1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Rosemery_Targueryan >
  4. Histórias

Rosemery_Targueryan - Histórias

4 histórias

Paradoxo Circunstâncial

escrita por Rosemery_Targueryan
Fanfic / Fanfiction Paradoxo Circunstâncial
Em andamento
Capítulos 16
Palavras 58.323
Atualizada
Idioma Português
Categorias Saga Crepúsculo
Gêneros Ação, Fantasia, Ficção, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Suspense, Terror e Horror
"Esmague seu coração e diga que você nunca vai desistir
Que você vai continuar quando todas as portas se fecharem
E você vai viver você vai viver sem arrependimento
Nós usamos um sorriso para esconder que fomos feridos antes
Mantemos nossos desejos em uma mala perto da porta
Porque você sabe, você sabe que nós somos apenas humanos


Então coloque suas mãos no que ficou para trás
Nós todos sabemos como é ser esquecido por um tempo
Em um lugar lotado tentando não se sentir sozinho,
Basta lembrar que todos nós fomos quebrados uma vez
Vamos amar os quebrados, sim, sim
Ame os quebrados


Levante o seu copo para todas as palavras que nunca diremos
Fazemos o nosso melhor, mas ainda assim nós olhamos para o outro lado
Porque às vezes é mais fácil fugir
Porque afinal de contas, nós somos apenas humanos


Então coloque suas mãos no que ficou para trás
Nós todos sabemos como é ser esquecido por um tempo
Em um lugar lotado tentando não se sentir sozinho,
Basta lembrar que todos nós fomos quebrados uma vez
Vamos amar os quebrados, sim, sim
Ame os quebrados


Às vezes somos deixados para trás,
Nos sentimos como os únicos
Mas nós nascemos para tentar
Sim, nós somos apenas humanos


Então coloque suas mãos no que ficou para trás
Nós todos sabemos como é ser esquecido por um tempo
Em um lugar lotado tentando não me sinto tão sozinho
Basta lembrar que todos nós fomos quebrados uma vez
Então, vamos amar os quebrados, wo-oh
Ame os quebrados, oh não


Ame os quebrados
Ame os quebrados
Vamos amar os quebrados "














Seu cabelo era alaranjado, em um tom forte como o próprio fogo. Seus olhos eram duas orbres prateadas como a própria lua. Seu rosto delicado e sorriso radiante. Mas na realidade seu sorriso é tão verdadeiro quanto sua felicidade.


Seu nome é Rosemery Elisabeth Swan Cullens. Irmã gêmea da Renesme. Uma sombra que passava despercebida pelos pais. Ela acostumou tanto a andar nas sombras, que as sombras sorriram para ela. E ela as abraçou respectivamente.








"Outra história
Da menina encontra o menino
E é destruído


Outra promessa
Partido em dois
Os poucos sortudos
Da ficção


Desaparecer, desaparecer
Ensina-me a desaparecer
Outra história
Da garota que conhece o garoto


Ele está bem
Ela está quebrada
Ele é onda no oceano
Ela está sufocando


Desaparecer, desaparecer
Ensina-me a desaparecer
Outra história
Da garota que conhece o garoto


Tão perfeita a imagem
Isso não pode ser real
E tudo que você sente
Se foi


Você os vê falando
Mas não ouve nenhum som
Você bateu no chão e desvaneceu


Ele está bem
Ela está quebrada
Ele é onda no oceano
Ela está sufocando


(Não precisa dele, n-não precisa)
Não quero isso, não preciso dele, não quero ele
Não quero isso, não preciso dele, não quero ele
Não quero isso, não preciso dele, não quero ele "
  • 179
  • 155

Sixth daughter

escrita por Rosemery_Targueryan
Fanfic / Fanfiction Sixth daughter
Em andamento
Capítulos 7
Palavras 21.495
Atualizada
Idioma Português
Categorias As Crônicas de Bane, Estilhaça-me, Os Instrumentos Mortais, The Originals, The Vampire Diaries, The Witcher
Gêneros Ação, Aventura, Drama / Tragédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Saga, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
"Fasso coisas por amor.Que as vezes nem acredito."




