1. Spirit Fanfics >
  2. Tags >
  3. Toc

Fanfics com a tag Toc

Schizophrenia - Taekook escrita por evermaliks

Fanfic / Fanfiction Schizophrenia - Taekook
Em andamento
Capítulos 12
Palavras 50.433
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Gêneros Drama / Tragédia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBT
Kim Taehyung aos seus 9 anos foi diagnosticado com esquizofrenia paranoide, seus pais com medo de perder seu filho para a doenças começam o tratamento do jovem Kim, tudo estava dando certo até seu aniversario de 16 anos quando o garoto presencia a morte do pai, após o acontecimento Taehyung tem sua doença agravada e junto a ela mais uma nova doença acarreta a sua vida, quando Kim começa a ter sérios indícios de TOC. Kim MeeHyun consegue manter o filho estável e sob controle o incentivando a tomar seus medicamentos e a manter sua vida social o máximo possível, mas isso tudo, até seu aniversario de 19 anos, quando tomado pela tristeza e culpa da morte de seu pai, Taehyung tem um de seus piores surtos, acabando por atentar contra a sua vida e de sua mãe. Desolada e tomada pelo desespero MeeHyun decide tomar uma das medidas que jamais achou que precisaria, a internação de seu único filho.
  • 77
  • 29

How I Loved You- SAGA- That My Obsession. escrita por kaby_livros

Fanfic / Fanfiction How I Loved You- SAGA- That My Obsession.
Em andamento
Capítulos 1
Palavras 1.231
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Famí­lia, Literatura Erótica, Romântico / Shoujo, Saga, Violência
1° TEMPORADA.

- Sabe aquela sensação, quando você está em um local cheio de pessoas, e a única coisa que você pensa é que queria está fazendo outra coisa? Estar em outro lugar? Você só pensa em saí daquele lugar sufocante, que mesmo estando amontoado de gente, você se sente sozinho. - ele levantou os olhos das nossas mãos juntas, para finalmente olhar em meus olhos. Jurava que tinha lágrimas não derramadas naquelas perfeições verdes que ele chamava de olhos. - Quando estou com você, parece que isso não importa. Eu fico feliz, porque sei que quando chegar em casa vou encontrar você tagarelando sobre o filme de comédia que eu odeio, mas você ama. E sobre como você gosta de sorvete de chocolate mais que qualquer outro sabor. Como você fica mais radiante com roupas fofas e confortáveis. -

- Seus pensamentos estão te matando, não estão? - perguntei, mas ele ignorou, sorrindo de um modo que somente ele sabe, pessoas matariam por aquele sorriso.

- Eu amo você. -



  • 0
  • 0

Marcas da Guerra escrita por Nowak-

Fanfic / Fanfiction Marcas da Guerra
Em andamento
Capítulos 10
Palavras 25.940
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Ação, Drama / Tragédia, Gay / Yaoi, LGBT, Literatura Erótica, Violência
Haskel certa vez lhe disse:
“A guerra é cruel e devastadora, um verdadeiro genocídio patrocinado pela ganancia humana.”
Ele estava certo, infelizmente, e Kristoffer Nowak, um jovem polonês de 16 anos, percebera isso da pior forma possível. Uma enorme ferida formou-se em sua alma por consequência dos horrores da guerra, uma ferida tão profunda que nem mesmo o tempo era capaz de curar, não com a sede de vingança mesclada ao ódio mantendo-a aberta.
Como poderia deitar a cabeça no travesseiro e descansar sabendo que não pôde fazer nada para proteger aqueles que amava?
A sensação de impotência era terrível, Kristoffer não queria senti-la novamente e estava decido a não fraquejar uma terceira vez. Então ele morreu, numa estrada coberta de neve com o vento frio penetrando-lhe a pele até os ossos, para renascer como Charles Schmidt.
Em sua nova vida ele tinha um único objetivo: Encontrar e matar os causadores de sua dor, não havia mais espaço para outro sentimento além de ódio em seu coração, pelo menos era o que pensava até deparar-se com um par de irises azuis.
Aqueles olhos...
Apesar de tão claros, estranhamente os orbes de Rudolf Kollath possuíam uma imensa escuridão em seu interior, era como encarar um abismo, um abismo frio e misterioso que fazia Charles perceber que talvez não fosse o único a carregar profundas Marcas da Guerra.
  • 8
  • 14

