1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Nillxerior

Nillxerior

Nillxerior
Nome: Nill-chan
Status: Usuário
Sexo: Outro
Localização:
Aniversário: 27 de Julho
Cadastro:

Nillxerior


Cara, tipo assim...Se for pra me descrever aqui, primeiramente eu não me importo com essa coisa de gênero, então tu pode até me chamar de tribufu se essa coisa se encaixar entre o feminino e masculino.

Coisas viadas são meu forte, aliás o meu tipo preferido de yaoi, ou lemon, são as coisas pesadas, tais como dark lemons, BDSM e blá blá blá. A típica pessoa viciada em jogo, sendo meus favoritos a saga de Fabula Nova Crystallis (FF13) e Devil May Cry (Meu amor), AMO LOL (Principalmente a Katarina)... E é isso ai cara!

Ja nee muchachos!~

The Monster That Returned

Postado

Mostrar Spoiler: 𝑨𝒔𝒉𝒓𝒂


𝑵𝒐𝒎𝒆 𝒄𝒐𝒎𝒑𝒍𝒆𝒕𝒐

Ashra Cal Usor.

O nome Ashra tem duas origens, sendo elas o hebraico e o romeno. No romeno Ashra tem o significado de amazona e no hebraico o significado acaba mudando para divindade. Cal Usor são sobrenomes romenos que complementam o nome Ashra no significado Romeno, formando a frase "Amazona da Luz". Logo em hebraico o formaríamos a frase "Divindade da Luz". Pela garota ser órfã não se sabe quem a deu esse nome pois não há registro algum deste em qualquer lugar.

𝑨𝒑𝒆𝒍𝒊𝒅𝒐

Ashra é chamada pelo diretor da Ordem dos Heróis e por pessoas nas quais lhe tratam com respeito de Madam Ashra (ou madame Ashra). Entretanto o único apelido possível para formar com seu nome é Ash que em inglês significa cinzas, fuligem ou brasas. É apenas um adendo considerando que é um apelido carinhoso.

Antigamente a alcunha de Ashra era o significado literal de seu nome, muitos a veneravam como uma deusa e a chamavam de Divindade da Luz, por mais que fosse uma simples heroína na qual teve enorme importância na história da humanidade. Entretanto desde o momento em que a mulher conseguiu escapar da dimensão alterna dos monstros, completamente mudada em aparência, transformada, a crença das pessoas mudou, e passaram a chamá-la de "Demonul Vidului", que do romeno significa algo semelhante a "Demônio do Vazio".

𝑰𝒅𝒂𝒅𝒆

Ashra não tem uma idade cronológica exata. Fisicamente aparenta ter uma idade, mas na verdade tem outra. Pois bem, a única coisa que se sabe é que ela é uma mulher centenária, possuindo muitas centenas de anos, entretanto ao ter sido selada junto dos monstros a mulher acabou por ter sua aparência preservada quando fora corrompida. Aparentando ter cerca de 28 anos de idade. Muitos diriam que Ashra é tão bela que se compara a uma mulher no auge de sua beleza, uma divindade por assim dizer.

𝑨𝒑𝒂𝒓𝒆𝒏𝒄𝒊𝒂

Ashra é uma garota de beleza esplêndida e única, sendo um dos motivos de também lhe tratarem como uma divindade. Seus fios de cabelo, lisos e sedosos não possuem uma cor fixa, pois tendem bastante a variar entre os tons de um profundo magenta escuro, que se compara ao preto, a um simples roxo. O motivo da mudança de coloração em seus fios nunca foi descoberto, mas a garota acredita que seja por conta da iluminação, pois quando está completamente exposta a luzes seu cabelo ganha um tom mais claro. E quando exposta a escuridão, ele fica escuro. Os olhos também possuem uma pigmentação peculiar, orbes que cintilam em um brilho roxo que cativam a qualquer um que os observam. Muitos dizem a Ash que possui olhos interessantes, sobrecarregados de certo emponderamento e determinação, mas ela diz não acreditar nessas coisas. Pois são apenas olhos como qualquer outro.

Uma característica marcante em seu rosto são marcas de riscos nas laterais do mesmo e em sua testa, possuindo também uma coloração roxa, porém mais escura. Essas marcas são manifestações de sua magia e tendem a demonstrar certo brilho nas pontas quanto a mesma está sendo utilizada. E diferente do que maioria das pessoas pensam, para Ashra as marcas não trazem nenhuma imperfeição facial ou problemas a sua estética, as trata de maneira completamente diferente: na verdade, para si, essas marcas são perfeitamente belas e fazem um contraste perfeito com seu rosto que muitos citam como angelical (se não fosse pela presença das marcas).

Seu corpo é um corpo um pouco escultural, mas atraente sem ser completamente extravagante, possuindo curvas que dão destaque perfeito a sua estatura corporal média de 1,73 de altura. Seus seios são grandes, possuindo uma circunferência perfeita, e possui a barriga lisa, dando-se até a impressão de que malha pelo fato de sua barriga ser um pouco definida, mas não exageradamente. Tem o que muitos citam como a famosa cintura de violão que dão perfeito contraste para suas coxas grossas e bundas fartas, suas pele sempre é completamente lisa e bem cuidada, parecendo uma porcelana muito bem cuidada e isso é o que a torna mais atraente. Pois sua presença sempre é acompanhada de certo luxo e marcada com um perfume leve, porém extremamente vicioso de rosas brancas e narciso.















𝑮𝒆𝒏𝒆𝒓𝒐

Feminino.

