1. Spirit Fanfics >
  2. Tags >
  3. Enemies To Love

Fanfics com a tag Enemies To Love

Como (Não) Ser Popular! - KiriBaku, BakuShima

escrita por momotaruk
Fanfic / Fanfiction Como (Não) Ser Popular! - KiriBaku, BakuShima
Em andamento
Capítulos 15
Palavras 32.866
Atualizada
Idioma Português
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Gêneros Comédia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo, Suspense, Universo Alternativo
Eijirou Kirishima é o garoto mais azarado da face da terra!

Apaixonado pelo capitão do time de futebol do colégio — Katsuki Bakugou — Eijirou vive sonhando com sua paixão platônica, começando a escrever uma fanfic sobre ela. Mas o bloco de notas com os rascunhos dos capítulos de sua história vulgar param nas mãos do loiro mais desejado da Yuuei...

Lhe dando as boas-vindas ao inferno!



PLÁGIO É CRIME!
NÃO COPIE, SEJA CRIATIVO!


|+18 | KiriBaku | Yaoi•Gay | BNHA |
  • 231
  • 312

Ápopsi

escrita por OceanicElla
Fanfic / Fanfiction Ápopsi
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 2.043
Atualizada
Idioma Português
Categorias Seven Mortal Sins (Shin: Nanatsu no Taizai), The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Gêneros Fantasia, LGBTQIA+, Magia / Misticismo, Romântico / Shoujo, Sobrenatural, Universo Alternativo
Quando uma deusa com problemas de autocontrole e uma vampira sem fortes ideais se veem presas aos príncipes do clã dos demônios com personalidades tão opostas, ambas entram em uma encruzilhada:


Elas deveriam amar ou odiar seus supostos carcereiros?


Entre intrigas, curiosidades e uma tensão latente entre os quatro envolvidos, o amor poderia realmente vir a nascer?

━━━━━━ ✧ ♛ ✧ ━━━━━━

Agradecimento especial a @Mokafics por me ajudar a criar essa sinopse maravilhosa.
  • 6
  • 1

I hate you -Katsuki Bakugou

escrita por Elmo_futurista
Fanfic / Fanfiction I hate you -Katsuki Bakugou
Em andamento
Capítulos 11
Palavras 17.298
Atualizada
Idioma Português
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Gêneros Comédia, Drama / Tragédia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Quando um novo vice-presidente de uma empresa de moda quase a falência surge derrepente, com vários rumores sobre ele.

Quem ele era? Ou de quem era filho? aquilo era um mistério para todos, a única coisa que sabiam era do seu mau humor e da sua beleza bruta. Além de ter conseguido em menos de três anos reerguer os negócios da empresa fazendo com que expandisse de forma assustadora levando o nome dela por todo continente e para países distantes do ocidente.

Com a grande fama de insuportável, nenhuma secretária aguentava ficar mais de um dia trabalhando para aquele homem, sendo assim o pagamento para esse trabalho era bastante "salgado" digamos assim. Mas talvez tudo mude com a chegada de uma nova secretaria, com o temperamento um tanto peculiar que não leva desaforo para casa que apenas pensa em ter seu dinheiro e viver em paz.



Bakugou Katsuki| Oc!Female | KatsukixLeitor
  • 33
  • 48

Pragma'. - REESCREVENDO AOS POUCOS.

escrita por yn00kiis
Fanfic / Fanfiction Pragma'. - REESCREVENDO AOS POUCOS.
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 2.043
Atualizada
Idioma Português
Categorias ATEEZ, Bangtan Boys (BTS), Stray Kids
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drabs, Drabble, Droubble (Minicontos), Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Romântico / Shoujo, Suspense, Universo Alternativo
୨୧ ࣪ ׅ ⊹ EM ANDAMENTO (SLOW) . Ꮺ YOONKOOK.

Onde em uma excursão ao museu de história Jeongguk acaba quebrando um dos artefatos expostos bagunçado a linha do tempo e acabando num navio pirata.

Ou, onde Afrodite aceita o desafio proposto por Jeongguk e Yoongi.

