1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. proparoxitona

proparoxitona

Nome: Zia Silva
Localização:
Cadastro:
Uma menina apaixonada por leitura e seus universos.

Shippadora compulsiva, se eu gostar, já quero fanfic.

Minhas séries favoritas são: Anne wint an E. The Umbrella Academy. The Big Bang Theory. Friends. Haley Quinn.

Amo animes e Jane Austen.

Coloca uma música de desenhos musicais pr ver se eu não canto. Só não bota a do Kenai falando pro Koda q foi ele q matou a mãe, e nem a do Spirit preso, pq me dediquei a não chorar ao invés de aprender a letra.

Sou Lufana, arcanos Oceanos, dobradora d'água e genjutsu.

Conhecendo Meu Eu Escritor, por proparoxitona

Postado

Regras do Desafio

I. O intuito deste desafio é para que, nós como leitores aqui da plataforma,conheçamos um pouco mais sobre os autores das fanfics que tanto gostamos e proporcionar a outros leitores um pouco mais de conhecimento sobre nós como escritores e, que também conheçam o trabalho maravilhoso dos demais. Vamos espalhar a corrente do bem, apoiar e incentivar nossos queridos escritores.

II. Caso não queira responder alguma questão, apenas poste a pergunta e deixe o espaço da resposta em branco para que o questionário não fique incompleto.

III. Ao serem indicados, vocês precisam repostar o jornal com as mesmas regras e com “Conhecendo Meu Eu Escritor” no título.

IV. Você precisa repassar o desafio para frente, então marque pelo menos uma pessoa para cumprir o desafio também.

Antes de começar queria dizer que posso responder me referindo as minhas histórias. Não para divulgação, mas porque eu acho que posso me expressar melhor assim.

1. Desde quando você escreve?

— Essa é fácil. Escrevo desde que eu era pequena e recebia as tarefinhas com desenhos e linhas para fazer historinhas,na falecida máquina que usava álcool, tinha mais falha do que nada. Apesar de não gostar de ler na época, eu passava praticamente o horário todo tentando escrever algo. Sim, não eram boas, mas eu me sentia feliz e realizada. Eu tentava escrever histórias no meu caderno e até hoje tenho uns rascunhos de alguns anos atrás. Escondia e escondo até hoje. Meu sonho era ter um diário e escrever, mas nunca ganhei, e só anos depois consegui um caderno para escrever nele. Tenho dois anos da minha vida nele e só não aumentou porque eu escondo e não tem como mais eu escrever nele sem que descubram. Ele me ajudou muito, não só no desenvolvimento da escrita como também era também desabafar e falar sobre meus sentimentos. Me estendi demais aqui, desculpem.

2. O primeiro par romântico que você escreveu?

— Acreditem ou não, foi Pucca e Garu. Eu tinha 14 anos na época e tinha acabado de descobri o significado de fanfic. Não me julguem.

3. Seu ship favorito de algum fandom.

— Nossa, sou múltiplos fadons e é impossível eu escolher só 1. Por isso segue o baile.

Da DC é Mulher Gato/Batman. Flash/Nevasca. Dick/Korry. Ravena/Mutano (esse eu respiro e vivo). Damian/Mar'i ( mas recomendo @Raizel_Moon, Tons de Vermelho, de Tim/Damian. Sem falar de outras pérolas. Eu não shippava ler a fic dela ). Dentre outros.

Marvel- Homem Formiga/Vespa. Gamora/Star Lord. Homem de Ferro/Pipper. Peter/Mary Jane. Homem Aranha/Gata Negra ( eu sei, esse shippe tem problemas, mas,amo herói e vilão). Recentemente dei uma shipada em Peter e Harry, mas a culpa é dos produtores que deixaram a relação deles em Marvel Homem Aranha boa até demais.

Naruto — Naruhina (15 anos de espera, 15!), Sassusaku, Shikatema, Borusara e Minakishi.

Ainda tenho Reylo e Hanleia ( alguém faz mais fanfic doeu casal ) Star Wars e Cinco e Vanya de The Umbrella Academy. Não se enganem eu tenho mais shippes. Tipo a Anne e o Gilbert. Ai, se eu continuar vai ficar longo.

4. Assunto preferido de escrever

— Essa é fácil, sentimentos e o do porquê do personagem senti-los. Passei por muita coisa na minha vida ao ponto de prender meus sentimentos e não consegui chorar mais sem ser com muitos esforço e tinha vontade de falar 0. Quando me dei conta e tentei resolver por mim mesma eu chorei por horas e horas sozinha.

