1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. Uke-sama

Uke-sama

Uke-sama
Nome: ~Uke~
Status: Usuário Veterano
Sexo: Feminino
Localização: São Paulo - SP
Aniversário: 16 de Maio
Cadastro:

Uke-sama


Yo minna ! Não tem muito o que falar sobre mim, eu amo anime, mangá, K-pop e J-pop e acima de tudo eu amo o santo yaoi.

Anime favorito ? Difícil escolher, acho que os dois primeiros seriam Naruto e One piece

Casais favoritos ? Essa é fácil ! qualquer um que eu possa fazer um yaoi/lemon sobre


Espero que vocês gostem das minhas historia, eu as escrevo por puro entretenimento e sem fins lucrativos.

espero encontrar pessoas que gostem das mesmas coisas que eu e fazer alguns amigos.

Mais perguntas é só entrar em contato

~uke

One Piece - Curiosidades

Postado

One Piece - Curiosidades

TEM SPOILER! Leia por sua própria conta e risco.

One Piece é história de um mundo que entra na Era dos Piratas quando a morte de um grande pirata inspira uma nova geração a enfrentar o mar em busca de aventuras. Protagonizado por Monkey D Luffy, um jovem ativo que comeu a Fruta do Diabo “Gomu Gomu no Mi” e ganhou propriedades da borracha, podendo esticar o corpo. Ele vai ao mar para se tornar o rei dos piratas!

Eeeee… isso rendeu tanto que One Piece é o mangá em publicação que mais vendeu na história (ainda perde pra Dragon Ball em números totais no mundo). Cada volume novo do mangá bate seu próprio recorde de tiragem, atualmente na faixa dos 4 milhões, tendo batido o recorde de Harry Potter e as Relíquias da Morte em tiragem inicial.

Mas o que as pessoas mais querem saber não são dados técnicos, né?

Roronoa Zoro recebe o nome de François L’Olonnais (em japonês, vira Roronoa), pirata que atuou no Caribe durante o século 15. Era conhecido como “Desgraça dos Espanhóis” e torturava seus prisioneiros cortando pedaços de seu corpo. Foi morto no Panamá, como vingança de uma tribo local.

Sanji vem de 3ji (3時), três horas, por causa do lanche das 3. Mas seu nome deveria ser… NARUTO!! Naruto é o nome de uma comida feita à base de massa de peixe, com um desenho de uma espiral no meio (como a sombrancelha de Sanji). Mas na mesma época, estreou o mangá de Naruto e Oda precisou mudar o nome do personagem.

O restaurante Baratie, onde Sanji trabalhava antes de ir com Luffy, recebe o nome do restaurante onde o autor, Eiichiro Oda, trabalhou antes de virar mangaká. Na verdade, o nome do restaurante é Goumet House Baratei, e fica em Kumamoto, terra natal de Oda



Falando em Baratie, o dono do restaurante, Zef, lembra um pouco o dono do restaurante Baratei, não é? Mas ele é inspirado, na verdade, em Long John Silver, antagonista do livro “A Ilha do Tesouro” de Robert Louis Stevenson. Ele foi o primeiro pirata de perna de pau e com um papagaio no ombro e a história também tem muito da primeira história de One Piece, com um garoto de uma cidade litorânea que conhece um pirata e acaba indo viver aventuras em alto mar.

Bellmer, ou belle-mère significa madrasta ou mãe adotiva, exatamente o que era a personagem que foi como uma mãe para Nami.

Alguns personagens têm modelos reais. Nico Robin é inspirado em Mia Wallace, personagem de Uma Thurman em Pulp Fiction.

A Mariner Hina é inspirada em Angelina Jolie.

Nami é inspirada em Ryoko Hirosue, atriz japonesa que fez Wasabi, com Jean Reno, além de estar em A Partida, filme ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro. Na época em que One Piece estava começando, ela era uma das atrizes mais requisitadas e sua personalidade batia muito com a de Nami.

