1. Spirit Fanfics >
  2. Membros >
  3. carat_mar >
  4. Histórias

carat_mar

carat_mar
Nome: Mari
Status: Usuário
Sexo: Feminino
Localização:
Aniversário: 8 de Junho
Cadastro:

carat_mar - Histórias

7 histórias

The Rose

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction The Rose
Em andamento
Capítulos 13
Palavras 52.700
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Festa, Gay / Yaoi, LGBT, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo, Violência
Junhui tinha fobia social desde criança, mas ninguém sabia o motivo. Exceto a rosa, guardada dentro de seu livro favorito esperando a sua hora. A hora de dizer para uma pessoa que ela lembrava o perfume que um dia a flor já teve.



[Shipp: JunHao/ Menção: Meanie]

[AVISO: A FANFIC POSSUI ALGUNS GATILHOS]
  • 41
  • 24

Phantasy

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Phantasy
Em andamento
Capítulos 4
Palavras 28.637
Atualizada
Idioma Português
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Got7, Neo Culture Technology (NCT, NCT 127, NCT U, NCT Dream, WayV), Seventeen
Gêneros Festa, Ficção, Gay / Yaoi, LGBT, Literatura Erótica, Romântico / Shoujo
Mingyu tinha tantos sentimentos guardados por WonWoo que simplesmente não conseguia mais esconder. Mas ao mesmo tempo tinha medo do que poderia fazer com o Seventeen. Então resolveu pedir conselho para Hansol, ele que havia começado um relacionamento com Seungkwan há pouco tempo às escondidas da mídia.

Mas será que daria certo para Mingyu e WonWoo, como deu certo para Hansol e Seungkwan?



[Spin Off de “Reescrevendo as Estrelas” que é uma fanfic VerKwan de minha autoria também, mas não é necessário ler uma para entender a outra. Mas quem tiver curiosidade e quiser ler também, encontra-se no final desta.]
  • 30
  • 13

Elevator

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Elevator
Concluído
Capítulos 20
Palavras 71.288
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Gay / Yaoi, LGBT, Romântico / Shoujo
WonWoo encontrava Mingyu todos os dias no elevador por dois minutos, e tinha inúmeros planos para fazer seu vizinho querer sair consigo, mas nunca dava certo.


“Todo dia eu fico na expectativa dele aceitar sair comigo, ou quem sabe ele próprio me convidar para um jantar, uma boate, qualquer lugar que ele frequente. A maioria das vezes ele fica rindo das minhas paqueras e ignora o fato de eu estar a fim dele, mas não fico com a cabeça baixa, só serve para eu pensar em um novo jeito de conquistá-lo. [...]”


[Shipps: Meanie/ Menção: VerKwan, SoonHoon]
  • 173
  • 117

Photography

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Photography
Concluído
Capítulos 1
Palavras 10.601
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Famí­lia, Gay / Yaoi, LGBT, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Fotografia é uma palavra capaz de guardar muitos significados. Ao contrário do que muitos pensam, não é só o registro em imagem. É a lembrança de um sorriso dado para alguém especial, uma pessoa linda que mexe com as emoções da gente. É a memória de um passeio inesquecível e imutável, recordação constante de um dia gravado como o melhor dia de nossas vidas. É a lembrança, alegria e saudade de alguém que já se foi.

Por isso, fotografia tem um sentido relativo.

[...]

Ele se inclinava no parapeito, jogando os pedaços do pão, e as mãos estavam cheias de farelo. O americano até conseguiu ouvir a risadinha dele, conforme os patos se juntavam e ele achava graça. Aquele sorriso foi contagiante, Hansol começou a sorrir igual a ele, sem mesmo pensar. Quando notou, já estava com um ardor no rosto de tanto alargar os lábios. Puro instinto, foi o que o moveu a pegar a câmera.

Click.

[...]

A fotografia que decidiu bater do loirinho dando comida aos pássaros foi um sinal, mostrando que eles deviam ficar juntos.

O polaroid apareceu, revelando a mesma cena que Hansol via a sua frente. Abriu um sorriso sapeca, alternando entre eles. Respirando fundo, levantou e foi ao andar de baixo, onde deixou colado a foto de Seungkwan dormindo.
  • 34
  • 3

Prisoner

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Prisoner
Concluído
Capítulos 20
Palavras 79.766
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Gay / Yaoi, LGBT
– Quando eu fecho os olhos meu pesadelo volta. – Aperto os braços em volta dele. Vernon está tremendo, não sabia se de medo ou frio. Meu coração está agitado, não consigo vê-lo sofrer nos meus braços assim.

