1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. swee_tpear

swee_tpear

swee_tpear
Nome: Johnny Boy
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização: Vagando no espaço tipo Rick and Morty
Aniversário: 3 de Fevereiro
Cadastro:

swee_tpear


black woman. ‹3 pan.sexual
ㅤㅤㅤ 希! 🍐. ⩩ exo and naruto ৲
ㅤㅤㅤ ҂. ー o futuro não importa o que importa é daqui para frente ㌖
ㅤㅤㅤ dd; ﹫ᗣ SUMIDᗣ#4162 ♡

;;;;Perseu

Postado


Escreveu ⸙࿆༉ 𝔸 ℍ𝕚𝕤𝕥𝕠𝕣𝕚𝕒 𝕕𝕖 𝕦𝕞 𝕒𝕟𝕛𝕠 𝕤𝕖𝕞 𝕒𝕤𝕒𝕤


A música tocava em pura harmonia os personagens cantavam se entrelaçando numa peça impecável digns de um palco, lá estava ela com seu corpete apertado, ouvindo os sons magníficos, as melodias que passavam em seus ouvidos, eram como os louvores dos anjos, os cantores faziam de um jeito que ela apreciava, nada mas do que divino Perseu poderia citar milhões de defeitos que a humanidade tinha, mas esse era uma pérola rara, em meio a podridão que a cerca, o braço que estava em sua cintura se apertava mais,mas como um teste de até onde ele podia chegar, testando, o que só sabia lhe enojar, ela era um anjo afinal, um ser celestial porque está tendo que se submeter a esse ser, o bajulando, e dando seu amor falso, uma voz sussurrou docemente em seu ouvido, ou pelo menos tentou, não se comparava ao som dos belos serafim ou de sua orações a Deus "Oh senhor porque me castigas".

-Está gostando meu amor

Um aroma que ela sabia distinguir bem, nada menos que um vinho tinto, que foi lentamente degustado, saboreado, de fato não sabia se era um cheiro bom, nunca em sua vida como anjo havia provado vinho, isso era algo surpreendente? a moça de olhos azuis celeste se virou, para ficar cara a cara com o homem à sua frente, humanos são seres tão tolos e tão faceis de de se comandar, você so precisa de palavras bonitas, ela colocou seu sorriso mais gentil mais amoros e se aconchegou mas ainda em seu aperto, que pena que o doce homem não podia ver a naja que estava em seu braços, uma pobre alma apaixonada, mas ela não era mais um anjo, ela lhe consumia, lhe tirava tudo , e o envenena, com suas doces palavras, seu cheiro de lírios podem enganar muitos, mas ela não é mas o anjo que costumava ser


Com esse grande fardo um dia venho lhe contar, a HISTÓRIA de um ANJO que suas Asas Deus veio a cortar, uma decisão imatura de um ser, DIVINO e MIMADO veio a brotar, se Deus fosse PERFEITO, porque motivo ele iria te EXPULSAR.



