~littleabyss

littleabyss
Nevermore
Nome: /[ERROR_404]
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: Indisponivel
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

~littleabyss - Nevermore



彡★Apesarde m i n h a ;♡alma✦ viver ↷na escuridão+*̥̥⋆̥
*̥̥⋆̥☹se 𝚎𝚛𝚐𝚞𝚎𝚛𝚊́ ←}:.;*ೃem plena 𝓵𝓾𝔃!
Amei ♡*.¸ demais as ♡-estrelas¸♪¸.•*•
para temer a escuridã✿.

Cursed Angel

Postado

Mostrar Spoiler:
❥⊱ 𝙿𝚊́𝚜𝚜𝚊𝚛ø 𝚍𝚎 𝙷𝚎𝚛𝚖𝚎𝚜 é meu ❝ n.o.m.e ❞,
eu devoro ೃ↓minhas ;+.↑ թг๏́թгเคร『asas』 para f͟͟͞͞a͟͟͞͞z͟͟͞͞e͟͞r͟͞-me doméstico

ma +[[nova❣ era está surgindo em ⇉✿meio a tantas guerras,
eu [sou {[.●๋• u.m.a 𝔟𝔬𝔯𝔟𝔬𝔩𝔢𝔱𝔞 e ⓡⓔⓝⓐⓢⓒⓘ na floresta,
quem ↷quiser +*̥̥⋆̥ sentir abra.gif as ASAS e siga a ⊕ʀզʊɛֆȶʀǟ ;☽ •

ᶜᵘᶤᵈᵃᵈᵒ ᶜᵒᵐ ᵒ ᵠᵘᵉ ᵈᵉˢᵉʲᵃ˒ ᴿᵘᵏᶤ ᴹᵘᵏᵃᵐᶤ


Citação:

𝙳𝚒𝚐𝚊 𝚚𝚞𝚎 𝚝𝚎𝚖 𝚞𝚖 𝚙𝚘𝚞𝚌𝚘 𝚍𝚎 𝚏𝚎́ 𝚎𝚖 𝚖𝚒𝚖
𝚂𝚘́ 𝚏𝚎𝚌𝚑𝚎 𝚘𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚎 𝚍𝚎𝚒𝚡𝚎-𝚖𝚎 𝚝𝚎 𝚕𝚎𝚟𝚊𝚛
𝙼𝚎 𝚜𝚒𝚐𝚊 𝚊𝚝𝚎́ 𝚌𝚊𝚜𝚊
𝙿𝚛𝚎𝚌𝚒𝚜𝚊 𝚝𝚎𝚛 𝚞𝚖 𝚙𝚘𝚞𝚌𝚘 𝚍𝚎 𝚌𝚘𝚗𝚏𝚒𝚊𝚗ç𝚊 𝚎𝚖 𝚖𝚒𝚖
𝚂𝚘́ 𝚏𝚎𝚌𝚑𝚎 𝚘𝚜 𝚘𝚕𝚑𝚘𝚜 𝚎 𝚍𝚎𝚒𝚡𝚎-𝚖𝚎 𝚝𝚎 𝚕𝚎𝚟𝚊𝚛
𝙼𝚎 𝚜𝚒𝚐𝚊 𝚊𝚝𝚎́ 𝚌𝚊𝚜𝚊, 𝚘𝚗𝚍𝚎 𝚘𝚜 𝚜𝚘𝚕𝚒𝚝𝚊́𝚛𝚒𝚘𝚜 𝚙𝚎𝚛𝚊𝚖𝚋𝚞𝚕𝚊𝚖
𝙿𝚊𝚛𝚊 𝚘𝚗𝚍𝚎 𝚘𝚜 𝚜𝚘𝚕𝚒𝚝𝚊́𝚛𝚒𝚘𝚜 𝚙𝚎𝚛𝚊𝚖𝚋𝚞𝚕𝚊𝚖

𝙿𝚎𝚛𝚊𝚖𝚋𝚞𝚕𝚎 𝚌𝚘𝚖𝚒𝚐𝚘
𝙳𝚎𝚜ç𝚊 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚘𝚗𝚍𝚎 𝚝𝚘𝚍𝚘𝚜 𝚘𝚜 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚘𝚜 𝚌𝚊𝚒́𝚛𝚊𝚖
𝚂𝚎 𝚙𝚎𝚛𝚌𝚊 𝚗𝚘 𝚎𝚜𝚌𝚞𝚛𝚘 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚎𝚗𝚌𝚘𝚗𝚝𝚛𝚊 𝚊 𝚜𝚒 𝚖𝚎𝚜𝚖𝚘




▌│█║▌BasicData ▌│█║▌

(¯`*•.,¤°´𝕠𝕞𝕖 𝕠𝕞𝕡𝕝𝕖𝕥𝕠`°¤,.•*´¯)


Rᴏxᴀɴᴇ Aʟᴇᴘʜ Bᴇʟɪsᴀ́ʀɪᴏ

ℜ𝔬𝔵𝔞𝔫𝔢 Um nome que se originou no antigo Império Persa, Roxane é a variante inglesa e francesa de Ρωξανη, a forma grega do nome persa روشنک(Roshanak) que significa amanhecer, aurora, madrugada. Outros significados atribuídos a esse belo nome são brilhante, luminosa, pequena estrela.
Fora seu pai o responsável por nomeá-la. No momento que Otelo viu a figura miúda de sua primogênita não pode vê-la de outra forma se não como sua luz, seu novo motivo para viver. Mesmo que a garota mais parecesse uma criatura da noite o seraphim a via como a única coisa certa naquele mundo escuro e caótico, a única coisa que conseguia brilhar, como ela poderia ser outra coisa se não o sol o próprio sol? Mesmo que negue até o último segundo Roxy adora seu nome, o acha diferente, porem bonito, mesmo que não se pareça em nada com a mesma
𝔄𝔩𝔢𝔭𝔥 Em sua origem, Aleph não é exatamente um nome próprio, mas sim a primeira letra do alfabeto hebraico: corresponde ao alfa para os gregos e à letra “a” para os latinos. Por representar o início, seu significado pode ser entendido como o primeiro, aquele que está à frente.
Ainda sobre o alfabeto hebraico, o aleph é representado com o desenho da cabeça de um touro. Neste idioma cada uma das 22 letras representam um símbolo da natureza mítico-religiosa. Neste caso, o touro simboliza a força, o poder e a liderança da primeira letra.
Para os adeptos da cabala Alef/Aleph é um símbolo místico e espiritual, representa o começo de tudo, está relacionado com as origens do universo, "o primordial que contém todos os números".
Na matemática Aleph representa os diferentes tamanhos de conjuntos de números infinitos.
Para o escritor Jorge Luís Borges (1899-1986), a palavra aleph significa "o ponto onde é possível se ver todos os outros pontos do universo".
Esse é o seu sobrenome por parte de pai. Um nome que diz toda a verdade sobre a própria Roxane e seu poder, por esse motivo a azulada o esconde, o negando e utilizando-se de outro sobrenome, já que se alguém souber sobre a verdade de seu clã ela estaria em sérios problemas
𝔅𝔢𝔩𝔦𝔰𝔞́𝔯𝔦𝔬 Do grego Βελισάριος este nome é provavelmente de origem ilírica. Belisário era o nome de um famoso general bizantino e herói de guerra que serviu o imperador Justiniano. O valente espadachim era possivelmente de ascendência eslava, o que levou à especulação de que o nome deriva do Beli-tzar, que em eslavo significa príncipe branco. Outras fontes sugerem que Belisário é de origem grega e que o seu significado é atirador de dardos, guerreiro.Este é um sobrenome que da mãe adotiva de Roxane, cuja garota recebeu logo depois de ter negado seu antigo nome




(¯`*•.,¤°´𝔸𝕡𝕖𝕝𝕚𝕕𝕠`°¤,.•*´¯)


Rσxყ Ƒℓαтєяℓ Ɓяυмα Ƥяιηcєѕα Rαισ ∂є Sσℓ

ℜ𝔬𝔵𝑦 É o diminutivo de seu nome, Roxane. Não dá para saber quem de fato lhe deu esse apelido, porque, afinal, todos em algum momento já a chamaram assim e a azulada sinceramente não se importa com isso, afinal, seu nome é um pouco grande, e seria um incomodo usá-lo o tempo inteiro. Embora tem que admitir que acha estranho quando algum desconhecido ou alguém com quem não tenha tanta intimidade a trate dessa maneira, mas não é como se a garota fosse deixar de responder
𝔉𝔩𝔞𝔱𝔢𝔯𝔩 Significa “Borboleta” na língua dos seraphimsna verdade é uma palavra em iídiche, mas vamos assumir que é a língua deles – e a primeira pessoa a usá-lo foi ninguém mais ninguém menos que Cole. Quando a rosada viu Roxane pela primeira vez a garota estava no coreto do palácio de Anatae, cercada por suas borboletas espectrais, diferente da maioria das pessoas que viram o poder de Roxy como algo estranho Colette achou muito bonito e sua reação natural foi chamar a pessoa que estava no centro de tudo aquilo por Flaterl. Apenas Cole e alguns outros amigos mais íntimos é que chamam assim e mesmo que no começo a azulada tenha achado esse apelido muito irritante atualmente o acha fofo, até mesmo gosta, mesmo que não o diga isso em voz alta
𝔅𝔯𝔲𝔪𝔞 Não é difícil saber o porquê desse apelido. Bruma é um sinônimo para “névoa” que popularmente é um símbolo da escuridão, do mistério e do mau agouro. É obvio que chamam Roxane dessa forma tanto por sua personalidade quanto por sua própria aparência. A pele pálida e o cabelo azul volumoso lembram muito as brumas, além de seu jeito enigmático e misterioso corroborarem para ser chamada assim, principalmente porque ninguém sabe praticamente nada sobre ela, de onde veio, quem são seus pais, ou até mesmo seu aniversário. Roxane não faz a mínima ideia de quem começou com isso, mas gostaria de agradecer a esse indivíduo, pois muito se diverte quando escuta alguém a chamando assim, achando no mínimo cômico a imagem que os outros têm de si
𝔓𝔯𝔦𝔫𝔠𝔢𝔰𝔞 Como a herdeira por direito do clã Aleph nada mais justo do que esse título. Mas ainda bem que ninguém a chama assim, porque esse é, de longe, o apelido que Roxane mais odeia. O motivo? Muito simples, ela não se vê como alguém importante e tão pouco quer ser uma Aleph. O único que um dia já teve a audácia de chamá-la assim foi Melliel, mas o mesmo não repetiria esse ato tão tolo. Posteriormente seu par seria o responsável utilizar-se desse famigerado apelido, não por saber seu real significado para a azulada, mas apenas como uma leve provocação por conta de seus modos e por sua aparência incomum, ele o fara principalmente por saber que ela não gosta
ℜ𝔞𝔦𝔬 𝔡𝔢 𝔖𝔬𝔩 Desconhecido pela maioria das pessoas Roxane finge ter esquecido tal apelido. Fora seu pai que o inventara e ele era o único a chamá-la dessa forma tão carinhosa. Uma forma que Otelo encontrou de demonstrar seu amor por sua filha, deixando bem claro para a mesma e até mesmo para os outros que apesar de sua aparência ser de alguém que pertence à noite a menina brilhava. Ela era seu pequeno raio de sol, a única coisa certa em sua vida. Mesmo que no passado Roxy adorasse ser chamada assim hoje esse apelido apenas machuca seu coração, ninguém mais o conhece e a azulada quer que continue assim




(¯`*•.,¤°´𝕀𝕕𝕒𝕕𝕖`°¤,.•*´¯)


1𝟪 𝒶𝓃𝑜𝓈

Roxane teria aproximadamente 18 anos, mas é importante dizer que isso é apenas uma especulação. Nem a própria azulada saberia dizer quando nasceu e tão pouco sua idade correta. Tudo o que tem é uma vaga lembrança de seu pai a dizendo que a mesma teria nascido em uma madrugada de inverno, então supõe que teria nascido entre dezembro e março. A jovem utiliza o dia 27 de janeiro como sua suposta data de aniversário, sendo então uma aquariana, mas a jovem é a pior pessoa do mundo quando se trata de signos, já que a mesma não acredita – acha isso uma verdadeira bobagem – e tão pouco entende alguma coisa sobre




(¯`*•.,¤°´𝔸𝕡𝕒𝕣𝕖̂𝕟𝕔𝕚𝕒`°¤,.•*´¯)

Citação:

Das mais pálidas brumas que cobrem com seu grosso manto as mais cristalinas águas no silêncio da noite com o azul pálido deste infinito céu teria nascido, então, Roxane. Nem mesmo a mais densa escuridão ou a mais preta tinta poderiam macular esta delicada pintura convertida em poesia que é. A pequena menina mulher transpira mistério e suavidade, uma miúda criatura exótica de beleza rara que a muito já ultrapassou os padrões estéticos impostos pela sociedade. O pecado mais correto já existente, a princesa dos Aleph é o pequeno presente lá de cima que o diabo mandou. Abençoada, talvez, pela própria deusa do amor, esse doce seraphim enfeitiça os desavisados que colocam os olhos sobre si. Uma verdadeira borboleta que conquistou o amor das nuvens que suavemente dançam pelo céu e das flores que se curvam junto ao vento para tocar sua pele. Adorada pelo sol e pela lua, a protegida das estrelas que conquistou a admiração dos astros desse sistema