𝑷𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆

Uma personalidade ousada, mas completamente sensata é o que define em grandes partes a personalidade de Ashra. Uma garota tão ousada, sempre fazendo comentários evasivos e de maior cunho íntimo para as pessoas com sua marcante espontaneidade e um sorriso absurdamente amigável em seu rosto. Muitas vezes isso causa constrangimento entre as pessoas sem que ela perceba por estar tão focada em receber uma resposta, mas como dito, é sensata rente às suas ações e sabe quando é hora de parar de constranger as pessoas com perguntas e comentários evasivos. Quando não está sorrindo e transbordando espontaneidade por ai, Ashra estará agindo como uma mulher adulta e madura, resolvendo os problemas de sua vida e cuidando tando das pessoas como das coisas em sua volta. As pessoas dizem que ela age como uma mãe, pouco importa com quem seja, sempre estará dando conselhos e o próprio braço a torcer quando necessário. Corrigindo erros que podem se tornar acertos e dando duros sermões em erros fatais, sempre prezando pelo bem da convivência entre todos e nunca gostando da desarmonia, principalmente dentro da guilda, onde trata a todos como preciosos companheiros e belos amigos. Quando vez ou outra vê um ou outro brigado, sempre faz o papel de cupido de amizades para reatar os laços entre os briguentos e no final fazer uma brincadeirinha qualquer ou os dar uma recompensa por aprender a lição aleatória do dia.

Como da-se para notar, não é alguém de pegar desaforos e muitas vezes isso pode ser problemático. Por mais que seja a garota zen, buscando harmonia entre tudo e todos e sempre evitando brigas desnecessárias em seu convívio pessoal, caso alguém dê desaforos para Ashra ela não deixará em claro, pegando esse desaforo e propositalmente o jogando contra a pessoa. Uma coisa que se deve aprender é não brincar com sua boa pessoa e vontade, pois sempre se apresenta a todos como alguém extremamente simpático, com uma boa índole e extremamente argumentativo. Mas caso queira denegrir sua imagem, ou até mesmo faça uma brincadeira na qual ela não gostou ou aja por impulso e faça algo que a prejudique, na primeira vez irá entender, tudo bem, foi um erro e deixará bem claro que foi um erro para que não se repita. Porém caso isso se torne frequente, ou até mesmo se repita, será alvo de um grande desprezo vindo por parte de Ash, e não queira isso. Seu desprezo é a mesma coisa que ter uma passagem de ida sem volta pro inferno, pois ela passará a atormentar sua vida das piores maneiras possíveis, seja lhe fazendo passar vergonha pública, ou remoendo uma ferida que está se cicatrizando propositalmente, apenas para lhe fazer sofrer. Mas antes de se tornar alvo de uma perseguição tanto quanto assustadora, ela deixará bem claro que lhe deu muitas e muitas chances para melhorar o comportamento ou a relação que ambos tem, pois sempre corre atrás da compreensão e tende a resolver maioria de suas intrigas com argumentação, até porque sabe fazer isso muito bem. Mas caso erre tantas vezes que faça Ashra cansar, irá passar por maus bocados criados por ela mesma. E por falta de avisos que não foi.

É uma mulher experiente na área da argumentação, tendo um vocabulário extenso, consegue facilmente fazer negociações, ganhar ou tomar vantagem em conversas e ter a extrema capacidade de conseguir reverter os pensamentos das pessoas e fazê-las mudar de ideia ou opinião rapidamente. Isso se da pela sua extrema inteligência perante a mente humana e os diversos tipos de argumentação, conseguindo ser convincente em tudo que fala e tendo um vocabulário extenso, conseguindo agir como um membro da realeza, ou como um bandido plebeu e completamente rebelde. As vezes pode agir como uma coletora de informações, atuando como uma femme fatale, seduzindo homens ou mulheres no qual supostamente possui certo interesse para que pegue uma informação importante dos mesmos e logo os descarte como se fossem uma peça de roupa ou algo do tipo. Aqui entramos a uma categoria importante, ela pode ter todo esse tipo de gentileza e argumentação, entretanto é uma personalidade hoje em dia pouco manifestada. Sendo a mais propícia a se ver a garota demonstrando o seu lado sedutor, Ashra é perfeita na arte da sedução e o faz de propósito, principalmente quando o intuito é fisgar atenção ou deixar garotos e garotas excitados(as). Ela gosta de fazer brincadeiras com seus alunos e até mesmo puní-los de maneiras explicitamente sexuais e com uma segunda intenção clara, alguns podem até mesmo dizer que é um comportamento inapropriado para uma pessoa que é vista como professora e grande ícone histórico, mas ela simplesmente não consegue deixar de ver a vergonha no rosto de todos, ela considera algo fofo e instigante ver um rostinho corado devido às suas insinuações e ações. Tanto que seu tipo favorito de presa nesse momento são garotos com corpo desenvolvido, mas tímidos, os que a frustram nesse quesito são os que se aproveitam de sua ousadia para o bem próprio. Estes sim são os azarados que recebem o seu desprezo completo, já referente a meninas, bem, ela é um pouco mais evasiva com estas. Lembrando que Ashra não é uma estupradora, pedófila ou algo do tipo (por mais que já tenha tido relações com alguns alunos, alunas, professores e professoras), ela é apenas uma sádica e maníaca quando a coisa se trata de seu lado sensual e sexy de ser.

Algo no qual é extremamente difícil é Ashra ter interesse amoroso em uma pessoa, o fato é um pouco engraçado. Muitos dizem que ela é uma mulher sádica pela maneira como age quando está em batalha, dizendo que é a caçadora e suas vítimas são a caça. Isso não deixa de ser verdade, ela realmente é sádica e gosta de infligir dor as pessoas, seja essa dor durante uma batalha, situação diária ou até mesmo durante sua relação sexual. E cá entre nós, são poucos os garotos ou garotas que gostam de ser dominados em um momento tão íntimo e apanharem ou serem torturados da melhor a pior maneira possível e é por conta disto que é bem seletiva neste aspecto. Pode ser conhecida por ficar com diversas pessoas em uma festa ou coisa do tipo quando tem a vontade, mas quando não, em maioria do tempo está negando relacionamentos e dizendo que nenhum homem ou mulher faz seu tipo. Um fato interessante é que sua preferência por homens não é atoa, ela gosta de ver um pedaço de carne cheio de testosterona que normalmente produz virilidade em um momento tão humilhante. Seu prazer sádico não vem apenas da dor, mas também vem através da humilhação.