Tem mais. Acredita-se que God Enel é inspirado no rapper Eminem, que Oda já declarou publicamente que gosta. Coincidência ou não, a música tema de Enel é um hiphop. Eminem ainda dá o primeiro nome real, Marshal, ao vilão Barba Negra, Marshal D. Teach. O sobrenome vem do pirata inglês real, conhecido por Barba Negra. Edward Teach atuou durante o século 17 e 18, famoso por seus métodos mais humanos e por ser muito ligado à sua tripulação. Assim como Edward Newgate, o Barba Branca. É curioso que os dois tenham a mesma inspiração depois de saber o destino do Barba Branca. Mas não é só. Outro sobrenome atribuido ao Barba Negra real é Thatch, que acabou sendo o nome do Capitão da Quarta Divisão do grupo de Barba Branca. A verdade é que a história do pirata Barba Negra é permeada por incertezas, inclusive seu nome real. Ah, e a personalidade do Barba Branca é inspirada no dono de um bar que Oda frequenta, inclusive usando algumas falas reais.

Eustace “Captain Kidd” foi inspirado em William Kidd, pirata escocês, contemporâneo ao Barba Negra. Também existia um pirata chamado Eustace.

Trafalgar Low tem seu nome tirado de dois lugares também. Trafalgar é o nome de um lugar na Espanha onde ocorreu uma grande batalha naval durante as Guerras Napoleônicas. Low deve vir de Edward Low, um dos piratas mais cruéis da história, que não perdoava nem sua própria tripulação.

Scratchman Apu de um pirata chinês chamado Chui Apu.

X Drake é Francis Drake, corsário inglês que ganhou a posição de cavaleiro por seus serviços à Inglaterra.

Basil Hawkins é a mistura de Basil Ringrose, bucaneiro inglês, com John Hawkins, primo de Francis Drake e mercador de escravos à serviço da Rainha da Elizabeth I.

Capone “Gang” Vage é Al Capone, o famoso mafioso de Chicago, misturado com o corsário inglês William le Sauvage.

Jewelry Bonny vem de Anne Bonny, famosa pirata holandesa.

Urouge provavelmente é inspirado em Aruj Barbarossa, o famoso Barba Ruiva





Portgas D. Ace, irmão de Luffy, recebe o sobrenome de Bartolomeu, o português, conhecido como Bartolomeu il Portugees, o homem que criou o código do pirata, que iria servir de regra de conduta dos piratas durante a era de ouro.

Onote no Morgan aparece no arco em que Zoro aparece pela primeira vez. Ele é inspirador em Sir Henry Morgan, corsário inglês que roubava dos espanhóis a serviço da Inglaterra.

Shanks é inspirado no pirata otomano Hayderrin Barbarossa (Barba Ruiva), irmão mais novo dos irmãos Barabarossa, e conhecido por não ter um dos braços. Eles atuaram na África, durante o século 15 e 16.

Um fácil é Crocodile, inspirado no Capitão Gancho, de Peter Pan.

Boa Hancock recebe o nome do homem que mais amou a borracha, o criador do elástico Thomas Hancock.

Falando em Boa Hancock, sua fala cheia de orgulho e auto confiança é cuspida e escarrada da letra de uma música do Pizzicato Five, chamada Watashi no Subete.

Já Gold Roger, o rei dos piratas, aquele que iniciou a Era de Ouro da pirataria (antes do MegaUpload) teve o nome tirado da bandeira pirata, conhecida como Jolly Roger, um erro de compreensão dos ingleses para Jolli Rouge, a bandeira marítima francesa que nega rendição. Mas enquanto a francesa era vermelha, a Jolly Roger é preta e com uma caveira com ossos cruzados. Sua função é assustar suas vítimas antes mesmo de atacar.

Os Shichibukai, sete piratas que servem aos Mariners, devem ter o nome tirado de uma Shiryakusen, as privatas ou corsários, piratas a serviço do governo, que atacavam e roubavam para os seus países, principalmente para a Inglaterra.

Os personagens do Shichibukai têm nomes de animais misturados em seus próprios nomes. Boa é uma serpente. Kuma significa Urso em japonês. Jinbee é uma espécie de tubarão. Doflamingo, Flamingo. Mihawk – hawk (gavião). Gecko Moriah, gecko é um lagarto. Crocodile é, claro, crocodilo.

