~MissPrincessy

MissPrincessy
Princess
Nome: PrincessOfWriter
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Indisponivel
Aniversário: 20 de Abril
Cadastro:

~MissPrincessy - Histórias

2 histórias

My Guardian Angel (Repostada) escrita por ~MissPrincessy

Fanfic / Fanfiction My Guardian Angel (Repostada)
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 4.007
Atualizada
Idioma Português
Categorias Nina Dobrev, One Direction
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência

Ultimamente tenho perdido o sono, sonhando com coisas as estranhas que habitam a escuridão do meu cérebro, o que pareciam memórias afligem meu psicológico e me levam diretamente à eles, sem nenhuma segurança. Imagens se formam em minha mente e me sinto sozinha novamente com aqueles olhos azuis, estes me trazem um misto de sensações e os monstros que habitam a escuridão, sua presença era como um vício ou mais uma queda, mais precisamente como se algo tintilasse em meu cérebro e me sufocasse, algo em minha cabeça mandava-me correr para o de olhos negros como se este fosse minha saída, enquanto outra parte me obrigava a ficar, a ficar e me sufocar junto com os demônios da escuridão ou com o anjo de olhos azuis, o meu estranho vício.
  • 10
  • 6

Lost Girl escrita por ~MissPrincessy

Fanfic / Fanfiction Lost Girl
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 993
Atualizada
Idioma Português
Categorias Lily Collins, Shawn Mendes
Gêneros Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
As flores pareciam feias, as folhas estavam sem cor, o céu estava cinza. Era assim que eu me sentia depois daquele acidente, que eu havia perdido minha vida e também um pouco do sentido do mundo. Não fazer ideia de quem eu sou ou em quem confiar, não se lembrar dos melhores e piores momentos. Sem saber a quem pertencia aqueles olhos castanhos e sorriso travesso, era como uma criança indefesa vendo pela primeira vez o mundo real, mas dessa vez perdida em uma floresta de memórias. Meu corpo precisava de algo ou alguém, de um porto seguro, dele, por mais que não soubesse a quem ele clamava.
  • 10
  • 4