Franken - Tio Stein eternamente

Nome: I am Batman
Sexo: Masculino
Localização: Acrelandia, Acre, Brasil
Aniversário: 22 de Março
Cadastro:
Depois de me aventurar nas histórias do famigerado “SS”, que eu pensava ter deixado de existir depois da segunda guerra, fiz minha primeira fanfic. E ficou uma merda. Um fracasso disfarçado por leitores que não queriam ver seus personagens mortos por um adolescente com maturidade o bastante para dar seu nome ao serial killer da história como aviso para que comentassem em todo capítulo para nada de ruim acontecer.
Era isso ou criar uma sobre coreanos obsessivos de 1,52 de altura que por alguma razão querem ser chamados de Daddy.

(Minhas) Fanfics foram um erro.

Postado

Teve uma vez lá em 2015, na era de ouro do Spirit, depois de eu ter criado uma fanfic interativa por puro impulso sem sentido de um guri que não sabia que “você” não tinha Ç, algo que por razão nenhuma lembrava-se de ter aprendido na escola particular de burguês com suas “professoras”, onde aceitei todas as fichas que me enviaram, inclusive algumas que nem tinha lido.

7 capítulos lançados, pelo menos 8 ou 10 comentários em cada, elogios e blá, blá, blá, sucesso, melhor fic que já haviam lido. Então, eis que em meio aos meus valiosos admiradores... uma leitora que somente comentava nos que seus personagens apareciam, falando sobre seus personagens, dizendo muito sobre eles, achando que seus personagens tocariam o terror e seriam importantes, que seus personagens seriam um daqueles Que não pode morrer por nada nesse mundo, e que mata até o autor se questionar.

2 capítulos depois, eles foram destroçados pelo personagem criado por mim. Esperava chocar, arrancar lágrimas, mostrar que todos ali corriam perigo mortal se cruzassem a linha. E que isso valia para todos.

Todos, exceto para o personagem criado por mim.

3 anos depois, não há mais ninguém que eu reconheça, ninguém depois de mais de 100 capítulos em 3 estórias dividas em arcos (Resetar, Relembrar, Renascer) e o personagem continua lá, um ídolo inconquistável que acompanhou meu crescimento de escritor de boteco, e quase todos os outros estão mortos. Alguns morreram lutando, outros sem as bolas, sem o direito de dar um piu depois de serem forçados a lutarem as guerras dele.

E isso me faz perceber que aquele comentário daquela leitora só me fez fazer aquilo porque tinha medo de que o meu personagem fosse destronado pelos dela, aqueles que aceitei só para ter mais um comentário emoldurado na parede. É tosco e me dá vontade de rir.

Mas, ei, ele é um protagonista tão ruim assim?

Lendo: A merda que escrevo
Permalink Comentários (2)

Atualizações do Usuário

Usuário: Franken
Postei capítulo novo antes da virada de ano. Carai. Até eu tô surpreso.
Usuário: Franken
Adicionei um novo capítulo
História: Chat girl
História: Chat girl
Naruto volta a acessar um famoso site de fanfics e lá acaba conhecendo uma sedutora mulher que lhe mostra um jeito de livrar-se de sua vida entediante.
Usuário: Franken
Reescrever capítulos antigos é bizarro pois você começa a perceber o que mudou. A imagem da mãe dum personagem, que antes parecia ter saído dum comercial de margarina, simplesmente degradou com as reformulações. Talvez tenha a ver com o fato de que eu era guri naquela época.
Usuário: Franken
@Hopenn Hackthur, tem a mesma foto da Unohana