Quando a situação exige, seu comportamento espontâneo, alegre e companheiro da lugar a uma personalidade séria e até mesmo um pouco assustadora, esse é um dos motivos pelo qual Ashra é apelidada de Deusa do Terror. Ela consegue trabalhar com o psicológico das pessoas quando necessário, as induzindo ao terror no estado mais puro e vil possível, fazendo com que nem pareça que a mulher no qual você viu a momentos atrás, gentil e calorosa, é a mulher de agora, agindo de maneira aterrorizante e séria. Quando age de maneira séria, tende a perder o brilho que normalmente possui em seu semblante, aquele brilho completamente positivo e atrativo, pois começa a agir de maneira realista e dura com qualquer um que veja em sua frente(em exceção a amigos no qual realmente da valor). Se você da valor a sua própria vida, tente não provocá-la quando está em seu estado sério se for alguém no qual ela nunca deu importância, diferente da Ashra boa que você normalmente vê em situações caseiras, a Ashra séria não terá piedade alguma em te aniquilar ou pisar em cima de você com tanto prazer que irá te deixar no fundo do poço. E bem, ela apenas irá parar de te fazer sofrer, seja de maneira física ou psicológica, até o momento em que estiver satisfeita o suficiente para interromper seu show de terror e abandonar o palco.

𝑯𝒊𝒔𝒕𝒐𝒓𝒊𝒂

Ashra é uma mulher na qual possui origem desconhecida. As pessoas nunca souberam identificar a si como uma humana, um monstro ou algo do tipo, ela simplesmente é desconhecida. Deixada em um cesto de frutas quando era um feto frente a um orfanato ela fora acolhida pelas freiras e bem-cuidada. Mas as outras crianças simplesmente não aceitavam o modo com que lhe tratavam e lhe davam prestígio, ela sempre despertou com intensidade sua magia luminosa e brilhante e também sempre foi a garota mais bela, por isto sofria bullying e tinha de aprender a lidar com tal situação revidando muitas vezes os xingamentos e até mesmo causando inveja nas outras crianças e adolescentes nos quais nutriam por si um ódio sem fundos. Entretanto enquanto a garota tinha sorte em ganhar atenção, ser bonitinha e ter poderes chamativos, tinha azar quando a coisa se tratava da adoção. Muitos que surgiam no orfanato para adotar uma criança carente de pai e mãe sempre olhavam para os outros, sorriam e os levavam de lá, porém com Ashra, muitos a olhavam, viam algo estranho em seu ser e a ignoravam. Mesmo que estivesse mantendo o sorriso caloroso de uma criança. Talvez o fato de ser muito avançada para a própria idade tenha sido algo no qual faziam as pessoas desistirem de adotá-la, mas de acordo com a medida em que ia crescendo e via todos — amigos e inimigos — indo embora, começara a notar a verdade e ficar depressiva em relação a isso, perdendo a esperança de que um dia teria alguém para chamar de pai e mãe.

Certo dia algo estranho ocorreu no orfanato e uma figura misteriosa havia vindo buscar a garota com o pretexto de que iria levá-la para a Ordem dos heróis, pois seu poder e origem eram coisas a ser estudadas e aprimoradas porque seriam de grande ajuda para a humanidade inteira. E acreditando que um futuro promissor e alegre estava indo de encontro aos seus olhos como uma completa iludida Ashra aceitou ir (até porque não tinha escolhas afinal de contas) e seus anos seguintes se resumiram a treinamentos árduos e realizações de missões. A garota por nunca ter tido um pai ou mãe sentia maioria do tempo uma certa falta de carinho e isto era saciado com o sexo, desde cedo na Ordem, Ashra de certo modo era conhecida pelo modo em como tratava homens e mulheres com desprezo, mas os utilizava como brinquedinhos sexuais e literalmente, menos de um por cento eram exceções das exceções que a garota fazia. Entretanto essa maneira de se oferecer às pessoas em troca de saciar uma carência na qual nunca havia sentido fora algo que a frustrou por muito tempo, e quando foi declarada uma heroína ao terminar seu treinamento, Ashra se libertou deste passado e até mesmo fora um passo maior para que amadurecesse e deixasse de ter essa visão sob as coisas.

A garota começara a ser venerada pelos outros como uma deusa quando os monstros perderam o controle e simplesmente aumentaram seus ataques contra a raça dos humanos, ela nunca foi alguém que fora a favor da extinção dos monstros mas Ashra querendo ou não foi a maior responsável pela extinção de maior parte dos monstros quando estes ainda caminhavam pela dimensão morta e também foi a mente por trás da criação do portal que selaria aos monstros numa dimensão alternativa que iria fazer com que a paz reinasse, entretanto este selo necessitaria de um sacrifício para ser feito. E seu maior ato heroico fora na guerra dos heróis contra os monstros, onde além de ter sido a responsável pela criação do portal, Ashra também fora a mulher na qual se sacrificou em prol do bem da humanidade selando a si mesma naquele portal. Fadada a ser eternamente presa em uma dimensão onde todos lhe caçariam como caçadores formidáveis, e enquanto a agora mulher aprendia uma nova regra de sobrevivência ao pé da letra: cace ou seja caçado, no mundo mortal as pessoas lhe tratavam como uma deusa. Fizeram estatuetas com minérios ricos e sofisticados por toda a Ordem dos Heróis e em praças públicas junto de escrituras, seu nome fora gravado em livros históricos e a Divindade da Luz fora eternizada pela história a ser conhecida como aquela que trouxe a paz e espantou a malícia do caos de rodear e extinguir a humanidade.

