1. Spirit Fanfics >
  2. Tags >
  3. Gaachako

Fanfics com a tag Gaachako

Nekutai - Volume 1 escrita por xXWarGoddessXx

Fanfic / Fanfiction Nekutai - Volume 1
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 4.933
Atualizada
Idioma Português
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia), Naruto
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, Lésbica / Yuri, LGBT, Lírica, Musical (Songfic), Saga
Volume I - Descobrindo montanhas

Irmãos, um laço bonito mas também sensível, eu diria instável, que tem que ser muito bem cuidado pois ele é uma mistura dos laços do amor e da amizade, a qualquer momento pode ser cortado por qualquer besteirinha. Quando  você pensa ou ouve a palavra irmãos, o que você pensa? Amor, amizade, uma união invejável, pura alegre e diversão, brigas e zoação. Uns se dão bem, outros não. Uns são irmãos de sangue, outros de consideração. Cada um com sua situação.

Já na situação de Bakugou e Kirishima, são de consideração. Bakugou foi deixado no orfanato aos seus 7 anos de idade por sua mãe, desenvolvendo trauma e comportamentos temperamentais e agressivos já com tamanha idade. O bullying no colégio também não ajudava. Só o que tornou as coisas mais leves e suportáveis em seu interior caótico foram o conforto e abrigo da dona do orfanato, Mabui e sua familia, junto com o seu mais novo amigo e vizinho Kirishima, na qual desenvolve um lanço forte de confiança, companherismo e lealdade.

Mas as coisas começaram a embaraçar-se com a chegada ao ensino médio, especificamente no 1° ano no novo colégio U.A. Ambos acabam apaixonando-se pela mesma garota, que embora tentassem que o sentimento em comum não destruisse o laço, a luta contra essa atração e sentimento era sofrido, até mesmo para o orgulhoso do Bakugou.

E como se não bastasse, essa garota, Ochako Uraraka, nutre um sentimento amoroso não correspondido por seu irmão de consideração Izuku Midoriya, que é totalmente apaixonado por sua melhor amiga Haruno Sakura. Embora sofresse em vê-los juntos, não conseguia se distânciar deles, pois não queria romper laços por um sentimento não recíproco, tentava contentar-se apenas com a amizade.
E como se não bastasse ter que lidar em assistir de camarote todos os dias seu amor apaixonado por outra, Ochako lutava diariamente com um problema ainda maior: sua depressão e uso de medicamentos para amenizar isso.

O importante era não perder seus laços, mesmo que doesse.

Os laços são fortes, mas qual o seu limite para não rompê-los?
.
"Quando eu te conto o que sinto, é para que você me entenda, não para que você decida se meu sentimento é certo ou errado."
  • 68
  • 12