1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. CopinhuYoongi >
  4. Histórias

CopinhuYoongi - Histórias

88 histórias

Where You Are. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction Where You Are. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 52
Palavras 68.436
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Taehyung odiava Jungkook, e Jungkook também odiava Taehyung.
Só que em uma noite, durante uma festa, eles brigaram feio. Tinham bebida nas veias e muita raiva na boca. Um começou a cutucar as feridas do outro e vice-versa, feridas que nenhum dos dois poderia suportar o sangue e a dor.
Foi por isso que Jungkook saiu daquela festa e resolveu usar o carro. Não se importava se morresse.
Não mesmo.
Mas ele não morreu.
Ele sofreu um acidente que o condenou a uma cadeira de rodas, e justamente a pessoa que ele mais detesta e repudia seria a mesma pessoa que cuidaria de si.

atenção: +18
  • 368
  • 1.896

Gostava Tanto de Você. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction Gostava Tanto de Você. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 46
Palavras 46.451
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Nos anos 2000, Taehyung gostaria de conhecer o mundo, mesmo que esse fosse um dos seus maiores medos. O loiro era autista, e lidar com as pessoas era a coisa mais complicada de toda sua vida.
Mesmo assim, ele tenta pouquinho a pouquinho, superando seus próprios limites.
Mesmo que seus pais superprotetores atrapalhem o filho a conhecer novas pessoas, novos lugares e até si mesmo.
Até um novo provável amigo.
Quando Jungkook passa a frequentar a mercearia onde Taehyung é o caixa, fica curioso do porquê ele nunca olhar em seu rosto.
Fica curioso sobre seus olhos azuis.
Seu jeitinho.
Quando se deu conta, Jungkook ia todos os dias lá apenas pra poder ficar olhando para aquele garoto singular.
E quando se deu conta, já estava apaixonado, também.

atenção: +18
  • 369
  • 1.728

El Bigote. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction El Bigote. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 38
Palavras 39.461
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Tragicomédia
Lá estava Kim Taehyung vivendo os anos noventa. Trabalhava numa fábrica, pegava no pesado, suava muito, mas recebia pouco. Ele era conhecido por seu jeito brincalhão e pelo bendito bigode; dizia pro céu e pro inferno que todas as mulheres do mundo o amavam e se derretiam por ele apenas pelo bigodinho.
E ai, Jeon Jungkook, irlandês e novo funcionário da fábrica, decide aparecer. Com um bigode bonito, sua aparição faz acontecer uma competição entre os dois — da qual só Taehyung participava, na realidade.
Taehyung achava que Jungkook ia roubar todas as suas mulheres e seria o novo pegador, mas na verdade Jungkook nem mesmo gostava de meninas. Ele gostava de homens, e Taehyung saberia disso na prática.

atenção: +18
  • 393
  • 1.720

Nuestra Canción. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction Nuestra Canción. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 36
Palavras 42.720
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo, Tragicomédia
ABO e casamento forçado. Clichê, não? Mas foi o que aconteceu com Taehyung e Jungkook.
Tanto a família de um quanto a família de outro estavam passando por um momento difícil. Ou melhor dizendo, estavam quebradas e se afogando em um mar de dívidas. Pra completar a baderna, o vô de Jungkook morreu e deixou um testamento dizendo que só deixaria uma mesada se seu neto casasse.
Jungkook não queria casar. Nem Taehyung.
Mas eles se casaram.
Não se gostavam. Nem se conheciam. Um dizia gostar disso, o outro daquilo, e ainda o ômega tinha um gato que odiava seu novo marido.
Eles eram o oposto do que a sociedade queria e achava ser "certo". Jungkook era um alfa, mas amava ficar em casa e cuidar do lar. Taehyung era um ômega e amava ser independente, briguento e não aceitava ordens de ninguém.
O casamento acabou não sendo exatamente a salvação financeira deles, mas pelo menos serviu para fazê-los se apaixonar.