Bela, majestosa, elegante, etérea, sensual e misteriosa
Essas são as palavres que melhor descrevem Roxane. Sua aparência chama atenção, a jovem é dona de uma singularidade peculiar que fascina a mesma medida que espanta, e por isso sua beleza é algo único que não pode ser copiado. Mesmo que a maioria das pessoas se afastem de si, graças a sua aparência incomum, a jovem está consciente dela, tendo uma sensualidade natural e que muitas vezes usa a seu favor se por algum acaso achar necessidade
Tem um rosto fino e em formato de coração, com traços suaves, parecendo uma boneca de porcelana ou estátua de mármore produzida pelos gregos no período helenístico. O nariz é pequeno e levemente arrebitado, que fica sempre rosado quando a mesma está no frio, o que particularmente a irrita, mesmo que os outros considerem adorável. Seu rosto possui traços delicados e graciosos, as maçãs de seu rosto são salientes, com alguns traços infantis o enfeitando, como suas bochechas levemente gorduchas que parecem encarar as pessoas e pedirem para serem puxadas
Seus cílios são expressos e longos, o que faz com que ela raramente passe rímel, eles são de um azul marinho muito escuro que barra o preto. Suas sobrancelhas são finas e levemente arqueadas, de um tom de azul muito mais claro do que os de seus cílios, elas têm um formato perfeitinho, tendo sido poucas as vezes que a garota teve que apara-las
Roxane tem uma boca mediana, nem muito carnuda, nem muito fina, sendo muito bem desenhada, com a tonalidade natural de rosa bem clarinho. Seus sorrisos, os verdadeiros, são tão raros quanto o berilo vermelho, sendo mais comum ter adornado em seu rosto os enigmáticos, os sutis, cínicos, os educados, os falsos, os sarcásticos, os cínicos e os maldosos. Seus sorrisos verdadeiros são de aquecer o coração e fazem com que a pessoa faça de tudo para vê-los novamente. Os dentes são brancos e alinhados, tendo sido sempre muito bem cuidados. Seu hálito é gelado e um cheirinho adocicado
E tem uma aparência “etérea” por assim dizer, não parecendo pertencer a este mundo. Sua pele é incrivelmente branca, praticamente pálida, não tendo praticamente nenhuma coloração se não em suas bochechas e em seu nariz levemente rosados, por isso, quando cora é bem perceptível. Evangeline tem mãos pequenas e delicadas, com seus dedos curtos e com unhas redondinhas e bem cuidadas, perfeita para tocar piano. Entretanto a jovem, para a sua completa infelicidade, teria um copo pequeno, medido esforçados 1,60 de altura com o peso muito bem distribuído
Suas pernas são longas e torneadas, com coxas fartas. A cintura é fina, com o quadril largo. A jovem tem seios medianos, não sendo considerados grandes, mas tão pouco pequenos, sendo firmes e durinhos os mesmos estão em um tamanho adequado, assim como suas nádegas. Tudo nessa garota é extremamente proporcional, não tendo nada que possa se dizer exagerado ou fora do lugar
Mas os olhos de Roxane... Ah, esses sim são dignos de aforação. O s olhos de garota teriam uma coloração, no mínimo, curiosa. Sendo tão brilhantes quanto as estrelas eles são comparáveis a duas safiras. Sendo a combinação perfeita de várias tonalidades de azul, as bordas são adornadas por um halo cinzento, que logo se torna um azul muito escuro que vai clareando ao longo da íris até terminarem um azul ciano profundo próximo a borda. Dependendo da luz uma coloração se sobressai em relação a outra, sendo possível ver desde o azul marinho, ao turquesa, ciano e celeste, mas os mais sortudos poderão se agraciados com a visão dos olhos da menina adornados por um tom prateado intenso, semelhante ao brilho do luar, ou de um lilás profundo, igual ao um campo de lavandas
Entretanto, é importante avisar, se “Os olhos são a janela da alma” a de Roxane está trancada por sete portões de titânio intransponíveis, suas emoções raramente chegam até seus olhos. A única coisa que você poderá notar com clareza em seu olhar é a mudança brusca de cores que acontece quando Roxy usa a capacidade total de seu poder. O azul some, dando lugar a um vermelho misturado com laranja, que brilha como as chamas do próprio inferno. Os cantos de seus olhos também ganham um leve sombreado da cor de carmim, que realçam seus olhos, os dando um brilho espectral
Os cabelos de Roxane não ficariam atrás, sendo que estes são sua marca registrada. Suas melenas seriam curtas e levemente onduladas, fazendo com que seu cabelo tenha um aspecto volumoso muito bonito. Uma das madeixas de seu cabelo é mais curta, indo até seu queixo e definindo seu rosto, mas aquilo que mais se destaca é certamente sua longa franja que cobre seu olho direito e uma parte de seu rosto. A pigmentação dos cabelos de Roxy é curiosa, seu cabelo é claramente azul, um azul que varia entre o escuro do mar e o claro do céu dependendo da luz, sua cor natural seria o turquesa, mas as vezes é possível enxerga-lo como preto, azul marinho e até mesmo um verde ou prateado azulado
Infelizmente o corpo de Roxane não condiz com seu belo rosto. Devido a uma infância de escravidão a mesma tem marcas profundas, tanto em sua mente quanto em seu corpo. Para começar em suas costas há uma pequena marcação, o símbolo das chimeras, algo que foi feito como se a mesma fosse gado, a ferro e fogo, para demonstrar sua condição de escravo. Não é nenhuma surpresa que junto com tal sina venham as cicatrizes, tanto de cortes feitos por chibatas, quanto marcas por cortes feitos por facas e principalmente por espancamento. Mas certamente o que mais chama a atenção é seu olho morto, que fica coberto por sua franja, mas que causa repulsa aqueles que veem o buraco negro onde seu globo ocular deveria estar
Roxane teria o cheiro de flores, mais especificamente de lavandas e hortênsias, já que a mesma sempre apreciou passar perfume, mesmo que não gostasse de usar hidratante ou protetor solar, apesar de claramente precisar. De tanto usar essa fragrância o cheiro já se tornou natural seu














『ᵀᵒᵘᵏᵃ ᴷᶤʳᶤˢʰᶤᵐᵃ ⁻ ᵀᵒᵏʸᵒ ᴳʰᵒᵘˡ』




(¯`*•.,¤°´𝕖𝕣𝕤𝕠𝕟𝕒𝕝𝕚𝕕𝕒𝕕𝕖`°¤,.•*´¯)

Dεųş ą̀ şųą εşҩųεŗđą, σ Dïąɓσ ą̀ şųą đïŗεïŧą
Eℓεş şųşşųŗŗąɱ ųɱą ƈąŋçą̃σ đε ąɱσŗ ŋą şųą ŋųƈą
Nεŋɧųɱ ɱïşŧέŗïσ έ ŧą̃σ pŗσ∱ųŋđσ
Eŋŧą̃σ, ҩųεŗïđσ, σ ąɱσŗ ïŗą́ şε ŧσŗŋąŗ ųɱą ɓσŗɓσℓεŧą


Definir alguém como Roxane é algo particularmente difícil. A garota tem uma personalidade intensa, mas não por ser uma esquentadinha demais ou uma mulher com gelo correndo pelas veias. Longe disso
Podemos dizer que Roxane é o tipo raro de pessoa que caminha na fina linha dos extremos, podendo ser uma coisa ao mesmo tempo que é outra, ou não sendo nenhuma das duas. Nada nessa garota é muito constante, tudo pode mudar dependendo da situação a qual ela é inserida
Caracterizada como uma pessoa misteriosa cuja a aura de poder antigo e desconhecido inspira o medo e a inquietação daqueles que põe seus desatentos olhos na miúda figura da ex-Aleph, que como as próprias brumas é densa e engana a visão uma vez que ela raramente é aquilo que acham que ela é. A azulada é alguém de múltiplas faces
Mas para começar com o pé direito, direi apenas que Roxy pode ser tão doce quanto o céu e tão quente quanto o inferno

Roxane é alguém de personalidade feita em camadas
À primeira vista é apenas uma garota apática e solitária, cuja indiferença impera sobre sua relação com tudo e todos uma vez que Roxane é uma pessoa de aparente calma cujo silencio, ao que tudo indica, é perpetuo
Mas não se engane, isso é apenas uma mera camada superficial, na qual aqueles que não se importam em conhecê-la de fato tão timidamente enxergam
A começar por um fato um tanto quanto perturbador, mas que a maioria não sabe ou se esquece: Roxane é muda. A azulada não teria mais linguá já que uma Chimeras teria cortado a mesma quando Roxy tinha apenas seis anos de idade, por achar que a voz da garota era um incomodo. Por isso a azulada é silenciosa, uma vez que, de fato ela é incapaz de usar sua voz e o motivo para tal a levam a ser extremamente cuidadosa com tudo aquilo que diz, não falando absolutamente nada antes de pensar ou por um reles impulso
E bem... Roxane é, de fato, um tanto quanto apática, sendo que a mesma é a personificação da calma e da paciência, sendo que se você por algum milagre divino for algum desconhecido e conseguir irritá-la, por favor se interne porque você tem algum problema seríssimo
Roxane é o tipo de pessoa que fica ”nada dela”, sendo raras as ocasiões em que é a responsável por puxar assunto, mesmo que possa vir a fazê-lo com até que certa frequência – mesmo que em seus padrões – quando considera alguém como um amigo. Se você vir conversar com ela tenha a certeza de que Roxy será bem tratado, já que, por ter sido criada para ser assim, a Belisário é muito educada, mas não espere conquistar o respeito e o carinho da mesma se você for entediante, já que a azulada é alguém movida, basicamente, por sua curiosidade
Mas não se engane, Roxane passa bem longe de ser alguém solitária, na verdade, ela é alguém até que simpática... Se você por algum motivo conseguir chamar sua atenção. Roxy gosta e se aproxima de qualquer coisa ou pessoa que por algum motivo despertem seu interesse, ou por serem muito extravagante e excêntricas, ou por serem assustadoramente normais, ou por terem uma aura que – como a sua – distancia a famigerada maioria. A azulada é uma grande fã do bizarro e por isso não há um padrão para as pessoas a qual ela venha a se envolver
Não é fácil se aproximar de Roxane, tendo em vista que ela é, simplesmente, a pessoa mais desconfiada e arisca do mundo. Conquistar sua amizade e confiança é uma verdadeira provação religiosa, algo que exige tempo e um pouco de paciência, mas que apesar de tudo acontece de maneira tão natural que até assusta um pouco. Apenas a dê atenção, converse com a mesma mesmo que as vezes a conversa possa parecer algo unilateral, a de uma chance e violá! Roxy poderá ser sua melhor amiga... Mesmo que ela não venha a perceber isso
Algo importante a se destacar é que apesar de ser uma empata Roxane é a pior pessoa do mundo para se ter esse poder uma vez que ela veio de um clã que a maioria das pessoas descreve como sendo “sem coração”. De fato, podemos dizer que, de uma maneira um pouco torta, Roxy é uma pessoa fria
Mas isso vem do fato de que, como qualquer outro de sua linhagem, ela tem dificuldades em entender as emoções dos outros, mas principalmente as suas, sendo muitas vezes tendenciosa a confundir as coisas por conta disso. Isso gera em Roxane um certo nível de inocência, uma vez que ela é praticamente incapaz de ver que uma pessoa está apaixonada por ela ou vice-versa, já que ela não compreende o que é o amor, tendo em sua mente o mero conceito frio de um dicionário
Entretanto, é como eu disse, Roxane tem uma personalidade em camadas e está, meu caro, não passa da mais superficial delas que até mesmo o mais senil dos homens é capaz de ver. Está é apenas a reles ponta do iceberg

De todas as criaturas deste sistema podemos dizer que Roxy é uma das mais complicadas
Aqueles que convivem com a garota a mais tempo poderão notar que ela não é o rio tranquilo e parado que em um primeiro momento você pensará que ela é, a azulada passa muito longe de ser o tipo de pessoa monótona
Uma coisa importante a se destacar é que, para a maioria das pessoas, Roxane se mostra como a educação em pessoa sendo o perfeito exemplo do que seria uma dama. Entretanto, aqueles que conhecem a verdadeira face de Roxy notam que ela na verdade é o ser mais sarcástico e irônico da face da terra, podendo falar de maneira desdenhosa com o sorriso mais encantador de todos que por vezes mascará as acidas palavras da jovem
Para a surpresa geral da grande maioria Roxane é uma verdadeira sádica sendo as vezes até mesmo cruel quando é obrigada a tal ou por vezes por um mero e simplório capricho. Mesmo que seja alguém que normalmente faça “coisas boas”, você poderá notar que não é raro que isso seja pelos “motivos errados”, como por curiosidade ou apenas por não ter nada melhor para fazer. Roxy não é uma pessoa dotada de um grande senso de justiça, mesmo que reconheça o que é certo e errado, a jovem gosta de viver por sua própria filosofia que pode ou não estar de acordo com o que a maioria vê como certo
Nessa perspectiva algo claro em relação a Roxane é que aquilo que ela mais despreza seria o famigerado senso comum. Para a azulada a unanimidade é burra, não a nada mais tolo do que ter sua opinião baseada naquilo do que uma parcela da sociedade acostumou-se a classificar como verdade absoluta. No seu ponto de vista o pecado é muito mais saboroso e divertido do que uma frágil moral
Algo importante a se notar é que por debaixo da apatia que demonstra Roxane teria uma personalidade felina. A dose certa de malicia e sagacidade, tendo em seu cerne uma personalidade malandra responsável por fazê-la ser alguém volátil e que se adapta de maneira rápida e quase natural a quase todo tipo de situação
Entretanto, o que há de mais importante e aquilo que marca as pessoas que a conhecem é a inteligência de Roxy. A azulada não é qualquer um, ela é um verdadeiro gênio tendo um QI muito acima da média, talvez a única herança boa que tenha vindo de seu clã. Roxane tem uma memória fotográfica, uma vez que ela tem Hipertimesia (Popularmente conhecida como Síndrome da Supermemória), ela é capaz de se lembrar do rosto de qualquer um além de nunca se esquecer de nada que tenha lido ou escutado, tudo está muito bem armazenado em seu cérebro
Mas não é apenas de inteligência que Roxane é feita. Ela também é um ser muito esperto, conseguindo pensar e agir de uma forma que não seja engessada ou limitada a um ponto de vista qualquer. A azulada é capaz de pensar no absurdo e fazê-lo ser algo possível graças a uma qualidade denominada criatividade
Roxane é, como qualquer outro de sua linhagem, alguém extremamente observadora. Mesmo que não tenha mais voz a mesma ainda possui olhos de águia e ouvidos afiados, sendo ela tem o mal hábito de analisar tudo ao seu redor, escutando cada mínima conversa e prestando atenção no mais simplório gesto
Certamente, um quarteto espetacular, em boas mãos inteligência, esperteza, criatividade e observação criariam uma pessoa perigosa aos olhos de seus inimigos. Mas infelizmente Roxane é a pessoa errada para possuir tais atributos, uma vez que lhe falta força de vontade. É muito raro ver Roxy tomando a iniciativa para fazer... Bem, para fazer qualquer coisa. Pode ser ela a responsável por montar os planos dos rebeldes e até que ela ajuda muito a Melliel e Beliores, mas isso é uma mera comodidade, algo que que a jovem apenas faz pelo seu desejo de manter as chimeras longe já que, na visão da mesma, seria problemático achar uma nova casa
Roxane é a pessoa mais calculista que você poderá conhecer nesta vida. A praticamente impossível pegá-la com a guarda baixa ou desatenta, sendo que no momento que Roxy ficar desatente ela já estaria muito tempo morta. A mesma é o tipo de pessoa que sempre estará analisando tudo a sua volta,
não apenas por paranoia, mas por também já estar tão acostumada a essa condição que já não é capaz de desligar-se
Mesmo que tenha a capacidade de um valoroso guerreiro e tenha o pulso firme e (pasmem) a carisma de um general, Roxy abdicou da oportunidade de sê-lo por simplesmente não querer tomar nenhuma responsabilidade ou ter gente a adulando e torrando sua paciência, dando de bom grado o cargo a Eclipsa. Entenda, Roxane é viciada em treinar, mas isso é porque ela é paranoica e sente a necessidade de estar preparada para tudo, na realidade ela odeia lutar, mas não por ideias pacifistas baratos e sim por, na sua opinião, ser algo fútil e primitivo
Roxane é uma mestra em jogos políticos, manipular é sua especialidade e mentir é algo que faz com uma assustadora facilidade. Para a garota política é brincadeira de criança, um jogo tão banal e fácil que qualquer um poderia jogar. Por certo seria uma boa líder, mas não vivemos em um mundo onde Roxy poderia de fato sê-lo e a garota tão pouco sente vontade disso