Entretanto Ashra sofreu na dimensão dos monstros, dia e noite, perdendo a noção do tempo e nunca mais dormindo teve de se adaptar a dimensão e ceder a corrupção. Seus poderes que antes eram poderes de luz tornaram-se negros e vis, sua aparência, antes completamente delicada e feminina se tornou uma aparência mais madura e obscura enquanto que teve de sobreviver alimentando-se da carne e da magia corrupta dos monstros nos quais caçava e matava. Ela havia se tornado outro alguém, aprendido ao pé da letra como era se sentir no desespero entre a vida e a morte e obrigada a viver em condições precárias nunca vividas antes em qualquer treinamento na qual fora exposta ou missão na qual fora obrigada ou voluntariada a ir. Ela sentiu na pele a forma crua do terror e aprendeu com isso que não adiantaria ser a garota carinhosa e gentil que era, por mais que ainda tivesse aquela personalidade, não a utilizaria, passaria a ser absurdamente fria, séria, impetuosa e meticulosa. E fora isso que fez, se aprimorando cada vez mais e se acostumando cada vez mais à magia caótica e corrompida da dimensão na qual ela mesma havia criado para aprisionar aos monstros, aprendeu a viver com eles e como eles de certo modo e até mesmo fora responsável por uma enorme chacina dentro daquela dimensão.

Mas com o passar do tempo cada vez mais monstros surgiam, mais fortes, mais inteligentes, mais perigosos. E ela a partir de um ponto não conseguia lidar com tantos monstros poderosos por si mesma. Sua sorte fora que o selo por algum motivo havia se enfraquecido e aberto uma brecha para que qualquer coisa que estivesse ali dentro escapasse, e aproveitando-se desta oportunidade Ashra havia finalmente saído da dimensão dos monstros, entretanto estava tão mudada, seu comportamento, a maneira em que falava, o descostume com o natural e com a civilização e até mesmo seus poderes que fora tratada por muito tempo como um monstro sanguinário devido ao fato de que havia se tornado uma canibal pelo costume de comer monstros. Havia ficado tão traumatizada que não lembrava-se mais como viver, não lembrava-se mais como era ser humana. E quando a Ordem soube da suspeita volta de uma mulher com aparência de monstro se prontificou a verificar, não demorou muito para que a até então datada como lendária Divindade da Luz fosse reconhecida, mas agora esta estava caída e teria de aprender a ser humana novamente. O começo fora tortuoso para a mulher, que fora presa, acorrentada numa jaula onde seus poderes mágicos haviam sido privados, davam de comer e beber diretamente na sua boca, isso quando não se agitava e tentava atacar aos seus cuidadores com instintos descontrolados. Mas com o passar dos tempos quando recuperava memórias de quem era e também passava a ter comportamento humano, passaram a retirar as algemas de seus pés, braços e pescoço, a deixando livre, mas ainda dentro da jaula.

Foi quando teve uma conversa com o atual diretor da Ordem que Ashra percebeu o enorme tempo que havia ficado datada como morta, e realmente, era para estar morta. Mas talvez ter sido afetada e ter se entregado à magia corrompida tenha a dado certo fator de rejuvenescimento e imortalidade por continuar tendo a mesma aparência — ou uma semelhante — a que tinha a muitos e muitos séculos atrás. Dado a conclusão desta teoria a garota fora convidada a retornar a Ordem, ela aceitou de bom grado, entretanto a reação do público não fora muito boa, ainda mais quando foi revelado que Ashra era na verdade a Divindade da Luz, passaram a apelidá-la de Monstro do Vazio pois já não a reconheciam como tal e chamavam-na de farsa. A mulher pouco se importou. Era bem claro que seu esforço não era convencer ninguém, apenas voltar a ativa e ter algo pra fazer considerando que sua frieza era agora bem autêntica no comportamento, entretanto o diretor quis saber como ela havia saído daquela dimensão, e fora então que Ashra sentiu pela primeira vez a sensação de um vazio estar lhe ocupando o espaço. Ela simplesmente não lembrava de como, apenas lembrava das coisas a partir do momento em que começou a matar gente para saciar sua fome, dado este ponto decidiram investigar o local onde o portal fora construído, ativado e selado para estudá-lo, e resolvendo então seguir uma carreira mais leve considerando o fator de que não era aceita pelo público como uma heroína pública, a mulher decidiu virar uma professora na Ordem dos Heróis, ser responsável pelo treinamento de muitos e formação de muitos. Mas ela fez isso com uma intenção: aplicar aos alunos treinamentos que refletem as condições em que vivia na outra dimensão, considerando que algo gritava em seu interior para que isso fosse feito.

Ashra fora a responsável pelo fim de uma guerra, e possivelmente, seria uma ferramenta para o início de outra.

𝑻𝒊𝒑𝒐 𝒅𝒆 𝒓𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒒𝒖𝒆 𝒐 𝒑𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒈𝒆𝒎 𝒖𝒔𝒂

𝑹𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒄𝒂𝒔𝒖𝒂𝒊𝒔

Ashra em roupas casuais, independente do local em que esteja prefere optar pela extravagância, e isto é posto a prova com seu estilo de certo modo luxuoso, chamativo e ao mesmo tempo de certo modo seduzente.



𝑹𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒒𝒖𝒆 𝒖𝒔𝒂 𝒏𝒂 𝒆𝒔𝒄𝒐𝒍𝒂

Na escola, por mais que esteja em um ambiente onde todos provavelmente estarão de uniforme ou com roupas confortáveis ela prefere chamar a atenção vestindo roupas que tendem a ser um padrão para inverno com saias xadrez e botas de salto, apenas para quando andar marcar sua presença com os famosos passos firmes e com o barulho do salto.





𝑹𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒅𝒆 𝒇𝒆𝒔𝒕𝒂

Em festas utiliza roupas predominantes em tons de cor preto que não chamem muita atenção, mas que realcem perfeitamente com seus olhos e cabelos que brilham em tons de colorações violetas (e sim, Ashra ama botas)





𝑹𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒅𝒆 𝒇𝒆𝒔𝒕𝒂 𝒇𝒐𝒓𝒎𝒂𝒍

Em festas formais ainda tenta se comportar um pouco utilizando vestidos de renda ou tecido fino, mas quando Ashra realmente quer dar um ultimato em qualquer um até mesmo numa festa formar, utiliza de um vestido vermelho ou fino no qual realça extremamente seus seios.







