1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. yams_loves

yams_loves

yams_loves
Nome: Luh-chan ✨ Princesa Tsukkiyama ❇ Limão
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: São Joaquim da Barra - SP
Aniversário: 30 de Agosto
Cadastro:

yams_loves


Ela/Dela 💟
"Ler ou não ser"

💕Amante da leitura que entrou no mundo da escrita, especialmente de Haikyuu💕

→Sugawara nem é gente, é anjo😇❤
→Inuoka baby subestimado😔❤
→Tsukkiyama, Daisuga e Bokuaka são vida😉❤

~Autora em desenvolvimento, assim como o perfil~

Autora no @ProjBokuAka 🍀💜

Squad Motoquinha 🏍️💗:
Deusa @_Mochi-Mochi_
Sugamommy @Ama-te
Diva @Ladyking
>ram dam dam dam<

Meu trio Oya Oya 🎇💛: @Temariisan de Kuroo @Juju_Yamaguchi de Akaashi

Luz fofa dos meus dias @Dolunay_ ✊💙
Minha florzinha @euJuuwliana 🌺💞

Sempre a disposição para ajudar, amigar e surtar junto 😊💖

Conhecendo Meu Eu Escritor

Postado




Citação:



As regras são:

I. O intuito deste desafio é para que nós como leitores aqui da plataforma conheçamos um pouco mais sobre os autores das fanfics que tanto gostamos e proporcionar que outros leitores conheçam um pouco mais sobre nós como escritores e também conheçam o trabalho maravilhoso dos demais. Vamos espalhar a corrente do bem, apoiar e incentivar nossos queridos escritores.

II. Caso não queira responder alguma questão, apenas poste a pergunta e deixe o espaço da resposta em branco para que o questionário não fique incompleto.

III. Ao serem indicados, vocês precisam repostar o jornal com as mesmas regras e com “Conhecendo Meu Eu Escritor” no título.

IV. Você precisa repassar o desafio para frente, então marque pelo menos uma pessoa para cumprir o desafio também.








Escreveu Yams responde:



1 – Desde quando você escreve?
KKKKKKKKK então, meus caros, precisava começar assim? Oficialmente fazem quase 6 meses, antes disso somente produções escolares (que eu fazia na força da necessidade e hoje cá estou aqui “autora”). Sim, eu até me garanto “brotinho”, porque sou novinha no quesito.

2 – O primeiro par romântico que você escreveu.
Essa é especial e o Alzheimer não atrapalha hsahsha Tsukkiyama (Tsukishima e Yamaguchi) de Haikyuu. Eles foram os donos da minha chegada no spirit.

3 – Seu shipp favorito de algum fandom.
Entãão, só um mesmo? Vamos ficar com três, porque não sei escolher hahahaha Tsukkiyama que é OTP supremo, Daisuga que são nossos papais corvos e Bokuaka que são a razão da minha boiolice. Sim sim, todos de Haikyuu <3

4 – Assunto preferido de escrever.
Nossa, isso é complicado, porque eu não sei categorizar o que escrevo. Mas acho que quando chega o estopim da paixão e declaram o quanto gostam, ainda mais quando é no universo do anime, sinto que consigo escrever bastante sobre.

5 – Gênero preferido de escrever.
Fluffy bem diabético hahah desde que eu consiga trabalhar sentimentos, emoções e cenários com muita melosidade, é tudo que amo.

6 – Sobre qual fandom gosta mais de escrever?
Haikyuu sem dúvida nenhuma. Foi vendo e pensando “Esse é gay. Aquele é gay desse” ao assistir, que meu lado fujoshi me induziu a escrita. Obrigada, Furudate, por me fazer boiolinha assim por eles aa

7 – Sobre qual/quais personagem/ens gosta mais de escrever.
Acho que, Yamaguchi, Tsukishima, Asahi e Suga, os três primeiros são os que mais me identifico, então consigo descrever com mais facilidade ao me pôr na situação e saber como reagiria, e o Suga porque é nosso amorzinho e gosto de trabalhar a personalidade dele.