≀ Obra original.
≀ Shot-fic.
≀ Enemies to Love.
≀ Min Yoongi (Bottom) & Jeon Jeongguk. (Top)
≀ Adaptações só são permitidas com minha autorização, plagio é crime.
  • 18
  • 1

Samuel

escrita por HappyBBS
Fanfic / Fanfiction Samuel
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 20.761
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Fantasia, Terror e Horror
Capitulo 4
Gatilho

- Me larga – falei enquanto chacoalhava e puxava o braço.
- Não, não. Você não vai fugir de mim tão fácil. Fez isso de propósito, não fez? Estragou tudo. – ele apertava o meu pulso cada vez mais forte, eu tava apavorado, as crianças na arquibancada também, mas não sabiam o que fazer. – Por acason cê é viado? Só isso explicaria seu jeito horrível no jogo. – depois desse comentário ele aspirou profundamente e depois expirou afrouxando meu braço. Por último ele disse em alto e bom tom – É tudo culpa sua. – relaxou o rosto e soltou meu braço.
Ao ouvir aquelas últimas palavras uma energia sinistra tomou conta de mim, pude sentir, como se uma corrente elétrica percorresse pelo meu corpo, do centro da minha espinha até todos os meus ossos. Adormecendo tudo por onde passava, todos os sentidos e percepção, por último, a corrente chegou no meu cérebro. Ali meu mundo todo escureceu, não pude mais perceber a quadra e nem as crianças atrás de mim, acredito que não tive noção nem de mim mesmo e meu corpo se moveu involuntariamente.
“Crak” Após meu apagão a primeira coisa que pude perceber foi o som de um osso quebrando em seguida o grunhido de um menino. Quando minha visão voltou eu vi o Victor ligeiramente agachado com as mãos tampando o rosto em formato de triangulo e o olhos fechados à força. Senti um conteúdo viscoso nos ossos da minha mão direita, fechada e ligeiramente manchada de vermelho, não estava entendendo, com o rosto abaixado e os olhos elevados pra cima Victor olhou pra mim como se fosse me matar, fiz um olhar confuso inclinando a cabeça pra direita, ele tirou as mãos do rosto e disse:
- Então é assim que você quer, né? – falava com uma voz gutural. Quando ele tirou as mãos do rosto pude ver seu nariz, ensanguentado e pouco quebrado, como se... como se alguém tivesse feito isso.
- Eu não fiz isso. – Sussurrei mais pra mim mesmo.
- E eu não fiz isso. – Ele respondeu dando um soco no meu estomago. Gerando uma dor imensa no local, ajoelhei de dor tive a vontade de gritar, mas eu o segurei, sempre fui assim sempre que queria expressar medo ou dor segurava tudo para mim.
A comida que havia comido a uma hora se revirou dentro de mim, uma pequena parte subiu junto com o suco gástrico, levando ardência a minha garganta e boca. Tentava cuspir, mas a dor não saia do meu pescoço, apenas fiquei ali respirando fundo pela boca, sentindo como se ácido estivesse me queimando.
O Victor se aproximou, os meus olhos lacrimejavam e brilhavam. Levantei o rosto e o encarei bem. Pedi desculpas, disse que não queria. Ele respondeu pra mim:
- Eu te perdoo cara, se você entender o seu lugar. – ele me deu outro soco e se virou em direção ao armazém da educação física, no final de um corredor escuro.
O Leonardo e o Gabriel vieram até mim.
- Vai ficar tudo bem, tá bom? É só não entra no caminho dele de novo.
O gosto de ardência somado ao sangue metálico de algum modo me fez sentir nostalgia, como se já tivesse sentido exatamente isso, mas não consigo me lembrar quando. “Não entrar no caminho dele” o que isso quer dizer? Passar a vida com medo? Enquanto pensava nisso um monstro de aparência medonha subia lentamente as escadas do meu subconsciente e passou a afugentar a neblina que o cobria. Isso fez meu sangue gelar, sua imagem me trouxe um medo arrebatador e ao mesmo tempo uma coisa sombria que subiu minha cabeça como veneno.
Meus amigos me levantaram e eu chacoalhei a cabeça violentamente, expulsando a dor e engolindo tudo o que havia na minha boca. Foi um ato estranho, o que fez eles estranharem e se afastarem um pouco. Não justifiquei, olhei pro menino arrogante na minha frente e tudo que pude sentir era raiva. Disse pra mim mesmo que não podia deixar as coisas acabarem assim. Toda vez que eu fechava meus olhos, nem que fosse por um segundo, podia ver aquela coisa. Fiquei mais alto mesmo sem ter mudado fisicamente, então andei na direção dele.
Quando o alcancei ele estava de costas, alheio a mim, toquei em seu ombro esquerdo e por reflexo ele se virou. Na oportunidade soquei bem no olho dele. Com o choque ele parou um pouco, apertando o olho de dor depois mostrou os dentes.:
- Seu ...- disse em uma voz rouca com brilho nos olhos, ele me empurrou.
  • 0
  • 0

