1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Mysih >
  4. Jornais

Mysih

Mysih
Nome: Merry
Status: Usuário
Sexo: Indisponivel
Localização:
Aniversário: Indisponivel
Cadastro:

Mysih - Jornais

8 jornais

Querida sociedade

Postado

Noites sem dormir e cigarros
Minha dose diária de internet
E de todas as coisas que eu deveria ter abandonado
Mas nunca abandonei, oh
Vozes maléficas na minha cabeça
Eu acordei na cama de um estranho
Perdi meu celular em Amsterdã, são 5 da manhã




Eu sou um desastre natural
Mas, mesmo depois de tudo o que faço
É você que será a minha morte
E nada disso importa
Amor, é você, é você
Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Sim, você faz mal para a minha saúde
Você deveria machucar outra pessoa
Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Oh, amor, você faz tão mal para a minha saúde




Dietas que eu não deveria tentar, parecem suicídio social
E honestamente é cianeto, estou condenada à morte
Aos 21 anos, desde os 17, graças a todas as revistas
E, às vezes, eu só quero gritar e quebrar minha tela
Eu sou um desastre natural
Mas, mesmo depois de tudo o que faço
É você que será a minha morte
E nada disso importa
Amor, é você, é você


Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Sim, você faz mal para a minha saúde
Você deveria machucar outra pessoa
Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Oh, amor, você faz tão mal para a minha saúde




Querida sociedade, você me deixou no limite
Então, aqui vão alguns esclarecimentos (Esclarecimentos)
A verdade é que você é quem sempre esteve lá por mim
Com a minha dose diária de internet
E todas as coisas que eu deveria abandonar mas não consigo
Sim, sim
Sim, sim


Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Sim, você faz mal para a minha saúde
Você deveria machucar outra pessoa
Você faz mal para a minha saúde
Eu certamente deveria procurar alguma ajuda
Não consigo me controlar, estou viciada no inferno
Meu coração está ficando mal com a heroína dos seus lábios
Oh, amor, você faz tão mal para a minha saúde


Escutando: Dear Society

Permalink Comentários (0)

A mente é uma prisão

Postado

Eu não moro na Califórnia, eu vou te informar
Não é onde eu resido
Sou só um inquilino, pagando aluguel dentro deste meu corpo
E eu tenho duas janelas, e estas janelas
Bem, eu as chamo de meus olhos
Eu só vou aonde os ventos sopram, não tenho como decidir




Às vezes, eu penso demais, sim
Eu fico tão envolvido
Estou sempre preso em minha cabeça
Eu queria poder escapar, eu tentei ontem
Levei todos os lençóis da minha cama
Então amarrei meus lençóis com cinco faixas que encontrei
Escalei a lateral do edifício
E corri para as colinas até que eles me encontraram




E eles me colocaram de volta em minha cela, sozinho
Sozinho com meus pensamentos novamente
Acho que minha mente é uma prisão e eu nunca vou sair
Então eles me tranquilizaram, me analisaram
Me jogaram de volta na minha jaula
Então me prenderam em um soro, me disseram que era louco
Eu sou um prisioneiro, um visitante dentro do meu cérebro
E não importa o que eu faça, tentam me manter acorrentado


Às vezes, eu penso demais, sim, fico envolvido
Estou sempre preso em minha cabeça
Eu queria poder escapar, tentei ontem
Levei todos os lençóis da minha cama
Então amarrei meus lençóis com cinco faixas que encontrei
Escalei a lateral do edifício
E corri para as colinas até que eles me encontraram
E eles me colocaram de volta em minha cela, sozinho
Sozinho com meus pensamentos novamente
Acho que minha mente é uma prisão e eu nunca vou sair
Digo que mesmo que seja verdade, não importa o que eu faça
Eu nunca vou escapar
Eu não vou perder a esperança, arrumo outra corda
E tento por mais um dia
Digo que mesmo que seja verdade, não importa o que eu faça




Eu nunca vou escapar
Eu não vou perder a esperança, arrumo outra corda
E tento por mais um dia
Então amarrei meus lençóis com cinco faixas que encontrei
Escalei a lateral do edifício
E corri para as colinas até que eles me encontraram
E eles me colocaram de volta em minha cela, sozinho
Sozinho com meus pensamentos novamente
Acho que minha mente é uma prisão e eu nunca vou sair



Permalink Comentários (0)