Os gêmeos Henrik Mieczysław Mikaelson e Henriketa Nikolina Mikaelson,nasceram a mil anos atrás,quando a família original ainda eram humanos, frutos do romance escondido entre Esther um homem misterioso.Outro amante da bruca Mikaelson.O Ktsune nunca teve ciência do nascimento dos gêmeos, pois assim que Esther descobriu sobre a gravidez, simulou ser filhos de Mikeal.Porém diferente de Henrik que era uma criança travessa,Henriketa era quieta e silenciosa.Ela nasceu diferente.Henriketa Mikaelson nasceu cega,para o desgostoso De Mikael e Esther.




"Sou diferente.Diferente de todos.Mas não sei se isso é bom ou ruim."
  • 23
  • 15

A Sangue azul:Distorcida

escrita por Rosemery_Targueryan
Fanfic / Fanfiction A Sangue azul:Distorcida
Em andamento
Capítulos 30
Palavras 86.704
Atualizada
Idioma Português
Categorias A Rainha Vermelha, A Seleção, Corte de Espinhos e Rosas, Garotas de Vidro, Jogos Vorazes (The Hunger Games), Mentes Sombrias (The Darkest Minds), O Diário da Princesa, Saga The Royals, The Witcher, Trono de Vidro
Gêneros Ação, Aventura, Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Romântico / Shoujo, Suspense, Universo Alternativo
."Eu nunca vi um diamante de tão perto
Eu experimento anéis de casamento nos filmes
E não me orgulho do lugar onde moro
No subúrbio destruído
Não é um CEP que cause inveja

Mas todas as músicas só falam de dentes de ouro, vodka
Usar drogas no banheiro
Manchas de sangue, vestidos de festa, destruir quartos de hotel
A gente não se importa
Dirigimos Cadillacs nos nossos sonhos

Mas todos só querem saber de champanhe, carrões
Diamantes em seus relógios
Jatinhos, ilhas, tigres em coleiras de ouro
A gente não se importa
Não fazemos parte dos seus casos de amor

E nós nunca seremos da realeza
(Realeza)
Isso não corre no nosso sangue
Esse tipo de luxo não é para nós
Buscamos outro tipo de diversão
Me deixe ser aquela que manda
(A que manda)
Você pode me chamar de Abelha-Rainha
E, baby, eu ordeno (eu ordeno, eu ordeno)
Deixe-me viver essa fantasia

Meus amigos e eu não seguimos as regras
Contamos o nosso dinheiro no trem, à caminho da festa
E todos que nos conhecem sabem
Que estamos bem com isso
Não somos guiados pelo dinheiro

Mas todas as músicas só falam de dentes de ouro, vodka
Usar drogas no banheiro
Manchas de sangue, vestidos de festa, destruir quartos de hotel
A gente não se importa
Dirigimos Cadillacs nos nossos sonhos

Mas todos só querem saber de champanhe, carrões
Diamantes em seus relógios
Jatinhos, ilhas, tigres em coleiras de ouro
A gente não se importa
Não fazemos parte dos seus casos de amor

E nós nunca seremos da realeza
(Realeza)
Isso não corre no nosso sangue
Esse tipo de luxo não é para nós
Buscamos outro tipo de diversão
Me deixe ser aquela que manda
(A que manda)
Você pode me chamar de Abelha-Rainha
E, baby, eu ordeno (eu ordeno, eu ordeno)
Deixe-me viver essa fantasia

Ooh, ooh, ooh
Somos maiores do que já sonhamos
E eu estou amando ser a rainha
Ooh, ooh, ooh
A vida é um jogo sem importância
Não fazemos parte dos seus casos de amor

E nós nunca seremos da realeza
(Realeza)
Isso não corre no nosso sangue
Esse tipo de luxo não é para nós
Buscamos outro tipo de diversão
Me deixe ser aquela que manda
(A que manda)
Você pode me chamar de Abelha-Rainha
E, baby, eu ordeno (eu ordeno, eu ordeno)
Deixe-me viver essa fantasia"





