㅤㅤ❝ ⸃。 。 。

ㅤㅤㅤㅤ❝ ⸃。 。 。

ㅤㅤㅤㅤ❝ ⸃。 。 。






Permalink Comentários (17)

[08/09/2020] (te amar, meu doce mar); TITANIC

[26/07/2020] (singularidade plural); AS

[24/06/2020] (garota de ipanema); LO

[10/05/2020] (pesherman); BDAY


Atualizações do Usuário

Usuário: matsushi-
esquece, agora me deu vontade de escrever uma short fic se passando em um mundo feito de doces tipo california girls da katy perry
Usuário: matsushi-
me deu vontade de escrever uma fanfic sapatão medieval, mas não tenho capacidade disso, o que fazer?
Usuário: matsushi-
mas a felicidade que esse existe
IZA - Meu Talismã
IZA - Meu Talismã
➔Assista "Meu Talismã", meu novo clipe! 🧿 FICHA TÉCNICA Direção: Felipe Sassi Roteiro: Felipe Sassi e IZA Assistência de Direção (1º) : Lucas Romano Assistên...
Usuário: matsushi-
a tristeza que o clipe nunca veio
Faz Gostoso
Faz Gostoso
Provided to YouTube by Universal Music Group Faz Gostoso · Madonna · Anitta Madame X ℗ 2019 Boy Toy, Inc., Exclusively licensed to Live Nation Worldwide, Inc...
Usuário: matsushi-
tô vendo tutorial de maquiagens ✨belíssimas✨ mesmo não podendo reproduzir nenhuma por causa da dermatite