– Me conta como ele é? – Choro, mas ele não via com o rosto escondido.

– É muito ruim. – Resmunga. Cada vez que ele se pronuncia, sinto uma nova ferida se abrir em mim. – Faz parecer que elas não morreriam, mas nunca consigo salvar as duas.

– A culpa não é sua. – Tento ser convicto.

– É sim. – A voz dele saiu embargada, afetada pelo choro.

– Sshhh… Já vai passar… O que eu posso fazer pra você? Diz alguma coisa, por favor. – Mesmo tentando muito, eu sabia que não ia aguentar muito tempo. Eu preciso tentar salvá-lo ou aquela dor só chegará mais fundo.

– Você me tira daqui? Eu não quero falar com aquela terapeuta idiota. Me leva pra algum lugar que eu possa esquecer o pesadelo!?

Sem querer, Vernon cravou uma facada no meu peito. Quase soltei um grunhido de angústia, mas respirei fundo. Não era hora de vacilar, ele precisa de uma cura.

– Vou fazer o meu melhor. – Beijo sua testa.

O que eu poderia fazer? Vernon não esqueceu que está preso, mas sua necessidade era maior. Porque ele confiou uma tarefa daquelas a mim? Ele confiava em mim mais do que eu imaginava, e espero ser digno.


[Aviso: a fanfic possui gatilhos para depressão e pânico. Se você é sensível ao tema ou tem/teve os sintomas, NÃO LEIA!!]
  • 69
  • 57

Spin the bottle

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Spin the bottle
Concluído
Capítulos 1
Palavras 4.626
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Festa, Gay / Yaoi, LGBT
A sala onde os funcionários guardavam os produtos de limpeza da escola era o esconderijo secreto dele e de Hansol, lugar que todo dia ambos trocavam beijos e amassos […] Já eram seis meses que os produtos de limpeza, vassouras, panos e rodos da escola descobriram que Seungkwan e Hansol tinham um lance.

[...]

– Olhe para todo mundo e beije a pessoa mais bonita da festa. – Minghao disse vitorioso. Ia plantar discórdia no meio de todo mundo. Só uma pessoa se sentiria lisonjeada, o resto… Se sentiria o resto.

Os olhos do pobre Boo se dilataram. Sem querer ficou muito irritado com o amigo. Como ele podia fazer isso? Simples, o chinês não sabia que Hansol tinha um básico envolvimento com Seungkwan, e Boo não se achava digno daquele beijo. “Ele não vai me beijar… Tem muita gente mais bonita que eu aqui.”
  • 145
  • 7

Reescrevendo as estrelas

escrita por carat_mar
Fanfic / Fanfiction Reescrevendo as estrelas
Concluído
Capítulos 6
Palavras 33.302
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seventeen
Gêneros Gay / Yaoi, LGBT, Romântico / Shoujo
A notícia foi pior pra mim. Coloquei a cabeça entre os joelhos e acho que ia vomitar. Não uma gosma, e sim os sentimentos que eu tinha por Seungkwan, tão incorrespondidos, mas que antes não doíam como agora.

Viver praticamente ao lado dele era maravilhoso, nós tínhamos boas risadas juntos e muitas fotos que comprovam nossa amizade. Claro que tinha aquela ferida, por provavelmente ele não sentir o mesmo, porém, ficou diferente. [...] Aquela pressão foi muito grande pra mim. Levanto do banco onde estou sentado e saio em direção a porta. Parto para qualquer lugar muito distante derramar minhas lágrimas.


[...]


Minha cabeça rodou muito enquanto pensava na cafeteria. Do mesmo jeito que meu estômago ao pensar no outro cara. Deixei umas lágrimas caírem. Quem era ele? Seungkwan o amava tanto assim? Meus punhos cerraram na mesa só de pensar. Ele tomou o Kwan de mim. Roubou meu melhor amigo e amor da minha vida.

Penso que ele deveria estar aqui, ajudando Seungkwan. Mas na mesma hora percebo o quão ruim seria vê-lo, todo feliz com o Kwan. E em seguida vejo meu egoísmo. Não é comigo que eu devo estar preocupado. E sim com Seungkwan, nesse momento complicado.

Será se eu fui muito rude saindo daquele jeito sem falar com ele? Tomara que ele me perdoe. Se ele tinha medo de contar a nós, foi por reações como a minha. Eu preciso voltar. Ele precisa de todos nós nesse momento, principalmente eu, seu melhor amigo. Por isso vou fazer o que sempre faço: ficar ao seu lado.

[Short fic]
  • 75
  • 6