1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. STproject

STproject

STproject
Nome: STproject Enterteinment ─ 💄
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização: No mundo das suas fantasias | Ic. Ggukmong
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

STproject


Humanos, sociopatas, andróides e lobisomens escondidos em uma sociedade futurista, aqui é a vossa anfitriã falando! Meu HD está meio enferrujado, mas alegro-me em dizer que o STproject abriu a tão aguardada sétima temporada!
Trabalhamos com conteúdos heteros do BTS e em seguida, estarão nossos temas:

─ Cyber!au + Thriller ⛓🔬
─ E um tema-bônus especial 🦇

Inscrições para betas: https://forms.gle/1WMtvjDrDYuini6j7

Inscrições para capistas: https://forms.gle/2Lheoia4SkjbaRJY7

Borderline: Sexta Temporada!

Postado

Borderline: Sexta Temporada!

AAAAAAAAAAAAAAAAYO LADIES AND GENTLEMEN! Saudades do Chateau Vermelho? Porque sim, eu fiquei!
Aqui é a vossa anfitriã Izzy, anunciando a chegada da nova temporada e dos nossos mais novíssimos integrantes!
Antes de mais nada, para os que caíram de helicóptero nesse jornal e desconhecem nossa história de um aninho nesse site, farei uma breve explicação acerca do que o STproject retrata e nossos objetivos aqui:

Escreveu : Quem somos nós do Chateau Vermelho?

Somos um projetinho criado no intuito de trazer mais fanfics de gênero Hentai, tendo como núcleo do nosso trabalho, os Bangtan Boys! Com temáticas que vão desde o romance clean, até um BDSM, nós do projeto almejamos espalhar essa vibe insana e divertidamente deliciosa para vocês, caros leitores!

Desde já deixo claro, garantindo que o intuito do projeto trata-se apenas de trazer entretenimentos e novidades deliciosamente quentes para os interessados por toda essa loucura que é o universo hentai. Não temos por finalidade ultrapassar qualquer diretriz da plataforma, muito menos ofender a moral de alguém ou usar o projeto como instrumento de propagação de ódio! Vale lembrar que somos uma família acima de tudo e queremos o bem coletivo!

Já deixamos claro que todo o tipo de conteúdo publicado passa pela manutenção e correção dos betas-readers, super dedicados e cientes das legislações da plataforma.



Agora, gostaria de apresentar nossos novos integrantes, com muita honra:

Escreveu Residentes do Chateau Vermelho:

@Call_me_Amanda | @pippos | @maiyeon | @Jovandinha | @Divakei | @KyaraGG | @Locus99 | @TiaLoobi | @pkdiyeol | @artmorpheu | @palletsuga

Sejam muito que bem-vindos à nossa equipe, amores! Sou muitíssimo grata pela presença de todos vocês <3



Agora, para revelar nossos temas:

[spoiler]

Catálogo dos anos de 1920 a 1980!

Escreveu Anos 20:


Naturalmente, a entrada sem precedentes no mercado de trabalho determinou que a roupa acompanhasse o quotidiano feminino. As curvas deram lugar a silhuetas direitas, que disfarçavam o peito, sem vincar nem estrangular nada no corpo (foi um respirar de alívio coletivo quando o espartilho caiu em desuso). Braços, decotes e pernas ficaram à mostra. Tecidos vaporosos como a seda e macios como o jersey (à época só usado na roupa interior masculina), com saias cada vez mais curtas para se dançar o charleston e o breakaway, substituíram os vestidos pesados e abundantes até aos pés, densos como reposteiros. Até calças elas passaram a usar.
Os grandes centros metropolitanos mundiais – Paris, Londres, Chicago, Nova Iorque, Berlim, Nova Orleães e tantos que se seguiram por arrasto – fervilhavam com mudanças significativas no estilo de vida e na cultura da época, marcadas por um crescimento industrial e de consumo em larga escala. O jazz florescia por toda a parte, elevando a música popular a um patamar de topo. Nos clubes socializava-se, bebia-se e dançava-se ao ritmo de batidas afro-americanas, com uma intimidade a crescer inversamente às inibições. Homens e mulheres conduziam, apegavam-se aos eletrodomésticos e à rádio, acorriam em massa aos cinemas. No campo da arquitetura, do design e das artes decorativas, a art déco atingia o pico de popularidade na Europa e ganhava o nome (abreviado) da Exposição de Artes Decorativas e Industriais Modernas, realizada em Paris em 1925.


