História 5 dias com você - Tododeku - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Ochako Uraraka (Uravity), Shouto Todoroki
Tags Tododeku
Visualizações 622
Palavras 1.355
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu queria dizer que fiquei muito, muito, muito feliz com o tanto de gente que pediu para que eu trouxesse a continuação!!!!! Eu realmente nem imaginava que tantas pessoas iriam pedir que eu fizesse mais, e foi com essa motivação que eu trouxe mais um capítulo!!
Ele ficou bem grande, muito maior que os outros, mas tem bastante coisa nele e eu achei bom assim.
Bem, espero que gostem!
E muitíssimo obrigada a todos <3333

Capítulo 6 - Extra: Então é isso...


Fanfic / Fanfiction 5 dias com você - Tododeku - Capítulo 6 - Extra: Então é isso...

O fim de semana passou voando! Eu mal podia esperar pela volta às aulas, estava ansioso para rever meus colegas de classe, os professores e... o Todoroki. Não sei como iríamos agir, mas eu não falaria nada para os outros se ele também não falasse.

No domingo à noite, eu arrumei meus materiais e deitei cedo. Deixei tudo arrumado para segunda-feira. Quando acordei no outro dia, me arrumei, tomei meu café e sai de casa. Cheguei cedo, somente o Iida estava na sala de aula. Nós nos abraçamos e ficamos conversando até os outros chegarem. Todos ficaram falando sobre suas férias, apenas eu e Todoroki não falamos muita coisa.

A aula foi normal, mas durante boa parte dela eu ficava olhando para baixo sorrindo. De vez em quando, olhava para Todoroki, e ele olhava para mim de volta, mas ninguém percebeu isso. Estava com a intenção de, no final da aula, ir falar com ele, mas meu plano foi por água abaixo quando, depois que o sinal tocou, Iida e Uraraka vieram até mim para voltarmos juntos, como fazíamos antes das férias. Eles também chamaram Todoroki, mas este disse que iria sozinho. Ele estava mais sério agora, e quando eu o olhei, ele simplesmente desviou o olhar para baixo. Eu achei estranho e fiquei meio triste, mas acabei esquecendo disso quando cheguei em casa.

No outro dia, ele estava completamente sério, mais sério do que era antes. Nem sequer me olhava, e as poucas vezes que nossos olhos acabavam se cruzando, ele fechava a cara e virava a cabeça para outro lado. Isso me deixou bem triste, até a Uraraka perguntou se tinha algo errado entre Todoroki e eu, e eu disse que não sabia. Minha vontade quando cheguei em casa foi de chorar, mas eu me segurei e pensei que no dia seguinte iria conversar com ele. Mas a semana inteira foi assim, ele me ignorava e não me dirigia uma palavra. Quando eu tentava chegar perto, ele saia. Será que eu fiz algo errado? O que estava acontecendo??

Na sexta-feira, durante o intervalo, eu disse para Iida e Uraraka que não iria voltar com eles dessa vez, pois tinha que "resolver algo com os professores". Resolver algo sim, mas claramente não era com os professores. No fim da aula, eu sai da sala e me escondi em um corredor, eu sabia que ele seria o último a sair, por isso esperei até que todos tivessem ido embora, e quando ele passou por mim, eu o segurei pelo braço. Ele se assustou e olhou para trás. Quando me viu, virou as costas e tentou se soltar e correr, mas eu não deixei.

— Ei!! — Eu disse, enquanto tentava fazer ele olhar para mim.

Quando consegui ver o rosto dele, o soltei. Ele estava vermelho e cheio de lágrimas. Ele colocou as mãos sobre o rosto e correu para fora da escola. Senti meu coração apertar, principalmente por preocupação. Eu continuei parado, olhando pro nada por um tempinho, pensando no que eu provavelmente tinha ter feito.

Quando estava saindo da escola, vi que Todoroki ainda estava lá, do lado de fora, sentado em um banco embaixo de uma árvore, perto do portão de saída. Ele olhou para mim e se encolheu, abaixando a cabeça. Eu fui até ele devagar, coloquei minha mochila no chão e sentei do seu lado. Não sabia ao certo o que dizer, mas me arrisquei mesmo assim.

— Todoroki... Se eu estiver te fazendo mal, pode... — Ele me interrompeu rindo nervoso antes que eu terminasse a frase.

— Mal? Você?! Midoriya, você nunca faria mal nem a uma mosca. Você não está me fazendo mal, não se preocupe!

— Então o que está acontecendo? Por que você tem me ignorado? Desde terça você tem agido assim. Eu pensei que estava bravo comigo por eu não ter falado nada com você na segunda, mas sempre que tentava me aproximar você se afastava. O que houve?

— Assim é melhor...