Acho que escrever o diário me fez ter percepção dos meus próprios sentimentos e de como eles são maravilhosos. Botar para fora e descreve-los é a mesma coisa de cantar e dançar (para quem sabe fazer, porque eu sou o O). Sem falar que conhecer os sentimentos do próximo faz com possamos entender mais as pessoas. Quem nunca julgou personagem sem saber o que ele passou? (Desculpa Itachi, eu não sabia). Acho que ler também me fez gostar de sentimentos dos personagens, por isso sempre procuro significados dos gestos e olhares quando vejo série, filme, anime e dorama. Tanto, que minha fanfic do Snoopy é cheias de sentimentalismo e o do porquê ele sentir que as coisas estão mudando, mas a vida dele continua igual. Um drama cotidiano.

E outra coisa que gosto de escrever é coisas comuns do dia à dia. Tipo, casal dormindo junto, pegar na mão e sorrir. As vezes nos rascunhos os personagens riem tanto que eu sinto minha bochechas doerem. E até hoje me aquece o coração a cena do beijo de Minha Galáxia onde os lábios de ambos estão meios rachados pelo frio e ela ter errado a boca dele de primeira. Isso tem um grande significado para mim, visto que me apeguei a coisas pequenas para me sentir bem. Esperei por muito tempo as coisas se resolverem magicamente como na ficção, mas o que me deixou com forças para continuar foi pequenos gestos, conversas e até olhares. Acho que é por isso que amei muito o livro Fangirl, porque as coisas são tão naturais.

5. Gênero preferido de escrever.

— Quando vi a pergunta eu de primeira queria dizer que não tenho, mas eu me aprofundei na minha própria mente e descobri que gosto de Contos. Eles podem ser tudo que quisermos e mais um pouco. E meio que minhas histórias tem mais esse estilo.

6. Sobre qual fandom gosta mais de escrever?

— Apesar de eu ter mais fic do Batman, na verdade eu gosto de escrever sobre Super Heróis em geral,coisas nerds.


7. Sobre qual/quais personagem/ens gosta mais de escrever?

— Damian Wayne. Eu tenho um certo fascínio por ele desde que assisti o filme O Filho do Batman e Batman vs Robin. Apesar de complexo e odiado eu o vejo com muitos sentimentos conflitantes e complexos, e como amo escrever sobre sentimentos e a evolução deles mergulhar na mente dele me deixa bem. Ele é um personagem pouco aproveitado pela DC, visto que quando ele tem evolução de algo acabam regredindo a ele a um revoltadinho, né Jason Todd é assim.

8. Fandom que quer escrever, mas ainda não fez.

— Já falei que sou múltiplos fadons e aqui vai a lista.

Marvel Homem Aranha
The Flash
Operação Big Hero/Big Hero 6
Star vs As Forças do Mal ( em um futuro bem distante).
Turma da Mônica
Star Wars
Como Treinar Seu Dragão
Anne Wint a E
Stranger Thing
Titans

Eu sei, muita coisa para quem some do nada.

9. O que você escuta quando está escrevendo?

— As vezes escuto músicas que me lembram a fic, mas sempre que me bate a vontade eu coloco Supercombo e Scatolove. Acho lindo as metáforas que eles usam. Como em Soldadinho, usar coisas que acontecem na nossa infância de forma sútil até chegarmos em pensamentos mais "maduros". Gosto de um Rock brasileiro e MPB. Músicas com melodias calmas também me ajudam.


10. Autores (de livros) que te inspiram?



Rick Riordan, Jane Austen, Caio Riter, Rosalind Kerven, Lucy Montgomery, Isabel Allende, Pedro Bandeira, Ricardo Hoftertter. Algumas autoras de livros no Wattpad que eu só sei o user. Que são @MãeDoValka, @NKFloro, @TheBiancaRibeiro, @Renata7omanova.

Claro que esses são pessoas que escreveram livros, mas se fossem fanfics o número seria ainda maior e provavelmente eu esqueceria de alguém.

11. Qual das suas fanfics te define e por quê?

— São duas fanfics. Entre a Realidade e Um Sonho e Está Tudo Diferente, Charlie Brown. ERUS apesar de ter sido inspirado em um livro, quando menor eu queria ser levada para outro mundo melhor que esse enquanto dormia. E ETDCB me representa no quesito de esta perdido em relação ao futuro. Passei por tanta coisa no meu passado que cheguei ao ponto de querer me matar, depois de ter superado isso fiquei sem rumo do meu futuro, mas ainda vou encontrar. Afinal, nesse momento eu estou com 19, 4 anos após minha idade estimada de suicídio. O mais engraçado é que quando comecei a ler/tentar escrever fanfic na mesma época que comecei a superar esses impulsos horríveis.