Love again (MARKHYUCK - MARKWOO)

escrita por jisungk1ss
Fanfic / Fanfiction Love again (MARKHYUCK - MARKWOO)
Concluído
Capítulos 2
Palavras 2.828
Atualizada
Idioma Português
Categorias Neo Culture Technology (NCT, NCT 127, NCT U, NCT Dream, WayV)
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Romântico / Shoujo
⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝
⸳# new⭑ࣶࣸ ࣭⸰ ↗️ ⸱࣭𖥔 ͙ࣳ  𝐒INOSPE! ، 𖤘 ͙ࣳ
⭑ࣶࣸ ♡̷̷۫۫ ꦢe꩜ ɕuᥣture teɕჩꦢ꩜ᥣ꩜gy !!


Jungwoo não sabia que Mark descobriria seu caso com Yuta, ou suas mentiras do passado, mas esperava menos ainda que Mark se vingaria tão rapido, principalmente pelo seu inimigo, Lee Donghyuck. Mas no final, seria Mark realmente era destinado a está com Donghyuck ou com Jungwoo?


- ꭑαrkჩꭚuɕk st꩜ry · 📳⸼࣪⸳ . .
- tw꩜ sჩ꩜ɬ ⸱៰ ͘🔈 ˖ ࣪ ! 🚏

⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝꒷۰꒷⏝
  • 6
  • 1

Guerra dos Reinos

escrita por Flores_de_Gelo
Fanfic / Fanfiction Guerra dos Reinos
Em andamento
Capítulos 13
Palavras 22.849
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Literatura Feminina, Mistério, Romântico / Shoujo, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
[ Dark-Fantasy ]

Yggdrasill tremeu com o estilhaço que se seguiu, suas montanhas desabaram, seus mares se agitaram, a fumaça e fogo cobriram os céus, enquanto a trombeta de guerra tocava junto ao brandir de espadas. E todos, fossem eles deuses, homens ou monstros ouviram o seu chamado. Uma lamúria de um ser perverso em outrora trancafiado.

"Onde estão os nobres?"
  • 46
  • 16

The Queen's - choni

escrita por ketlen28
Fanfic / Fanfiction The Queen's - choni
Em andamento
Capítulos 18
Palavras 41.157
Atualizada
Idioma Português
Categorias Riverdale
Gêneros Ação, Aventura, Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Gay / Yaoi, Lésbica / Yuri, LGBTQIA+, Literatura Erótica, Luta, Magia / Misticismo, Mistério, Policial, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Dissem que o ódio e a vingança pode mover um mar revolto, mas que o amor e o ódio vivem em equilíbrio. O que será mais forte nessa balança ?
Duas rainhas que se odeiam por causas diferentes ter o que e seu por direito e motivo o suficiente para tomar de outra?
tirar uma tirana do poder e o melhor para todos, bem dependendo da forma que você escolhe encarar a história.
  • 31
  • 10

Consequências de uma noite (Jungkook)

escrita por Naahlx
Fanfic / Fanfiction Consequências de uma noite (Jungkook)
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 7.006
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Literatura Feminina, Romântico / Shoujo
Desde bem pequena meus ouvidos foram agraciados por contos fantasiosos pela minha mãe, de uma fada que remenda vestido, oferece uma bela carruagem para que a princesa no final da noite possa encontrar com o seu amor verdadeiro até um sapo asqueroso, comedor de mosca, que se transforma em príncipe e te torna rainha dele. Foi nesta realidade que acreditei fielmente que finais felizes existem para as pessoas boas.

Era de se esperar que as coisas dessem certo, poxa, eles me prometeram.
  • 6
  • 2

Do início ao fim.

escrita por rosa202214
Fanfic / Fanfiction Do início ao fim.
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 88
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Comédia, Drama / Tragédia, Esporte, Fantasia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, Lésbica / Yuri, LGBTQIA+, Luta, Mistério, Romântico / Shoujo, Suspense, Tragicomédia, Universo Alternativo
Duas personalidades opostas e duas personalidades iguais, colocaremos a prova se os opostos se atraem. Isto aqui pode não estar longe de ser um clichê, mas coloca a prova o quanto uma pessoa é capaz de lutar pelo amor de outra.
  • 0
  • 0