Roxane é alguém que coleciona defeitos, é verdade. Uma pessoa que é difícil de se aproximar, mas uma vez que atravesse a muralha que a mesma construiu em seu coração poderá ver que sim, apesar dos pesares, Roxy é alguém doce como o céu
Algo importante a se notar é que mesmo que por vezes pareça uma pessoa muito distante uma vez que tenha conseguido a impensável proeza de conquistar a amizade e o respeito da mesma terá ao seu lado o ser mais leal de todos. A palavra traição simplesmente não condiz com a pessoa que a Belisário é. Mas talvez isso possa ser sua maior fraqueza, uma vez que isso a impede de utilizar-se de seus amigos, sendo que Roxane, por mais surpreendente que pareça, é uma mulher muito superprotetora
De uma forma meio torta você, se der a chance, verá que Roxane é sim gentil... Da sua própria maneira. Mesmo que a face cruel e sádica seja aquela que por vezes se sobressaia, em seu interior a resquícios de delicadeza e bondade, um coração de manteiga, que apenas aqueles que conquistam sua confiança terão o prazer de conhecer
Não se engane pela casca dura e aparente secura que a azulada demonstra, isso é uma mera linha de defesa, a vida a deixará cicatrizes demais, uma vida brutal cria uma pessoa brutal. Mas apesar dos pesares uma parte, mesmo que efêmera, ainda permanece da criança que teria um dia sido
É estranho dizer isso, mas contrariando a face mal-humorada que todos creem que ela tem Roxane é na verdade uma grande palhaça. Para ser franca ela ri de qualquer coisa, se lhe contarem a piada mais sem graça ela estará lá tentando – de maneira quase inútil – disfarçar o riso. A mesma teria um senso de humor estranho, apreciando o humor negro, mas sendo uma amante de pegadinhas, mesmo que seja incapaz de fazê-las
Quando Roxy se apaga a alguém é um contrato para a vida toda, ela não abrirá mão da pessoa. Ao lado daqueles que que considera como amigos ela mostra uma face totalmente diferente. Sua guarda sempre levantada por fim dispersa-se, dando lugar a um rosto tranquilo, diria até relaxado e despreocupado, com um olhar contemplativo, que mostraria seu cansaço e – para aqueles que realmente prestam atenção – conformidade
Perto de quem confia a sempre um sorriso tranquilo adornando os lábios da jovem, que deposita tanta fé na pessoa na qual permitiu a aproximação que, mesmo que apenas um pouco, você seria capaz de enxergar a pureza do coração da pequena criança que se agarra timidamente a Belisário
Mesmo que na maioria das vezes Roxane aparente ser uma bruxa velha de mais de oito mil anos de pura chatice de tão madura que é se você tiver muita sorte poderá ser agraciado com os resquícios de infantilidade que ainda existem nela. A azulada até pode ser alguém apática, mas se por algum milagre divino conseguir ficar empolgada... Prepare-se para a explosão de fofura que a mesma será, enfim você poderá ver alguma outra expressão na face da mesma, olhos brilhantes, a face da felicidade
Roxane é uma ótima conselheira... Isso se você precisar de algo duramente racional, algo intelectual. Se precisar de um conselho relacionado ao coração prepare-se para rir muito, porque ela é um verdadeiro desastre em relação a isso, certamente será algo para melhorar seu humor se você estiver em um dia ruim do tanto que você vai rir das estupidas respostas de Roxy
Mas acredite a Belisário é companheira para todas as horas. Você está indo para um jardim tranquilo para ter a iluminação divina? Se pedir Roxy irá te acompanhar. Você está indo para um infernal campo de batalha e não sabe se vai voltar? Não se preocupe, Roxane guardará suas costas, mesmo que finja que não vai. Só não conte com ela se você for para uma festa aí não é para a garota, melhor achar uma pessoa, a ex-Aleph não serve para isso não
Mesmo não tendo tido muitas referências ao longo da vida Roxane é dotada de um instinto maternal camuflado. Ela gosta de cuidar dos outros, sentindo-se feliz em mimar aqueles com quem se importa, mesmo que possa ser um tanto severa e não demonstre isso muito abertamente, sendo preciso ser muito atento, um verdadeiro ninja, para notar

Mas ir do céu ao inferno não é difícil, principalmente para alguém como Roxane. Como eu disse ela também é quente como inferno
Algo a se notar é Roxy não costuma a se esquecer. Mesmo que não demonstre em primeiro momento ela é muito rancorosa, qualquer coisa que você disser ou fizer, por menor que seja, tenha a certeza de que ela estará sim prestando atenção e ficará guardado na memória da jovem. Roxane pode até não revidar de imediato, mas apenas aguarde, a vingança virá, ardentemente doce
Podemos dizer que ela é bem audaciosa na hora de revidar. Roxane não gosta de resolver as coisas no braço”, ela é mais favorável a tortura psicológica, preferindo quebrar as pessoas de maneira sutil, com palavras de uma forma que te quebrem. A azulada tem uma grande afinidade por torcer as emoções das pessoas contra elas mesmas
Mesmo que seja algo raro quando por fim Roxane perde sua calma, prepare-se. Tal visão seria equiparável ao mais vil demônio, seu sadismo e crueldade chegariam ao ponto em que ela estaria pouco se lixando para qualquer outra coisa senão causar dor aquele que a provocou. Esqueça o fato dela não gostar de usar seus poderes, pois ela o fara. Te deixará preso na pior das ilusões, controlará suas emoções para que apenas a dor, tristeza e desespero imperem; irá controlar a mente da pessoa para fazê-la cometer atrocidades
Não há um filtro para o que essa mulher é capaz de fazer quando provocada
Outra coisa que também é sem controle em Roxane é sua sede por conhecimento. Obvio que há certas coisas que ela não se atreveria a fazer, como matar apenas para sanar sua curiosidade, entretanto ela está pouco se lixando em usar cadáveres em suas pesquisas, sejam eles de seraphins ou de chimeras
O conceito do que é moral também parece ser um tanto quanto distorcido
Veja, para Roxane o ato de matar não é um pecado contanto que justificável. Entenda, todos os dias você mata para sobreviver, tira a vida de um ser inocente para manter-se vivo com proteína. Para a mesma mesmo que seja um animal ainda é um assassinato, não há diferença em mata-lo e matar outro seraphim ou chimera, não fim da no mesmo. Admite que a primeira vez pode até ser um pouco difícil, ela já esteve desse lado, mas é algo com que você se acostuma. Por isso, Roxane sente que não pode ficar culpando as chimeras pelo massacre a sua família, seria hipocrisia tendo em vista que a azulada faria a mesma coisa no lugar deles, entretanto, mesmo que não de maneira intencional, eu admito que nessa parte ela é até que hipócrita mesmo
Outra coisa que a faz se destacar seria o famigerado tabu social: o sexo. Sendo bem franca, Roxy não entende o motivo de tal comoção e medo quando as pessoas falam disso, é tão idiota. A garota tem uma visão mais “biológica”, por assim dizer, do que tal ato seria. Para Roxane o sexo é uma mera necessidade, algo cujo propósito é meramente a propagação da espécie e por tanto não há necessidade de tanta comoção para o assunto. Honestamente, se Roxane um dia quiser um herdeiro ela não se importará em ficar com qualquer homem disposto a tal, não tendo necessidade (uma vez que na cabeça da jovem isso não existe) de ter sentimentos envolvidos nisso, o único motivo dela ser virgem é que a azulada não quer um filho e por isso ainda não viu motivo para “tornar-se mulher”
Uma coisa importante a se destacar em relação a Roxane é que ela passa muito longe de ser uma pessoa otimista, e quando eu digo longe é muito longe mesmo. Ela basicamente é tão duramente realista que as vezes chega até a ser um pouco pessimista, sendo que raramente ela acha que algo pode realmente dar certo, Roxy sempre apostará na falha. Eu gostaria de dizer que ela faz isso de maneira intencional, querendo apenas sentir o prazer de assustar os outros, mas infelizmente não, aparentemente a azulada realmente é assim
É válido dizer que Roxane não é uma mulher altruísta, eu diria até que ela passa bem longe desse conceito, mas tão pouco podemos dizer que essa garota é egoísta. Então, o que seria Roxane afinal? Simples, ela é desapegada. Roxy dá importância nula para praticamente qualquer coisa, sendo que são poucos os pertences que ela quer guardar, por isso ela não se importaria em dar qualquer coisa que esteja em sua posse para outro alguém contanto que não esteja usando. Para a azulada é algo simples: Ela não esta usando, mas aquele objeto ocupará espeço de algo que possa vir e que seja mais útil, então porque ela não daria esse objeto sem valor a alguém que queira? É algo bem simples até e que não seria um problema real se isso também não se aplicasse as pessoas que, contanto que Roxane não tenha formado um vinculo afetivo minimamente forte, ela não se importaria de usar e descartar logo em seguida
Não podemos dizer que Roxane seria uma pessoa orgulhosa, entretanto é importante citar que Roxane se nega a chorar. O motivo? É o mais clichê possível, Roxy não quer demonstrar sinal algum de fraqueza ou que suas emoções fiquem claras. A jovem gosta de ser um espécime ambíguo de difícil discernimento, por isso algo tão fútil e efêmero quanto lágrimas são, em sua cabeça, uma demonstração claro de fragilidade ou necessidade de ajuda, coisa que sendo quem é a Belisário prefere evitar. Mesmo que também tenha um senso de um humor grande é notável o esforço que a azulada faz para não ser vista fazendo algo tão estupidamente simplório quanto rir
Seria engraçado, se não fosse trágico, mas Roxane é um perfeito exemplo do que seria uma pessoa cabeça dura. Uma vez que a azulada tenha colocado algo na cabeça nem controle mental é capaz de tirar. É até um pouco estranho dizer que ela pode ser uma pessoa determinada... Com o que ela quer ser, infelizmente
Não é que ela faça algo mal feito, longe disso, Roxy chega a ser paranoica de tão perfeccionista, tudo o que a dão ela faz com uma perfeição quase cirúrgica, não admitindo falhas. A azulada não falará nada ou fará nada sem que esteja certa de que vai conseguir – ou ter uma mínima esperança de conseguir, no caso da missão. Entretanto, são poucas as coisas que ela realmente tem vontade de fazer e por isso é comum vê-la fazendo o trabalho de forma mecânica
Enfim, Roxane teria tudo o que é necessário para ser uma pessoa incrível, mas a vida não permitiu que fosse assim. Eu diria que ela é uma mulher muito ferrada, que se contenta com a face ordinária que as pessoas vêm, não se importando em mostrar o contrário e mudar a forma como as coisas correm
Roxane poderia ser uma rainha, adornada com brilhantes e uma cora de ouro, mas ela está presa a face de uma escrava, vestida com retalhos e com uma diadema de espinhos que lhe rasga a carne





(¯`*•.,¤°´𝕦𝕒𝕝𝕚𝕕𝕒𝕕𝕖𝕤`°¤,.•*´¯)


Calma
Paciente
Tolerante
Leal
Gentil
Criativa
Inteligente
Esperta
Observadora
Educada
Madura
Calculista
Determinada
Se adapta com facilidade
Simpática




(¯`*•.,¤°´𝔻𝕖𝕗𝕖𝕚𝕥𝕠𝕤`°¤,.•*´¯)


Apática
Fria
Sarcástica
Irônica
Curiosa
Desconfiada
Rancorosa
Arisca
Malandra
Sádica
Cabeça dura
Tem pouca força de vontade
Manipuladora
Paranoica
Inescrupulosa





(¯`*•.,¤°´𝕚𝕤𝕥𝕠́𝕣𝕚𝕒`°¤,.•*´¯)








(¯`*•.,¤°´𝔽𝕒𝕞𝕚́𝕝𝕚𝕒`°¤,.•*´¯)

✰☾թคเ☽✰

𝒪𝓉𝑒𝓁𝑜 𝒜𝓁𝑒𝓅𝒽 𝐿𝒾𝓃𝒹𝑒𝓁 - 𝑀𝒶𝒽𝑜𝓊 𝒯𝓈𝓊𝓀𝒶𝒾 𝓃𝑜 𝒴𝑜𝓂𝑒 𝟤𝟪/40 𝒶𝓃𝑜𝓈 (?) 𝑀𝑜𝓇𝓉𝑜

❁ Aραяє̂ηcια ❁
Otelo era um mais do que um homem bonito, sua rosto era tão belo que parecia ter sido esculpido pelos deuses
A primeira coisa que se deve notar na aparência angelical deste homem são seus olhos que reluzem como duas das mais preciosas joias. Seus orbes são de um tom azul celeste profundo, com pequenas manchas prateadas espalhadas ao redor da íris. Suas pupilas tem um formato curioso, sendo duas pequenas fendas, muito semelhantes aos olhos de uma serpente
Sua pele era branca como leite, porém estava longe de ser pálida, sendo naturalmente corado, principalmente na região das bochechas que eram rosadas. Era um homem esguio, não sendo magrelo, mas tão pouco musculoso, seu corpo era um tanto quanto “delicado”
Mas aquilo que mais se destacava na aparência do seraphim eram seus cabelos, sua marca registrada. Suas melenas eram de um loiro platinado, quase pálido, mas nem por isso menos brilhantes, os cabelos de Otelo eram levemente ondulados e grandes para um homem, mas isso que dava seu sutil charme

