1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. dragonkookie >
  4. Histórias

dragonkookie - Histórias

17 histórias

Good boy 2

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Good boy 2
Em andamento
Capítulos 7
Palavras 16.310
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ficção, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Lírica, Literatura Erótica, Universo Alternativo
Segunda temporada da fanfic Good boy.

Noona e Jungkook estão de voltar com seus jogos de dominação e submissão, mas desta vez terão que lidar com o violoncelista Kim Taehyung e os desejos (e sentimentos) intensos e conflituosos que o rapaz desperta no casal.

(Essa história NÃO É UM TRIÂNGULO AMOROSO, é um POLIAMOR)
  • 255
  • 99

Anunciação (Imagine Jungkook)

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Anunciação (Imagine Jungkook)
Em andamento
Capítulos 8
Palavras 8.230
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, LGBTQIA+, Lírica, Magia / Misticismo
Ela é uma escritora desconhecida e problemática. Tendo como pilar a paixão distante por uma celebridade, suas mãos costuram tempo e espaço, passeiam pela história entrelaçada dos dois, abrindo fendas de dor e destruindo muralhas de isolamento. Duas trajetórias que jamais se cruzariam, paralelas que desafiam as impossibilidades e se unem. Ao longo dos episódios de sua vida, narrados em forma de textos litúrgicos ao jovem ídolo, a escritora descobre em si um poder assustador, uma força obscura que mora em seu peito e em suas mãos. Ela precisa compreender a natureza de seu poder, sua capacidade e suas consequências, mas deve fazer isso em meio ao caos provocado por um amor martirizante.

TW: transtornos mentais, uso de drogas, menção a suicídio, morte
  • 19
  • 3

One time for the present, two times for the past

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction One time for the present, two times for the past
Concluído
Capítulos 2
Palavras 3.544
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Fantasia, Lírica, Literatura Erótica, Magia / Misticismo, Sobrenatural, Universo Alternativo
Uma mulher solitária contrata um michê numa agência de garotos de programa nada convencional. Entre passado e presente, ela vai precisar encarar a dor através de trajetórias de prazer.

(Aviso de gatilho: morte)
  • 78
  • 9

Good boy

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Good boy
Concluído
Capítulos 11
Palavras 22.740
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ficção, Literatura Erótica
Uma escritora reclusa aluga um quarto em seu apartamento para o universitário e violinista Jeon Jungkook. O rapaz, quieto e tímido, parece a companhia ideal para a mulher introvertida e inteiramente dedicada ao trabalho. Contudo, a convivência entre os dois aos poucos perde os tons de inocência e instintos ocultos começam a vir à tona, dando início a um jogo erótico de dominação e submissão.
  • 687
  • 201

Dois mundos (Imagine Jungkook)

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Dois mundos (Imagine Jungkook)
Concluído
Capítulos 9
Palavras 11.435
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Fantasia, Ficção, Lírica, Literatura Erótica
Uma cineasta insone tenta se manter focada no trabalho durante a madrugada, mas um certo clipe musical acaba lhe dando ideias pervertidas. A imagem do idol coreano na tela do seu computador dá asas à sua fantasia... Ela jamais imaginaria que o encontraria em sua cama na manhã seguinte.

"Senti a língua dele na minha boca e sua voz dizendo 'noona, noona' não saía da minha cabeça. Agora suas mãos apertavam minha cintura, por dentro da camisola, os polegares quase nos meus seios. Seus lábios escorregaram até meu pescoço, não sabia se o calor era dele ou meu, ou dos dois, mas me senti queimar."
  • 319
  • 29

Em público (Taekook - one-shot)

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Em público (Taekook - one-shot)
Concluído
Capítulos 1
Palavras 2.010
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ficção, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Literatura Erótica
Tudo que Jungkook e Taehyung queriam era assumir seu namoro para o mundo, mas o maknae achava que fazer sexo em lugares públicos seria uma boa estratégia pra isso.
  • 153
  • 2

Euphoria (Taekook - Two-shot)

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction Euphoria (Taekook - Two-shot)
Concluído
Capítulos 4
Palavras 5.312
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Lírica, Literatura Erótica
Jeon Jungkook descobre o amor e o prazer ao lado de seu companheiro de grupo Kim Taehyung.

"Ele veio até mim como se tivesse saído de um sonho.
Se eu não soubesse que era real, teria suplicado que ficasse lá. No sonho. Comigo.
Pedi que fechasse a porta e ele o fez. Caminhou até onde eu estava, debruçado na janela do hotel, numa cidade que não importa, o céu noturno começando a clarear pela alvorada. Eu não tinha dormido. Estava morto de cansaço por causa do show na noite anterior, mas a mera expectativa de tê-lo ao meu lado no silêncio da madrugada me punha num estado de suspensão. Quando ele me olhava de perto, o cenário ficava ainda mais irreal, distorcido, seu rosto certamente não pertencia a este mundo. Era inacreditável. A perfeição dourada de sua pele, a estrutura óssea divina, a cor de seus olhos tão profundos e negros, os lábios de desenho único. Singular. É o que ele é, singular."
  • 225
  • 24

On the rocks (Imagine Yoongi x Jungkook - Two-shot)

escrita por dragonkookie
Fanfic / Fanfiction On the rocks (Imagine Yoongi x Jungkook - Two-shot)
Concluído
Capítulos 4
Palavras 5.002
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Literatura Erótica
A dona de um bar de whisky em Itaewon recebe dois clientes irresistíveis na noite de inauguração.

(Imagine threesome - Yoonkook bi)

"Eles já tinham sentado ao balcão. Achei por bem me aproximar e me mostrar disponível. Disponível para atendê-los, digo.
– É a primeira vez dele? - abri um sorriso caprichado.
– Sim – respondeu o hyung, os olhos indecifráveis me fitando. Não sorria, mas havia uma nota de simpatia em sua voz grave e arrastada. – Esse menino precisa aprender a apreciar um bom whisky.
– Por que vocês estão falando de mim como se eu não estivesse aqui? – interferiu o mais novo, com expressão de falsa birra. Sua voz era aguda e melodiosa e foi quando ele apoiou os cotovelos no balcão, os tríceps definidos à mostra na camiseta preta de manga curta, e me olhou diretamente que eu entendi: faria o que estivesse ao meu alcance para levar aquele filho da puta pra cama."
  • 303
  • 22