1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Alvinegra- >
  4. Jornais

Alvinegra-

Alvinegra-
Santista
Nome:
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

Alvinegra- - Jornais

13 jornais

108 anos de um gigante

Postado

108 anos de um gigante

Já dizia o hino deste grandioso time “Nascer, viver e no Santos morrer” um orgulho que nem todos podem ter, o branco e o preto são as cores de um time, que eu amo com certeza. O mesmo time que parou uma guerra, conquistou o mundo duas vezes e da libertadores é tri. Esse mesmo time com tanta história e glória, que Pelé vestiu e honrou a camisa, o que revela jogadores excepcionais, o berço dos craques.


E hoje está completando mais um ano de vida, esse gigante é o time do meu coração, responsável por me fazer passar raiva, mas também pela minha alegria, pelo meu choro de felicidade e de tristeza. Ah o futebol, algo imprevisível, uma obra de arte que se decide em um campo.


Sempre irei carregar o branco e o preto em meu peito, a camisa alvinegra, faz parte da minha pele, o hino é a minha canção favorita. Tudo que envolve esse time é intenso, meu amor por ele é tão grande, que não cabe em mim. Santos futebol clube é isso, um amor infinito, que me faz viver mais e mais.


Permalink Comentários (0)

Big Night

Postado

Big Night


1, 2, 3 all my boys and girls
We gonna party like it's the end of the world
Let's get it started (Hey!)
Started (Hey!)
Started (Hey!)
Whoa Oh


Escutando: Big Time Rush - Big Night

Permalink Comentários (0)

Meu orgulho

Postado


╔═══━━━─── • ───━━━═══╗

ᴇᴜ ɴᴀᴏ ᴘᴇɴsᴀᴠᴀ ᴇᴍ ᴀᴍᴀʀ ɴɪɴɢᴜᴇᴍ,
ǫᴜᴀɴᴅᴏ, ᴀʟɢᴜéᴍ ᴀɴᴜɴᴄɪᴏᴜ, sᴀɴᴛᴏs ᴏ ᴛɪᴍᴇ
ᴅᴀ ᴠɪʀᴀᴅᴀ, sᴀɴᴛᴏs ᴏ ᴛɪᴍᴇ ᴅᴏ ᴀᴍᴏʀ

╚═══━━━─── • ───━━━═══╝




Permalink Comentários (0)

Meu maior orgulho

Postado

Meu maior orgulho

Não é sobre ter a maior torcida de todo Brasil, é sobre saber que seu time é o melhor que já existiu. Não precisa morar em Santos pra se apaixonar, mas ter consciência que santista existe em todo lugar, é saber o que é sentir frio, esperando um clássico lindo na televisão, num sábado, quarta, ou domingo, imagina o amor sentido na Vila então. Não é só sobre chegar final de campeonato, e saber que venceu, também é certeza de olhar pra trás, e ver o quanto cresceu. É conta quantas vezes em um jogo quase se parou o coração, e na hora da taça saber que valeu sentir cada emoção. Todo ano vou me despedir, de uma estrela menina da Vila que nasceu aqui, mas meu peixe é gigante, o mundo esperar a cada instante outra estrela surgir. Não preciso ter uma voz boa, linda, pra poder cantar, mas foi essa voz que alguns anos conseguiu, a guerra parar, é vestir o manto em um velho escudo de branco e preto, e gritar pro mundo o orgulho que tenho de ser alvinegro. O Santos é meu maior orgulho, e a torcida já vem faz barulho pra comemorar, sair convocando todo mundo, chamar as sereias, e os peixes pra sair do mar. Santos, Santos, Santos eu sou. Santos, Santos, Santos eu sou. O Santos é meu maior orgulho, e a torcida já vem faz barulho pra comemorar, sair convocando todo mundo, chamar as sereias, e os peixes pra sair do mar.