11. Qual das suas fanfics te define e por quê?

— Ler e rê-ler um parágrafo com a mente com menos ansiosa. Eu encontro erros horríveis assim. E outra, se aquela cena não tá dando rumo, escreve outra. As vezes achamos que é bloqueio criativo, mas é só aquela cena mesmo que não quer ir para frente. Depois ela veem até melhor que imaginamos, crie várias possibilidades na cena, como multiversos, acho que ajuda na hora de tapar buracos. E outra, procure sempre se criticar sobre ela, se você não posta porque você acha que é horrível, treina em algum lugar com coisa pequenas e compara com outros escritores que você acha bons, isso ajuda de encontrar uma forma mais confortável de escrever, depois você vai ver o quanto evoluio. Eu melhorei muito nesses últimos meses. E mesmo assim não estou completamente satisfeita, tenho muito que aprender.

13. Que programa você usa para escrever?

— Antes eu fazia no Wattpad, porém, ele é lento no meu celular na hora de abrir alguma história. A última que escrevi foi Números Ímpares, mas meus futuros projetos estão no Google Doctos e possivelmente irei usar o Word.

14. Conte a respeito dos seus planos para sua/s próxima/s fics.

— Bem, deu para perceber que eu sou louca por coisas em excesso. Eu sei que ruim, mas acredite, é bem pior.

Então, já pensei em vários projetos, incluindo uma fic de no máximo 5 capítulos de Solangelo, uma de Cynia/Fanya e mais uma long fic de Demonfire. Essas são as básicas, mas pretendo terminar as que estão pendentes. Só vou dar uma desviada com uma one do Harry/Peter. Vocês que me aturem hahahaha.

Mas falando sério, minha vida pessoal tá uma bagunça, deixa eu me organizar para voltar a escrever.

15. Qual a parte mais fácil da escrita para você?

— Sobre os sentimentos dos personagens. Quando começo a falar deles não término. As vezes começo com um simples parágrafo e depois estou com mais de três.


16. Qual a parte mais difícil da escrita para você?

— Diálogos. Acho porque não sou muito social isso me dificulta. E tenho medo de deixar conversas sem sentido, cansativas e vagas.

17. Hábitos de escrita (bons e ruins)

— Bons: é que eu vejo diversas possibilidades enquanto escrevo. Tipo, multiversos da mesma história. Se ela fica melhor em primeira ou terceira pessoa. Acho que isso ajuda na hora de tapar buracos. E é claro, ler antes de postar. Vai que derrepente precise trocar uma frase de última hora.

Ruins: eu sou muito pregriçosa. As vezes eu vejo que dá para fazer e viro a vista. Tenho que melhorar muito nesse quesito. E quando eu vou fazer não posso no momento ou não sei o que fazer mais. Escrever com ansiedade e postar logo também é um hábito ruim.


18. Elogie sua própria escrita .

— Ela própria se cria na minha mão. Parece que ela mesma tem vida e quer sair por vontade própria. Ela tem certa delicadeza e carinho (pelo menos na minha opinião).

19. Uma palavra que te define como escritor.

— Esforçada. Eu sempre vou tentar deixar mais legível meus textos.


20. Recomende os escritores que você mais gosta aqui no Spirit.

Eu queria indicar quem me indicou, mas isso é impossível.

Mas aqui vai.
@senhora-solo, @MissBaratheon , @Raizel_Moon , @LovePizzaS2 , @Confusion , @Heiwars , @Finholdt , @Aoneko-Lee , @Nanda_fics

Ps.: Antes que me esfolem por falta de consideração, se eu marcar todas que eu quero, não vai sobrar nenhuma para outras marcarem.

Ps2.: Desculpem, era eu ter postado mais cedo.

Ps3.: Ainda aprendo a editar jornal.

Escutando: Mulheres de Athenas
Lendo: Legenda de Anime
Assistindo: Tentando colocar a lista de animes em dia. Preciso dizer mais?
Comendo: Pão com mortadela
Bebendo: Chá de cideira
Permalink Comentários (4)

[01/06/2020] "Eu não sou suas negas"

[30/01/2020] Como não amar?

[25/11/2019] Minha decisão


Atualizações do Usuário

Usuário: proparoxitona
Favoritei a história
História: Eiji
História: Eiji
Hashirama tentava mudar o mundo através de seu coração; Tobirama, com seus punhos e armas. Há anos tentavam ser vitoriosos na guerra contra os Uchiha, mas tudo o que faziam não s..
Usuário: proparoxitona
Se sopa não é janta, então é meu almoço.
Usuário: proparoxitona
@anjosnegros gente, multi shipper existe! Fico me perguntando se as pessoas não olham as tags antes de clicar em alguma fanfic.
Usuário: proparoxitona
Favoritei a história
História: Chihoko strikes again
História: Chihoko strikes again
"Mas por quê?, era a perguntava que não se calava na cabeça de todos os transeuntes que passavam por ali, ao avistarem a feição desconcertada do platinado. Qual é a razão para um..
Usuário: proparoxitona
@Alessandra_Erso toma e ainda pede mais kkkkkkk. Minha fica impressionada e diz q ela não tem paladar pq come de tudo, menos batata e maxixe.