8 – Fandom que quer escrever, mas ainda não fez.
Given. Dentre outros, mas me familiarizo mais com ele, em especial quero continuar a cadelar por Haruki e Akihiko (o que me leva a não querer ver o filme e desiludir, talvez?)

9 – O que você escuta quando está escrevendo.
Meu pai, essa é realmente complexa KKKKKKK
Eu sou muito eclética, então qualquer mix (que não envolva funk) vai me agradar. Num geral eu gosto de rock romântico para imaginar bem as cenas, como Nickelback, Evanescence, Shinedown, Hinder, ou até na loucura mesmo como Skillet, Three Days Grace e Imagine Dragons.
Mas posso citar também pop, que sou muito influenciada por Ed Sheeran, James Arthur e algumas músicas soltas, como Take Me To Church (de Hozier) e Before You Go (nome complicado, não lembro haha).
E enfim, aquelas que me animam sempre que são rap’s KKKKKKKK sim, de anime. Assim eu ouço 7 minutoz, Vmz, Tk, Mh e Felícia Rock em especial.
Se me der um sertanejo, eu me inspiro também. Deu na telha, a eclética curte haha

10 – Autores (de livros) que te inspiram.
Não sou boa em guardar nomes, mas pequenos trechos de fulano e ciclano já me inspiram, mas especialmente a Cassandra Clare, que hoje, lendo Os Instrumentos Mortais eu baseio toda minha escrita e evolução nela. Amo aquela mulher e meu objetivo é ser uma boa pupila. E dos clássicos, um autor que aos poucos me encanto é o Machado de Assis, quero ter mais oportunidades de leitura com obras dele, mas num geral, já acho sensacional.

11 – Qual das suas fanfics te define e por que?
Acho que, sem dúvidas, Sinônimo de Irmandade. Ela trata de uma centric!Tsukishima e trabalha muito nos sentimentos de irmãos, sendo de sangue ou não. Foi algo que eu escrevi muito de mim, sabe? hahhah mas eu consegui deixar ela fluida por saber “na pele” do que se trata o assunto, sobre atitudes de amigos que os tornam meus irmãos e até mais que os de sangue.
Além disso, o início de Take Care - Cuidar-te foi um pouco do meu estado emocional numa época de paixonite KKKKKK

12 – Tem alguma dica de escrita?
Cara, eu não sei, porque sou eu a que recebe dica KKKKKKKKK mas escreva por amor, não se barre em questão de número, expectativas e coisas assim. Apenas dê vida a sua imaginação e se ela estiver boa para ti, já é a maior conquista da vida. Também não se cobre demais, faz o que estiver ao seu alcance e talento, aos poucos sua evolução vai te mostrando os caminhos. Sim, eu tenho que aprender com isso também, mas sempre estamos aí, né? hashsah

13 – Que programa você usa pra escrever?
Isso depende muito. Vale tudo? KKKKKK eu escrevi maior parte da primeira Tsukkiyama no Word por ser o primeiro lugar que decorei atalhos e entendi o sistema. Mas uns três meses depois, eu basicamente me transferi para o Docs e maior parte do que escrevo está nele.
Mas além disso, gosto de citar que escrevo no bloco de notas (frajuto) do meu celular e em cadernos antigos e meu Bullet Journal para anotações básicas.

14 – Conte a respeito dos seus planos para sua/s próxima/s fics.
Nossa, meu Deus KKKKKKKKKK eu não sei direito, porque não tenho um plano. Mas no final de outubro eu trago uma Tsukkiyama bem fluffyzinha que já está escrita há um tempo e mês que vem busco trazer uma long Bokuaka (também parada) e uns intermediários de one, provavelmente Daisuga e Bokuaka em grande escala hahah
Mas eu também tenho o plano de continuar a Iwaoi com uma Matsuhana e a Tsukkiyama (de outubro) com uma Daisuga, basta forças e escrever hashsha sem falar na long/short (?) Daisuga que iniciei escrita e não tenho prazo para trazê-la.