atenção: +18
  • 385
  • 1.367

HOME. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction HOME. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 28
Palavras 32.934
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Jungkook sofreu um sério acidente de carro e isso lhe custou anos preso no hospital, em coma. Durante todos esses anos ninguém foi visita-lo. Até mesmo sua família nunca foi encontrada, e Jeon ficou fadado a viver completamente sozinho por todo esse tempo.
Quer dizer, não completamente.
Quando Taehyung começa a acompanhar sua mãe doente no hospital, acaba ficando sabendo de um certo paciente solitário. Ele passa a visita-lo sempre que vê a sua mãe. Conta sobre seu dia, mostra seus desenhos, canta suas músicas favoritas, desabafa e até chora — mesmo sabendo que não está sendo ouvido, visto ou compreendido.
Mesmo após a morte da sua mãe, Taehyung decidiu que não pararia de visitar o homem misterioso.
Isso durou um ano, até que finalmente Jungkook consegue acordar e conhecer o dono daquela voz doce que tanto lhe contou histórias.

atenção: +18
  • 542
  • 1.378

Better Days. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction Better Days. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 34
Palavras 36.865
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo, Sobrenatural, Terror e Horror
Para o azar de Taehyung, o apocalipse zumbi aconteceu logo na sua hora de viver na Terra.
Isso tudo começou quando ele tinha seus dezessete anos. Sobreviveu longo três anos dentro de um porão junto com seu melhor amigo.
Só tinha um porém.
Taehyung era surdo.
Isso complicava a sobrevivência dos dois, mas eles eram fortes e conseguiram viver por muito tempo.
Até o dia em que o porão foi atacado e seu melhor amigo foi morto. Sozinho, Taehyung não sobreviveria. Não saberia quando um zumbi estaria correndo atrás dele ou se estivesse por perto.
E isso era sua sentença de morte.
Se não fosse por Jungkook, o cara ruivo e tatuado que era sério demais. Totalmente o contrário de Taehyung, que via o lado bom das coisas e queria mais que sobreviver. Taehyung queria viver, olhar pro céu e sentir o vento no rosto.
Querendo ou não, eles seriam o porto seguro um do outro.

atenção: +18
  • 433
  • 1.534

The Cure. Taekook, Vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction The Cure. Taekook, Vkook.
Concluído
Capítulos 27
Palavras 26.822
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+
Taehyung estava no processo de se descobrir gay quando foi morar na casa da melhor amiga da sua mãe.
O menino britânico mudou de país pra conseguir estudar melhor, entrar numa boa faculdade e conhecer novos lugares.
Só tinha um porém. O filho dessa mulher se chamava Jeon Jungkook e era gay assumido. Um homem lindo, loiro, musculoso, tatuado e ainda tinha um bigodinho bonito.
Era uma tentação, ainda mais porque Taehyung ainda estava na fase de negação. Ele sentia que era alguém ruim por se interessar por homens, que tinha algo de muito errado.
Mas onde tinha algo errado era no coração de Jungkook; desde pequeno acabou desenvolvendo uma doença cardíaca que o fazia ir pro hospital quase sempre.
Ambos procuram pela cura. Taehyung precisa se curar da sua negação e Jungkook precisava se curar do fraco coração.

atenção: +18
  • 350
  • 1.084

To The Death, Flowers. Taekook, vkook.

escrita por CopinhuYoongi e nebulouszy
Fanfic / Fanfiction To The Death, Flowers. Taekook, vkook.
Concluído
Capítulos 28
Palavras 31.240
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
Taehyung havia perdido seu melhor amigo, Park Jimin. E foi da maneira mais trágica que poderia se imaginar.
Num dia normal de aula, um dos alunos abriu fogo contra os colegas de escola, acabando por ferir alguns e matar um, sendo a vítima fatal, infelizmente, Jimin
Anos depois, Taehyung ainda precisa lidar com a dor da perda daquele que foi necessário pra sua vida. O pior de tudo é que na nova faculdade, além de conviver com seus traumas, ele também tinha que lidar com Jeon Jungkook, o autor do crime. Jungkook não sabia que Taehyung tinha o conhecimento do seu passado, no entanto. Não sabia que o menino tinha o assistido matar seu amigo.
Porém, Taehyung também não sabia o que tinha realmente acontecido com Jeon naquele dia para que ele atirasse naquelas pessoas.

atenção: +18
  • 301
  • 1.081