¢Galantys

Galantys
.made of art
Nome: Gab.
Status: Capista
Sexo: Feminino
Localização: Curitiba, Paraná, Brasil
Aniversário: 7 de Março
Cadastro:

¢Galantys - .made of art





Um jornal sobre coisas

Postado

Oie!

Eu sei que algumas pessoas não gostam de ler desabafos ou coisas pessoais de alguém que elas não conheçam, eu sei, mas tô fazendo esse jornal pra mim mesma, é algo que eu esperei tempo demais pra falar sobre e agora que estou mais confortável com isso pensei: por que não? Pode ser um jornal pessoal, mas se ajudar pelo menos um pouco alguém que o leia eu terei cumprido meu papel.

Há alguns meses algumas situações me deixavam extremamente angustiada, era algo que eu achava que as pessoas não iam entender, por algum motivo eu me sentia impotente de contar a alguém sobre isso. Com o tempo eu percebi que o que acontecia comigo não era normal, eu precisava de ajuda, e até demorei tempo demais pra procurar. Eu me sentia facilmente irritada, era instável, chorava sem motivo e quando tinha motivos eu chorava ainda mais. Tinham dias até que eu não via por quê de levantar da cama e andar por aí. Eu cheguei a ficar dias sem me alimentar direito e isso só piorou tudo. Foi aí que percebi que eu precisava tomar alguma iniciativa. Não foi fácil contar pra minha mãe, não é fácil até hoje conviver com isso, mas tenho certeza de que se eu não tivesse contado tudo seria muito pior.

Minha mãe é e sempre foi muito religiosa, obviamente ela sugeriu que eu fosse à igreja mesmo que eu tenha parado de ir há alguns anos. Acho que só depois do diagnóstico de uma psicóloga ela me levou realmente a sério. Acredito que até hoje ela não entende totalmente e, do jeito dela, ela tenta me apoiar apesar das nossas diferenças enormes.

Não foi fácil. Não é fácil. Depressão é uma luta diária que a partir do momento em que você a aceita você precisa lutar contra ela. Não importa o quanto eu me entenda e o quanto eu entenda a depressão, eu nunca vou conseguir falar sobre isso sem sentir aquela sensação de impotência.

Não é uma bad de 3 dias que passa logo, é uma montanha russa. O tempo passa, as coisas mudaram e mesmo assim eu não conseguia me ver fora dela. Quando eu assumi minha posição e minha situação foi como renascer, eu contei pra amigos próximos e alguns familiares e foi melhor do que eu imaginava. Meus amigos abraçaram tudo aquilo e me apoiaram de um modo que eu duvido que haja uma sensação melhor que aquela. Foi como ter achado um abrigo no meio de toda aquela angústia.

Depressão é uma doença ainda sem cura, mas tem tratamento e eu o faço diariamente além de pequenas ações que eu procuro fazer pra me sentir melhor. Eu escrevo, e como escrevo. São quase 2k palavras todo dia sobre como tô me sentindo sem contar as palavras que escrevo pra fanfics minhas e projetos. Apesar de não ser totalmente a solução eu vejo como um escape, escrever atualmente é minha maior paixão, ela ultrapassa todos os outros sentimentos e me ajuda imensamente a pensar, a refletir e a, talvez, ficar um pouco melhor.

Depressão não é tristeza e não é motivo de vergonha, eu ignorei isso por muito tempo, até finalmente eu ver que eu realmente tava 0% ligando pra minha saúde mental e física. Eu conheço outras pessoas que têm depressão, pessoas maravilhosas que sabem o quanto é difícil passar por isso.

Depressão não é frescura ou preguiça.
Depressão não é falta do que fazer.
Depressão não é uma história de amor.
Não romantize a depressão.

Atualmente, eu, Gabriella, me vejo mil vezes melhor do que eu era lá no começo de 2016. Não totalmente melhor ou 100%, mas apenas o fato de que eu sei que todos os dias eu tento de novo me faz perceber que eu mudei muito.

E se você tem depressão ou sente os sintomas dela, saiba que você não tá sozinho. Nós não somos diferentes dos outros só por isso, somos humanos como todos os outros e merecemos e PRECISAMOS cuidar de nós mesmos. Depressão vai além do mental, afeta também nossa alimentação e metabolismo, ela traz dores que pqp como pode algo ser tão doloroso assim.

Não ignore você mesmo. Você é importante pra quem ama você, mas é mais importante ainda pra você mesmo. Você merece ser cuidado, merece ser saudável, merece ser amado, ser acolhido e ser prioridade pra você mesmo.

CVV 141

Permalink Comentários (6)

[15/04/2018] 01. Construção de personagem: o protagonista e estereótipos

[14/04/2018] Aula de edição: Como criar PSD Colorings (3)

[11/04/2018] Shipp: Keryn

[02/04/2018] Contra o Vento: Personagens


Atualizações do Usuário

Usuário: ¢Galantys
como faz pra pular a parte chata de ficar flertando pra hora que eu peço pra dar uns beijo na boca da pessoa...
Usuário: ¢Galantys
ai gente quando vejo pessoa falando merda sobre timidez ser egocentrismo me da preguiça
Usuário: ¢Galantys
chega uma hora que você cansa de fingir que ta tudo bem
Usuário: ¢Galantys
dia inteiro fingindo que to legal pras visitas é amigos mas por dentro não suporto mais nada
Usuário: ¢Galantys
eu to me sentindo adorável