10 segundos escrita por fantasyisland e ParkYangMi

Fanfic / Fanfiction 10 segundos
Concluído
Capítulos 1
Palavras 1.818
Atualizada
Idioma Português
Categorias K.A.R.D
Gêneros Gay / Yaoi, LGBT, Romântico / Shoujo
Kim Taehyung tem uma vida bem metódica, isso se deve pelo toc que possui. E também havia o fato de ele ter um amor, que julgava platônico, por Matthew, alguém que trabalhava no mesmo local que ele.
Talvez não fosse tão platônico assim. 

Bseph | Mês do KARD
  • 48
  • 1

Anatomia escrita por Caroli_B

Fanfic / Fanfiction Anatomia
Em andamento
Capítulos 39
Palavras 97.663
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Festa, Gay / Yaoi, LGBT, Literatura Erótica, Mistério, Violência
De uma paixão inocente e platônica, nasce um sentimento tão profundo e libertador, ao mesmo tempo escravizador, trazendo à tona um milhão de descobertas e experiências à vida de alguém tão fechado para o mundo. Um jovem de vinte anos, que sempre recebeu tudo das mãos de seus pais, exceto liberdade. E como eles mesmos o ensinaram, “a vida é linda como um botão de rosa, mas tem seus espinhos”.
Essa é a história de Flávio Belinni.
  • 55
  • 109

Damaged escrita por AiramSS

Fanfic / Fanfiction Damaged
Em andamento
Capítulos 4
Palavras 14.239
Atualizada
Idioma Português
Categorias Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção Adolescente, Suspense
Uma tragédia deixou-a despedaça. Passou por um longo tempo difícil. Ela estava perdida e há muito danificada. Aos poucos se sentia deteriorar, e não via solução. Ela já sabia seu fim e aceitava de bom grado.

Inesperadamente ele se aproximou, se encantou e se apaixonou. Mas será que ela seria capaz de retribuir o sentimento?
  • 0
  • 0

Don’t touch me escrita por TCAPPUCCINO

Fanfic / Fanfiction Don’t touch me
Em andamento
Capítulos 2
Palavras 6.796
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS), Histórias Originais
Gêneros Drama / Tragédia, Famí­lia, Ficção Adolescente, Gay / Yaoi, LGBT, Literatura Erótica, Musical (Songfic), Romântico / Shoujo, Violência
Yoongi, famoso produtor musical, conhecido por seu gênio extremamente forte e seu talento em descobrir músicos de grande sucesso com maestria. Mal imagina o desafio que o destino lhe propõe ao colocar Jimin em seu caminho, já não bastando os seus próprios desafios diários graças a uma “mania” que se tornou doença.

O garoto é conhecido como lobo solitário por jamais se apegar à uma banda. Com gênios extremamente fortes e personalidades peculiares, Jimin e Yoongi se descobrem mais parecidos do que imaginam.

Cabe a eles se matar ou se amar.

  • 2
  • 2

A Forbidden Love (Um Amor Proibido) - Jikook escrita por Sunny_S

Fanfic / Fanfiction A Forbidden Love (Um Amor Proibido) - Jikook
Em andamento
Capítulos 9
Palavras 8.028
Atualizada
Idioma Português
Categorias (G)I-DLE, Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Gêneros Ação, Aventura, Drama / Tragédia, Ficção, Ficção Científica / Sci-Fi, LGBT, Literatura Erótica, Luta, Mistério
Park Jimin, um psiquiatra de 24 anos que nasceu em Busan bastante famoso na Coréia do sul. Conhecido pelo seu trabalho, ele é um homem gentil, trabalhador, responsável, tem uma aparência que encanta as pessoas ao seu redor. Park lida com a prevenção, atendimento, diagnóstico, tratamento e reabilitação das diferentes formas de sofrimentos mentais. Ja viu vários pacientes com manifestações psicológicas severas. Em sua grande maioria consegue lidar com todos eles, já que esse é seu trabalho. Ele se esforça ao máximo, pois tudo que ele vive é bastante complexo até conhecer seu novo paciente, Jeon Jungkook.