Moral da história

Postado

Então eu nunca te conheci de verdade
Deus, eu realmente tentei
De surpresa, viciada
Achamos que poderíamos realmente fazer isso
Mas na verdade eu fui tola
Retrospectiva, é óbvio




Conversando com minha advogada
Ela disse: Onde você achou esse cara?
Eu disse que os jovens se apaixonam
Pelas pessoas erradas às vezes


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
Você pode pensar que está apaixonado
Quando está apenas com dor


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
No final, é melhor para mim
Essa é a moral da história, meu bem




É engraçado como uma memória
Se torna um sonho ruim
Quando corridas selvagens se tornam voláteis
Lembra de como pintamos nossa casa
Assim como meus avós fizeram?
Tão romântico, mas nós brigamos o tempo todo
Eu deveria ter visto os sinais, sim


Conversando com minha mãe
Ela disse: Onde você achou esse cara?
Eu disse que algumas pessoas se apaixonam
Pelas pessoas erradas às vezes


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
Você pode pensar que está apaixonado
Quando está apenas com dor


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
No final, é melhor para mim
Essa é a moral da história, meu bem




Eles dizem que é melhor ter amado e perdido
Do que nunca ter amado
Isso pode ser um monte de merda
Mas eu só preciso contar a todos vocês


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
Você pode pensar que está apaixonado
Quando está apenas comprometida


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
No final, é melhor para mim
Essa é a moral da história


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
Você pode pensar que está apaixonado
Quando está apenas com dor


Alguns erros são cometidos
Tá tudo bem, tudo ok
No final, é melhor para mim
Essa é a moral da história, meu bem



Permalink Comentários (0)

Would I

Postado

Eu pensei que se eu fosse mais velha
Eu teria menos em meus ombros
Eu não posso dizer se estou triste ou entediada
Na maioria das noites eu não estou sóbria
Los Angeles está me deixando mais fria
Eu tenho vozes que não posso ignorar

Tudo nunca é suficiente
Se eu não tivesse medo do amor, sim
Eu teria te amado
Se eu não fosse tão insegura
Se não fosse fácil te magoar, não te magoaria




Se todos os meus amigos quisessem pular
Eu pularia, eu pularia?
Se eu não sentisse nada, se pudesse me sentir entorpecida
Eu sentiria, eu sentiria?
Se eu pudesse te esquecer sem todas as drogas
Eu poderia, eu poderia?
Se todos os meus amigos quisessem pular
Eu iria, eu iria, eu iria, eu iria?
Eu iria?

Números vazios em cheques de pagamento
Dias bons apenas nos fins de semana
É tão fácil perder o ponto
Uma vantagem me chamar de gênio
Pegou minha paciência por fraqueza
Eu gostaria de ter tido uma escolha




Tudo nunca é suficiente
Se eu não tivesse medo do amor, sim
Eu teria te amado
Se eu não fosse tão insegura
Se eu não fosse fácil te magoar, não te magoaria


Se todos os meus amigos quisessem pular
Eu pularia, eu pularia?
Se eu não sentisse nada, se eu pudesse me sentir entorpecida
Eu sentiria, eu sentiria?
Se eu pudesse te esquecer sem todas as drogas
Eu poderia, eu poderia?
Se todos os meus amigos quisessem pular
Eu pularia, eu pularia?
Eu iria, eu iria?
Eu iria?


Tudo nunca é suficiente
Tudo nunca é suficiente
Tudo nunca é suficiente
Oh, tudo nunca é suficiente, nunca o suficiente



Permalink Comentários (0)

Porquê você é

Postado

Sabe por que você se sente inútil? Porquê você é

Sabe por que você se sente fútil? Porquê você é

Sabe por que você se sente descartável? Porquê você é

Sabe por que você se sente vazia e solitária? Porquê você não tem nada a oferecer




Você é resto de carcaça queimada. Restos de um cigarro úmido que não pode mais ser acesso.


Você era apenas um pobre cadáver que lutava para rastejar sobre si próprio. Hoje, é resto de lixo.


Sabe por que você se sente enganada? Porquê você é

Sabe por que você se sente só? Porquê você não é boa o bastante

Sabe por que você não é boa o bastante? Porquê você sempre será o antônimo de boa

Sabe por que você sempre será o antônimo de boa? Porquê este é o seu destino


Quanto dura uma crise existencial? Ela tem cura? Como se estanca o sangue da fissura? Colam-se os cacos? Cospem-se os sapos? Rasgam-se os trapos?