Os três generais Akainu, Kizaru e Aokiji têm os nomes inspirados em duas coisas. Cada um é um dos animais que acompanha Momotaro, da lenda japonesa: um cão, um macaco e um faisão, respectivamente. As cores são as cores do semáforo (japonês). Vermelho, amarelo e azul (em japonês, tanto o verde quanto o azul podem ser chamados de Ao. No sinal de trânsito, costuma referir-se como ao shingo).




Os três ainda são inspirados em três atores respeitados no Japão. Tooru Minegishi (Black Jack), Kunie Tanaka (Lupin Sansei -fez o Jigen) e Yusaku Matsuda (Chuva Negra). Todos se consagraram fazendo papeis de durões, como mafiosos ou detetives.

Toda a tripulação do Thousand Sunny tem algum detalhe do lado esquerdo do corpo que não permite espelhar a imagem.

Sanji, por exemplo, tem o cabelo caido no olho esquerdo. E nunca teve seu olhos esquerdo desenhado no mangá. No anime, já deram mancada e mostraram o olho dele algumas vezes. UPDATE: Depois do timeskip de 2 anos, Sanji mudou o olho que aparece, cobrindo o direito. Além disso, a espiral de sua sombrancelha também muda de posição, indo para o meio ao invés da ponta.

Existe uma suposição não confirmada sobre a tatuagem de Ace. Nela, está escrito ASCE com um X no S, como se ele tivesse errado o próprio nome. De acordo com a lenda, a história real seria que ele teria tatuado AS.L, para Ace, Sabo, um espaço representado por um ponto e Luffy. Por causa da morte de Sabo, ele riscou o S e em volta do ponto, colocou um C e depois ainda transformou o L em um E.

Luffy nunca teve nenhum balão de pensamento. Isso porque Oda diz que ele nunca esconde o que pensa, sempre diz tudo.

Oda tem várias regras para criar em One Piece. Primeiro, ele sempre pensa em cada capítulo como uma história para meninos, crianças ou jovens. Por isso, ele não coloca romances, nem cenas muito violentas ou ideologias. One Piece é diversão, não panfletagem. Todo capítulo que ele termina, revisa como se fosse um garoto de quinze anos, para ver se está tudo em ordem.

O final de One Piece existe desde o primeiro capítulo, de acordo com o autor. Tanto que todos os editores que já passaram por ele sabem a linha da história completa, mesmo que sem detalhes. Ela deveria durar cinco anos, mas a cada nova história o tempo ia aumentando, a história ia crescendo. A ideia atual é terminar com 20 anos. Com o tempo, Oda incluiu em suas regras o dever de ser um mangá que se possa ler com os filhos. Porque com tanto tempo, seus leitores já podem ser pais. E ele preferiu não crescer com seu público, mas manter o mesmo enquanto agrega os mais novos.

One Piece é criado em um sistema de personagens livres. Oda não prende eles à roteiro, deixando que cada um tome sua decisão, coerente com sua personalidade. E isso acaba mudando seus roteiros. Por isso, ele passou a só criar uma cena importante do clímax e depois ir criando livremente, sabendo que deverá chegar ali. Em cenas mais fortes, Oda tenta entrar o máximo possível na cena. E se ele não chorar ou sorrir, o personagem também não chora nem ri. Por isso, existem cenas fortes, mas que os personagens não derramam lágrimas. Ele também proíbe os editores de darem ideias. Assim, ele não os culpa pelos erros. Também tem uma preferência por não usar recordatórios ou longas falas de explicação. Mas tem coisas que são impossíveis de se explicar só com desenho. Oda diz que mais do que a arte ou a história, a narrativa é o que importa.