— O quê? Como assim? O que quer dizer com isso?

— Que é melhor assim, Midoriya! — Ele se virou para mim e segurou meus braços. — Eu não quero que as pessoas te olhem estranho por gostar de um homem, não quero interferir na sua vida. Estar afastado de mim é melhor pra você!

Eu me levantei rápido, estava segurando o choro e com a cabeça vermelha.

— Melhor pra mim?! Eu estive mal todos esses dias por não conseguir falar com você! Isso definitivamente não é o melhor pra mim e nem pra você!!

— Por que você não entende?? — Ele disse enquanto se levantava. — Ninguém vai te deixar em paz se mostrarmos termos a mínima ligação.

— Você não pode ter tanta certeza assim, eles vão enten...

— Não, não vão! — Ele me interrompeu. — Eu sei que não. E você pode acabar sofrendo com a rejeição deles. Eu não quero que você sofra!! Se for pra escolher entre te ver triste por uns meses por não estar comigo ou ver você chorar pela rejeição de todos pelo resto da vida, prefiro me afastar e esperar que esses meses passem logo.

Ele estava gritando com a voz embargada. Estávamos de frente um para o outro, eu o olhando com o rosto triste e ele olhava para baixo. Ele estava apertando as mãos, tentando parar de chorar. Ficamos em silêncio por um tempo, nenhum de nós tinha forças para continuar falando. Até que eu coloco minhas mãos sobre seu rosto e o faço olhar para mim. Eu seco as lágrimas dele com um dedo, e ele segura uma das minhas mãos levemente. 

— Você quer? — Eu pergunto baixo.

— O quê?

— Você quer ficar junto de mim, não quer, Todoroki?

Ele me olhou sorrindo com um olhar triste, enchendo os olhos de água novamente.

— É claro que quero!! Mas o que eles vão...?

— Então dane-se o que eles vão pensar! Nós dois queremos e é isso que importa, não é?! — Eu o interrompi e disse calmamente. 

Ele me olhou nos olhos. 

— Eu te amo, Todoroki!!

— Eu também te amo, Midoriya!!!

Eu sorri para ele e o beijei delicadamente. Senti ele tremer, e então passou seus braços pela minha cintura e eu passei os meus pelo seu pescoço. Durante aquele beijo, eu não pude pensar em mais nada. Eu deixei tudo de lado, até mesmo a probabilidade de algum professor nos ver ali, e me concentrei naquele beijo. Não foi como se tudo estivesse resolvido, mas foi como se, por um momento, não houvesse problemas em fazer isso.

Nós afastamos nossos lábios para respirar e nos abraçamos. Meu coração foi voltando a frequência normal, diminuindo as batidas que estavam aceleradíssimas. Nós nos soltamos e olhamos nos olhos sorrindo e segurando nossas mãos. Ele soltou minhas mãos, pegou alguma coisa da mochila e disse:

— Bem, sendo assim... — Ele se ajoelhou diante de mim, pegou minha mão direita e continuou, me olhando nos olhos — Midoriya, você aceita ser meu namorado?

Meu coração voltou a bater rápido e um sorriso enorme surgiu no meio de mais lágrimas.

— Sim! Claro que sim!! Eu te amo, Todoroki!!

Ele colocou uma argola de chaveiro fingindo ser um anel no meu dedo e me pegou. Ele ficou girando comigo nos seus braços enquanto nós dois riamos e repitiamos a frase "eu te amo" um para o outro. Ele parou de girar e eu o olhei nos olhos, ainda no seu colo. O pôr do sol fazia com que ele ficasse iluminado e ainda mais lindo. Segurei seu rosto e o beijei mais uma vez. Nunca estive tão feliz em toda a minha vida!!

Ele me colocou no chão e disse que era melhor irmos logo pra casa. Eu concordei e peguei minha mochila que estava no chão. Ele pegou uma flor que estava caindo no ar e colocou no meu cabelo. Eu sorri, segurei sua mão e nós saímos da escola juntos.

Chegando em casa, minha mãe disse que estava preocupada pela minha demora, e eu disse que estava tudo bem. Antes de deitar, fiquei um bom tempo conversando com Todoroki pelo celular, e então fui dormir.


"Eu amo muito ele!"


Notas Finais


E então, o que acharam? Gostaram??
Deu um pouquinho de trabalho, mas valeu a pena.
Infelizmente, esse é de fato o último capítulo, pois eu não quero sair muito do foco do título (embora esse capítulo tenha saído), mas se quiserem, eu posso fazer uma "segunda temporada" da fanfic, dessa vez focando na relação dos dois.
Enfim, espero muito que tenham gostado, e fiquem de olho, pois eu estou bem animada para escrever mais sobre esses dois!!
E mais uma vez, muito obrigada <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...