1. Spirit Fanfics >
  2. Tags >
  3. Aslud

Fanfics com a tag Aslud

Vielas... - Gaahina escrita por Le_chan_

Fanfic / Fanfiction Vielas... - Gaahina
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.661
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Drama / Tragédia, Literatura Erótica
Sinopse -on


Gaara - o que você está fazendo aqui não deveria estar lá na sua mans- O interompo.

Hinata - por favor me deixe falar eu enfrentei meu pai, por você, por mim. Já que eu já estou tacando foda-se, tenho que pensar no hoje! - Bebi mais da minha bebida, tomando coragem líquida.


°Gaahina×Um presentinho para Hinata Dragneel×Capitulo-Único°
  • 24
  • 0

Sempre foi amor escrita por himeuchiha02

Fanfic / Fanfiction Sempre foi amor
Terminada
Capítulos 1
Palavras 2.442
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Famí­lia, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Durante os anos, o mais puro e singelo sentimento foi cultivado entre eles. Neji nunca teve dúvidas: sempre foi amor. E Hinata também saberia.
  • 15
  • 4

Shadow of the Day escrita por xlothbrokx

Fanfic / Fanfiction Shadow of the Day
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.929
Atualizada
Idioma Português
Categorias Como Eu Era Antes de Você, Naruto
Gêneros Drama / Tragédia, Musical (Songfic), Romântico / Shoujo
Hinata é uma garçonete de uma lanchonete, que é fechada. Desesperada por emprego, sua amiga Ino comenta sobre uma vaga.

O que ela não sabia era que sua vida ia mudar completamente ao conhecer o arrogante Sasuke Uchiha
  • 15
  • 0

Just This Once escrita por AmysChan

Fanfic / Fanfiction Just This Once
Terminada
Capítulos 1
Palavras 2.742
Atualizada
Idioma Português
Categorias Naruto
Gêneros Drama / Tragédia, Literatura Erótica, Sobrenatural

Hinata era casada com Itachi, ela o amava e sabia disso. Mas não conseguia evitar a atração que sentia por Sasuke, o irmão de seu marido.
Itachi ser o rei vampiro não facilitava isso, o que ele faria com seu irmão se soubesse que o mesmo dava em cima de sua tão amada esposa?
Hinata sabia que aquele era um pecado que levaria no peito até o dia em que não fosse nada além de cinzas, mas não conseguiu resistir a só aquela vez.
  • 35
  • 4