𝑹𝒐𝒖𝒑𝒂𝒔 𝒅𝒆 𝒑𝒓𝒂𝒊𝒂

Por ser apenas em ocasiões super raras, raramente Ashra veste um bikini e vai a praia, ou participa de algum evento num lugar desses. Até porque suas atividades preferidas no ambiente praiano é tomar um banho de sol, não aproveitar a água, por conta disto sua roupa de praia é perfeita para seduzir as pessoas e tomar um belo dum banho de sol.









𝑷𝒊𝒋𝒂𝒎𝒂

Para pijamas, sua peça favorita sempre serão as camisolas curtas com cinta-liga, entretanto, vez ou outra Ashra veste uma langerie na qual é coberta por um fino roupão de seda. Veste essa langerie para ocasiões especiais, ou para quando relata "acidentalmente ter se esquecido de algo" e ter que sair do quarto para procurar vestindo aquilo.





𝑻𝒓𝒂𝒋𝒆 𝒅𝒆 𝒃𝒂𝒕𝒂𝒍𝒉𝒂

Seu traje de batalha consiste na própria segunda pele que sua magia cria.



𝑮𝒐𝒔𝒕𝒐𝒔


Por mais que não tenha a necessidade de comer ou beber, tem um gosto refinado para frutas, de certo modo, quando come frutas acaba por ficar gemendo de satisfação, e isso causa uma má impressão á pessoas ao redor, ou simplesmente faz com que estranhem suas atitudes. Possui gostos comuns, tais como sentir o frescor do vento sob seu rosto, o fato de ter passado milênios em um local onde a luz do sol não chegava, e até mesmo onde não havia vento, quando voltou ao mundo humano e se deu por si ficou tão maravilhada que passou a ser um gosto observar as paisagens, sentir o vento fresco sob seu rosto, a água pura e límpida tocando sua pele e os diversos gostos das comidas, tudo é tão novo que aparenta ser uma criança no meio de um mundo adocicado. Também aprecia a noite, suas estrelas, as constelações, a lua, tudo isso em um modo só, a astronomia e fisionomia que o céu apresenta durante a noite é algo tão belo que seria capaz de ficar horas e horas o observando, e claramente faz isso, tanto que já memorizou uma constelação ou outra, possui certo apreço pelo silêncio e por sons naturais, não gostando de badernas, ou até mesmo de bagunça, um pequeno fato de ser perfeccionista e organizada tanto com suas coisas quanto com as coisas dos outros faz com que goste de ver tudo arrumado em seu devido lugar, para que se sinta satisfeita. Logo, se não quer ver uma mulher furiosa, que, literalmente quer matar alguém, tente tomar cuidado para não causar uma bagunça e um furdúncio enorme, assim como tome cuidado para não fazer barulho demais, pois são coisas que ela acha essência, gosta, e aprecia

𝑫𝒆𝒔𝒈𝒐𝒔𝒕𝒐𝒔

Por mais que seja pouco baderneira, Ashra é alguém que não suporta o barulho, ou até mesmo a ausência do silêncio em um local, assim como não aprova certos comportamentos como a indulgência, o desacato e, principalmente, a raiva. Tem desgostos comuns para comida, como a falta de preferência por coisas picantes, e até mesmo não gosta de climas extremamente frios, por mais que, vez ou outra, aprecie tal sensação fria apenas para ficar por debaixo das cobertas. Também não é muito fã de animais de grande porte, como cachorros, ou quaisquer outras coisas que são diversas e podem ser domesticadas. Pois normalmente tendem a ser animais barulhentos e bagunceiros, e ela não gosta dessa junção de barulho e bagunça. Assim como não é fã de comportamentos negativos, também não é fã de desigualdade, ou injustiça, são coisas que tenta ao máximo evitar por a darem nos nervos, literalmente.

𝑸𝒖𝒂𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆𝒔 𝒅𝒐 𝒑𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒈𝒆𝒎

Ashra ainda possui as qualidades de sua antiga personalidade, podendo ser bem companheira, defensora e acolhedora com as pessoas. Uma coisa na qual ela nunca abandonou fora o seu bom senso e ela repudia a desigualdade, logo quando vê alguém aplicando a injustiça trata de botar esta pessoa no lugar. Além de ser bem observadora com as coisas possuindo uma memória fotográfica perfeita e é extremamente boa na lábia, podendo debater com uma pessoa cujo também é boa por horas ou calar alguém em questão de segundos. Seu teor de sensualidade também não é a toa, ela sabe como persuadir alguém e o coagir a fazer algo, sabe como usar alguém e como adquirir rapidamente informações. Também tendo ótimo raciocínio e sendo imune a sentimentos ou sensações ruins, nada a atinge em grandes escalas quando as coisas se tratam de sentimentos pois a mulher possui uma resistência a isso.

𝑫𝒆𝒇𝒆𝒊𝒕𝒐𝒔 𝒅𝒐 𝒑𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒈𝒆𝒎

O seu defeito mais evidente claramente é o de não ser casta, ou pelo menos preservar um pouco de sua castidade, mas isso também a torna uma mulher livre, logo, não é algo no qual ela se importa em demasia. Talvez o fato de não se esforçar para disfarçar seus gostos tanto quanto peculiares e sadistas seja um defeito pois pode vir a deixar as pessoas constrangidas e desconfortáveis por mais que ela em si não ligue. O fato de ser dura e fria com as pessoas também se torna um defeito quando a situação exige por interação social. E o maior defeito perceptível em sua personalidade é a impetuosidade, Ashra é fria, impetuosa e não tem misericórdia com nada e nem ninguém, isto a torna alguém sem coração, alguém que não possui empatia com a vida do outro e mata quem puder caso necessário.

𝑪𝒐𝒎𝒊𝒅𝒂 𝒇𝒂𝒗𝒐𝒓𝒊𝒕𝒂

A comida favorita de Ashra é pêssego, sim, ela ama essa fruta e não tem nada que mude sua opinião, ela literalmente é tarada por pêssego e tudo ou qualquer coisa que tenha em sua receita como base o pêssego.

𝑷𝒓𝒆𝒇𝒆𝒓𝒆 𝒂𝒈𝒊𝒓 𝒆𝒎 𝒈𝒓𝒖𝒑𝒐 𝒐𝒖 𝒔𝒐𝒛𝒊𝒏𝒉𝒐?