Se houver receita que atenue o machucado, talvez se veja restaurado, esse pobre coração de esparadrapo.





Permalink Comentários (0)

In My Blood

Postado

Me ajude
É como se as paredes estivessem desmoronando
Às vezes, sinto vontade de desistir
Mas eu não posso
Não está no meu sangue




Deitado no chão do banheiro, sem sentir nada
Eu estou sobrecarregado e inseguro, me dê algo
Que eu poderia tomar para relaxar minha mente lentamente



Apenas tome uma bebida e você se sentirá melhor
Apenas a leve para casa e você se sentirá melhor
Continuam me dizendo que vai ficar melhor
Será que vai mesmo?






Me ajude
É como se as paredes estivessem desmoronando
Às vezes, sinto vontade de desistir
Nenhum remédio é forte o suficiente


Alguém me ajude
Estou rastejando dentro da minha pele
Às vezes, sinto vontade de desistir
Mas eu não posso
Não está no meu sangue
Não está no meu sangue


Mexendo no meu celular de novo, me sentindo ansioso
Com medo de ficar sozinho de novo, eu odeio isso
Estou tentando encontrar um jeito de relaxar, não consigo respirar, oh
Será que tem alguém que poderia


Me ajude
É como se as paredes estivessem desmoronando
Às vezes, sinto vontade de desistir
Nenhum remédio é forte o suficiente




Alguém me ajude
Estou rastejando dentro da minha pele
Às vezes, sinto vontade de desistir
Mas eu não posso
Não está no meu sangue
Não está no meu sangue


Preciso de alguém agora
Preciso de alguém agora
Alguém para me ajudar
Preciso de alguém agora


Me ajude
É como se as paredes estivessem desmoronando
Às vezes, sinto vontade de desistir
Mas eu não posso
Não está no meu sangue
Não está no meu sangue




Não está no meu sangue
Preciso de alguém agora
Não está no meu sangue
Preciso de alguém agora
Não está no meu sangue



Permalink Comentários (0)

Akai Ito

Postado

Akai Ito

Eu zelei por você, mesmo sem saber quem você era. E aos poucos, eu fui alinhando aquele fio vermelho aos nossos acontecimentos.




Eu sonhei com você, enquanto corríamos naquele enorme campo atrás de algo que nos fizesse sorrir novamente, juntos.


Eu por mim só construí entre nós tudo aquilo que tive direito.


E mesmo sabendo que tínhamos aquele fio que nos conectasse, mesmo assim, eu ainda queria segurar sua mão. Eu queria te ajudar.


E mesmo que você me amasse, eu duvidava disso. Dias e noites eu desfiava o maldito fio que havia nos prometido. Mas mesmo assim, eu sabia que estava errada.



Eu não queria correr atrás de você, e eu sei que você também não queria correr atrás de mim. E eu tinha medo daquilo tudo ser em vão.


Mas quando tudo estava desabando, corremos juntos. E tanto eu quanto você, sabíamos que daria certo. E o maldito fio vermelho desfiado, acabou não aguentando.


E por isso eu não me arrependo de ter segurado a sua mão quando você pediu. E por isso estamos aqui.





Permalink Comentários (0)

Don't Trust Me

Postado

Don't Trust Me

ᴇʀᴀ ᴅɪᴀ, ᴍᴀs ᴇᴜ sᴇɴᴛɪ ᴄᴏᴍᴏ sᴇ ғᴏssᴇ ᴜᴍᴀ ɴᴏɪᴛᴇ ᴇsᴄᴜʀᴀ ᴇ ғʀɪᴀ. ɴᴀᴏ ғᴀᴢɪᴀ ᴅɪғᴇʀᴇɴᴄᴀ ᴀʟᴛᴇʀɴᴀʀ ᴇɴᴛʀᴇ ᴅɪᴀ ᴇ ɴᴏɪᴛᴇ, ǫᴜᴀɴᴅᴏ sᴇᴜs sᴇɴᴛɪᴍᴇɴᴛᴏs ᴇ ᴘᴇɴsᴀᴍᴇɴᴛᴏs ᴄᴏɴᴛɪɴᴜᴀᴠᴀᴍ ᴏs ᴍᴇsᴍᴏs.