❁ ƤєяѕσηαƖιɗαɗє ❁
Algo importante a se notar era que Otelo tinha duas faces: aquela que mostrava para sua amada filha e aquela que mostrava para o resto do mundo
Otelo era o tipo de pai que toda criança gostaria de ter. Era engraçado, divertido e muito, muito amoroso. Não era incomum vê-lo agindo de forma brincalhona e levemente maliciosa para com sua filha, fazendo piadas e brincadeiras em torno da mesma. Uma pessoa que quem vê de fora consideraria como calma e amável
Mas não se engane. Esse seu lado era reservado apenas para sua adorada filha. Otelo era verdadeiramente um homem reservado, sempre mantendo uma expressão neutra e apática. O loiro mais parecia uma estátua, raramente demonstrando alguma emoção, mantendo em sua face uma frieza calculista
Normalmente o Aleph era muito silencioso, falando só quando necessário ele raramente expunha sua opinião. Era extremamente observador, sendo uma pessoa extremamente inteligente e calculista, mas que raramente o demonstrava
Distante de quase tudo e todos, mas isso não o impedia de ser leal e gentil para com aqueles que conquistavam seu afeto. Entretanto podia ser superprotetor e até mesmo vingativo e rancoroso para com aqueles que causavam algum tipo de dor e sofrimento para as pessoas que amava

❁ RєƖαcισηαмєηтσ ❁
No começo os dois tinham a mais bela das relações entre um pai e sua filha
Otelo era – e sempre seria – a pessoa que Roxane mais admirava, a pequena criança simplesmente colocou o pai em um pedestal tão alto que era impossível ao menos tentar competir pela atenção da garotinha. Para Roxy o loiro era mais do que seu super-herói ou seu melhor amigo, ele era quase um cavaleiro de armadura brilhante aos olhos sonhadores da pequena
Felizmente tal sentimento nunca foi unilateral. Roxane era o pequeno grande tesouro de Otelo, aquilo que o homem mais amava. O seraphim faria qualquer coisa só para ver o sorriso de sua filha, desde criar brincadeiras até a dançar com mesma fingindo um baile de gala. Mas isso não o impedia de ser severo com sua cria, sendo muito exigente em relação a sua criação, sempre tentando dar a ela o melhor tipo de educação que a situação em que se encontravam permitia e sempre a punindo quando a mesma fazia algo errado
Roxane era, na visão de Otelo, seu raio de sol, seu único raio de sol que o fazia feliz quando o céu estava cinza. Talvez Roxy nunca descubra o quanto seu pai a amava
Mas essa bela relação foi por água a baixo quando Otelo desapareceu
Quando Otelo a abandonou Roxane fez de tudo – absolutamente tudo – para sufocar as memorias, fossem elas boas ou ruins, que tinha de seu pai. A azulada forçou-se a “esquecer” praticamente tudo sobre ele, mantendo consigo apenas a mágoa por ele tê-la deixado, a garota nem sequer tentou entender a situação sendo que a simples menção do mesmo, o simples ato de perguntarem sobre que é seu progenitor já é o suficiente para fazê-la fechar a cara


✰☾๓ค̃є ค๔๏tเvค☽✰

𝐿𝑒𝑜𝓅𝑜𝓁𝒹𝒾𝓃𝒶 𝐵𝑒𝓁𝒾𝓈𝒶́𝓇𝒾𝑜 𝒞𝒽𝒾𝓎𝓊𝓀𝒾 - 𝒟𝑒𝒶𝓉𝒽 𝒫𝒶𝓇𝒶𝒹𝑒 33 𝒶𝓃𝑜𝓈 𝑀𝑜𝓇𝓉𝒶

❁ Aραяє̂ηcια ❁
Leopoldina, ou apenas “Leo”, era uma mulher que, de longe chamava a atenção. Não por ser aquela com a aparência mais exótica ou por ser a mais sexy, mas sim por ter uma beleza mais comum, mas nem por isso ficava atrás de outras mulheres
A mulher tinha cabelos tão negros quanto as asas de um corvo, lustrosos e lisos eles não eram muito longos, indo um pouco a baixo de seu pescoço. A mesma tinha uma franja reta, que por muito pouco não lhe cobria as sobrancelhas e no meio ao mar preto dos fios de sua franja uma pequena mecha branca se destacava
Os olhos de Leo sempre seriam os responsáveis por seduzir os desavisados que lhe cruzavam o caminho. Seus orbes eram de uma cigana, brilhantes e roxos como duas ametistas que encantavam aqueles que se permitiam olha-los. Levemente puxados nas bordas os olhos de Leopoldina sempre seriam os mais expressivos de todos
Não podemos dizer, jamais, que Leo era uma mulher voluptuosa, muito pelo contrário. Seus seios eram medianos, por pouco pequenos, e suas nádegas eram a única coisa volumosa que possuía fora seus carnudos e vermelhos lábios. A Belisário era uma mulher alta e esguia, mas isso era um charme seu. Sua pele era corada, não sendo pálida, e mesmo que branca havia um leve bronzeado que deixava a mulher ainda mais desejável

❁ ƤєяѕσηαƖιɗαɗє ❁
A primeira coisa a se destacar em Leopoldina é que a mulher era a simpatia em pessoa
Conhecida como a mulher mais bem-humorada que já existiu não existia tempo ruim para morena, ela sempre estava a sorrir e a tentar ver o lado bom de bem, praticamente tudo. Mesmo tendo tido uma vida extremamente sofrida a Belisário não se deixava abater, pois sabia que se o fizesse tiraria toda a esperança e a pureza infantil das crianças que cuidava e nunca se permitiria fazer aquilo
Como um belo clichê Leopoldina escondia toda a sua dor, enterrando profundamente em um canto isolado de seu coração, não permitindo que ninguém a visse, pois pena sempre foi algo que abominou sua vida inteira. Sempre mantinha todos os problemas para si, quase carregando o peso do mundo nos ombros, Leo era o orgulho em pessoa e eram raras as situações em que por algum acaso permitia ser ajudada
Uma mulher que fora vivaz, cheia de energia e nunca, jamais, dispensou uma boa festa ou um dia de bebedeira. Mas isso não a impedia de ser muito responsável, colocando a segurança das crianças que cuidava acima de tudo até de sua própria. Uma mãe amorosa, de fato, porém muito severa e durona quando queria
Leo era simplesmente a mulher mais honesta que você poderia ter conhecido nesta vida. A morena detestava mentiras, sentindo repulsa só com a possibilidade de uma de suas crianças se tornar um mentiroso. Ela também detestava segredos, sendo que a curiosidade sempre fora o maior de todos os seus pecados

❁ RєƖαcισηαмєηтσ ❁
O relacionamento entre Roxane e sua mãe adotiva era uma coisa linda de se ver
Mesmo não tendo começado da melhor forma, já que Roxane era uma criança muito arredia e desconfiada com o passar do tempo foi inevitável que as duas formassem um forte e inquebrável laço. Leopoldina simplesmente não desistiu até fazer com que Roxy baixasse sua guarda e permitisse a sua aproximação e talvez tenha sido sua persistência e honestidade que tenham conquistado o coração da, até então, jovem Aleph
Leopoldina foi uma mãe durona, muito severa que tinha a má fama de ser “muito brava e briguenta”, mas isso era porque tudo o que a mesma queria era que seus filhos tivessem tudo do bom e do melhor. Mas, superando seu lado severo, a mesma era muito amorosa, carinhosa e extremamente brincalhona, ela adorava mimar a Roxane, Eclipsa e Ícaro toda vez que eles faziam algo que a deixava orgulhosa e talvez isso seja o motivo de todos sempre se esforçarem tanto para agradá-la
Não é difícil perceber o quanto Roxane ama sua mãe. A azulada demonstra tristeza até os dias de hoje com o aniversário de sua morte, seu maior tesouro é a bussola que a mãe lhe dera antes de partir
Não é incomum ver Roxane melancólica e até mesmo um pouco carente no aniversário do massacre do Orfanato Flamulas de Hélios


✰☾เг๓ค̃๏ ค๔๏tเv๏☽✰

𝐼́𝒸𝒶𝓇𝑜 𝐵𝑒𝓁𝒾𝓈𝒶́𝓇𝒾𝑜 𝐿𝒶𝓋𝒾 𝐵𝑜𝑜𝓀𝓂𝒶𝓃 - 𝒟. 𝒢𝓇𝒶𝓎-𝑀𝒶𝓃 20 𝒶𝓃𝑜𝓈 𝒱𝒾𝓋𝑜

❁ Aραяє̂ηcια ❁
Como uma brincadeira de mal gosto do universo podemos dizer que Ícaro e Roxane são opostos em praticamente tudo, e isso inclui a aparência de ambos. Certamente, Helios deve tê-los esculpido pessoalmente para serem os dois lados de uma mesma moeda
Ícaro é um jovem de beleza rara. Seus cabelos são lisos e rebeldes, sendo de um tom vermelho vivo intenso, quase como as labaredas de uma fogueira em brasa, está sendo sua marca registrada. O mesmo teria madeixas muito lisas, mas devido à falta de cuidados que seraphim possui suas madeixas as mesmas seriam repicadas, em um corte irregular que deixa seu cabelo extremamente rebelde, mas as pessoas dizem que isso é justamente seu charme
O Belisário teria uma pele branca, mas assim como sua mãe é corada e até levemente prateada. Icáro teria um corpo inegável, sendo magro, porem forte com músculos firmes e bem trabalhados, mas nada muito exagerado. É alto, medindo orgulhosos um metro e oitenta e cinco de altura o que, particularmente, deixa Roxane muito irritada
Mas o que fica marcado em sua aparência seriam seus olhos. Seu olho direito é normalmente esquecido, sendo sim bonito, porém é comum, sendo de uma tonalidade verde esmeralda que outrora fora brilhante, mas hoje em dia é quase opaco, nublado pela tristeza e o arrependimento. Já seu olho esquerdo é aquilo que fazem as pessoas pararem para olhar, afinal, não é comum ter um olho morto, principalmente quando se é tão jovem, mas este normalmente está coberto por um tapa-olho

❁ ƤєяѕσηαƖιɗαɗє ❁
Houve um tempo em que Ícaro era o mais animado dos três irmãos, o mais sorridente, o mais energético e animado, mas isso foi a muitos anos atrás. Tempos brutais transformam as pessoas, e aqueles viram a tragédia ainda na infância são os que mais sofrem
Hoje Ícaro seria alguém... Conformado, talvez? Não, alguém que se esconde em uma máscara de conformidade. A criança que um dia teve brilhantes olhos vivazes hoje é um homem quieto, desconfiado, com apenas um olho opaco. Ícaro é dono de uma calma estranha, quase perturbadora, quase anormal, mas que de uma forma incomum é confortável
Ele é alguém simpático, de boa lábia que facilmente consegue conquistar a qualquer um com sua postura relaxada e fala mansa. Uma pessoa carismática, sem dúvidas, confiar nele é quase natural, mesmo que bem, isso venha de seu poder. Ele é sedutor, mulheres e homens desavisados devem tomar cuidado com o Belisário, já que mentir usando a verdade e manipular estão entre suas principais habilidades, igual a irmã
É muito inteligente e um observador nato, praticamente nada passa despercebido por seu olho e nem tente engana-lo, porque tudo o que irá conseguir é um sorriso que brilha em cinismo e sarcasmo, duas das características mais marcantes do mesmo. Sendo uma pessoa muito cínica que quando mostra suas garras impõe medo a qualquer um, mesmo no mais corajoso dos homens. Não é por ser poderoso, apenas, mas também por saber de mais
Mas nem só de defeitos vive Ícaro, na verdade ele tem uma valiosa qualidade, está seria sua extrema lealdade. Seja ela a seus ideais ou a pessoas que por algum acaso ama, Ícaro é incapaz de abandonar qualquer uma dessas duas coisas ou de trai-las e talvez isso seja seu único ponto fraco. Muitas vezes isso pode cega-lo, sendo que ele é capaz de machucar tanto a Roxane quanto Eclipsa se achar que deve, mesmo que essas duas sejam seus tesouros mais preciosos

❁ RєƖαcισηαмєηтσ ❁
Quando crianças Roxane, Eclipsa e Ícaro eram um famigerado trio dinâmico, era muito difícil encontrar um longe dos outros dois. Sendo os três mosqueteiros do Orfanato, Eclipsa era – ironicamente – o coração, Roxane o cérebro e Ícaro – por insistência do mesmo – a força. Eram inseparáveis, mas isso foi a muitos anos atrás
Hoje o relacionamento dos dois é... Complicado. Se amam de maneira incondicional, mas não há mais a harmonia que um dia tiveram, isso porque ambos estão muito presos as suas crenças. Deveriam ser capazes de trabalharem juntos, tendo sido criados juntos pela mulher e com as mesmas condições o mais lógico que ambos deveriam se dar bem, certo?
Infelizmente eles não conseguem mais se conciliar, cabeças duras como são um tenta desesperadamente convencer o outro de que seu ponto de vista é o correto, criando assim um lupe infinito que os impede de verem as necessidades um do outro, fazendo com que toda vez que por algum acaso se veem briguem
Tudo o que Roxane quer é ter seu irmão de volta. A azulada quer que Ícaro desista de sua vingança idiota, que volte para ela e Eclipsa, porque para Roxy o ruivo não precisa ser o mais forte, nem tem a responsabilidade de salvar a ninguém, ele não precisa ser o herói de todos e se sente triste toda vez que alguém o trata como o vilão da história


✰☾ เг๓ค̃ ค๔๏tเvค☽✰

𝐸𝒸𝓁𝒾𝓅𝓈𝒶 𝐵𝑒𝓁𝒾𝓈𝒶́𝓇𝒾𝑜 𝐵𝑜𝓇𝓉 - 𝐻𝑜𝓊𝓈𝑒𝓀𝒾 𝓃𝑜 𝒦𝓊𝓃𝒾 16 𝒶𝓃𝑜𝓈 𝒱𝒾𝓋𝒶

❁ Aραяє̂ηcια ❁
A primeira coisa a se notar é que a mais nova dos irmãos não é a mais bela da família, muito pelo contrário. Se comparada a seus dois coloridos irmãos Eclipsa seria o patinho feio da família, já que ela é alguém de aparência comum, não tendo nada que a destaque muito, mas talvez seja isso seu ponto forte e o motivo de ser tão cobiçada
Em uma família cheia de cores Eclipsa é a imensidão negra. Começando por sua marca registrada, seus grandes e sedosos cabelos que são da mais escura cor já descoberta. Os cabelos da garota são de um preto muito denso, quase azul, com algumas finas mechas castanhas que se espalham de maneira desarmônica ao longo do couro cabeludo. Suas madeixas são assustadoramente lisas e longas e graças ao seu poder variam entre leves e fluidos a pesados e resistentes graças ao seu poder
Eclipsa é um meio termo entre os irmãos, não sendo tão alta quanto Ícaro, mas tão pouco tão pequena quanto Roxane, medindo um metro e setenta de altura. Suas pernas e braços seriam finos e longos, perfeitos para uma luta. Seu corpo é esguio, muito magro e quase sem nenhum volume, sendo que Eclipsa é quase uma tabua. Contrastando com seus cabelos sua pele é branca feito papel, pálida, mas não de um jeito moribundo, mas sim suave, como a pele de um recém-nascido
Seus olhos seriam afiados, puxados como os de um oriental. Sua coloração seria de um castanho escuro que varia, dependendo da luz, entre o preto e o âmbar, muito bonitos por sinal, mas a cara sempre fechada da garota impede que as pessoas sejam capazes de contemplar a beleza dos mesmos

