EndlessDelirium

EndlessDelirium
Nome: Delirium
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 20 de Julho
Cadastro:

EndlessDelirium - Jornais

13 jornais

Cint adulta

Postado

Olá, meus queridos... como vocês estão?
Bom, eu vim aqui rapidamente só pra justificar meus atrasos, ok? Comecei a trabalhar (ouvi um Aleluia? =P) e estou trabalhando no meu pré-projeto de Mestrado. Ah, e como estou meio com síndrome de Anitta, deixa eu ostentar o fato de estar fazendo uma tentativa muito séria de escrever um livro. Estipulei a mim mesma uma deadline até o fim do ano para finalizá-lo... Isso não quer dizer que serei uma bitch e deixarei minhas amadas fanfics e meus amados-queridos leitores e leitores-comentadores.
Estou planejando atualizar aquelas que vcs estão me cobrando mais (e com toda razão pq eu enrolei muito)... e, farei o possível para não atrasar demais. Não me abandonem, seus lindos.
Beijos, beijos.

P.S.: Sabem aqueles comentários maravilhosos? Responderei a todos. Vocês fazem do meu dia um dia feliz. <3



Permalink Comentários (9)

Sobre o Clube dos Cinco

Postado

Sobre o Clube dos Cinco

Boa tarde, meus queridinhos, como estão?

Cheguei no domingo trazendo polêmica. Aliás, só faço jornal quando tenho que reclamar das coisas... eu sei que isso é chato, mas... é tão necessário que nem vou me desculpar.
Ontem, estava eu no meu ask (mais conhecido como o Inferno na Terra Internética) e, entre as fofurices de meus leitores maravilhosos (pq mesmo com gente tosca eu ainda tenho os leitores mais maravilhosos da face da terra), tinha um ser humano revoltado trazendo à tona pela milésima vez que O CLUBE DOS CINCO é um plágio de um filme de mesmo nome (em inglês THE BREAKFAST CLUB). Como estou cansada demais desse papo e morrendo de medo de o SS deletar esta história, vim aqui resolver os mal entendidos.
O CLUBE DOS CINCO não tem NADA A VER com BREAKFAST CLUB, exceto o título em português e vou dizer como e por que.

1) O filme de 1985 que é dirigido pelo mestre-das-comédias-românticas-com-conteúdo John Hughes narra UM DIA de detenção (no sábado) de cinco alunos que não tem nada em comum. Como parte do castigo, eles tem que criar uma redação de 1000 palavras dizendo quem são.
Certo. Minha fanfic parte desse ponto, MAS, enquanto o filme só cobre o dia da detenção, a minha história se desenvolve à partir da segunda-feira, como alunos que são tão diferentes e fazem parte de mundos tão diferentes vão colocar a amizade e o amor sobre as dificuldades. Como quem leu e viu o filme irá perceber, a parte da detenção aparece em pedaços esparsos e a importância dada a isso é relativamente pequena sem contar que é TOTALMENTE DIFERENTE dos dilemas apresentados no filme.

2) Os personagens. No filme estes são: Um cérebro, Um atleta, Um caso perdido, Uma princesa e Um criminoso.
Na minha história eles são: O Maluco, O Atleta (o único personagem que não mudei o título), O Modelo, O Boneco e O Marginal.
As personalidades deles não são parecidas com as do filme, exceto pelo atleta e ainda assim o dilema dele é violentamente diferente daquele do filme.

3) Aqui já é mais um pedido que um ponto diferente.
Queridos, eu peço a vocês que, por favor, não dêem motivos para que OCD5 seja deletado. Eu amo esta história por diversos motivos, dentre eles o mais importante que é ter conhecido muita gente maravilhosa, a própria história tem muitas partes auto-biográficas que me fizeram pensar melhor sobre determinadas coisas... entre outros. Então, por favor, repassem esse jornal se puderem e, assistam ao filme. POR FAVOR, assistam ao filme e leiam à história e depois venham falar comigo caso exista alguma coisa que não entenderam, certo?
Bom, é isso. Beijos a todos os que leram.