Ela age sozinha maioria das vezes, porém não vê problema em agir com alguém, no máximo uma dupla. Mas, esta pessoa tem que saber seguir seu ritmo de caçadora descontrolada, caso não, irá ficar para trás. Muito para trás.

𝑽𝒂𝒊 𝒒𝒖𝒆𝒓𝒆𝒓 𝒑𝒂𝒓?

Sim.

𝑶𝒑𝒄𝒂𝒐 𝒔𝒆𝒙𝒖𝒂𝒍

Bissexual.

𝑷𝒐𝒔𝒔𝒖𝒊 𝒇𝒂𝒎𝒊𝒍𝒊𝒂?

Não.

𝑸𝒖𝒂𝒊𝒔 𝒔𝒂𝒐 𝒔𝒆𝒖𝒔 𝒑𝒐𝒅𝒆𝒓𝒆𝒔 𝒆 𝒉𝒂𝒃𝒊𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆𝒔/𝒂𝒕𝒂𝒒𝒖𝒆𝒔?

Sua magia se estende em duas magias, sendo elas:

𝑴𝒂𝒏𝒊𝒑𝒖𝒍𝒂𝒄𝒂𝒐 𝒅𝒐 𝑪𝒂𝒐𝒔

Podendo manipular todas as forças caóticas existentes, permitindo que manipule até mesmo a probabilidade, sendo capaz de influenciar na sorte ou no azar de outros seres, e também podendo manipular ou levar a destruição das leis da física, ela controla o caos de maneira diferenciada, o trazendo a realidade de maneira física, que possa ser vista, adquirindo assim os poderes de manipulação plasmática e regeneração.

E

𝑺𝒆𝒈𝒖𝒏𝒅𝒂 𝑷𝒆𝒍𝒆

A segunda pele é uma armadura negra que cobre todo o corpo de Ashra, tal armadura com certeza é algo invencível, não pode ser quebrado, muito menos retirado por mãos ou magias alheias, isso torna a mulher alguém imortal, porém esse poder tem uma fraqueza, e é ela mesma. Pois enquanto utiliza de certas habilidades o traje começa a se sobrecarregar, trazendo a sensação de formigamento em seu corpo todo aumentar, logo ela corre os riscos de sofrer feridas internas, como hemorragias ou rupturas ósseas. O traje tem vida própria, logo, se não é alimentado pela energia da dimensão dos monstros, não irá hesitar em devorar sua própria portadora. Servindo como um escudo impenetrável, tornando a mulher imune a quaisquer efeitos mágicos, armas físicas ou mágicas, e até mesmo a doenças. Sua segunda pele também serve como uma lança destruidora, a dando a capacidade de criar armas com a energia do caos, os disparos de plasma que tais armas produzem não são apenas disparos, eles possuem uma ação necrosante e decompositora independente da superfície em que acerta, pois além de proporcionarem ao alvo atingido grandes dores e perfurações, acaba por "derreter" o inimigo na área que foi atingida, tornando sua pele negra, e fazendo com que o sangue se torne verde, sendo também descrito como um veneno poderoso, não há cura e nem pessoa que resista a tal veneno, então, caso saia vivo em um combate, o inimigo de Ashra sairá com sequelas permanentes.

𝑻𝒆𝒄𝒏𝒊𝒄𝒂𝒔

𝑳𝒊𝒗𝒊𝒏𝒈 𝑾𝒆𝒂𝒑𝒐𝒏

A arma viva (Traduzindo), é uma magia passiva que está presente na sua segunda pele, é uma magia simples, porém complexa ao mesmo tempo. Sua simplicidade se dá pelo seu efeito ativo, pois quando Ashra conseguir ter acertos em seus próximos quatro disparos no corpo de alguém, independente do local ou do ferimento que causou, irá criar marcas em tais locais, logo, após os quatro disparos serem efetuados, ela pode dar um quinto disparo, sendo este mais poderoso, ele explode as marcas presentes no corpo de seu inimigo, fazendo com que ele talvez perca alguns membros do corpo ou sofra com a dor, esse efeito é infinito, ou seja, caso seus inimigos não tomarem cuidado perante os disparos efetuados pela sua arma viva, irá ser explodido em diversas migalhas.

Já o efeito passivo, é algo complicado, pois se necessita de muita magia para fazer com que funcione, concentração, equilíbrio e raciocínio. Ele consiste no auto-aprimoramento repentino de suas habilidades — Mas como assim auto-aprimoramento? — Pois eu lhe respondo, quando Ashra utilizar de uma alta concentração mágica em suas magias, sendo ela uma magia ativa ou passiva, sua magia pode ganhar um auto-aprimoramento, fazendo com que tenha adições a mais, se torne mais destrutiva ou útil, isso é algo aleatório, considerando que é apenas quando ela decidir que é necessário, pois o aprimoramento em suas habilidades força sua armadura e faz com que a dor corporal aumente, causando um rápido desgaste físico.

𝑰𝒄𝒂𝒕𝒉𝒊𝒂𝒏 𝑹𝒂𝒊𝒏

Ashra junta as energias plasmáticas em seu ombro, ficando um pouco tensa, e logo após isso, as "asas" em seus ombros se abrem, liberando uma chuva de seis mísseis plasmáticos e teleguiados que vão em direção aos seus inimigos. Essa habilidade é situacional, pois ao acertar um alvo único, é capaz de pulverizá-lo, porém quando é utilizado em alvos diversos, a habilidade passa a ter menos efeito, causando 35% do dano que normalmente causaria, apenas decompondo alguns membros de seus inimigos e causando queimaduras, além de explosões após o impacto.

Com o aprimoramento da Arma Viva, Ashra passa a concentrar mais energia e suas asas brilham, liberando desta vez o dobro de mísseis, doze. Porém estes, independente se estão se centralizando em um alvo único ou diverso, causam 100% do dano que normalmente causariam, e a densidade baixa da explosão é aumentada, além de que, após explodir quando entra em contato com o alvo, libera toxinas potentes o bastante para ter um efeito necrosante instantâneo perante tudo que tocar, como se fosse ácido, com certeza, uma única pessoa não aguentaria este ataque nem se sobrevivesse às explosões, muito menos uma magia de proteção.