Escreveu Anos 30:


Iniciando logo após a Grande Depressão, os anos 30 foram marcados por muitas reviravoltas sociais, políticas e econômicas. Isso faz com que o período seja dominado pelas incertezas a nível global, gerando reflexos na cultura e, obviamente, também na moda.

¹ Queda da bolsa de Nova York em 1929;
² Ocasionando crise mundial,a mais grave do século 20;
³ Na Alemanha, foi instaurado o 3º Reich, que culminou com o início da Segunda Guerra mundial;
£ Na moda, os anos 30 foram marcados por um visual mais sofisticado, sóbrio e elegante;



Escreveu Anos 40 aos 50:


De maneira elegante e discreta, as mulheres então abusavam dos tons escuros como o cinza, o preto e o azul-marinho. O modelo mais popular era o tailleur, a grande criação da estilista Coco Chanel. A maquiagem também se adaptou a esta mulher mais politizada e ativa. Afinal, todo o seu estilo buscava passar o ar de sobriedade e segurança próprios às exigências profissionais. Contudo, o impacto da Segunda Guerra Mundial viria a transformar a indumentária e o comportamento de uma época.
Afinal, a disputa apenas terminou em 1945, e os efeitos do conflito foram devastadores para toda a Europa, sendo sentidos ainda por muito tempo.
Ou seja, a mulher estava sobrecarregada pelos seus deveres sociais e políticos. Em outras palavras, por exercer a sua cidadania como membro ativo da sociedade.
Os avanços graduais exigiam um esforço muito grande de adaptação. Entretanto, já não havia volta a dar – e ainda bem!
Por fim, com o lançamento da coleção “New Look” de Christian Dior, em 1947, as mulheres entraram numa década de grande elegância e glamour. Desde então, as tendências da moda enalteciam mais o ar sedutor e feminino da mulher, o qual reinaria na década de 50 (LAVER, p.260).
Esse período foi marcado por importantes conflitos políticos, como a Guerra Fria, além de inúmeros avanços tecnológicos, comunicacionais e, principalmente, científicos. Foi durante os anos 50 que aconteceu a corrida espacial entre os EUA e a URSS, que resultou na chegada ao homem na lua pela primeira vez.
As mudanças que aconteceram na moda, música, fotografia, cultura, arquitetura e na arte em geral influenciam até os dias atuais. No cinema, por exemplo, os anos 50 eram chamados de “Idade de Ouro”.

Na década de 50 o Brasil era governado por Juscelino Kubitschek, que mantinha o plano desenvolvimentista deixado pelo antigo presidente Getúlio Vargas. JK fez importantes obras e mudanças, entre outras ações que faziam parte do seu plano de governo chamado de “50 anos em 5”. Destaca-se a construção em 41 meses da cidade de Brasília, em 1956.
O governo de JK também foi responsável pela abertura do país a multinacionais, facilitando a entrada de capital estrangeiro. Ainda nos anos 50, foi criada a empresa estatal mais importante na história da nação, a Petrobras. A indústria viveu um crescimento considerável na época.
Na moda, o Brasil também foi influenciado pela classe do estilo dos anos 50 e pelo rock n’roll, mas de uma forma adaptada ao clima tropical. Houve também o boom do rádio, com programas musicais e radionovelas, e a criação da Bossa Nova por João Gilberto. O gênero fez sucesso nas vozes de Gilberto, Vinícius de Moraes, Miúcha, Tom Jobim, Caetano Veloso, entre outros.