Escutando: Meu maior orgulho - Brunna Matos

Permalink Comentários (0)

Nascer, viver e no Santos morrer, é um orgulho que nem todos podem ter

Postado


Sou alvinegro da Vila Belmiro
O Santos vive no meu coração
É o motivo de todo o meu riso
De minhas lágrimas e emoção.


Sua bandeira no mastro é a história
De um passado e um presente só de glórias
Nascer, viver e no Santos morrer
É um orgulho que nem todos podem ter

No Santos pratica-se o esporte
Com dignidade e com fervor
Seja qual for a sua sorte
De vencido ou vencedor

Com técnica e disciplina
Dando o sangue com amor
Pela bandeira que ensina
Lutar com fé e com ardor



Permalink Comentários (1)

105 anos Santos Futebol Clube

Postado

105 anos Santos Futebol Clube

Hoje completa mais um ano desse amor infinito que sinto por você. Já sorrir com as vitórias e os títulos, chorei com as derrotas e eliminações, mas nunca desistir. O time que não sabe o significado da palavra Serie B, revelou grandes craques, parou uma guerra. Me orgulho de ser alvinegra da vila, meu sangue deixou de ser vermelho e passou a ser preto e branco, meu amor por ti é tão grande que não cabe dentro do meu coração. É como diz o próprio hino "Orgulho que nem todos podem ter", te amarei nas vitórias e nas derrotas, até meu coração parar de bater, estarei contigo sempre, é tão gratificante vestir o manto alvinegro, só quem  torce sabe que esse amor é incondicional. Sempre estarei contigo, nos bons e nos piores momentos, esse amor que tenho dentro de mim é inacabável. Não me arrendo de torce para um dos melhores times do mundo, suas conquistas serão lembradas para sempre, sua história é uma das mais lindas, seu hino é minha melodia preferida. É gratificante sentir essa emoção, em dias de jogos sinto frio na barriga, a ansiedade tomar de contar, te apoio os noventa minutos, me tremo com cada bola na trave, vibro com os gols, sofro com os gols dos adversários. Faltam palavras para dizer o quanto eu te amo, resolvi resumir esse amor escrevendo esse texto, nada nesse mundo vai me fazer desistir do amor que eu sinto por você. 105 anos sendo o motivo de todo meu riso, de minhas lágrimas de emoção, te amo



Permalink Comentários (0)