15 – Qual a parte mais fácil da escrita para você?
Imaginar o plot e cenas todas boiolinhas. E principalmente, na hora de anotar detalhar certos pontos de como eu quero que fique e com quais palavras.

16 – Qual a parte mais difícil da escrita para você?
Organizar tudo em si, falando em questão de personalidade, idade, função e outras coisas agregadas aos personagens. E de quebra arrumar um tempo para escrever (e sem bloqueio, please).

17 – Hábitos de escrita (bons e ruins).
E se eu disser que não sei?KKK
Bom: acho que escrever em si, quando tenho o plot, minha mente já imagina tudo e na hora de escrever está mais fácil. Gosto sempre de dar uma olhada pro céu antes e colocar uma música, é como um ritual. E estou sempre em busca de evolução na forma que narro.
Ruim: eu procrastino muito, talvez um tanto pela insegurança. “Isso parece com aquilo que você leu”, “será que tá de acordo com isso e aquilo?”, e eu acabo deixando de lado sem nem tentar, às vezes, pensando o quanto é desgastante. Além de que eu escrevo bem pouco a cada dia.

18 – Elogie sua própria escrita.
Eu tenho orgulho. Sim, você está aos poucos seguindo sua ídola e essa evolução é satisfatória.

19 – Uma palavra que te define quanto escritora.
Ilimitada. Eu não tenho limite para plots, palavras, cenas e pessoas para trocar ideias. Vou sempre estar criando algo novo e chegar em alguém perguntando se tenho apoio e o que sugere (leve insegurança). Daí, quando me ponho para escrever sai montanhas de palavras hashhsa


20 – Recomende os escritores que você mais gosta aqui no Spirit.
Avemaria, vamos lá… a maioria eu conheci recentemente, mas sim, eu amo e admiro demais: @Juju_Yamaguchi aquela que me motivou muito com Tsukkiyama e me inspira na forma que ela escreve @Amiraa que já não te encontra mais na plataforma @_Mochi-Mochi_ maravilhosa que me encanta @Ama-te eu não tenho o que falar de tanta graciosidade aa @Ladyking que eu posso não shippar mas sou bobinha pela escrita @euJuuwliana céus, a flor dos dedos de ouro pela escrita linda linda @Honokaboke consagrada minha deusa Daisuga marcada em minha vida @aysceat rainha Daisuga sim sim, que me emociona a cada fic aa
E enfim, @Dolunay_ que me encanta a forma tão simples e bem descrita que ela transmite
Eu também me considero ruim em guardar e seguir users pela vergonha, mas outras pessoas e suas escritas que gosto e me inspiram <33





Quem eu indico:






Enfeites retirados do baú de enfeites
da @cookiecomleite e do DevianArt
Jornal feito por @_Mochi-Mochi_


Escutando: Evidências (Chitãozinho e Xororó)
Lendo: O que escrevi ontem à noite
Assistindo: Meu gato miar mudo para o passarinho na antena
Bebendo: Água, baby
Permalink Comentários (3)

Atualizações do Usuário

Usuário: yams_loves
Organização do projeto com a Mochi começou tudo certo KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Usuário: yams_loves
a Mochi surtando fez meu dia KKKKKKKKKKKKKKKK MEUDEUS
Usuário: yams_loves
Entro no classroom e me sinto mais lixo ainda, tudo nos conformes
Usuário: yams_loves
QUERO BATER MINHA CABEÇA NA PAREDE DE ODIO AAA
Usuário: yams_loves
oi gente, ontem foi aniversário da minha amiga tóxica que não me deu parabéns no meu, porque parou misteriosamente de falar comigo e quando me viu só falou de macho, e eu me sinto mal por não ter parabenizado ela, porque sou extremamente trouxa.