Meliorismo - Autodestrutiva

Nome: Mariana
Sexo: Feminino
Localização: Imperatriz, Maranhão, Brasil
Aniversário: 18 de Abril
Cadastro:
Cada dia um novo meliorismo.

☆ Conta paralela para o desafio dos cem temas ☆
https://spiritfanfics.com/perfil/parachutes

60, 600, 6000

Postado

60, 600, 6000

Esse jornal é voltado especialmente para quem escreve, mas se você só lê, também é bem vindo, senta aqui com a gente, vamos só conversar um pouco e se abrir. Quem sabe possam existir coisas aqui que vão te servir de alguma forma, né.
Queria saber o que é escrever pra vocês. O que significa realmente? Quando você senta, fecha os olhos e entra dentro de ti, no íntimo, lá no fundo do coração, o que é? Vou dizer o que é pra mim: escrever é amor. É um ato de amor para si mesmo, e para os outros. E o que é o amor além de um sentimento puro, primitivo e visceral? Quando você ama alguém, você espera ser amado de volta em todo o caso. Mas quando você não é amado de volta, isso não te faz parar de amar. Com a escrita, é a mesma coisa.
Muitas vezes, nós depositamos todas as nossas fichas em uma história. Nós nos dedicamos, enchemos a mente de planos, fazemos de um tudo, já que o processo mais difícil é o que vem antes da postagem. Existe toda uma estrada antes daquele capítulo novo que o leitor está esperando, e você sabe disso. Só que quando depositamos todas as nossas fichas em uma história, com isso também entram as nossas expectativas, e elas quase sempre são frustradas quando se trata de fanfics. E esse é um sentimento muito difícil de se lidar, quase sempre confundido até mesmo com o fracasso. Mas o que é fracassar? Por que aquele amor que nasceu tão puro pela escrita, aquele que não esperava por nada em troca quando você começou, de repente parece tão corrompido? Por que é que aqueles números agora parecem significar tanto pra você?
Quando você ama, também quer ser amado de volta, e esses números exorbitantes parecem o ápice do amor e acolhimento dentro do nosso meio, mas não são. São números. Números são diferentes de pessoas, então, pra qual dos dois você tem trabalhado? Quando você escreve de pessoa para pessoa, o que você faz vai tocar alguém, pode ser somente uma que seja, mas vai. Isso é o que importa.
Ontem eu li/recebi algumas mensagens que me fizeram pensar sobre isso, sabe. Se há uma pessoa que te tem como fonte de força e inspiração, é por ela que você precisa continuar. Esse é o amor que você espalhou em forma de palavras voltando para você. Essa pessoa merece o seu melhor, podem não ser 600, ou 6000, mas uma pessoa que foi influenciada pelo seu trabalho, uma pessoa que sorriu em um dia triste por conta de algo que você escreveu, ou se emocionou com o que saiu de dentro de você já não é o suficiente? Ela precisa que você continue por você e por ela. Uma pessoa vale por um milhão.
Mantenham a força. Não confundam amor com competitividade, ou popularidade. Você impõe suas próprias prioridades e assim cativa seus leitores. Não desistam porque números pararam de te agradar, resistam por pessoas que admiram o que você ainda tem para mostrar.

Permalink Comentários (8)

[24/03/2017] A militância que afasta

[23/06/2016] Não alimente os monstros que se escondem no socialspirit.

[28/03/2016] Adeque-se

[26/01/2016] "Eu escrevo sobre o que eu quiser!"


Atualizações do Usuário

Usuário: Meliorismo
Favoritei a história
História: Siren Song
História: Siren Song
Uma doença misteriosa, vozes vindas do mar e uma onda de suicídios. A dor da perda e a verdade sobre o amor. Kyungsoo busca por respostas e o tempo passa rápido demais. Alguns in..
Usuário: Meliorismo
Adicionei uma nova história
História: Blu
História: Blu
Logo Baekhyun, que nunca se interessou pelo espaço, agora teria que se transformar em astronauta pra conseguir visitar o planeta de Chanyeol. chanbaek
Usuário: Meliorismo
Favoritei a história
História: Borderline.
História: Borderline.
Baekhyun nunca foi criança e Sehun nunca deixou de ser. A luz vermelha permanece ligada e os fantasmas do passado dançam em volta do quarto. Tudo isso começou com o Jongdae. [..
Usuário: Meliorismo
Favoritei a história
História: Sobre garotos e monstros...
História: Sobre garotos e monstros...
JongIn tinha doze anos quando Sehun ergueu a mão em um adeus contra um pôr-de-sol vermelho como o Inferno. E nunca mais o viu. Levado de entre os pântanos e os canaviais por um m..
Usuário: Meliorismo
Favoritei a história
História: Mão Amiga
História: Mão Amiga
Jongin estava com algumas dúvidas referente a sua sexualidade sempre inabalável, e Chanyeol era um melhor amigo mais do que disposto a ajudá-lo a se esclarecer. [CHANKAI][BRO..