𝑽𝒐𝒊𝒅 𝑺𝒆𝒆𝒌𝒆𝒓

Após canalizar por 0.5 segundos a energia plasmática e caótica em seus ombros, lança um potente projétil plasmático explosivo, que segue em frente sem parar, logo, ao acertar o inimigo, causa uma explosão plasmática, e ao mesmo tempo adiciona duas marcas do efeito ativo da Arma Viva no corpo de seu inimigo, também causando outra marca, a marca do caos, quando um inimigo tem esta marca, os próximos disparos de Ashra passarão a ser teleguiados causando uma espécime de vários mini-mísseis.

Com o aprimoramento passivo da Arma Viva, o projétil desta vez passa a ter uma força tão potente que apenas de chegar perto de seu alvo da-se para sentir a energia decompositora que possui, e muda sua cor, de um tom rosa arroxeado para um tom roxo escuro. Desta vez ao acertar o inimigo o envolve em uma aura roxa, tal aura que faz com que o organismo inteiro, dos pés a cabeça, comece a falhar até que o inimigo seja atingido, e além disso, desta vez adiciona mais uma marca do efeito ativo da Arma Viva, porém há um segredo, quando esta habilidade aprimorada é lançada sob seus inimigos que estão com quatro marcas, ele literalmente pode se considerar alguém morto, pois é tão intoxicado e afetado pelas energias caóticas que não aguenta e se corrompe, indo a falência.

𝑺𝒖𝒑𝒆𝒓𝒄𝒉𝒂𝒓𝒈𝒆

Canaliza a magia do caos por um segundo pouco após os punhos, criando ali cristais de energia que lançam disparos mais potentes e com um efeito decompositor maior. Além disso, seus disparos passam a marcar o corpo do inimigo em quantidade dupla. Ou seja, antes, os que eram disparados pela palma de sua mão apenas causavam uma marca, estes disparados pelos cristais que são como armas que empunha com os punhos fechados causam duas marcas, porém além disso, consegue ganhar um extremo aumento na sua velocidade. Se equiparando à velocidade sônica. Além de ter seus reflexos apurados a ponto de conseguir facilmente prever os movimentos inimigos segundos antes e confundi-lo com sua velocidade e mortalidade a Sobrecarga a torna alguém mais letal.

Quando a sobrecarga está sob efeito da Arma Viva, durante sua canalização, Kai'sa fica invisível, e em seguida seus atributos são duplicados, marcando novamente o dobro, sendo assim, quatro marcas, sua velocidade se torna a velocidade da luz e logo após a canalização, é capaz de ficar invisível durante intervalos de 5 em 5 segundos, com tal invisibilidade durando 2 segundos, quando está invisível, é incapaz de atacar, mas a invisibilidade serve para o re-posicionamento ou para confundir seu inimigo.

𝑲𝒊𝒍𝒍𝒆𝒓 𝑰𝒏𝒔𝒕𝒊𝒏𝒄𝒕

sta pode ser considerada sua habilidade mágica mais forte, porém ela é forte em quesitos defensivos. — Mas como assim, forte em quesitos defensivos ? — É bem simples, o Killer instinct, ou traduzido, Instinto Assassino, faz com que Ashra após marcar o inimigo com a habilidade Void Seeker, ou até mesmo o marcar com simples disparos, se teleporte até o inimigo, em um piscar de olhos, independente de onde ele esteja. Logo, após isso, é envolvida por um escudo mágico feito através da energia do caos, nada pode penetrar este escudo a não ser a própria magia do Void, ele reside em volta de Ashra por cerca de 10 segundos, e neste meio tempo, ela se torna mais invencível do que já é sem o mesmo.

Logo, com o aprimoramento da Arma Viva, esta habilidade se torna tão poderosa a ponto de ser considerada proibida, pois após se teleportar em direção ao inimigo, é envolvida pelo escudo, que além de ser impenetrável, faz com que as magias sejam absorvidas pela energia, e repelidas como se fosse uma pseudo versão caótica, além disso, o escudo libera uma onda sônica que bloqueia qualquer utilização de magia possível, independente de qual seja, e faz com que a armadura entre em um estado de resfriamento, se tornando menos tensa, e tornando Ashra uma mulher mais flexível e mortal. Logo, junto da onda sônica que bloqueia o uso de magia das pessoas ao redor em um raio de quilômetros ilimitado, a mulher também adquire uma capacidade de ver as cosas de maneira lenta, como se o tempo estivesse parando para si. Mas isto é o que muitos chamam de "velocidade acima da luz", sua percepção de velocidade e capacidade de movimentação consegue atingir um patamar tão extrapolado que a velocidade de uma pessoa normal para Ashra é como ver algo em um ritmo extremamente lerdo. Enquanto que para essas pessoas de velocidade normal, ela não pode ser nem vista se movendo, apenas quando resolve ficar parada em algum lugar.

𝑬𝒔𝒕𝒊𝒍𝒐 𝒅𝒆 𝒍𝒖𝒕𝒂

O seu estilo de luta é simples, caso esteja contra um alvo único, independente de quem seja, ele já pode se considerar morto, o seu kit de habilidades mágicas é extremamente efetivo em uma batalha um contra um, a tornando uma rápida assassina capaz de executar seu oponente em segundos — Ou até mesmo milésimos —, o seu estilo de batalha individual consiste em ser imprevisível contra seu inimigo, o surpreendendo cada vez mais e o confundindo com sua velocidade, pessoas que lutam contra si em uma batalha mano a mano não conseguem resistir na batalha nem por cinco segundos.

Agora em uma batalha que esteja em desvantagem numérica, tende a guardar todos os seus truques, pois a utilização dos seus poderes mágicos faz com que sua armadura se contraia e fique tensa, e quando isto acontece, tende a ter um potencial limitado cada vez mais, por conta disto, ela cria uma lista mental, indo do mais fraco ao mais forte. Elimina seus inimigos um por um de maneira comum enquanto ignora os outros para poder finalmente aniquilar com tudo o mais forte.



