1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. UchihaKonan

UchihaKonan

UchihaKonan
Nome: Nina
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização:
Aniversário: 7 de Janeiro
Cadastro:

UchihaKonan


seja a arte que a vida está respirando

O adeus

Postado

" Os pilares de sólida rocha, lustrada e de tons escuros eram iluminadas pelas tochas que se dispunham ao longo de todo o grande salão, que segurava o imenso teto de pedra dourada. Na meia luz, duas figuras eram vistas, enquanto as outras mantinham-se nos vãos, mudas e imóveis, como estátuas. Mas, ao centro, via-se a figura feminina da rainha do norte, com as sedas negras a vestirem seu corpo; ocultando as cicatrizes e marcas que ela colecionara ao longo de sua vida como guerreira, antes de declarar-se a rainha. Os cabelos caíam-lhe sedosos aos ombros, por sobre o manto rubro que, naquela escuridão, tornava-se negro como a noite; tão escuro quanto os cabelos do seu antigo general, do homem a quem ela dera o coração sem ele ao menos saber. Paralelo à rainha, o homem deixava a mão enluvada pousar ao cabo da espada, olhando-a como sempre o fizera, com exceção de que essa era a última vez.

- Então decidiu trair-me - a rainha disse, tentando ocultar a tristeza que sentia, tentando impedir-se de revelar que estava angustiada pela traição aparente de seu amante. - Resolveu ir para o lado inimigo.

- Não.

O silêncio caiu entre ambos, permitindo que o vento silvasse e as folhas cantassem melancolicamente sua canção de inverno. Tanto ele quanto ela sabiam que era difícil encarar-se após tanto tempo e história que os separara. Mas, ao menos uma coisa era fácil aos dois: o sentimento que dividiam. Por mais tolo que fosse represar, esconder e tentar disfarçar, os olhos revelavam sem dificuldade alguma. Diziam através da íris o quanto se amavam e desejavam um ao outro, mesmo na luz fraca das tochas e no frio da noite.

- Não? - ela perguntou, dessa vez a voz a traindo. Um suspiro de alívio transcorreu-lhe o corpo e por breves instantes imaginou que tudo retornaria ao que era...

E então isso se foi.

- Não a traí - ele disse -, mas não me juntarei à sua causa.

- Para que veio até aqui, então?

A hesitação dele a fez dar um passo em frente, parando diante dele e fitando os olhos verdes e profundos que tanto a tinham olhado; que demonstrara nas noites na fazenda e nas jornadas juntos, que ele a amava e iria sempre ficar por perto para defendê-la. Ela via o seu guerreiro, seu general, seu amante e, acima de tudo, sua alma que completava-se ao estar ao lado dele. De repente, esqueceu-se de que ele a tinha abandonado, que a dissera que jamais ficariam juntos e que a odiava - ainda que este último fosse a mentira mais estúpida que ele a contara.

- Me despedir - ele disse com calma, desviando o olhar para um ponto atrás da rainha. - irei para o Oriente.

- Por quê?

Um sorriso melancólico cruzou os lábios dele e os olhos cintilaram ao encará-la. Com um passo curto, ele se aproximou, fazendo com que seu manto recoberto por pele de lobo branco se arrastasse no chão lustrado da sala. A mão enluvada guiou-se na direção do rosto da rainha, mas parou no ar, como se existisse dúvida nele para com a realidade da situação. Talvez pensasse que era um sonho, ela não sabia dizer.

- Por quê? - ele repetiu, com o sorriso ainda nos lábios. - Não é óbvio?

Ela nada disse, apenas piscou algumas vezes, umedeceu os lábios e entendeu por fim. Ele poderia enfrentar um exército sozinho e de espada na mão, porém, jamais teria coragem de deixar as palavras escaparem-lhe dos lábios. Nunca obteria coragem para dizer que a amava...

- Diga-me o porquê - ela disse, em seu tom de autoridade, algo que o fez tornar a sorrir e baixar a mão de volta ao cabo da espada.

- Não posso - começou a dizer ele, com os olhos fugindo e retornando para encará-la. Podia sentir a hesitação dele tornar-se mais intensa. E isso o transformava de volta ao homem que a beijava, dividia os lençóis e sussurrava o quanto a desejava. - Não posso ver a mulher que amo se ferir - ele disse por fim, encarando-a aos olhos. - E também não posso lutar ao lado de homens que destruíram a vida dessa mulher - ele parou para observar a surpresa nas expressões finas da rainha, que tinha os olhos cintilantes agora. - Então partirei. Há uma boa oferta de trabalho no Oriente, partirei ao amanhecer. Pedi um tempo ao capitão do navio, este concedeu-me e aqui estou. Precisava vê-la uma última vez, dizer-lhe sobre a minha escolha e...

Ela sentiu-se muda diante das palavras dele, queria atirar-se em seus braços e pedir-lhe para ficar. Mas nada fez, permaneceu parada onde estava, observando o rosto dele, memorizando qualquer detalhe que pudesse manter na mente pelo resto de seus dias. Uma lágrima solitária rolou pela face de traços rígidos dele, qual a afastou com ligeiro movimento de mãos.

- Às vezes - ele começou a dizer, com um sorriso surgindo em seus lábios -, quando me deito para dormir e fecho os olhos... eu penso na noite na fazenda, quando ainda não era a rainha, mas sim uma moça disposta a recomeçar a vida nesse lugar difícil. E então, nesse momento, imagino que estamos sempre na fazenda, juntos, e desejo isso com força suficiente para que se torne real quando eu despertar - e mais lágrimas surgiram nos olhos dele, mas estas não caíram. - Mas então nada é verdade, ainda é a rainha, herdeira desse Império que tanto deseja. E eu apenas um soldado, que nada a tem a oferecer.

O silêncio recaiu sobre ambos, com exceção de que agora podia-se ouvir a respiração dela, que tinha lágrimas rolando por toda a face. Ainda que o desejo de atirar-se contra o corpo dele tornasse-se mais intenso, não o fez. A rainha deu um passo para trás e o viu partir, indo para longe dela.

E então também desejou nunca ter saído da fazenda, jamais se descoberto ser a rainha e tampouco a esperança dos outros. Mas era tarde e sua derrota imensa. Não no campo de batalha, mas no coração que se encontrava estilhaçado.

Escutando: https://www.youtube.com/watch?v=77_eXG3ECdM
Permalink Comentários (0)

[05/08/2017] Queen In The North


Atualizações do Usuário

Usuário: UchihaKonan
Adicionei um novo capítulo
História: The King and Lionheart
História: The King and Lionheart
O reino de Ignis vive a tensão de uma possível rebelião diante do reinado distante e de pouca assistência do rei Fugaku Uchiha. Do norte ao sul os senhores das grandes Casas se d..
Usuário: UchihaKonan
Adicionei um novo capítulo
História: The King and Lionheart
História: The King and Lionheart
O reino de Ignis vive a tensão de uma possível rebelião diante do reinado distante e de pouca assistência do rei Fugaku Uchiha. Do norte ao sul os senhores das grandes Casas se d..
Usuário: UchihaKonan
Adicionei um novo capítulo
História: The King and Lionheart
História: The King and Lionheart
O reino de Ignis vive a tensão de uma possível rebelião diante do reinado distante e de pouca assistência do rei Fugaku Uchiha. Do norte ao sul os senhores das grandes Casas se d..
Usuário: UchihaKonan
uso esse site desde 2012 e ainda não sei usar uma imagem de avatar que serve direito, toda vez que se sentir inútil, lembre-se disso
Usuário: UchihaKonan
na vdd não vem nada, só queria usar esse espaço pra escrever algo