❁ ƤєяѕσηαƖιɗαɗє ❁
Eclipsa é, antes de tudo, uma mulher forte. A criança doce e gentil que um dia fora está perdida, enterrada em suas entranhas de tal modo que até as pessoas que melhor a conhecem, como Roxane, tem dificuldade em encontrar algum resquício da mesma
A Belisário é alguém incrivelmente densa para sua idade, sendo difícil identificar qualquer emoção vindo da mesma, que sempre mantem uma face séria, indiferente e até mesmo fria. Eclipsa é o perfeito exemplo de alguém profissional, já que tudo o que aparenta se importar ´q com a revolução e seu trabalho dentro da mesma
Sincera ao extremo Eclipsa é alguém que não ganhou o famoso “filtro dos sete anos”, dizendo tudo o que lhe vem à cabeça sem pensar duas vezes, por isso se fizer algo que a desagrade ou se ela encontrar um defeito em você tenha a certeza de que a garota irá lhe informar sem dó ou piedade. Mas isso pode até ser útil, principalmente se você estiver treinando ou lutando ao lado dela, já que Eclipsa é uma lutadora feroz e uma pesquisadora oculta que sempre tenta encontrar a melhor forma de derrotar as chimeras a garota pode acabar te informando o jeito mais eficaz de ganhar uma batalha
Eclipsa é impiedosa e pratica, não gosta de enrolação e faz tudo com uma perfeição cirúrgica, já que falhas é algo que abomina e prefere manter seu currículo perfeitamente limpo de qualquer imperfeição de sua parte. É quieta, mas nem por isso calma, fazê-la perder a paciência é a coisa mais fácil do universo
Sua maior qualidade talvez seja sua capacidade de amar incondicionalmente, uma vez que tenha conseguido conquistar um lugar no coração desta garota tenha a certeza de que nunca será desamparado ou deixado na mão. Ela é incrivelmente leal e pode até mesmo ser gentil com aqueles que presa, os mimando a sua própria forma já que seu maior talento é cuidar dos outros

❁ RєƖαcισηαмєηтσ ❁
Podemos dizer que aqui é onde os papeis se invertem. Houve um tempo em que Roxane cuidava de Eclipsa, mas hoje em dia é a irmã mais nova que cuida da irmã mais velha
Todos acham que Eclipsa é a mais forte dos irmãos e é esse o motivo da garota ter se tornado um soldado. Mesmo que isso seja uma meia verdade, o motivo real da caçula ter feito isso é que ela queria manter seus dois irmãos longe da luta, por considerar que o lugar deles é apenas como estudiosos, pesquisadores. Ela não acha Roxane ou Ícaro fracos, longe disso, ela apenas não quer vê-los se machucando
Roxane se preocupa muito com a irmã, sempre cuidando dela ou tentando aconselhá-la, mas nunca tentou fazê-la desistir de lutar já que entende e valoriza suas razões. Roxy tem um pouco de inveja da mais nova e em algum ponto de sua vida já desejou ser ao menos parecida com a mesma, mas isso é um segredo seu
Eclipsa mima Roxane, fazendo tudo o que faz para deixar sua irmã – aquela que mais admira – orgulhosa e minimamente feliz. É superprotetora e extremamente ciumenta com a mesma, o que arranca umas boas risadas por parte de Roxane que a considera “o ser mais fofo que poderia ter nascido”
Como todos irmãos do mundo as vezes brigam, mas fazem as pazes quase que de imediato. Uma é o pilar da outra já que Ícaro as deixou, sendo muito unidas, mesmo que não “coladas”. Mesmo que não sejam irmãs de sangue se amam muito, um amor incondicional e isso é tudo o que importa




(¯`*•.,¤°´𝔾𝕠𝕤𝕥𝕠𝕤`°¤,.•*´¯)

Animais
Flores
Jogos
O Mar
O Céu
A Noite
Trabalhar
Treinar
Solucionar Enigmas
Estudar/Aprender
Piadas Ruins
Música
Café
Chá
Sua Liberdade



(¯`*•.,¤°´𝔻𝕖𝕤𝕘𝕠𝕤𝕥𝕠𝕤`°¤,.•*´¯)

Dormir
Preconceito
Traição
Sujeira
Pessoas muito Rebeldes
Pessoas Falsas
Superstição
Lutar
Ignorância
Que tentem enganá-la
Crueldade
Maus Tratos
Pessoas Possessivas
Lembrar-se do passado
Escravidão



(¯`*•.,¤°´𝕠𝕓𝕓𝕚𝕖𝕤`°¤,.•*´¯)

Estudar

Contrariando todo o senso comum podemos dizer que, bem, Roxane é uma verdadeira rata de biblioteca. Mesmo que já seja considerada uma pessoa verdadeiramente inteligente, tendo um grande conhecimento nas mais diversas áreas a Aleph demonstra o sincero desejo de aprender cada vez mais, nunca estando realmente satisfeita com o que já tem. Mas essa é sua sina, de fato, a maldição daqueles com seu sangue e seu nome. A jovem tem uma clara preferência por estudar Anatomia, principalmente a das chimeras, além de ser praticamente formada em Alquimia e Magia, mas não é incomum vê-la lendo e estudando sobre coisas sem sentido como a “Aerodinâmica das Asas das Borboletas”

Ler

Como estudar sem livros? É quase um pleonasmo e um mero eufemismo eu dizer que Roxane adora ler, sem dúvidas sua atividade preferida e uma das poucas coisas nessa vida que não abre mão. Ela lê sobre tudo, praticamente. Desde o livro teóricos mais avançados até os contos infantis mais bobinhos. Ficar sem ler para essa garota é como perder uma perna

Confeccionar/Inventar

De que adianta saber muito e não colocar seu conhecimento em prática, certo? Principalmente quando você não pode ajudar muito nas linhas de frente de uma revolução. Roxane não é uma lutadora, mesmo que saiba lutar e muito bem, alias. Sua principal função se volta para a confecção de armas, maquinas, técnicas e feitiços que irão auxiliar os soldados da linha de frente, sendo que ela é uma das responsáveis por cuidar dos armamentos

Treinar

Talvez essa seja a sua obsessão particular. Roxane já está conformada com o fato de não poder usar seus poderes para combate, por isso a mesma se concentra em fortalecer seu corpo e mente para que assim consiga se proteger e proteger aqueles com quem se importa. Não é como se ela de fato achasse a atividade prazerosa, mas é como dizem, é isso ou morrer por sua própria conta em risco e já que ela escolheu esse caminho, que seja assim




(¯`*•.,¤°´𝕄𝕖𝕕𝕠𝕤 & 𝔽𝕠𝕓𝕚𝕒𝕤`°¤,.•*´¯)

{𝙼}

𝙰𝚐𝚞𝚕𝚑𝚊𝚜

Um medo bobo, mas ainda assim um medo. Roxane não suporta agulha, sendo que seu sangue gela e a mesma soa frio só com a simples menção da remota possibilidade de ter que tomar uma injeção. A azulada prefere ficar sentindo dor a ter que tomar uma injeção, sendo preciso muito esforço, paciência e poder de argumentação para que Roxy permita que a deem uma agulhada. Os olhos da menina chegam até a marejar só de verem a agulha e é necessário que alguém a segure e feche seus olhos porque se não a mesma ira sair correndo dali na primeira oportunidade

𝙰𝚖𝚊𝚛

Um clichê talvez, mas um clichê justificável. Dentro de seu clã o amor sempre foi um tabu, tanto que a maioria acredita que os seus são incapazes de amar ou até mesmo de sentir. Tudo uma grande mentira. Mesmo que até o momento nenhum Aleph tenha de fato amado, eles ainda têm emoções e é por isso que a possibilidade de se apaixonar sempre assustou a qualquer membro desta família e Roxy não é exceção. Seu medo está intimamente ligado a dor que segue este amaldiçoado sentimento, e por isso a mesma prefere não senti-lo ou então suforcar qualquer mínima possibilidade dele vir a se desenvolver. Preferindo convencer-se de que é uma pessoa assexuada, incapaz de sentir atração física e emocional pelo mesmo sexo ou pelo sexo oposto, Roxy fugiria do amor como o diabo foge da cruz, o que até agora não se mostrou como algo difícil, já que, de fato, a garota nunca se sentiu atraída por ninguém. Apenas a menção da possibilidade de estar apaixonada já é mais do que o suficiente para deixa-la nervosa e inquieta, sendo que ela tentara desviar do assunto de todas as formas possíveis

𝙴𝚜𝚌𝚛𝚊𝚟𝚒𝚍𝚊̃𝚘

Talvez o maior medo de Roxane. Preferindo se matar a voltar a ser uma escrava Roxy não teria apenas medo de voltar a pertencer a alguém, ela teria pavor. A simples lembrança das chibatas, do ferro quente e dos grilhões já é capaz de deixa-la nervosa, inquieta. Os tempos que passou sendo nada mais do que um objeto, um produto descartável foi o suficiente para mudar sua vida e para fazê-la resistir até o último segundo a isso

{𝙵}

C𝚕𝚊𝚞𝚜𝚝𝚛𝚘𝚏𝚘𝚋𝚒𝚊

É o medo extremo e incontrolável de lugares fechados. Roxane tem isso graças a sua antiga proprietária que costumava a trancá-la em um pequeno buraco úmido e escuro toda vez que por algum motivo a menina a desagradasse, fosse com um pequeno erro, ou apenas seu sorriso e existência que por vezes irritavam a mulher que simplesmente a puxava pelos cabelos, sem mais nem menos, e a jogava naquele lugar frio. A garota entra em um estado de puro e cru pânico, sendo incapaz de raciocinar em uma situação assim, Roxane apenas agarra a coisa mais próxima a si, em brusca de calar, e começa a tremer, chorando e pedindo desculpas por algo que não fez




(¯`*•.,¤°´𝕒𝕓𝕚𝕝𝕚𝕕𝕒𝕕𝕖𝕤`°¤,.•*´¯)

IηтєƖιgє̂ηcια/Ɛѕтяαтєgια

É importante destacar aqui o fato de que todas as habilidades de Roxane são voltadas ou para combate, ou para o estudo ou para serviços domésticos, porque para o resto ela é quase inútil. Começando pelo mais obvio vamos para o campo dos Estudos, onde a jovem tem mais do que obrigação de ser boa, levando em consideração o histórico de seu clã. Roxane, como já dito anteriormente, é uma verdadeira enciclopédia ambulante por estar sempre em busca do famigerado conhecimento, quase como sua obsessão particular. Isso faz com que ela seja muito, muito inteligente mesmo, mas além disso ela é esperta e tem um toque de malandragem e flexibilidade em seu caráter o que a faz se uma boa estrategista que é capaz de bolar as coisas mais absurdas, mas que de um jeito meio torto acabam por certo. Ela não sabe de tudo, é claro, está longe de saber e por isso seus planos as vezes podem falhar, já que a garota não é um deus, mas ela sempre tenta fazer seu melhor e, bem, ela na maioria das vezes consegue

Mαgια/AƖquιмια

Já que ela não pode se dar ao luxo de usar o poder que possui na maioria das vezes Roxane desenvolveu uma outra forma de se defender, voltando-se para uma arte que a maioria se esqueceu, a magia. Mesmo quase tendo fritado seu próprio cérebro milhares de vezes ao ler grimorios a jovem acabou que conseguiu aprender sozinha as artes místicas e até que é uma maga muito habilidosa. Não é invencível como gostaria de ser e seus talentos ainda precisam ser lapidados, mas para quem nunca teve um professor além dos livros ela está em um nível surpreendente, muito acima de uma maioria arrogante

Ƈσмвαтє

Mesmo que odeie lutar um mundo em guerra a obrigou a aprender. Roxane luta de um jeito bem diferente da maioria, usando um estilo de combate que era próprio de seu clã, o Estilo Brain Grid, que mistura estilos de combate milenares como o Tai Chin Chuan e o Ninjutsu a técnicas avançadas de magia e alquimia. Qualquer membro de seu clã já nasce com o dom para esse estilo de luta, tudo o que precisam fazer é praticar e isso é uma das coisas que Roxane mais faz

Sєяνιçσѕ Ɗσмє́ѕтιcσѕ

Por ter sido uma escrava doméstica por muitos anos e por ter vivido em um orfanato grande Roxane teve que aprender desde muito nova a se virar, a cuidar de si sem ajuda de ninguém e, de praxe, a arrumar uma casa. A garota é uma empregada de alto gabarito, sendo muito boa em lavar, passar, costurar e arrumar qualquer coisa em uma residência, seja ela grande ou pequena. A azulada consegue fazer quase todo tipo de serviço doméstico sem muito esforço

Mєηтιя/MαηιρυƖαя

Não é o tipo de habilidade que alguém deveria se orgulhar, mas mesmo assim Roxane até que admira sua própria capacidade de manipular e mentir, mesmo que ainda se assuste com isso. Sua principal característica é mentir usando a verdade. Ao longo da vida aprendeu um sorriso de canto e um leve inclinar da cabeça são o suficiente para uma pessoa achar que o que você acabou de dizer é uma mentira, apesar de só ter dito a verdade. Ela também aprendeu que basta ficar com a cara séria e uma postura impecável para que as pessoas acreditem em qualquer mentira ou que basta você inverter um pouco a ordem dos fatos para que alguém faça exatamente o que você quer. Uma mentirosa hábil que pode enganar a qualquer um, até a si mesma, quando quer

Oяιgαмι

Roxane pode não ser uma grande adepta de atividades que são “perda de tempo”, mas por incrível que pareça ela é uma verdadeira artista na arte da dobra de papel, tendo aprendido isso com Leopoldina. Mesmo que não o faça com frequência não seria muito difícil ver Roxy sentada no meio do nada fazendo os mais diversos origamis, mesmo que ela tenha uma clara preferência pelo famoso tsuru