Permalink Comentários (9)

SOBRE COUPLES E LEMONS

Postado

Olá, queridos...
Estou fazendo esse jornal para evitar alguns mal-entendidos que estão acontecendo a respeito de O CLUBE DOS CINCO e muito provavelmente sobre minhas outras fanfics. Hoje pela manhã recebi uma mensagem muito... peculiar, para não dizer mal-educada, de uma moça que não vou citar o nome porque não é necessário onde ela dizia que eu tinha estragado a história de duas formas: a primeira era ter colocado uma cena entre Kris e Lay, o que ela abominou, e a segunda era a falta de Lemon sendo que nos gêneros da fic eu tinha marcado “Lemon”. Entre muitos outros adjetivos feios utilizados para falar mal do couple em questão, ela me pediu para parar de escrever a história uma vez que já não fazia sentido.
Bom, para evitar emails ofensivos como esse (porque existe uma diferença gigante entre a pessoa não gostar da história por afinidade ou por ser ruim mesmo E a pessoa não gostar simplesmente porque as coisas não ocorreram como ela quis), vou tentar responder de acordo.
SOBRE OS COUPLES: Eu sempre deixei claro que amo todos os membros do EXO e shippo todo mundo com todo mundo. O que isso quer dizer exatamente? Quer dizer que eu não me apego a fotos em aeroportos para desenvolver a história e que eu encaixo os moços nos personagens que dão mais certo com eles. Minhas histórias nunca são projetadas no sentido de eu saber o que vai acontecer, aliás, eu só fico sabendo o que vai acontecer no capítulo quando sento e escrevo. A ÚNICA COISA que já existe desde antes do plot é a constituição dos personagens, suas características físicas e sentimentos, e então, eu abro as fotos do Google e escolho os rostos que dão mais certo. E é por isso que o Zitao do EXO que é manhoso, birrento e chorão (e eu o amo mesmo assim pq, né? Hahaha) se transformou no Marginal durão que leva a vida aos trancos e barrancos; da mesma forma o Lay, que no EXO é meu eterno menino sonolento e lindo e que em OCD5 é um cara meio bugre que xinga e pode bater em alguém se precisar. Com isso, queridos, quero pedir que leiam a história e tentem ver além dos casaizinhos, certo? Eu realmente não tenho fixação por casal nenhum (exceto KaiSoo, talvez... e ainda assim tomo a liberdade de fazer SeKai em “Monochrome” e BaekSoo em “Rapsódia Natalina”. Quanto á TaoRis eu também tenho uma e provavelmente terei outras e portanto, a única crítica que não admito é raivinha da história por conta de ter momentos Kray). AGORA, se você caro leitor ou leitora, acabou se decepcionando com a história pela forma como é narrada ou pelo ritmo que está indo, ou pela lerdeza... ou porque não faz seu estilo... TUDO BEM, não tem problema algum... poxa, a escrita/literatura é isso mesmo... as vezes a gente gosta, as vezes não. Acontece.
SOBRE O LEMON: Pois é. Eu tenho muito problema com Lemon. Primeiro porque não tenho paciência em ficar descrevendo sexo, acho chato pra caralho. Segundo, são pouquíssimas pessoas que tem a capacidade de descrever bem (e sempre citarei um dos melhores lemons que já li e que pertencem à Deb com seu CONTORNO DOS SONHOS, e eu sei que estão cansados de me ver falando dessa fic, mas... fazer o que, né?) sem que fique aquela coisa filme pornô forçada onde os caras penetram até o olho uns dos outros, ficam horas e horas e horas gemendo e indo do sofá pra cama e pro navio e pro teto... e eu fico pensando que isso é tão realidade de filme pornô (ou seja, NÃO EXISTE, pq, como todo filme, um pornô também é feito de cortes e sobreposições para que os moços possam respirar e tomar Gatorade ou Red Bull). E eu reconheço que minha capacidade é nula e quase sempre fica broxante quando tento fazer isso... afinal, estilisticamente eu prefiro não colocar. É OBVIO que vai ter sexo e eu vou descrever... MAS, todos sabemos que sexo e lemon são coisas diferentes, não? Portanto, não esperem me ver descrevendo as veias do pênis de algum personagem porque... isso não acontecerá.
Então é isso, divos... espero ter deixado claro minha forma de escrever. Espero também não ter sido cansativa e reclamona, mas... quando coisas chatas acontecem a gente fica meio ruim, né? Não é uma opção para mim parar de escrever, porque meu vicio vem desde a infância, e eu também sei que escrever fanfic te dá margem pra esse tipo de cobrança sem pé nem cabeça... MAS, que é chato... é. Enfim, eu realmente espero que continuem lendo porque eu amo as respostas que OCD5 trouxe e cada um daqueles comentários (e das outras fics também) me emocionam. Sempre que um desses episódios chatos (porque esse não foi o primeiro) acontece é desses comentários lindo que lembro e... bom... continuemos, né?
Por favor, desculpem meu falatório e não me abandonem. Beijos, beijos. Qualquer coisa, me respondam inbox, ou nos comentários do jornal ou no twitter: @SurrealEndlessD



Permalink Comentários (13)