ᴀǫᴜᴇʟᴇ sᴇɴᴛɪᴍᴇɴᴛᴏ ᴅᴇ ᴅᴇᴄᴇᴘᴄᴀᴏ ᴇ ᴄᴜʟᴘᴀ ᴍᴇ ᴅᴏᴍɪɴᴀᴠᴀ. ᴇᴜ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴛᴇɴᴛᴇɪ sᴇʀ ᴘʀᴇsᴇɴᴛᴇ, ᴇᴜ sᴇᴍᴘʀᴇ ᴛᴇɴᴛᴇɪ sᴏʀʀɪʀ, ᴀᴛᴇ ᴘᴇʀᴄᴇʙᴇʀ ǫᴜᴇ ᴇᴜ ᴇsᴛᴀᴠᴀ ᴘᴇᴅɪɴᴅᴏ ᴀᴊᴜᴅᴀ. ᴇᴜ ᴛᴇɴᴛᴇɪ ᴍᴇ ᴇxᴘʀᴇssᴀʀ, ᴍᴀs ᴠᴏᴄᴇ ɴᴀᴏ ᴅᴇᴜ ᴀ ᴍɪɴɪᴍᴀ.

ᴇᴜ ᴘʀᴇᴄɪsᴀᴠᴀ ᴅᴇ ᴜᴍ ᴛᴇᴍᴘᴏ, ᴇ ᴀǫᴜᴇʟᴇ ᴛᴇᴍᴘᴏ ᴇᴜ ᴇɴᴄᴏɴᴛʀᴀᴠᴀ ɴᴀ ᴍᴀᴅʀᴜɢᴀᴅᴀ, ᴏɴᴅᴇ ᴏs ᴅᴇᴍᴏɴɪᴏs ᴅᴇsᴘᴇʀᴛᴀᴠᴀᴍ ᴘᴀʀᴀ ᴀʟɪᴍᴇɴᴛᴀʀ ᴍᴀɪs ᴀ ᴍɪɴʜᴀ ɪɴsᴜғɪᴄɪᴇɴᴄɪᴀ, ᴀ ᴍɪɴʜᴀ ᴅᴏʀ.

ᴇʟᴇs ᴅᴇɪxᴀʀᴀᴍ ᴍᴀʀᴄᴀs ᴇᴍ ᴍɪɴʜᴀ ᴘᴇʟᴇ, ᴇʟᴇs ᴅᴇɪxᴀʀᴀᴍ ᴍᴀʀᴄᴀs ᴇᴍ ᴍᴇᴜs ᴏʟʜᴏs. ᴇʀᴀ ɪᴍᴘᴏssɪᴠᴇʟ ᴅᴏʀᴍɪʀ ᴄᴏᴍ ᴛᴏᴅᴏs ᴀǫᴜᴇʟᴇs ᴘᴇɴsᴀᴍᴇɴᴛᴏs ᴅᴇ ᴄᴜʟᴘᴀ. ᴇ ǫᴜᴀɴᴛᴏ ᴍᴀɪs ᴇᴜ ᴛᴇɴᴛᴀssᴇ ᴇɴᴄʜᴇʀ ᴀ ᴍɪɴʜᴀ ᴀʟᴍᴀ ᴄᴏᴍ ғʟᴏʀᴇs ᴇ ᴄᴏɪsᴀs ʙᴏᴀs, ᴍᴀɪs ᴇʟᴇs ᴀ ᴅᴇsᴛʀᴜɪᴀᴍ.

ᴍᴀɪs ᴇᴜ ᴄʜᴏʀᴀᴠᴀ. ᴍᴀɪs ᴇᴜ ᴠɪᴀ ᴀ ᴄᴏʀ ᴠᴇʀᴍᴇʟʜᴀ ᴅᴇ sᴀɴɢᴜᴇ ᴇsᴄᴏʀʀᴇɴᴅᴏ ᴅᴀ ᴍɪɴʜᴀ ᴘᴇʟᴇ ғʀᴀɢɪʟ, ɴᴀ ǫᴜᴀʟ ᴇᴜ ᴅᴇᴠᴇʀɪᴀ ᴛᴇʀ ᴀ ᴘʀᴏᴛᴇɢɪᴅᴏ. ᴍᴀs ᴘᴀʀᴇᴄᴇ ǫᴜᴇ ᴇᴜ ɴᴀᴏ ғᴜɪ ᴄᴀᴘᴀᴢ....



Permalink Comentários (0)