Escreveu Anos 60 a 70:


No Brasil,os anos de 60 e 70 foram reconhecidos como anos de mudanças, as quais promoveram transformações na estrutura da produção e da sociedade, nos comportamentos políticos e nas manifestações culturais. Lutava-se contra o regime de ditadura militar implantada em 1964, contra a reforma educacional, o que mais tarde provocou o fechamento do Congresso e na decretação do Ato Institucional nº 5.
Foi a última década do período classic rock. É também conhecida como a "Era da Discoteca", devido ao surgimento da disco music. Surgiu também nesta década o movimento punk.

O início da década viu o surgimento de muitos estilos musicais populares e de rock, incluindo jazz rock (aka "fusion"), southern rock, folk rock e soft rock, com este último incluindo artistas como The Carpenters, Carole King e James Taylor. Ele também incluiu o aumento da popularidade do rhythm and blues (R&B), sobretudo dos artistas da Motown como Stevie Wonder, The Temptations e The Jackson 5. Funk, um ramo da soul music com uma maior ênfase em batidas, influências de rhythm and blues, jazz e rock psicodélico, também foi muito popular.



Escreveu Anos 80


A década de 80 inicia-se com a volta de John Lennon aos estúdios de gravação. O álbum Double Fantasy é considerado um dos melhores de sua carreira. Canções de sucesso como Woman e (Just Like) Starting Over devolvem o líder e fundador dos Beatles às paradas de sucesso após 5 anos sem lançar discos. Mas na noite de 8 de Dezembro, ao voltar das sessões de gravação do seu próximo álbum, Lennon era esperado à entrada de sua residência no Edifício Dakota, em Nova York, por Mark David Chapman, um dos incontáveis fãs que sempre estavam de prontidão esperando por ele. Apenas algumas horas antes, Lennon havia autografado a capa do LP Double Fantasy para Chapman. Ao chegar a entrada do prédio, Lennon foi alvejado com cinco tiros, dados pelas costas, por Chapman, que dizia querer roubar a fama do ídolo. Lennon morreu na traseira de um carro de polícia alguns minutos depois, aos 40 anos de idade.

Os anos 80 são conhecidos também como a década da música eletrônica e da moda colorida e futurista. Nesta época, a new wave e o synth-pop se tornaram gêneros musicais mais populares, assim como toda a estrutura da dance music. A new wave e o synth-pop foram desenvolvidos por muitos artistas britânicos e americanos e se tornaram fenômenos populares ao longo da década. Entre as bandas de sucesso na época expoentes destes gêneros estavam Alphaville, Depeche Mode, A-ha, Blondie, Tears for Fears, Duran Duran e os Pet Shop Boys.

Surge a MTV e o hip hop; o advento da música eletrônica nas pistas de dança e as primeiras raves. No underground é criado o rótulo "música industrial" para bandas eletrônicas mais experimentais e obscuras, além de diversas bandas de rock de garagem que dariam origem ao grunge na década de 1990.

Michael Jackson foi definitivamente o maior ícone da década de 1980. Com imagem e estilos marcados por suas jaquetas de couro, luva, e o passo Moonwalk, fora muitas vezes imitado. Seu famoso álbum de 1982, Thriller, tornou-se o mais comercializado de todos os tempos, com vendas estimadas entre 65 a 110 milhões de cópias em todo o mundo.

Madonna foi a maior estrela e símbolo feminino dos anos 80, com os primeiros anos da carreira marcados por controvérsias e aplicações de tendências ao mainstream, que partiam desde a sonoridade dançante de suas músicas à moda, com seus marcantes crucifixos, luvas sem dedo e cabelos alvoraçados de raízes escuras. Foi a cantora que mais vendeu álbuns e singles durante a década, acumulando até a época um total de 70 milhões de discos vendidos e uma enorme quantidade de sucessos que tornaram-se atemporais.