PERSEU ou PERSEUS em grego: Περσεύς, transl.: Perseus, na mitologia grega, é um semideus conhecido por ser fundador da mítica cidade-estado de Micenas, meio-irmão de Héracles e patrono tanto da casa real de Perseu como da dinastia pensênica, tendo sido ancestral, segundo a mitologia, dos imperadores da Pérsia e famoso por ter decapitado a górgona Medusa, monstro que transformava em pedra qualquer um que olhasse em seus olhos. Como um semideus, Perseu era filho de Zeus, que sob a forma de uma chuva de ouro, introduziu-se na torre de bronze e engravidou a mãe de Perseu, a mortal Dânae ou Danai, filha de Acrísio, rei de Argos. a muitos mitos sobre os feitos de Perseu um dos mais famosos foi o mito da Medusa a Górgona, Perseu tornou-se um grande homem, forte, ambicioso, corajoso, aventureiro e protetor da mãe. Polidectes, com medo de que a ambição de Perseu o levasse a lhe usurpar o trono, propôs um torneio no qual o vencedor seria quem trouxesse a cabeça da Medusa, o instinto aventureiro de Perseu não o deixou recusar. Em outra versão do mesmo mito, todos os convidados em uma homenagem ao rei deveriam dar-lhe um presente; como Perseu era pobre, se ofereceu para trazer a cabeça da Medusa como presente. Perseu, conhecendo sua mãe, disse que iria participar do torneio, mas não disse que iria enfrentar a Medusa, com receio de que ela o impedisse. Da batalha contra Medusa saiu vitorioso graças à ajuda de Atena, Hades e Hermes. Atena deu a ele um escudo tão bem polido, que tal qual num espelho, podia se ver o reflexo ao olhar para ele. Hades deu-lhe um elmo que torna invisível quem o usa, e Hermes deu a ele suas sandálias aladas, três objetos que foram definitivos para a vitória de Perseu. O poeta romano Ovídio conta que a Medusa teria sido originalmente uma bela donzela, "a aspiração ciumenta de muitos pretendentes", sacerdotisa do templo de Atena. Um dia ela teria cedido às investidas do "Senhor dos Mares", Poseidon, e deitado-se com ele no próprio templo da deusa Atena; a deusa então, enfurecida, transformou o belo cabelo da donzela em serpentes, e deixou seu rosto tão horrível que quem olhasse para ela se transformaria em uma estátua de pedra. Então Perseu, guiado pelo reflexo no escudo, sem olhar diretamente para a Medusa, derrotou-a cortando sua cabeça, que ofereceu à deusa Atena. Diz a lenda que, quando Medusa foi morta, o cavalo alado Pégaso e o gigante Crisaor surgiram de seu ventre.As outras duas irmãs de Medusa, Esteno e Euríale, perseguem Perseu, mas este escapa devido ao capacete de Hades, que o torna invisível às górgonas. CERES, na mitologia romana, equivalente à deusa grega, Deméter, filha de Saturno e Cibele, amante e irmã de Júpiter, irmã de Juno, Vesta, Netuno e Plutão, e mãe de Perséfone com Júpiter. Patrona da Sicília, Ceres pediu a Júpiter para que a Sicília fosse colocada nos céus; como resultado, e porque a ilha tem forma triangular, criou a constelação Triangulum, um dos antigos nomes era Sicília. Ceres era a deusa das plantas que brotam (particularmente dos grãos) e do amor maternal. Diz-se que foi adotada pelos romanos em 496 a.C. durante uma fome devastadora, quando os livros Sibilinos avisaram para que se adotassem a deusa grega Deméter, Prosérpina (Perséfone) e Dionísio. A deusa era personificada e celebrada por mulheres em rituais secretos no festival de Ambarvalia, em Maio. Havia um templo dedicado a Ceres no monte Aventino em Roma. O seu primeiro festival era a Cereália ou "Jogos Cereais" (Ludi Ceriales), instituídos no século III a.C. e celebrados anualmente de 12 de abril a 19 de abril. A veneração de Ceres ficou associada às classes plebeias, que dominavam o comércio de cereais. Sabe-se muito pouco sobre os rituais de veneração a Ceres; um dos poucos costumes que foram registrados era uma prática de apertar ligas nas caudas das raposas e que eram largadas no Circo Máximo. Ela tinha doze deuses menores que a assistiam, e estavam encarregues de aspectos específicos da lavoura. Ceres era retratada na arte com um cetro, um cesto de flores e frutos e tinha uma coroa feita de espigas de trigo. A palavra cereal deriva de Ceres, comemorando a associação da deusa com os grãos comestíveis. O nome Ceres provém de "ker", de raiz Indo-Europeia e que significa "crescer", também é a raiz das palavras "criar" e "incrementar". O asteroide Ceres levou o nome desta deusa, o mesmo aconteceu com o elemento químico Cério. Ceres também é relacionada à cerveja, que em latim é grafada "Cerevisia" ou Cervisiae, batizada pelos celtas na antiga Gália (atual França) em homenagem à deusa. Empresta seu nome também à famosa levedura da cerveja cujo nome científico é Saccharomyces cerevisiae. A deusa era homenageada pela população romana na chamada Cereália. PORQUÊ DESTE NOME SER ESCOLHIDO Quando caiu na Itália Perseu era um peixinho fora d'água desnorteada e sem saber aonde estava ela caiu na cidade região de Sicília numa Ilha do mediterrâneo

Citação:
Onde eu estou? Que lugar é esse? minha cabeça dói meu corpo mas ainda meus pensamentos estão turvos mas aos poucos as lembranças começam a voltar para minha mente eu fui banida "Você está banida do céu não poderá pisar neste reino suas asas serão tiradas e seus poderes também" lágrimas começaram a nublar meus olhos eu nem ligava mas para essa dor insuportável do que adianta tudo isso estou sendo punida eu só queria livrar esse mundo dos impuros porque estou sendo punida por isso eu podia sentir minhas asas sendo arrancadas de mim a dor infindável sendo tiradas por um dos querubins eu não conseguia saber quem e eu não queria ter mas essa decepção não queria ter a decepção de pensar que foi ele

Eu caia do céu numa velocidade alarmante mas eu não ligava eu estava vazia "Você está banida" aquelas palavras sendo repetidas várias vezes em minha cabeça eu fui expulsa por Deus ele me renegou por humanos escolheu eles em vez de mim quanto mais eu caia menos eu via ou ouvia as coisas ao meu redor tudo começava a ficar escuro até que meus olhos se fecharam o último sinal de luz se apagando com o impacto. E aqui estou não estou com vontade nenhuma de levantar meu corpo não obedece meus olhos nem abrem é esse o meu castigo foi quando me senti sendo carregada eu tentei negar mas nem tinha forças para isso em meus lábios só saiam gemidos incoerentes

-Calma você está bem, eu vou cuidar de você.