Como virei santista

Postado


Tudo começou em 2008 quando eu nem sabia o que era futebol, acordei pela manhã e estava passando o VT de um jogo do Vasco, assistir um pouco, na época eu não torcia para time nenhum, aí fui acompanhando os jogos do Botafogo com meu pai, logo comecei a torce para o time carioca, eu era fanática, daquelas que discutia na escola, tinha camisa, toalha, assistia a maioria dos jogos com meu pai, as vezes sozinha. Então virei fã do camisa dez do time carioca, Lúcio Flávio, na época ele era um excelente jogador, eu era muito apaixonada por ele (bons tempos), a cada gol que o LF10 fazia eu pulava feito criança ou sorria feito bobona. Até que no ano seguinte ele foi para o Santos, no início fiquei bem triste, quase chorei. Foi aí que comecei a acompanhar jogos do Santos, no campeonato paulista, assistia só para ver o LF jogando, fui simpatizando com o time aos poucos. Começaram as aulas, sempre que perguntavam meu time eu dizia "Santos e Botafogo" simplesmente não sabia escolher um dos dois times, botafogo por que veio primeiro e tinha medo de decepcionar meu pai e Santos por que estava me encantando. Nesse mesmo ano vir o Santos perde o campeonato paulista e botafogo o carioca, fiquei triste pelos dois times. Um belo dia a professora de Educação física mandou a turma fazer um trabalho contando a história do time, escolhi o Santos futebol clube, então fui pesquisar, daí me apaixonei completamente pelo time e pela história do clube, comecei a acompanhar os jogos, lembro que nesse ano foi bem sofrido para o Santos, eu defendia o time com unhas e dentes, já até quebrei régua na mão de um menino por causa do meu time, só não levei suspensão porquê a professora me defendeu. Nesse mesmo ano eu tinha uma amiga santista Stephanie, éramos como irmãs, tipo chiclete e falávamos muito sobre o alvinegro da vila, aos poucos nos afastamos (sinto falta dela até hoje). No natal de 2009 ganhei minha primeira camisa do peixe, meu pai que deu, hoje em dia ela nem existe mais, era a número nove. 2010 foi o ano que o time voou ganhou campeonato paulista, copa do brasil, tinha um puta time, era lindo de ver aquele time jogando, me deu muitas alegrias (saudades) 2011 também foi um ano bom, ganhou novamente o campeonato paulista e o título mais importante que o vir ganhando, o tricampeonato da libertadores, comemorei muito, me sentir como se tivesse no Pacaembu com a energia da torcida, foi uma coisa linda de ver, pena que no mundial tomou um chocolate do Barça, fiquei bem mal nesse dia, sem contar que meus amigos me zoaram uma eternidade. 2012 foi um dos piores anos da minha vida, fomos eliminados pelo Corinthians na libertadores, fiquei tão mal que no outro dia não queria ir pra escola, fui por que me obrigaram, nesse ano eu estudei com dois santistas a Débora (até hoje devo uma pulseira do sfc pra ela) e o Ruan, eles também ficaram mal pela eliminação, eu não conversava muito com eles, sempre fui tímida. Fiz minha amiga começar a gostar de futebol, ela virou gremista. De 2013 não lembro muita coisa e no ano seguinte perdemos o campeonato paulista para o Ituano, lembro que eu tinha um professor santista, ele era o único que eu conversava na sala de aula, lembro que ele foi dar aula e estava bem triste, também lembro que ele foi embora no meio do ano, chorei feito criança, ele foi dar aula em outra escola. Em 2015 perdemos a copa do brasil para o Palmeiras, ganhamos o primeiro jogo e perdermos o segundo, acho que foi um dos jogos que mais me deixou mal, pq eu realmente achei que íamos ganhar aquele título e sempre odiei perde qualquer coisa para o time bi rebaixado. 2016 ganhamos campeonato paulista e vice-campeão brasileiro, confesso que eu não acreditava muito que aquele elenco iria conseguir uma vaga na libertadores e acabou conseguindo.


O futebol já me ajudou em muita coisa e assistir futebol é tipo um remédio para mim, quando estou triste, ele consegue curar qualquer ferida, não importo se me chamam de menina macho, antissocial.Também foi o principal motivo para eu ter criado uma conta nesse site e com isso fiz muitas amizades virtuais que também gostam de futebol. Me ajudou também a superar o bullying, na quinta, sexta e sétima série as pessoas me zoavam, por ser fora dos padrões de beleza, lembro que na quinta uma menina vivia me batendo, já me elegeram como a menina mais feia da turma, me olhavam com pena e nojo, eu sempre tive problemas para estudar por causa da defit de atenção, não conseguia presta atenção na aula, tinha uma auxiliar na escola que me ajudava em algumas coisas, sempre fui tímida, a vida inteira só tive duas amigas na escola, elas me ajudavam em tudo, até hoje são minhas amigas. Sempre fui sozinha, raramente saio de casa, então o futebol e meu amor pelo Santos sempre me ajudaram, ano passado minha "Mãe" de criação morreu, chorei por uns três dias, o Santos me ajudou bastante a superar essa dor. Minha família me chamar de louca, doente, diz que futebol é para homem, mas não ligo para nada que falam, eles não sabem quanto o futebol me ajudou. Tudo que passei e conseguir superar foi graças ao meu time, meu orgulho. Simplesmente meu amor eterno, que nunca me abandonou, não me arrependo de ter derramado lagrimas por esse time, faria tudo de novo, umas mil vezes, amo incondicionalmente, consegue me alegrar mesmo nos dias difíceis. É como diz o hino, “Nascer, viver e no Santos morrer é um orgulho que nem todos podem ter”.