Mέdιcιиα

Acho que nem preciso dizer como Roxane ficou boa nisso, não? Pois é, graças ao seu vício por conhecimento ela leu muitos livros sobre medicina e anatomia, e além disso, sendo curiosa como é Roxane tornou-se tendenciosa a pegar cadáveres tanto de chimeras quanto de seraphins para dissecar e aprender de maneira mais pratica como o corpo de ambas as espécies funciona. Isso faz com ela possa se enquadrar como uma médica, mesmo não sendo forma nisso. Mas eu aviso desde já, se você aparecer com uma doença que ela desconhece, cuidado, você poderá virar o ratinho de laboratório dela




(¯`*•.,¤°´𝕀𝕟𝕒𝕓𝕚𝕝𝕚𝕕𝕒𝕕𝕖𝕤`°¤,.•*´¯)

Ƈσzιηнαя

É uma vergonha, de fato, mas Roxane é totalmente inapta a cozinhar. A mesma já tentou de a todo o custo concertar essa grande falha, mas isso se provou algo inútil uma vez que a cozinha se torna uma verdadeira zona de guerra toda vez que ela entra. Eclipsa já até mesmo a proibiu de entrar neste cômodo. Roxy é capaz de queimar até mesmo um reles ovo frito, tudo o que prepara mais parece veneno ou carvão... É talvez nisso ela precise de um professor... Mas só talvez

Ɗαηçαя

Algo que Roxy gostaria muito de aprender, mas que infelizmente nunca teve a oportunidade. Mesmo que já tenha lido milhares de livros sobre dança e até mesmo arriscado alguns paços a mesma não foi capaz de dançar nem a música mais simples. É obvio que ela sabe mexer o quadril e sua coordenação motora não é ruim, muito pelo contrário. Roxane apenas... Não sabe dançar e só

ƑαƖαя єм ƤύвƖιcσ

Roxane não é tímida, ela é apenas introspectiva e reservada, mas talvez seja justamente por isso que ela não se dá bem com o público. Falar na frente de seus amigos é uma coisa, a azulada faz com uma facilidade assustadora, mas é só colocá-la na frente de desconhecidos que ela trava. O problema não é se for uma pessoa ou até mesmo um pequeno grupo, o problema são as multidões que a deixam totalmente sem jeito. Isso provavelmente vem de uma vida em que raramente a opinião da mesma valia de alguma coisa e em algum ponto isso a teria marcado de tal forma que hoje suas habilidades de comunicação foram prejudicadas

Ɛηтєηɗєя є Iηтєяρяєтαя Ɛмσçσ̃єѕ

Pertencendo ao clã que pertence não é surpresa nenhuma esse bloqueio que tem. Roxane consegue identificar a raiva, a tristeza, a alegria, o medo e todas as emoções básicas de um ser humano, isso é obvio. Entretanto, emoções mais complexas como ódio, solidão, rancor ou até mesmo o amor são coisas que a mesma tem uma genuína dificuldade em entender, sendo que ela tende a confundir ou interpretar da maneira errada. Sejam suas próprias emoções ou as emoções alheias se não forem as emoções básicas ela certamente irá confundir em um primeiro momento, sendo que as vezes irá precisar que alguém a explique, com todas as letras, virgulas e pontos, o que está sentindo

Uѕαя ѕєυ Ƥσɗєя

Entenda, Roxane é sim capaz de usar todo o seu poder, ela consegue liberá-lo o problema, no caso, seria controlá-lo, saber usá-lo. Mas veja, Roxane é a última de um clã com um poder único, difícil de controlar e que a maioria não é capaz de entender, é obvio que Roxy não teria nenhum professor vivo para ensiná-la e seu pai nunca fez muita questão de explica-la sobre o poder que carrega. Entretanto, não se engane por esse fato, Roxane é sim capaz de aprender a usá-lo, tanto pelos livros quanto pelo sangue, mas o problema aqui é que a garota não quer apreender a usá-lo! Tudo o Roxane pode fazer é usar uma pequena parcela quase insignificante, mas para a ex-Aleph isso basta

Aяяυмαя-ѕє

Roxane pode até agir como uma dama, mas isso é porque ela foi criada para ser uma empregada de elite que serviria a mais alta nobreza. De princesa está garota não tem nada, está mais para uma gata borralheira. Ela pode até ter bons modos, e saber se portar, mas quando a assunto é se arrumar... Ferrou tudo. Roxane não sabe andar de salto ou usar um vestido, e a colocarmos para maquiar-se, bem, prepare-se para o verdadeiro circo de horrores que será a cara da mesma. O irônico de tudo isso é que está restrição vale apenas para ela mesma, uma vez que ela é a responsável por arrumar a todos os outros

Ɗαя cσηѕєƖнσѕ αмσяσѕσѕ

Bem, acho que já está bem claro a dificuldade que Roxane tem com qualquer coisa relacionada a emoções e por isso é obvio que ela é a pior pessoa do mundo quando o assunto é romance. Além de nunca ter nenhuma experiência Roxane ainda é aquele tipo de pessoa que propaga a crença de que “o amor é uma mera reação química”. Se você for pedir o conselho dela nesta área de duas uma: Ou você é burro, ou você está querendo rir, porque os conselhos dela são tão, mas tão ruins que mais parecem piadas




(¯`*•.,¤°´𝕄𝕒𝕟𝕚𝕒𝕤`°¤,.•*´¯)

Dormir com alguém
Desde que é capaz de se lembrar Roxane nunca dormiu sozinha.
Fosse em um cubiculo escuro e frio onde os escravos se amontoavam ou em um quarto quentinho onde dividia uma beliche. Mesmo hoje ela ainda teria difículdades em dormir sozinha,
o motivo é simples: Pesadelos. Roxane não é capaz de controlar os próprios sonhos e todas as noites um compilado de memórias ruins se unem para atormentá-la. A jovem é incapaz de ter um sono tranquilo,mas o calar de um corpo ao seu lado a ajuda a relaxar. Antigamente ela tinha a seus irmãos,
mas Ícaro fugiu e Eclipsa está sempre ocupada,
resta ela apelar para seus amigos ou dormir sozinha

Dormir com alguém
Já deu pra notar que a hora de dormir é algo complicado para Roxane, por isso a mesma a evita, por pura covardia.
A garota raramente dorme as oito horas necessárias, sendo o mais comum ela ter apenas quatro horas ou até menos de descanso. Por isso não se assuste se a vir cochilando em algumas horas do dia

Brincar com a comida
Roxane como igual a um passarinho, isso não é segredo, a questão aqui é que quando está riste ou desanimada ela basicamente não come. A garota fica encarando o nada enquanto suas mãos mechem com o garfo fazendo, sei lá o que, de maneira lenta e sem o mínimo animo

Mexer o pé
Sempre quando está ansiosa ou animada ela fica balançando o seu pé de maneira quase frenética quando está sentada. Isso é tão absurdamente comum que ninguém mais se importa

Revirar os olhos
Quando não concorda com algo ou quando alguém diz algo muito absurdo bem na sua frente a azulada tem a horrível mania de revirar os olhos em puro e velado desdém, mesmo que seu rosto não esteja demonstrando isso. Roxane já tentou dar um fim a esse mal hábito, mas nunca deu conta




(¯`*•.,¤°´𝕠𝕕𝕖𝕣`°¤,.•*´¯)

🇵🇸🇮🇨🇴🇨🇮🇳🇪🇸🇪



(¯`*•.,¤°´𝔸𝕣𝕞𝕒𝕤`°¤,.•*´¯)

𝗠𝗼𝗻𝗼𝗳𝗶𝗹𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁 𝗪𝗶𝗿𝗲𝘀/ 𝗙𝗶𝗼𝘀 𝗱𝗲 𝗠𝗼𝗻𝗼𝗳𝗶𝗹𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼

São fios extremamente finos e mais afiados do que qualquer lamina. Feitos de um metal especial extremamente maleável, porem extremamente forte e resistentes. Consistindo de uma única cadeia de moléculas fortemente ligadas, como os nanotubos de carbono. Possui aplicações para cortar objetos e separar moléculas adjacentes
Praticamente invisíveis a olho nu eles são capazes de cortar praticamente tudo com assustadora facilidade. Aparentemente abençoados pelo poder sagrado dos deuses, graças ao sutil brilho azul que carregam e a capacidade de cortarem as assas de seraphim ou de dilacerar chimeras. Também são capazes de formar um tipo escudo de malha suficientemente forte aguentar o impacto direto, mesmo que o usuário ainda seja levemente ferido. Tais fio ainda tem a precária capacidade de manipular cadáveres, obviamente não com toda a maestria de um necromante, mas boa o suficiente para defender-se quando necessário e até usar como distração
É a arma que Roxane mais usa e a azulada está sempre acompanhada de seus Fios de Monofilamento que passam despercebidos por todos. Os mesmos ficam escondidos por luvas de couro preto que Roxy está sempre a usar. A azulada pode origina-los tanto da ponta dos dedos, quanto da base dos mesmos e da palma de sua mão e por serem muito finos, e praticamente invisíveis é impossível notar que a Aleph é uma mulher sempre armada. Entretanto esta forma é limitada, sendo que os fios desta luva são mais curtos, por isso quando vai para a batalha Roxane usa uma luva menor, feita também de couro, mas esta não cobriria seus dedos, e teria finos anéis de metal na base dos mesmos, onde os fios ficariam alojados. Os fios dessa luva seriam maiores e mais resistentes, ideias para batalhas em que se deve lutar contra mais de um oponente
Esse tipo de arma é extremamente delicado e muito difícil de usar, tendo poucas pessoas capazes de usa-las ou com coragem para tal, já quem o devido cuidado e preparação os Fios de Monofilamento podem apresentar um sério risco ao seu artesão


𝐋𝐚𝐧ç𝐚

Um artefato roubado do arsenal das chimeras, o nome desta lança seria Gáe Bolg, que significa “lança de dor mortal" ou “lança da morte” na linguagem das mesmas, entretanto Roxane não sabe o nome e tão pouco do que é feita tal arma, porque se soubesse talvez nem a usasse
Feita de uma mistura cruel das assas arrancadas dos mais vigorosos serafins e das cinzas dos Malakins esta arma teria sido moldada por dois Bruxis
Gáe Bolg é uma lança longa, sendo consideravelmente maior do que Roxane, com sua haste revestida por linhas em alto relevo que muito se assemelham a veias. A lança brilharia em um tom carmim intenso, da mesma cor do sangue que fora derramado para criá-la. Sua lamina é em formato retangular, com dois sulcos nas extremidades; dividida em duas faces que estão fundidas, mas com uma pequena abertura bem no meio no irônico formato de duas assas. Sua ponta é levemente arredondada, sendo extremamente afiada em seus dois gumes que são tão finos quanto uma folha. Entre a ponta é a haste há um dispositivo que se Roxane girar os mais rubros espinhos saguem e perfuram seu adversário das mais letais formas
Apesar de seu tamanho esta lança pode sim ser usada para lançamento, o que em campo de batalha seria algo letal, já que, graças aos seus espinhos, pode matar mais de um adversário, sendo uma arma ante exército, entretanto, seu uso principal ainda é o manuseio com as mãos contra um único oponente
Mesmo que esta seja a mais poderosa arma de Roxane a mesma raramente a usa, talvez pelo fato da mesma evocar lembranças ruins ou apenas por ser muito grande e por isso pouco discreta – ao contrário dos Fios de Monofilamento





(¯`*•.,¤°´𝕒𝕣`°¤,.•*´¯)


Rυкι Mυкαмι



▌│█║▌Relations ▌│█║▌

✧*:・゚┇𝔖𝔞𝑘𝔞𝔪𝔞𝑘𝔦𝔰┇゚・:*✧


Sᕼᑌ SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓔́ 𝓾𝓶 𝓶𝓸𝓻𝓽𝓸-𝓿𝓲𝓿𝓸, 𝓾𝓶 𝓶𝓸𝓻𝓽𝓸-𝓿𝓲𝓿𝓸 𝓵𝓸𝓲𝓻𝓸... 𝓐̀𝓼 𝓿𝓮𝔃𝓮𝓼 𝓮𝓾 𝓽𝓮𝓷𝓱𝓸 𝓶𝓮𝓭𝓸 𝓭𝓮𝓵𝓮 𝓷𝓪̃𝓸 𝓮𝓼𝓽𝓪𝓻 𝓻𝓮𝓼𝓹𝓲𝓻𝓪𝓷𝓭𝓸❞

Podemos dizer que a seraphim e o chimera tem muitos pontos em comum, principalmente o fato de que para ambos falta algo de muito importância: a força de vontade. Eles deveriam se dar bem, certo? Sim, deveriam, mas não é esse o caso
Não é que se dêem mal, mas a incapacidade que ambos têm de agir é que é o problema, fazendo com que praticamente não haja nenhuma interação entre ambos. Para ser franca os dois mal se cumprimentam, sendo que Shuu nem sequer sabe o nome de Roxane, a denominado apenas de “Baixinha do cabelo azul” quando em raras ocasiões ele quer alguma coisa dela, mas o mais velho dos Sakamakis ainda seria incapaz de reconhecê-la se a visse andando sozinha na rua
Já pelo lado de Roxy... Bem, ela obviamente sabe o nome do primogênito das chimeras, entretanto sente uma enorme agonia toda vez que vê Shuu. O loiro, na visão da garota, está muito próximo de ser um cadáver e se pergunta como ele consegue manter os abutres longe. A azulada tem o costume de checar a respiração do mesmo, apenas para ter a certeza de que ele não está, de fato, morto. Mesmo que não fale isso em voz alta Roxane chama Shuu de “o morto-vivo loiro” quando se encontra com o mesmo.






