taetae_kawaii_

taetae_kawaii_
Did you see my bag?
Nome: .mandy a unica dona da thami ♡ ̼◝04|01
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 26 de Fevereiro
Cadastro:

taetae_kawaii_ - Jornais

18 jornais

Attention

Postado

╭──────༺♡༻─────────╮
my luck shamrocks ♥️


here.
thami. choco. limo. lia. babalu. nick. leh. haru. malu & maju. lala. lari. laís
mine.


╰─────────༺♡༻──────╯


Permalink Comentários (0)

.bebês

Postado

♥️
thami .choco .limo. lex. nick. lalau. mari. bunny. leh. babalu. malu. lia

"eles são importantes para minha pessoa"



Permalink Comentários (1)

Um sorriso que sempre cai;

Postado



⋆*ೃ:.✧Ela está ( (cansada) ) de dizer que se sente bem [...]
Só pra manter um sorriso que sempre ‧₊˚.˚☽ cai

╔══════ ≪ °❈° ≫ ══════╗


☪⋆I'm leaving here, I need to
sleep ☆゚.

╚══════ ≪ °❈° ≫ ══════╝



Permalink Comentários (0)

Arrogância;

Postado


"O mal século da vida é a solidão ,cada um imerso em sua própria arrogância..esperando um pouco de afeição."[...]



Permalink Comentários (0)

Esquecer;

Postado

Esquecer;


"-Eu vou guardar você no meu coração!
-Você não me guardaria no seu coração nem que tivesse três..
mais eu vou fazer o máximo para lhe esquecer.
~Procurando Dory~" [...]



Permalink Comentários (0)

Sobre nós;

Postado

Sobre nós;


"Mas se for pra falar algo bom..
Interessante que eu
Sempre me lembro de você ♥️ [...]



Permalink Comentários (0)

The game of life

Postado

The game of life

A vida é tipo um jogo..
Uma hora você ganha e outra você perde
As vezes fica preso naquela tal fase
E muita das vezes desiste na primeira tentativa
[...]


Permalink Comentários (0)

Carregando...

Postado

Carregando...

[🌙]. Olha aqui meu bem...

Nem toda princesa chega de carruagem não tà?

Eu chego a pé e ainda tropeço. [🌙]


Permalink Comentários (0)

Chamas da Vida

Postado

Chamas da Vida

[☂]Sinta essa dor fantasma que esfria tua alma
E congela o teu coração
Vigia com os lobos da matina
Que morrem de anemia por falta da sua refeição
Tua espada está sempre vermelha
Com sangue de ovelha
Mas isso não te causa aflição
Teu rosto tem cinzas de uma vasta
Terra devastada por necessidade de destruição

Por que você não apaga não apaga às chamas da vida?
E dê motivos para os mortos acharem a saída

Lembra
Daquela era vazia
Que os corvos conduziam
As pessoas sem luz pra redenção!
Lembra?
Sangue era o que chovia
Luxuria, orgulho e irá
Veio a selar teu coração

Tua espada está sempre vermelha
Com sangue de ovelha, mas isso não te causa aflição
Teu corpo queima como brasa
Teu dedo indica as almas
Teus olhos vem além da escuridão

Por que você não apaga as chamas da vida?
E de de motivo para os mortos acharem a saída

Lembro do teu corpo fraco que ajoelhado
Esconde o sol com medo que ele volte a brilhar

Lembro do caos, do desespero
Daquele som negro
Que faz os mortos
Caminharem
Caminharem
Caminharem
Caminharem [☂]

Escutando: Mic Drop
Lendo: Essa bagaça aq (hehe) <33 sz
Assistindo: ._.
Jogando: nada
Comendo: potato frita :>
Bebendo: suco de acerola

Permalink Comentários (0)

Maremotos

Postado

Maremotos

Maremotos
Supercombo

Às vezes, é fácil sorrir
Às vezes, só fecha a cara
Às vezes, é só dormir
Às vezes, não melhora

Às vezes, é fácil ouvir
Às vezes, é gritaria
Às vezes, é um poço sem fim
Às vezes, é uma escada
Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor

Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você, não sabem a dor

Às vezes, esconde de si
Às vezes, dá a cara a tapa
Às vezes, não dá pra fugir
Às vezes, tu só viaja

Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor

Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você, não entendem a dor

O eu de dentro sempre fica enterrado
Pra conhecer, você precisa cavar
Nossas sementes sempre ficam isoladas
Pra conhecer, você precisa plantar

Nossos espinhos sempre ficam apontados
É proteção pra não se decepcionar
Os nossos medos são os nossos papagaios
Pesam os ombros e repetem mantras infernais

Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os maremotos de química surgem
Bagunçam tua cabeça a todo vapor

Calma, vai passar
Espera a tempestade clarear
Os travesseiros derretem à noite
Todos que cobram você, não sentem dor

O eu de dentro sempre fica enterrado
Pra conhecer, você precisa cavar
Nossas sementes sempre ficam isoladas
Pra conhecer, você precisa plantar

Nossos espinhos sempre ficam afiados
É proteção pra não se decepcionar
Os nossos medos são os nossos papagaios
Pesam os ombros e repetem mantras infernais

Escutando: Natural
Lendo: ._.
Assistindo: ._.
Jogando: Fortnite
Comendo: Cookies
Bebendo: Coca-cola

Permalink Comentários (0)