Escutando: Hino do Santos

Permalink Comentários (1)

Única fabrica de estrela que não ficar no céu

Postado




Permalink Comentários (0)

Desafio Jorteusete

Postado



01: Qual a primeira música do Jorge e Mateus você ouviu? Tem nada a ver.
02:Qual sua música preferida de J&M? Mistérios.
03:Há quanto tempo é fã da dupla? Três anos.
04:Como virou fã? Através de uma fanfic
05:Trecho de uma música deles : Se você me pedir pra ficar pra sempre com você, nem vou pensar duas vezes pra te responder, ce sabe que eu vou.
06:Uma música deles que te faça chora, e porque? Ciclo por que demonstra todo sentimento que um filho tem por uma mãe.
07: Uma música deles que está fazendo sucesso no momento: Louca de saudade.
08:Uma música deles antiga: Me leva.
09: Se arrepende de ter entrado para o fandom? nunca jamais irei me arrepender .
10: música que lembre alguém: Amor não é jogo de azar, me lembra a marida @Gaby_Style.
11: Quem te influenciou a ser fã da dupla? Tudo culpa da fanfic.
12:Qual a maior loucura que você faria por eles? Invadia o palco para abraça-los.
13: Mas quando o coração não me enxergar vai te deixar louca de saudade, louca de saudade, o coração vai me deseja e te deixar louca de saudade, eu quero ver então se vai poder trocar de coração.
14:Porque escolheu ser fã da dupla? Porque eles são os melhores.
15: Trecho de uma música com participação deles:
Me desconcentro, perco o foco, me tremo todo quando te vejo, não consigo dizer o que eu quero.
16:Trecho de uma música que te faça refletir : A gente nasce, cresce, casa, sonha em ser feliz, por isso eu fui busca no mundo tudo que eu quis.
17:Qual das músicas da dupla combina com você?
A hora é agora
18: Defina Jorge e Mateus em uma palavra: orgulho
19: Se você encontra-se a dupla e ficasse frente a frente com eles oque você diria a eles? Choraria muito e não conseguiria acreditar, depois abraçaria os dois.
20: Escreva uma coisa que só as fãs entendem: panda e sol.
21: Trecho de uma música da dupla que te defina: Você fala demais diz muitas besteiras da boca pra fora .
22:Defina a dupla em um trecho de música deles:
Te pedir pra Deus de presente pra me ver contente ele te inventou.
23: Uma frase que demonstre seu amor por eles: A vida me ensinou a ser fã de Jorge e Mateus e eu fiz do Jorge e Mateus minha vida.

24: O que você aprendeu sendo fã da dupla? Aprendi muitas coisas boas e levarei para vida inteira.
25: Se fosse se declarar para alguém que música de J&M você cantaria para a pessoa: Seu olhar foi de encontro ao meu, o meu destino estar junto ao seu, meu vício, mania, eu desvendei os mistérios do seu coração.
26: Primeira música da dupla que venho na sua cabeça:Dias de sol.
27: Primeiro show que você foi de J&M:
Infelizmente nenhum, mas ainda tenho esperanças que um dia eu vou.
28: Duas palavras que te faça lembra de Jorge e Mateus: Cozinha e Mar.
29: O que acha das músicas da dupla? São provas de que não precisar difama uma mulher para uma música fazer sucesso no Brasil.
30: Como se sente sendo fã da dupla? Me sinto especial, até porque não é qualquer um que vira fã de uma dupla tão maravilhosa.
31: Você já fez alguém vira fã de J&M? Sim minha best friend Gabriela @Gaby_Style.
32: Que música deles você está ouvindo agora? Logo Eu.
33: Trecho da música deles que vem na sua cabeça:
Sou seu novo amigo, seu namorado, você achar justo chamar nós dois de amor.
34: resuma sua vida em um trecho de música do J&M: Paz e amor é o que eu quero pra nós e que nada nesse mundo cale a nossa voz.




Permalink Comentários (0)

Hala Madrid

Postado

Hala Madrid




Permalink Comentários (0)