O heavy metal recebeu inúmeras vertentes ainda mais rápidas e pesadas, como o thrash metal, speed metal e o black metal. Alguns exemplos que se consagram na década neste gênero do rock foram as bandas Iron Maiden e Judas Priest, os grupos Metallica, Slayer, Megadeth e Anthrax no thrash metal. Conservando as raízes do hard rock, também merecem destaque os longos períodos de sucesso que tiveram as bandas Bon Jovi, Van Halen, AC/DC, Guns N' Roses, Def Leppard, Whitesnake e Scorpions. Em Portugal Xutos & Pontapés e GNR.[4]No Brasil, a banda Golpe de Estado.



Bastaaaaaaaaaaaaaaante informação, não é? Com toda a certeza, é palpável que o mundo sofreu inúmeras alterações dentro de 10 décadas, não apenas no universo cultural, mas na política, na culinária e no modo de vida da sociedade. Tabé vale lembrar que foi em 1922 que a Semana da Arte Moderna eclodiu, impactando toda a plantação artística do Brasil.

Intruídos, nossos ficwritters assim como toda a nossa equipe trabalharão para que você possa apreciar com gosto e vigor os romances escondidos sob anos de história, cultivados em nosso sangue.
Desejamos que apreciem nossos contos e que também, venha fazer parte de nós!
Os links de inscrição para a staff estão na biografia do perfil do @STproject!

Agradecendo, claro, as maravilhas de edição de @Brookang, que personalizou o banner desse jornal! <3

Kissus, @beckinstale <3

Escutando: Butter - BTS
Lendo: Esse Jornal
Assistindo: Vincenzo CASANOVA
Bebendo: Água como sempre, ninguem se surpreende mais, mas é assim que a vida da health girl é
Permalink Comentários (3)

[10/01/2021] Superno: Abertura da Quinta Temporada!

[21/12/2020] Seleção de Ficwriters

[01/10/2020] Limítrofe: Quarta Temporada!

[26/08/2020] Alomorfia: Final da Terceira Temporada e Inscrições Abertas!


Atualizações do Usuário

Usuário: STproject
Adicionei um novo capítulo
História: Exagerado - Kim Taehyung
História: Exagerado - Kim Taehyung
— Jacqueline! O que devo a sua presença extravagante em meu camarim impregnado de lixo? — O jovem asiático de cabelos cacheados me cumprimenta estourando a bola de chiclete que h..
Usuário: STproject
Adicionei um novo capítulo
História: Speculatam - Jeon Jungkook
História: Speculatam - Jeon Jungkook
O diferente quase sempre é visto como hostil, um pensamento capaz de gerar caos e destruição, sofrimento inimaginável pode ser o fruto da ganancia desenfreada. Como seria possíve..
Usuário: STproject
Adicionei um novo capítulo
História: Em busca de inspira&#231;&#227;o - Min Yoongi
História: Em busca de inspiração - Min Yoongi
O que você seria capaz de fazer em busca da sua própria inspiração? Todo artista vive a mercê de seus pensamentos, experimentos e desgostos cotidianos, lidando e expressando de f..
Usuário: STproject
Adicionei um novo capítulo
História: Warmth and struggles
História: Warmth and struggles
Os anos 30 foram marcados por muitas reviravoltas sociais, políticas e econômicas. A antiga Joseon também foi atingida por essas modificações. Em meio a isso, dois destinos volt..
Usuário: STproject
Adicionei um novo capítulo
História: Black Velvet - Kim Seokjin
História: Black Velvet - Kim Seokjin
Ele é calmo. Ela é o caos. Ele é monótono. Ela é agitada. O magnetismo daqueles olhos seriam capazes de mudar o rumo dos planetas, no mais inapropriado dos momentos, aquela f..