ᕮIᒍI SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓤𝓶 𝓶𝓸𝓻𝓭𝓸𝓶𝓸 𝓶𝓪𝓵𝓭𝓲𝓽𝓸 𝓺𝓾𝓮 𝓯𝓲𝓷𝓰𝓮 𝓼𝓮𝓻 𝓹𝓻𝓲́𝓷𝓬𝓲𝓹𝓮❞
Roxane não costuma julgar as pessoas, longe disso, mas com Reiji é diferente, na cabeça da garota o moreno não está no lugar certo. Para Roxy o segundogênito da família não é um príncipe, é um mordomo
Veja, Roxane sempre leu que um líder deveria ser carismático, fazer com que a as pessoas de uma nação o sigam por considerá-lo um bom líder, e Reiji passa muito longe disso, apesar de sua ambição por se tornar Rei. O moreno é tão denso e rígido que é quase impossível que alguém consiga sentir empatia pelo mesmo. O moreno é tão severo que consegue deixar uma pessoa como Roxane incomodada, com tamanha paranoia que o mesmo tem em relação à perfeição, sua educação ácida por vezes chega a cansar a pobre seraphim. Roxy simplesmente não o suporta
Por outro lado, o vampiro parece se divertir às custas da jovem, descontando na mesma toda a raiva que sente de Shuu. Em algum determinado ponto a chimera percebeu uma incômoda semelhança entre os dois. Em como ambos possuíam tantas vantagens e apenas as ignoravam, não as valorizando. O moreno teria visto Roxane como um reflexo do irmão mais velho e, por isso, descontaria na mesma todo ressentimento que sente pelo fato de Shuu ser aquele que recebia todo o amor e atenção de sua mãe, além da posição como herdeiro que o moreno tanto cobiça. Reiji a manda fazer os mais diversos trabalhos, sendo que estes podem variar de irritantes a humilhantes. O segundogênito parece decidido a arrumar um trabalho na qual Roxane é incapaz de fazer e que não envolva sua preciosa cozinha
Roxane acha que o mundo seria um lugar muito melhor se Reiji não existisse e se controla ao máximo para não lhe dar um soco na cara ou uma resposta ácida quando o mesmo lhe aparece do quinto dos infernos com um novo trabalho






YᗩTO SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓤𝓶 𝓲𝓷𝓼𝓮𝓽𝓸 𝓲𝓻𝓻𝓲𝓽𝓪𝓷𝓽𝓮 𝓺𝓾𝓮 𝓯𝓲𝓬𝓪 𝓰𝓻𝓲𝓽𝓪𝓷𝓭𝓸 𝓷𝓸 𝓶𝓮𝓾 𝓸𝓾𝓿𝓲𝓭𝓸 𝓪𝓬𝓱𝓪𝓷𝓭𝓸 𝓺𝓾𝓮 𝓮́ 𝓸 𝓼𝓸𝓵❞

Na opinião de Roxy, Ayato consegue ser o pior dos irmãos, superando até mesmo alguém como Reiji. Para a azulada o mundo seria um lugar muito melhor sem que pessoas como o mais velho dos trigêmeos existissem
A verdade é que Ayato tem todos os defeitos que Roxane mais despreza em uma pessoa. É arrogante, egocêntrico, narcisista e fala muito. A paz e o silêncio que a mesma tanto estima são inexistentes quando o maldito ruivo está no local. Se Roxy pudesse faria a mesma coisa que fizeram consigo, cortaria a língua de Ayato e, honestamente, acha que se o fizesse a paz entre as raças seria mais facilmente alcançada, já que tudo o que a chimera diz é besteira e pura burrice. Não, Roxane não sentiria dó do mesmo. Ok que um passado traumático foi o responsável por fazê-lo ser daquela forma, mas, convenhamos, passados tristes e traumáticos são o que mais existe nesse mundo em guerra e por isso não consegue se compadecer pelo mesmo. Ayato é chato e muito irritante e isso é tudo que precisa saber
Já da parte do ruivo, podemos afirmar que o sentimento de desgosto é recíproco, uma vez que Ayato também não suporta Roxy. Na verdade, está mais para o fato de que a calma e a paciência dela o irritam. A cara de “peixe-morto” que, segundo o garoto, a mesma tem é muito agonizante, quase insuportável. O garoto faz simplesmente de tudo em seu poder para ao menos tentar tirar a azulada do sério, fazer com que a mesma reaja, mas parece que toda vez que o mesmo tenta chamar sua atenção Roxane apenas o ignora mais. Sim, para Ayato Roxane é tão insuportável quanto ele é para ela






KᗩᑎᗩTO SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓟𝓸𝓻 𝓽𝓾𝓭𝓸 𝓸 𝓺𝓾𝓮 𝓮́ 𝓶𝓪𝓲𝓼 𝓼𝓪𝓰𝓻𝓪𝓭𝓸 𝓪𝓵𝓰𝓾𝓮́𝓶 𝓲𝓷𝓽𝓮𝓻𝓷𝓪 𝓮𝓼𝓼𝓮 𝓰𝓪𝓻𝓸𝓽𝓸❞

Na visão de Roxane não existe ninguém mais bizarro do que Kanato. A garota nem sequer é capaz de descrevê-lo, mais parece que alguém pegou um amontoado de coisas que não combinam e jogou em um liquidificador para fazer a personalidade do arroxeado que simplesmente não faz o menor sentido
Kanato é algo que na mente de Roxane está mais do que meramente quebrado, ele está é estragado mesmo, não tem conserto. O garoto é simplesmente uma criança mimada que as vezes tem ataques psicóticos e é tão possessivo que ultrapassa os limites do que é algo doentio. Mais do que um psicólogo, esse garoto precisa é de um manicômio inteiro o tratando. Se Roxy vir Kanato seu instinto é sair dali e ir servir qualquer outro dos irmãos, até mesmo a Ayato. Não é que a azulada desgoste do chimera, Kanato nunca fez nada para que a garota o detestasse, na verdade está mais para um instinto de autopreservação
Já Kanato, bem, ele adora Roxane, ou melhor, a aparência de Roxane. O segundo dos trigêmeos já até mesmo a perguntou se a garota não estaria interessada em virar sua boneca, e talvez tenha sido está pergunta repentina feita de maneira tão séria que seja a responsável pela enorme cautela que a seraphim tem em relação a Kanato. O arroxeado gosta de Roxy porque a garota faz tudo o que o mesmo manda, de forma rápida e eficiente, sem nem ao menos incomodá-lo, na cabeça do mesmo seu único defeito é fazer doces ruins, mas nada que não possa ser corrigido






ᗩITO SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓢𝓮𝓶 𝓭𝓾𝓿𝓲𝓭𝓪𝓼 𝓮́ 𝓸 𝓶𝓮𝓵𝓱𝓸𝓻 𝓭𝓸𝓼 𝓲𝓻𝓶𝓪̃𝓸𝓼, 𝓶𝓪𝓼 𝓲𝓷𝓯𝓮𝓵𝓲𝔃𝓶𝓮𝓷𝓽𝓮 𝓮́ 𝓲𝓷𝓬𝓸𝓶𝓹𝓻𝓮𝓮𝓷𝓭𝓲𝓭𝓸 𝓮 𝓼𝓮 𝓯𝓪𝔃 𝓭𝓮 𝓲𝓷𝓬𝓸𝓷𝓿𝓮𝓷𝓲𝓮𝓷𝓽𝓮❞

Bem… Como eu poderia descrever este relacionamento? Contrariando toda e qualquer lógica que existe nesse mundo, Roxane até que sentiria uma certa afinidade com o mais novo dos trigêmeos Sakamaki. O motivo? É muito simples, Laito a faz rir, algo que por si só não é difícil, mas seu senso de humor tinha se mostrado algo até então inexistente naquele castelo. Entretanto, mesmo que o considere como um dos melhores daquela família perturbada que seriam as chimeras, Roxane ainda é incapaz de estabelecer uma relação de amizade com o ruivo uma vez que ele teria dois grandes defeitos: Sua inconveniência e sua intromissão
Roxane não gosta de rir em público, se sente com vergonha de demonstrar algo tão simplesmente banal que não tem a mínima importância para os demais. Entretanto, a garota sempre conseguiu disfarçar muito bem. Bom... Isso até conhecer Laito. O ruivo fazia questão de sempre ter algum comentário muito engraçado (na visão da mesma) na ponta da língua e sua perversão sempre era responsável por gerar em suas companheiras as mais diversas e divertidas reações e por isso foi quase inevitável que, em algum momento, a azulada tenha deixado escapar uma risada. Aquilo foi o estopim, Laito que até então achava que a Belisário era o ser mais entendiante do mundo começou a divertir-se, perseguindo-a por achar engraçado o desconforto e a raiva que a mesma sentia ao ser flagrada ao rir
Outra questão que os impede de se darem bem é porque Laito, apesar de não demonstrar públicamente, é alguém muito esperto, perpicaz e curioso, sempre se intrometendo para achar aquilo que as pessoas não querem que os outros saibam, e para alguém como Roxane que tem tanto a esconder essa característica é mais do que um problema. É um circo de horrores. Por isso a relação dos dois poderia ser definida como um doce meio amargo, não são amigos, mas tão pouco se odeiam. Porém, justamente por não ter interesse em formar alguma amizade com algum de seus inimigos naturais, Roxane é especialmente cuidadosa para não desenvolver uma relação demasiado amigável com o mais novo dos trigêmeos, podendo ser mais seca com ele do que é realmente necessário nos momentos em que são forçados a interagir






Sᑌᗷᗩᖇᑌ SᗩKᗩᗰᗩKI
❝𝓟𝓸𝓭𝓮𝓻𝓲𝓪 𝓼𝓮𝓻 𝓶𝓮𝓵𝓱𝓸𝓻 𝓼𝓮 𝓷𝓪̃𝓸 𝓺𝓾𝓮𝓫𝓻𝓪𝓼𝓼𝓮 𝓪𝓼 𝓬𝓸𝓲𝓼𝓪𝓼❞

Subaru está no mesmo nível que Shuu e Laito. Não desgosta do mesmo, mas também não faz muita questão de gostar. Os dois tem um acordo mutuo e subentendido de “se não me incomodar eu não te incomodo” e a relação dos dois se resume a apenas isso, um não invade o espaço do outro e pronto um verdadeiro mar de rosas para ambas as partes
Sendo até que sincera, Roxane gostaria sim de ter um relacionamento maior com o vampiro, talvez se vivessem outras vidas esses dois poderiam ser amigos sinceros, mas não é assim que o mundo funciona, infelizmente. Para Roxy o albino seria um coelho, e coelhos morrem de solidão. A azulada acha que por debaixo de toda aquela personalidade de pseudo delinquente juvenil Subaru é sim uma pessoa gentil, mas que tenta ser forte e acabou sendo endurecido pelo mundo. Um clichê, é verdade, mas é um círculo vicioso para qual todos acabam voltando. Admite que o jeito explosivo do garoto é um problema, e acha pouco produtivo o fato de o mesmo viver quebrando as coisas ao seu redor, mesmo que isso seja uma forma muito melhor do que dar chibatas em uma criança para controlar sua raiva
Entretanto, assim como Shuu o albino da pouca importância para a existência da garota no castelo, sendo que as vezes se assusta quando a vê, já que ela é tão quieta e pequena que facilmente passa despercebida aos olhos do caçula da família. Mas Subaru não desgosta de Roxane, muito pelo contrário, como ela não lhe torra a paciência ou faz, bem, qualquer coisa ele não tem motivos para se irritar com ela, o que nos seus padrões já é o suficiente para não entrar na “lista negra”






✧*:・゚┇𝔐𝔲𝑘𝔞𝔪𝔦𝔰┇゚・:*✧


ᑌKI ᑌKᗩᗰI





KOᑌ ᑌKᗩᗰI





Yᑌᗰᗩ ᑌKᗩᗰI





ᘔᑌSᗩ ᗩKᗩᗰᗩKI



✧*:・゚┇𝔒𝔲𝔱𝔯𝔬𝔰┇゚・:*✧


OᒪᕮTTᕮ





ᕮᒪIOᖇᕮS





ᕮᒪᒪIᕮᒪ





KᗩᖇᒪᕼᕮIᑎᘔ





OᑌTᖇᗩS GᗩᖇOTᗩS



▌│█║▌Questions ▌│█║▌

●▬๑๑▬ 𝙌𝙪𝙖𝙡 𝙨𝙪𝙖 𝙤𝙥𝙞𝙣𝙞𝙖̃𝙤 𝙨𝙤𝙗𝙧𝙚 𝙖 𝙢𝙞𝙨𝙨𝙖̃𝙤?
:Eu gostaria de ter uma resposta positiva quanto a isso, mas se por um acaso eu lhes dissesse algo bom sobre está missão eu estaria mentindo e creio que devo evitar mentiras neste questionário. A verdade? Simples, eu acho uma completa perda de tempo. Este plano estupido que aqueles dois fizeram é tão cheio de furos que não vejo outro caminho senão a falha.
Mesmo se ganharmos tudo o que conseguiremos fazer é dar continuidade a este infinito lupe de guerra e ódio. Venceremos hoje e então submetermos as chimeras as mesmas humilhações que sofremos... Amanhã elas irão se levantar de novo e seremos mais uma vez derrotados.
Um infinito clico de morte e destruição❞




●▬๑๑▬ 𝙊 𝙦𝙪𝙚 𝙖𝙘𝙝𝙖 𝙨𝙤𝙗𝙧𝙚 𝙖𝙨 𝙘𝙝𝙞𝙢𝙚𝙧𝙖𝙨?
:Eu não as chamaria de nada além de pragas. Para mim as chimeras não seriam nada além de moscas, um mero incomodo fútil, que extermino apenas com o propósito de ter paz.
Talvez a culpa seja nossa, mas ao mesmo tempo delas também. Talvez a culpa seja dos daqueles deuses estúpidos que nos criaram a base de seus próprios erros e por isso estamos fadados a destruição...
No fim eu até que sinto um pouco de raiva. Para ser franca posso dizer que dou as chimeras a mesma importância que dou aos serafins: Nenhuma. Que elas se matem ou nos matem, no fim, será o mesmo. Tudo o que sinto por elas é indiferença, nem ódio, nem amor, um magnífico nada. As mato porque é natural para mim mata-las, lutar contra elas❞




●▬๑๑▬ 𝙊 𝙦𝙪𝙚 𝙥𝙚𝙣𝙨𝙖 𝙙𝙚 𝙈𝙖𝙙𝙧𝙞𝙜𝙖𝙡 𝙚 𝘼𝙠𝙞𝙫𝙖, 𝙖 𝙘𝙝𝙞𝙢𝙚𝙧𝙖 𝙚 𝙤 𝙨𝙚𝙧𝙖𝙥𝙝𝙞𝙢 𝙦𝙪𝙚 𝙨𝙚 𝙖𝙥𝙖𝙞𝙭𝙤𝙣𝙖𝙧𝙖𝙢?
:Sendo bem franca eu acho que tudo isso não passa uma romantização das pessoas.
É simples, uma chimera e um seraphim não podem se amar, vai contra a lei natural das coisas. No fundo todos sabem disso, mas preferem se apegar a ideia de um “Romeu e Julieta moderno”, encontrar uma razão para o fim estupido que nosso império teve.
Honestamente eu penso que isso é tudo fruto de um Bruxis. Madrigal usou para enfeitiçar Akiva. Isso tudo não passava da mais pura luxuria, o desejo que uma chimera tinha de possuir um anjo e honestamente isso não é errado. Somos uma raça tentadora, admito.
O problema é ela fora burra, se deixou ser pega e isso custou sua vida. Não há nada de mais nisso❞