Parecia uma voz masculina mas era difícil de identificar com as forças que eu reuni de saber se Deus onde murmurei baixo quase como um sussurro para a pessoa não estava em posse de negar nada estava a mercê dessa pessoa

-Em que parte da terra estou?

O silêncio que durou 5 minuto o que ele estava pensando era difícil de saber mas que na minha mente esses 5 minutos se parecem muito com uma eternidade

-Estamos na cidade de Trapani em Sicília senhora

Ele me carregou por um tempo mas meus pensamentos estavam em tudo que eu deixei no céu principalmente nele eu sabia que ele nunca me amaria ele sempre falou "Meu único amor é o nosso senhor" mas o que eu poderia fazer além de me apaixonar

-Senhora você está bem

Aquela voz de novo me importunado como um fantasma ou melhor uma assombração

-Primeira mente eu tenho um nome

Eu disse um tanto irritada com toda essa situação ele só não poderia me deixar lá para morrer de fome ou alguma coisa do tipo agora que virei uma mortal

-E qual seria estou deveras interessados em saber quem é a mulher misteriosa que apareceu em minhas terras

Ele parecia estar brincando mas isso me lembrou o Gabriel por um momento eu esqueci dessa situação miserável na qual me meti é dei um sussurro simples a dor parecia diminuir ou eu que me acostumei muito fácil por um momento cogitei em lhe dizer meu nome

-Eu não vou dizer meu nome divino para um ser humano tão insignificante

Ele ficou com um rosto pasmo acho que de todas as respostas essa foi a que menos ele esperava mas mesmo assim não demorou muito até ele cair na gargalhada

-Você é bem engraçadinha já que a senhorinha não tem nome eu irei lhe dar um….. Que tal Ceres

Ao chegar na Ilha do mediterrânico querendo ou não Perseu aprendeu muito sobre a cultura teve que mudar antigos hábitos e foi obrigada a conhecer os deuses pagãos daquela região ela não entendia o porquê daquelas pessoas não acreditarem em Deus mas sim em Deuses hereges tinha que ser os humanos mesmo o cara que a encontrou Giovanni lhe deu esse nome falou que Perseu no começo ela o negou não querendo usar esses nomes pagãos é usar algum nome bíblico mas com seu ego sendo amaciado contra sua vontade ela o aceitou Perseu também acabou falando sem querer em seus impulsos uma vez seu nome verdadeiro pata Giovanni porém ela não cometeu o mesmo erro com o passar dos anos é das décadas ela acabava por realmente está se acostumando com esse novo nome e acho que nunca vai ser 100% ela ainda tem saudade das pessoas o chamando de Perseu




Permalink Comentários (2)

[10/01/2021] ;;;;;; revenge

[07/01/2021] ;;;;;culpados

[28/12/2020] ;;;;eu sou POSEIDON

[27/12/2020] ;;;Monster


Atualizações do Usuário

Usuário: swee_tpear
Adicionei um novo jornal
Jornal: ;;;;Perseu
Mostrar Spoiler: Escreveu ⸙࿆༉ 𝔸 ℍ𝕚𝕤𝕥𝕠𝕣𝕚𝕒 𝕕𝕖 𝕦𝕞 𝕒𝕟𝕛𝕠 𝕤𝕖𝕞 𝕒𝕤𝕒𝕤 A música tocava em pura harmonia os personagens cantavam se entrelaçando numa peça im..
Usuário: swee_tpear
Favoritei a história
História: Heresy
História: Heresy
(Vagas Abertas até 18 de maio) "Um clarão iluminou o céu. O julgamento tinha sido finalizado. Eu a deixei cair. O grito de desespero, por mais alto que fosse, ainda era ina..
Usuário: swee_tpear
Favoritei a história
História: Sobre nossos outonos em Montreal
História: Sobre nossos outonos em Montreal
Eu tão tolamente apaixonei-me por ti, que sumia sem avisar e voltava ao amanhecer.
Usuário: swee_tpear
Favoritei a história
História: The Purge - Interativa
História: The Purge - Interativa
Após um colapso na economia e uma explosão humanitária em dois mil e trinta os Estados Unidos decidiu implantar uma nova política "The New Founding Fathers of America", um plano ..
Usuário: swee_tpear
Favoritei a história
História: ROYAL BLOOD - Interativa
História: ROYAL BLOOD - Interativa
interativa | baseada no universo de 'A Seleção' Trinta e cinco garotas. Cinco príncipes. Uma coroa. A Seleção é uma antiga tradição de Illéa, uma maneira da monarquia control..