Seu ritmo de trabalho é 3 ou 4 dias para o roteiro, com mais dois para a arte. Toda a arte, mesmo quando tem páginas coloridas. Na Jump, ele é conhecido como o mais rápido artista da casa, e é o que tem mais frequência em páginas coloridas também. E isso que ele quase não usa assistentes, não gosta. Os assistentes basicamente só fazem cenários. Tudo que é vivo ou se move é ele quem desenha, até mesmo os personagens de fundo, que ele também detalha bastante, fazendo um por um, pensando em como ele realmente estaria reagindo à cena e até criando pequenos históricos. Ele é um dos poucos autores que tem autonomia total para fazer praticamente tudo. A história, as ilustrações, o desenho… Somente as ilustrações para capa da Jump que são feitas em cima de propostas do tipo “faz uma de Natal”. E só.

One Piece é o único mangá da história da Shonen Jump que tem dois editores cuidando. Um toma conta apenas do mangá, o outro se especializa em licenciamentos, como o anime, figures, games…

Yasuaki Kita, que publicava na Shonen Jump nos primeiros anos de One Piece o mangá de comédia ácida Makuhari, disse que a cada volume de One Piece que sai, a conta de Oda aumenta um zero. Isso em uma entrevista em 2007. Calculando que cada nova edição vende cerca de 3 milhões, e mesmo as outras mais de 60 edições ainda vendem bem (One Piece tem vários números na lista dos 100 mais vendidos do país), que existem mais versões do mangá, como uma feita para lojas de conveniência, e que ele ainda ganha royalties do anime e de produtos relacionados no mundo todo, por mês ele deve receber o equivalente ao PIB de um pequeno país.




Oda é bem casado. Casou com uma ex-modelo, que interpretou Nami em um musical de One Piece. Safadinho! Já tem duas herdeiras. Hora de planejar o golpe do baú!





Além disso, ele é conhecido por ser muito atencioso. Mayumi Tanaka, a dubladora de Luffy, ganhou um gravador de DVD dele uma vez. Nunca usou por não saber mexer (ela já tem uma certa idade). Então, Oda fez um manual todo desenhado, explicando detalhe por detalhe como usar o aparelho. Isso foi narrado pela dubladora em um programa de TV e o manual foi exibido na ocasião.

Ele nunca falta às festas e comemorações, tanto da editora quanto do staff do anime. E costuma dar presentes à todos.

Eiichiro Oda disse que acredita que seu papel no mundo fazendo mangá, além de divertir, é criar assunto para as pessoas se conhecerem. Enquanto elas puderem ter One Piece como um gosto em comum, elas terão algum assunto para iniciar uma conversa. E, como podem ver por este post, essa conversa pode ir muuuuito longe!



Permalink Comentários (0)

[13/12/2013] Curiosidades Sobre One Piece


Atualizações do Usuário

Usuário: Uke-sama
Adicionei um novo capítulo
História: Amor em Alto Mar
História: Amor em Alto Mar
Nami e Robin estão cansadas de ver o espadachim do navio babar por um certo loiro pervertido e resolvem dar uma mãozinha. O que será que pode acontecer quando a ruiva e a morena ..
Usuário: Uke-sama
Adicionei um novo capítulo
História: Amor em Alto Mar
História: Amor em Alto Mar
Nami e Robin estão cansadas de ver o espadachim do navio babar por um certo loiro pervertido e resolvem dar uma mãozinha. O que será que pode acontecer quando a ruiva e a morena ..
Usuário: Uke-sama
Adicionei um novo capítulo
História: Um Inferno de Paixão
História: Um Inferno de Paixão
Humanos. Criaturas desprezíveis, fracas, mentirosas, insignificantes e sem poder algum. Nada mais do que comida para o poderoso Rei do Inferno. Porém a percepção de Lucifer sobre..
Usuário: Uke-sama
Adicionei um novo capítulo
História: Um Inferno de Paixão
História: Um Inferno de Paixão
Humanos. Criaturas desprezíveis, fracas, mentirosas, insignificantes e sem poder algum. Nada mais do que comida para o poderoso Rei do Inferno. Porém a percepção de Lucifer sobre..
Usuário: Uke-sama
Favoritei a fanfic
História: Esse amor é certo?
História: Esse amor é certo?
Steve Pov`s Eu não conseguia acreditar no que tinha acontecido!Eu sou uma pessoa calma,normalmente,nunca fico irritado por besteiras,mas ele...ele consegue tirar minha pac..