Fanfics com a tag Pássaros

Tempo. escrita por yoongabi

Fanfic / Fanfiction Tempo.
Terminada
Capítulos 1
Palavras 244
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Drabs, Droubble, Famí­lia
O tempo dela já se esvai, assim como as aves que voam cantantes para o seus ninhos, se encolhendo numa tentativa de se manterem aquecidas.
  • 2
  • 0

Próximo verão escrita por _radioativa

Fanfic / Fanfiction Próximo verão
Terminada
Capítulos 1
Palavras 1.466
Atualizada
Idioma Português
Categorias EXO
Gêneros Fantasia, Fluffy, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
[KAISOO | OS | FANTASIA | AU] Antes do inverno chegar, os pássaros sempre migram para o sul, sendo esse o sinal de que Kyungsoo - descendente do grande mago - deveria começar a preparação para o ritual de passagem da estação. E eis que um passarinho decide desviar o seu caminho pra brincar um pouco com o mago.
  • 22
  • 3

A Liberdade de Uma Gaiola escrita por Lambruska

Fanfic / Fanfiction A Liberdade de Uma Gaiola
Terminada
Capítulos 1
Palavras 301
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Drama (Tragédia), Literatura Feminina, Mistério, Poesias, Violência
Minha vida é uma gaiola, e a chave para ela se abrir está nas suas mãos.
  • 3
  • 4

As Árvores Sabem Cantar escrita por Min_Tears

Fanfic / Fanfiction As Árvores Sabem Cantar
Em andamento
Capítulos 6
Palavras 9.655
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Ambientalista e protetor dos pássaros e respectivamente as árvores que eram seu refúgio natural.
Ele nunca pensou que cientistas juntariam duas espécies e criariam uma só.
Jung Kook nunca acreditou nisso. Até o momento em que uma ave misteriosa pousou em seu jardim.
— Parece que a árvore está cantando mamãe.
— É só uma ave que se camufla nas folhas da mesma querido.
— Quando eu crescer vou ter uma floresta só pra mim e nela vai ter um monte de pássaros e eu vou cuidar deles todinhos.
— Eu acredito.


|JIKook| |Pássaros| |HíbridosAu!|
  • 18
  • 3

Guino, o Penguim PIXTOLA escrita por Bot2310

Fanfic / Fanfiction Guino, o Penguim PIXTOLA
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 549
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Guino era um pinguim como os outros, mas tinha algo em especial.
Guino era... Hum... Incapaz de fazer a maioria das coisas que um pinguim pode (resumindo, ele era retardado)
Um dia, talvez por culpa de suas retardadices, Guino acabou se perdendo e foi pra cidade. Não se sabe como, mas ele foi.
Vamos ver a jornada desse pinguinzinho pistola em busca de sua casa!
  • 6
  • 3

Pássaros. escrita por queenniexix

Fanfic / Fanfiction Pássaros.
Terminada
Capítulos 1
Palavras 106
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Drama (Tragédia)
Em todo lugar a toda hora, você corria para fora, via as nuvens, as estrelas, o infinito completo. Eu nunca entendia. Qual a beleza do céu? a vida está aqui embaixo.

[ OneShot | Projeto CMF ]
  • 3
  • 2

Birds escrita por EsterNW

Fanfic / Fanfiction Birds
Terminada
Capítulos 1
Palavras 566
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Gêneros Lírica, Musical (Songfic), Poesias
Como as aves, éramos e somos livres...
Livremente ele perseguiu seu sonho.
Livremente ele seguiu os pássaros.
Livremente eu fiquei.
E livremente sigo.
Livremente, as aves buscavam o calor primaveril.
Livremente, ele também viajava. E como os pássaros, que retornam com a primavera, ele também voltaria para mim.
  • 1
  • 1

The Last Battle. (Interativa) escrita por keirame e niyanmy

Fanfic / Fanfiction The Last Battle. (Interativa)
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 1.338
Atualizada
Idioma Português
Categorias Diabolik Lovers
Gêneros Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
[vagas abertas » reescrita.]

«Rasgando o céu acima, rachando a terra abaixo;
Nós apenas acordamos o ‘mal’ dentro de nossos corações»

O visco da antiguidade, Mistletoe. Nascendo dos “desejos” das pessoas e, no paraíso onde habitam os “Pássaros Deuses”, uma vez, os deuses e humanos construíram um mundo quase perfeito de coexistência. Porém, com o passar do tempo, os desejos das pessoas foram parando de ser apenas coisas belas. Uma vez, alguém desejou que na sombra da sua própria felicidade, existissem pessoas infelizes. E então, nasceu um pássaro de apenas uma asa que, na sombra de um pássaro que anuncia um feliz amanhecer... um triste pássaro canta numa escura e solitária noite.

“Desde os confins de um céu distante, em sintonia com o som do vento, o Pássaro Azul trás a felicidade.
Ele libera as chamas da destruição, ativando as engrenagens do renascimento, o Pássaro Vermelho controla o ciclo de vicissitude.”

O reino do Pássaro Azul, que governa a felicidade, Blue Oak. O pais da fênix, que governa a destruição e o renascimento, Ghee Vermillion. Os dois países que fundaram os Pássaros Deuses de duas asas, que antigamente controlavam o mundo, apesar dos largos mil anos que se passavam, continuavam em inacabáveis guerras sangrentas. A lembrança gravada em suas almas...

«Lutar.»
«Destino...»

era apenas a continuação das batalhas. A origem das disputas foi uma guerra entre os Pássaros Deuses e humanos. Os fundadores do Azul e do Vermelho, ao traírem-se, uns aos outros, perderam “esse” poder. Destruíram os humanos, e estes caíram na Terra junto ao Paraíso. Mesmo que estendessem as mãos para se ajudarem, eram ignoradas. As palavras não eram capazes de os alcançar. Suas asas eram despedaçadas;

então começavam a cair. Uma antiga terra caída, um grande rancor que ia sendo herdado junto ao legado dos Pássaros Deuses que se odiavam.

Os corações que foram tocados choram com a chuva que caia e jamais iria acabar. Com corações que juntos se formavam apenas um. Feridas desbotadas que se abriam mais e mais, incansavelmente. Dois pássaros que haviam feitos para voar juntos.

Então, por que, quando voaram juntos, o céu se destruiu?
  • 35
  • 26