●▬๑๑▬𝙀́ 𝘽𝙑, 𝘽𝙇𝙑 𝙤𝙪 𝙫𝙞𝙧𝙜𝙚𝙢?
[✔] BV?
[✔] BVL?
[✔] Virgem?
❝𝘛𝘩𝘪𝘴 𝘣𝘰𝘥𝘺 𝘩𝘢𝘴 𝘯𝘦𝘷𝘦𝘳 𝘣𝘦𝘦𝘯 𝘢𝘯𝘥 𝘸𝘪𝘭𝘭 𝘯𝘦𝘷𝘦𝘳 𝘣𝘦 𝘵𝘰𝘶𝘤𝘩𝘦𝘥


▌│█║▌Reactions ▌│█║▌

«∘---∘⊰𝚀𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚜𝚘𝚞𝚋𝚎 𝚍𝚊 𝚖𝚒𝚜𝚜𝚊̃𝚘⊱∘---∘»

Em um primeiro momento Roxane teria achado que tudo aquilo não passava de uma pegadinha mal feita, sem graça e tudo o que teria se dado ao reles trabalho de fazer foi erguer a sobrancelha, na mais pura descrença.
Honestamente, aquilo era estupido demais, até mesmo para uma piada. A garota não teria dado atenção a ansiedade crescente das pessoas a sua volta, cuja esperança, determinação e sede por vingança brilhavam. Ela ignorou o entusiasmo de Cole, que parecia tão satisfeita com tal missão, e tão pouco deu ouvidos a apreensão de Eclipsa.
Como a boat rouxa sem força de vontade que é a azulada apenas ignorou todo mundo, se concentrando única e exclusivamente em fazer aquilo que gostava de fazer, hora ou outra ajudando Beliores e Melliel por mera conveniência.
Ela teria vivido normalmente, na mais completa inercia até que uma força superior agisse sobre ela e a obrigasse a fazer algo, no caso Melliel.
O ruivo tive a “brilhante” ideia de mandar Roxane, dentre todas as outras milhares de opções melhores e mais lógicas, para a missão estúpida da qual ela não concordava nenhum pouco. Entretanto, Roxane era uma mera subordinada, não cabia a ela julgar a decisão de seus líderes e sua opinião sobre tal “suicídio em massa” (Nome carinhoso que ela deu a missão) não era relevante.
Roxane apenas acenou positivamente, indo, mesmo que a um contra gosto claro, mas antes ela teria feito seu testamento, deixando absolutamente tudo para qualquer um que sentisse vontade❞




«∘---∘⊰𝚀𝚞𝚊𝚗𝚍𝚘 𝚌𝚑𝚎𝚐𝚘𝚞 𝚗𝚊 𝚌𝚘𝚛𝚝𝚎 𝚍𝚊𝚜 𝚌𝚑𝚒𝚖𝚎𝚛𝚊𝚜⊱∘---∘»

Por mais incrível que possa parecer Roxane se sai até que bem nessa parte. Tendo sido uma escrava por muito anos ela sabia como se portar frente a corte das chimeras e pertencendo ao clã que pertencia esconder suas emoções não foi algo difícil.
Tudo o que Roxane fez foi sorrir de maneira polida, enquanto sentia – mais uma vez – o olhar de desprezo das chimeras, seu asco, seu nojo. Ela se portaria como uma verdadeira anjinha, mesmo que estivesse com suas luvas na mão e seus fios prontos para dilacerar a carne❞




«∘---∘⊰𝙰𝚘 𝚌𝚘𝚗𝚑𝚎𝚌𝚎𝚛 𝚘 𝚛𝚎𝚒 𝚍𝚊𝚜 𝚌𝚑𝚒𝚖𝚎𝚛𝚊𝚜 𝚎 𝚘𝚜 𝚙𝚛𝚒́𝚗𝚌𝚒𝚙𝚎𝚜⊱∘---∘»

Por um momento Roxane quase riu. Quase.
Então era com aquilo que estavam lidando? Dez principezinhos mimados e medíocres que provavelmente eram incapazes de até mesmo amarrar os próprios cadarços? Sério que o Império tinha sido derrotado por pessoas como eles?
Mas então tocou-se: O Império tinha sido derrotado por eles! Assim como as pessoas eram tendenciosas a subestimá-la por sua aparência não sofreriam eles da mesma sina? Provavelmente.
Depois do choque inicial Roxane passou a analisar todos os príncipes.
De fato, a maioria era injustamente bela, entretanto a arrogância que exalavam mascarava esse fato, fazendo com que tudo o que Roxy sentisse por eles fosse apenas nojo e desprezo. Tirando por dois – Yuma e Subaru – a maioria não se enquadrava na categoria de linhas de frente, apesar de terem auras fortes. No caso, aquela família só tinha três formas possíveis de governar: Pelo poder, pela tradição ou pelo medo.
Duvidava muito que as chimeras fossem tão presas a estupidez da tradição quanto os seraphins, e por isso a segunda hipótese fora rapidamente descartada. A terceira, bem, poderia ser parcialmente verdade, mas apenas medo não poderia ser o responsável pela queda de um império inteiro. Sobrava-lhe o poder e era justamente isso que mais temia.
Roxane apenas sorrira de maneira cordial, agiria como uma perfeita empregada, a bela e medíocre escrava que esperavam que ela fosse, se a humilhassem ela apenas aceitaria. Por que isso? Tinham peças fora do lugar naquela família e se Roxy queria manter a cabeça junto ao pescoço ela teria que entender seu inimigo, e por isso ela apenas atuou❞




«∘---∘⊰𝙰𝚘 𝚟𝚎𝚛 𝚊 𝚏𝚘𝚛𝚖𝚊 𝚍𝚎𝚖𝚘𝚗𝚒́𝚊𝚌𝚊 𝚍𝚘 𝚙𝚊𝚛 𝚘𝚞 𝚍𝚎 𝚘𝚞𝚝𝚛𝚊 𝚌𝚑𝚒𝚖𝚎𝚛𝚊⊱∘---∘»

Não é um fato surpreendente que Roxane já tenha visto a forma demoníaca de uma chimera, afinal passou uma considerável parte da infância sendo escrava das mesmas e dificilmente um escravo poderia ver o lado belo de seu dono.
Com Roxy não foi exceção. Era com assustadora frequência que a mesma via o lado demoníaco de seus donos e os guardas da mansão onde trabalhavam sempre mantinham tal forma, então a azulada sempre achou tal aparência a mais natural para uma chimera. A face de demônios combinava com aquilo que, aos olhos da criança, as chimeras eram.
Quando pequena Roxane tinha muito medo das deformes formas que as chimeras tomavam, sempre se escondendo atrás de seu pai quando via um passar, tremendo dos pés à cabeça. Mas é como dizem, uma vida brutal lhe ensina a ser duro.
Atualmente Roxy não tem medo de nenhuma chimera, vendo apenas com desdém e cinismo sua “tão horripilante” forma. Para ela é apenas um mero incomodo que deixa bichos feios mais feios ainda.
A azulada não se assustaria ou tão pouco se surpreenderia com a face demoníaca de Ruki, mas admite que não é algo que combine com o mesmo, por isso – e por ser o moreno ser “problemático” nessa forma – a azulada tentaria acalma-lo, mesmo que se machucasse no processo❞




«∘---∘⊰𝙰𝚘 𝚜𝚎𝚛 𝚖𝚘𝚛𝚍𝚒𝚍𝚊 𝚙𝚎𝚕𝚊 𝚙𝚛𝚒𝚖𝚎𝚒𝚛𝚊 𝚟𝚎𝚣⊱∘---∘»

Convenhamos... Sentir dor nunca é bom, a menos, é claro, que você seja um masoquista e Roxane passa muito longe de ser isso. Por isso eu posso dizer que a mesma sempre detestará a ideia de ser mordida por uma chimera e ter seu precioso e doce sangue roubado.
Roxy já tinha sido mordida antes, já tivera uma chimera bebendo se seu valioso sangue e por isso sabia que não gostava da sensação. Doía, machucava-a por inteiro e até dava para fazer um punhado considerável de Scuppy’s com a dor que sentia.
Enfim, não foi surpresa nenhuma o fato de Roxane ter odiado ser mordida por Ruki.
A garota não se debateu, porque sabia que se por algum acaso se mexesse só iria piorar a situação, por isso manteve-se parada, como uma verdadeira estatua, tendo sido orgulhosa o bastante para não deixar escapar nenhum gemido de dor ou mudar sua expressão, mantendo uma expressão neutra bem regulada.
“Como alguém consegue sentir prazer com isso?”, a garota se perguntava, resistindo a vontade que tinha de chutar as bolas de Ruki.
Enquanto para a garota tal situação assemelhava-se ao inferno para a chimera aquilo era semelhante ao paraíso. O sangue de Roxane era divino, muito melhor do que qualquer doce já criado ou do que qualquer outro sangue. O moreno estava embriagado pelo sabor e não queria parar de sorver o líquido rubro tão cedo. Apesar dos pesares, tinha tirado a sorte grande, pois aparentava ter ficado com uma serva de qualidade.
Mas qualquer um tem seu limite e sangue não é o tipo de coisa que um ser vivo pode ficar sem. E Ruki, inebriado pelo sabor, acabou por tomar demais, fazendo com que Roxy acabasse por desmaiar graças a perda de sangue❞




«∘---∘⊰𝙰𝚘 𝚙𝚎𝚛𝚌𝚎𝚋𝚎𝚛 𝚚𝚞𝚎 𝚜𝚎 𝚊𝚙𝚊𝚒𝚡𝚘𝚗𝚘𝚞 𝚙𝚘𝚛 𝚞𝚖𝚊 𝚌𝚑𝚒𝚖𝚎𝚛𝚊⊱∘---∘»

Roxane, sendo trouxa como é, provavelmente seria a última a se dar conta deste sentimento, porque, bem, acho que já entendemos que a mesma é quase incapaz de entender as emoções alheias e pior ainda em entender suas próprias.
Ela passaria a maior parte do tempo confundindo o que sente por Ruki com carinho, aquele sentimento quentinho que sentia por seus amigos, mesmo que fosse esperta o bastante para notar a diferença que o Mukami tinha em seu coração. Seria só quando um de seus companheiros viesse se abrir com a mesma, desabafando sobre o que sentia por um dos príncipes que Roxane soltara a pérola:
“Mas... O que é o amor?”. Ela teria perguntado, sem vergonha nenhuma e com uma cara tão estupidamente inocente que nem pareceria ela. E talvez aquilo tenha sido algo surpreendente demais, porque ninguém sabia o que dizer a garota. Nem Colette ou qualquer outro de seus amigos, e muito menos Ruki para quem inutilmente tinha perguntado porque tudo o que a chimera fez foi ficar vermelho feito um pimentão e a deixar falando só.
Foi com o tempo e com muita paciência que Roxane enfim conseguiu compreender “o que era o amor” e foi justamente com horror e perplexidade que se deu conta de que estava amando.
Aquilo foi o pior castigo do mundo para si.
Tudo o que Roxy conseguia fazer era rir da própria desgraça. Justamente ela que jamais acreditou no amor entre Akiva e Madrigal estava a amar uma chimera. Um seraphim amando uma chimera? O universo tinha um senso de humor cruel.
Nunca em sua vida Roxy se sentiu tão infeliz, porque ela o amava, mas não poderia se entregar a esse amor... Ela se machucaria e machucaria a Ruki também. Como toda boa covarde tudo o que Roxane fez foi tentar sufocar tal sentimento, ferindo o seu coração e o coração de seu amado, ao agir como apenas uma amiga, sem nunca se confessar, agindo sempre como uma desentendida❞



Permalink Comentários (5)

[04/12/2017] What on earth would be love?



Dados do Usuário

Animes Favoritos:
━ One Piece
━ Gintama
━ Naruto
━ Angel Beats
━ Sousei no Aquarion
━ Inuyasha
━ Pandora Hearts
━ Shakugan no Shana
━ Deadman Wonderland
━ Fate/Stay Night
━ Fate/Zero
━ Owari no Seraph
━ Kaichou Wa Maid-sama
━ Soredemo Sekai wa Utsukushii
━ Evangelion
━ Noragami
━ Akatsuki no Yona
━ Mirai Nikki
━ Attack on Titan
━ Tokyo Ghoul
━ Magi
━ Gosick

Bandas ou Músicos Favoritos:
━ Imagine Dragons
━ Beatles
━ Queen
━ Cazuza
━ AC/DC
━ Pitty
━ Raul Seixas
━ BTS
━ Evanescence
━ Panic! At the Disco
━ Three Days Grace

Gênero de Animes/Mangás Favoritos:
━ Shoujo (um pouco)
━ Shounnen
━ Seinen
━ Gore
━ Terror Psicológico
━ Mistério
━ Suspense
━ Magia
━ Drama
━ Suspense
━ Horror

Jogos Preferidos:
━ Alice Madness Returns
━ Undertale
━ Amor Doce
━ Eldarya
━ Diabolik Lovers
━ Mogeko Castle
━ Ib
━ Satsuriko no Tenshi
━ The Legend of Zelda (todos)
━ Todos os Fate's
━ Five Nights at Freddy's
━ Bandy and the Ink Machine
━ Little Nightmares

Mangás Favoritos:
━ The Promised Neverland
━ Pandora Hearts
━ One Piece
━ Mahou Tsukai no Yome
━ Attack on Titan
━ Akatsuki no Yona
━ Tokyo Ghoul
━ Magi
━ Goblin Slayer
━ Made in Abyss
━ One Piece

Personagens de animes/mangás preferidos:
━ Lacie Baskerville
━ Alice Baskerville
━ Alyss Baskerville
━ Xerxes Break
━ Vincent Nightray
━ Gilbert Nightray
━ Oz Vessalius
━ Monkey D. Luffy
━ Nami
━ Nico Robin
━ Hak
━ Shin-ah
━ Zeno
━ Jae-ha
━ Shiro
━ Judal
━ Aladin
━ Morgiana
━ Alibabá Saluja
━ Yato
━ Yukine
━ Bishamon
━ Ikki Hiyori
━ Emma
━ Ray
━ Norman
━ Saber
━ Gilgamesh
━ Uchira Itachi
━ Hatake Kakashi
━ Ken Kaneki
━ Touka Kirishima
━ Juuzou Suzuya
━ Levi Ackerman
━ Mikasa Ackerman
━ Annie Leonhart
━ Elias Ainsworth
━ Chise Hatori

Poeta ou Escritor Favorito:
━ Edgar Allan Poe
━ Machado de Assis
━ Clare Vanderpool
━ Hiromu Arakawa
━ Arthur Conan Doyle
━ Antoine de Saint-Exupéry
━ Jorge Amado
━ Mauricio de Souza