Coralina Cold é uma menina peculiar,possui cabelos brancos como a neve, pele pálida como giz, e um par de olhos Púrpura que possuem um brilho anormal, podem fascinante.Cora tem quinze anos,mora em Neptuno, A cidade menos desenvolvida do reino Esmerald.Onde é divida entre os prateados,os dourados,e os vermelhos.Cada prateado ou dourado possuía um dom elementar e os secundários.Cora era uma vermelha,bom mais ou menos,recentemente  descobrira que sua mae era uma sangue azul,ou como eram chamados,feiticeiros.Ela ouvia apenas oque via,e ouvia apenas oque escutava.Fazia coisas estranhas para uma simples  vermelha.Movia os objetos com o pensamento.Explodia orfanatos.Ouvia vozes que nao eram proferidas.E queimava.Sim ela queimava.Em uma chama eletrizante.Cora ira passar por desafios  e tragédias.Provações  e traições.O seu  pior pesadelo esta chegando.Enfrentar o mundo real.O mundo da realeza.Ela se meteu em um mundo perigoso ao ser selecionada para participar da seleção real. Onde seu coração ficará divido entre Príncipe Maven Calore e o Principe Herdeiro Calore. É ela tentará com todas as forças sobreviver sem que descubram seu segredo escondido a sete chaves. Mas não será fácil. Mulheres podem ser cruéis com elas mesmas, e ela vai descobrir isto da pior maneira.


"Cansada de todas essas pessoas falando, cansada de todo esse barulho
Cansada de todas estas câmeras piscando, cansada fazer pose
E agora meu pescoço está amplamente aberto, implorando por uma mão em torno dele
Já estou engasgada com meu orgulho, então não adianta chorar por isso

(Agnus dei)
(Agnus dei)
(Agnus dei)
(Agnus dei)

Eu estou indo direto para o castelo
Eles querem fazer de mim sua rainha
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente não deveria ser tão má
Eu estou indo direto para o castelo
Eles trancaram o reino
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente deveria manter minha linda boca fechada
Direto para o castelo

Oh, todos esses minutos passando, cansada de me sentir usada
Se você quer quebrar essas paredes, você será ferido
E agora meu pescoço está amplamente aberto, implorando por uma mão em torno dele
Já estou engasgada com meu orgulho, então não adianta chorar por isso

(Agnus dei) chorar por isso
(Agnus dei) ch-ch-chorar por isso
(Agnus dei) cho-cho-chorar por isso
(Agnus dei) por isso, por isso, por isso

Eu estou indo direto para o castelo
Eles querem fazer de mim sua rainha
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente não deveria ser tão má
Eu estou indo direto para o castelo
Eles trancaram o reino
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente deveria manter minha linda boca fechada
Direto para o castelo

Não adianta chorar por isso
Não adianta chorar por isso
Não adianta chorar por isso
Não adianta chorar por isso

Eu estou indo direto para o castelo
Eles querem fazer de mim sua rainha
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente não deveria ser tão má
Eu estou indo direto para o castelo
Eles trancaram o reino
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente deveria manter minha linda boca fechada

Direto para o castelo
Eles querem fazer de mim sua rainha
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente não deveria ser tão má
Eu estou indo direto para o castelo
Eles trancaram o reino
E há um velho sentado no trono
Dizendo que eu provavelmente deveria manter minha linda boca fechada
Direto para o castelo"
  • 13
  • 7

Penumbra

escrita por Rosemery_Targueryan
Fanfic / Fanfiction Penumbra
Concluído
Capítulos 4
Palavras 9.323
Atualizada
Idioma Português
Categorias Academia de Vampiros (Vampire Academy)
Gêneros Mistério
As vezes me pergunto o motivo do meu nascimento, matar minha mãe talvez?. Eu nunca tive muito carinho, nem pouco, apenas nada. Eu era uma garota estranha,meu nome:Isabelle Gênesis D. Ozera, uma moroi sem elemento.Bom, era isso que pensavam.Eu morava em um orfanato e era tratada como escrava. Até que certo dia resolvo fugir.Como sobreviver sozinha tendo que controlar dois elementos? Sem ser descoberta pela corte?Bom, era uma tarefa difícil. Mas difícil era o normal de Elle. A metade moroi e medate strigoi oculta. Venha conhecer os mistérios da vida da Dragomir sobrevivente.
  • 6
  • 0