𝑨𝒓𝒎𝒂𝒔

Suas armas são os inquebráveis, desconhecidos e potentes cristais do Caos, materializados por sua própria magia, ela os segura pouco após os punhos. Sendo utilizados como armas, esses cristais são desconhecidos até mesmo pelo mais experiente ferreiro existente no multiverso, e por conta disto, seu potencial também é ilimitado.



𝑯𝒂𝒃𝒊𝒍𝒊𝒅𝒂𝒅𝒆𝒔 𝒆𝒎 𝒃𝒂𝒕𝒂𝒍𝒉𝒂?

Tem perfeita experiência com lutas, sabendo manusear qualquer tipo de arma existente ou inexistente no mundo, mas apenas se limita às próprias armas que sua armadura oferece, consegue ser mortal, experiente, e ao mesmo tempo, imprevisível em uma batalha.

Seus sentidos são apurados, possui uma percepção extra sensorial tão aguçada a ponto de sentir até o menor dos seres vivos ao seu redor, tudo isto por conta da corrupção que sofreu enquanto estava na outra dimensão, antes de ter ganhado seus poderes absorvendo o Caos em sua pura forma. E junto disto tem reflexos apurados, sendo ele sobre-humanos ou algo mais além, junto de seus reflexos vem a presença de uma velocidade sem limites, podendo facilmente ser perdida a olhos comuns, de fato, é uma mulher com diversos talentos e completamente imprevisível.

A capacidade de sua magia de desencadear um efeito necrosante e decompositor, faz com que ninguém ao certo aguente suas investidas, logo, tende a ser extremamente temida quando o assunto em principal é "lutar contra a Void Huntress".

𝑭𝒓𝒂𝒒𝒖𝒆𝒛𝒂𝒔

Como dito, a sua principal fraqueza, é que, por mais que seja invencível, a sua própria armadura a causa ferimentos e durante certo tempo, um tempo limite de 15 minutos em batalha começa a sentir os efeitos da tensidade de sua armadura, sendo ferida internamente. E tendo os movimentos debilitados por conta das rupturas ósseas, se Ashra lutar por mais de 30 minutos, é completamente inútil no campo de batalha. Dificilmente conseguindo se mover, e cuspindo o sangue por conta de suas hemorragias, a tensidade da armadura se torna tão grande, que uma simples movimentação de suas pálpebras causaria uma dor relacionada a sentir o corpo inteiro se carbonizar.

𝑷𝒐𝒓 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒏𝒕𝒓𝒐𝒖 𝒑𝒂𝒓𝒂 𝒐 𝒄𝒍𝒂 𝒅𝒐𝒔 𝒉𝒆𝒓𝒐𝒊𝒔?

No passado, entrou no clã dos heróis com a esperança de fazer uma diferença no mundo, além de que a sua falta de esperança em ter familiares fez com que Ashra saísse logo do orfanato e fosse pra um lugar no qual não conhecesse, logo, ela entrou para o clã para fugir. Fugir dos fantasmas que lhe atormentavam, fugir de seu medo, de sua vida, fugir de tudo. E nessa brincadeira de fugir, acabou encarando seu maior inimigo e se tornou uma figura histórica lendária. Algo até que de certo modo cômico de se pensar.

𝑨𝒔𝒔𝒊𝒎 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒏𝒕𝒓𝒆𝒈𝒂𝒓 𝒂 𝒇𝒊𝒄𝒉𝒂, 𝒔𝒂𝒃𝒆 𝒒𝒖𝒆 𝒔𝒆𝒖 𝒑𝒆𝒓𝒔𝒐𝒏𝒂𝒈𝒆𝒎 𝒆𝒔𝒕á 𝒆𝒎 𝒎𝒊𝒏𝒉𝒂𝒔 𝒎𝒂𝒐𝒔 𝒆 𝒑𝒐𝒅𝒆 𝒔𝒐𝒇𝒓𝒆𝒓 𝒍𝒆𝒔𝒐𝒆𝒔 𝒐𝒖 𝒂𝒕𝒆 𝒎𝒆𝒔𝒎𝒐 𝒎𝒐𝒓𝒓𝒆𝒓?

Yes.


Permalink Comentários (1)

[13/06/2019] The Sinister Blade

[17/05/2019] Dark Slayer

[10/03/2019] Daemon Vitale

[03/03/2019] The Girl Who Returned


Atualizações do Usuário

Usuário: Nillxerior
For everyone that sees this: Eu estou indo oficialmente embora do Spirit hoje. É uma plataforma na qual eu não sinto mais vontade de frequentar, apenas isso. Então, adeus a todo mundo que conversava comigo, sério, eu vou guardar vocês até o momento em que não puder mais.

ByeBye!
Usuário: Nillxerior
Adicionei um novo capítulo
História: Deceased
História: Deceased
Às vezes a esperança não é o suficiente. Às vezes, nada é o suficiente para que a luz alcance seu objetivo. E fadado a um inesgotável sentimento de infelicidade, ele afunda na m..
Usuário: Nillxerior
Adicionei um novo capítulo
História: Deceased
História: Deceased
Às vezes a esperança não é o suficiente. Às vezes, nada é o suficiente para que a luz alcance seu objetivo. E fadado a um inesgotável sentimento de infelicidade, ele afunda na m..
Usuário: Nillxerior
Adicionei uma nova história
História: Deceased
História: Deceased
Às vezes a esperança não é o suficiente. Às vezes, nada é o suficiente para que a luz alcance seu objetivo. E fadado a um inesgotável sentimento de infelicidade, ele afunda na m..
Usuário: Nillxerior
Favoritei a história
História: Why can't we be friends?
História: Why can't we be friends?
Harry e Draco se odeiam desde o primeiro ano. Mas um pedido de Lúcio Malfoy faz com que as coisas mudem. Draco recua sempre, mas Harry, tentador, faz o loiro arfar de desejo, e a..