Jeon Jungkook, um homem de 21 anos presencia doença como TDI e TOC. TDI ou Transtorno distocivo de identidade. O transtorno dissociativo de personalidade, chamado antigamente de dupla personalidade, geralmente é uma reação a um trauma como forma de ajudar uma pessoa a evitar memórias ruins. Transtorno dissociativo de personalidade é caracterizado pela presença de duas ou mais identidades de personalidades distintas. Cada uma delas pode ter um nome, histórico pessoal e característica distintos. Já o TOC, Transtorno obsessivo compulsivo, é caracterizado por pensamentos e medos irracionais (obsessões) que levam a comportamentos compulsivos. Jeon Jungkook possui um passado bastante traumático que o fez ter essas doenças, e sua irmã mais velha, Jeon Soyeon sabe o que o mais novo passou e ainda passa, então a mesma decidiu o colocar em um hospital psiquiátrico por causa de seus comportamentos "estranhos".

O que será que acontecerá com duas pessoas totalmente diferentes? Será que Park Jimin consiguirar ajudar Jeon jungkoook, e até mesmo acontecer alguma coisa entre eles?



[Jikook]•[Kookmin]•[18+]
{Plágio é crime}
  • 27
  • 19

Tune in to the Radio escrita por chanyouchan

Fanfic / Fanfiction Tune in to the Radio
Em andamento
Capítulos 3
Palavras 3.756
Atualizada
Idioma Português
Categorias Neo Culture Technology (NCT, NCT 127, NCT U, NCT Dream, WayV), Pentagon (PTG), Red Velvet
Gêneros Drama / Tragédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romântico / Shoujo
A escola "Neo Culture High" era conhecida por ter alunos exemplares, populares e perfeitos, mas como em todos os lugares, há sempre aquele que se difere dos outros, há sempre o ponto e vírgula.
E Mark com certeza não era um deles. Ou ao menos era o que pensavam, até certos rumores pararem na boca de todos os alunos e, inclusive, dos professores.
Nunca fora de se importar muito com as fofocas que circulavam pelos corredores da escola, até porque, na maioria das vezes, não passavam de fatos improváveis. Mas isso acabou quando o seu término com Kim Yerim estava estampado nas capas dos jornais do colégio.
LCD havia mudado tudo. Agora era a sua vez de ditar as regras do jogo.
  • 95
  • 10

Constante escrita por Kjuzera

Fanfic / Fanfiction Constante
Concluído
Capítulos 1
Palavras 3.577
Atualizada
Idioma Português
Categorias Haikyuu!!
Gêneros Gay / Yaoi, LGBT, Literatura Erótica, Romântico / Shoujo
Parte de mim já tinha se conformado há muito tempo. Outra parte, em momentos como esse, só queria que aquele sentimento todo parasse e me deixasse ser um cara normal, ao menos por um instante.
A maioria das pessoas acha que é frescura, acha que eu só sou chato. É exatamente o tipo da pessoa que eu não quero compartilhar nem o mesmo ar. Pouca gente entende o que é ansiedade ou sequer sabe o sofrimento que ela gera.
Quando comecei a jogar vôlei profissionalmente, eu já estava vacinado. Deixei claro no dia um que precisava do meu espaço e que não ia tolerar piadinhas da quinta série.
No início começou muito bem com todo mundo mantendo uma distância segura. Mas eu sentia que Atsumu Miya me observava muito de perto.
  • 101
  • 4