1. Spirit Fanfics >
  2. A culpa é do meu pai-Narusasu >
  3. Sorvete?

História A culpa é do meu pai-Narusasu - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Não me matem eu estava planejando lançar a uma semana atrás só que ocorreu uns probleminha aqui e eu não lancei sorry bora pro cap

Capítulo 2 - Sorvete?


"P.o.v naruto"








Acordo cedo com um peso em cima do meu peito e vejo que era o Sasuke, ele é tão fofo dormindo, não Naruto você não pode, espera ele está deitado em cima de mim, coloquei ele deitado na cama levantando-me e indo ao banheiro, fiz minhas higienes matinais e decido tomar um banho quente para começar o dia, terminei o banho, indo para o quarto me assusto com um Sasuke sentado na cama só de cueca box corado.

- Bom dia naru-.diz educadamente.

- Bom dia sasu-.sorri retribuindo seu bom dia.

- Você dormiu bem...?-.diz se espreguiçando.

- Um pouco e você?-.digo passando um desodorante.(isso mesmo ksksk tem que passar desodorante sim)

- Dormi sim, vamos tomar café?-.perguntou colocando uma camisa que mais parecia um vestido.

- Sim vamos.


Saímos do quarto, mas uma coisa não saia da minha cabeça"por que ele estava corado?"não sei o porquê, mas eu me senti diferente ao ver aquele rostinho corado, não Naruto ele é filho da pessoa mais influente de Londres e do resto do mundo não posso decepcioná-lo, sou acordado de meus pensamentos.

- Naru o que você quer pro café?-.pergunta gentilmente

- Pão com margarina-.respondo simplista 

- Só isso?-.pergunta incrédulo.

- Sim, por quê?-.balbuciei não entendendo o que ele quis dizer.

- Nossa aqui vocês são muito diferentes-.fala pasmo

- O que você costuma comer?-.perguntei interessado.

- Ovos com bacon-.diz se apoiando na mesa.

- Nossa aqui se nós comermos isso no café é pedir pra passar mal.

- Que triste-.faz uma cara de cachorro caído de mudança.

- Eu vou fazer uns ovos mexidos pra você-.levanto-me, puxando uma cadeira para que ele se acomoda-se.

- Naruto não precisa fazer isso-.diz envergonhado.

- Que nada eu insisto-.sorri gentilmente.

- Tá bom então-.diz se sentando e depositando seu queixo sobre a mesa.



Sigo em direção a cozinha abrindo a geladeira e pegando os ovos, fecho e vou em direção aos armários pegando uma frigideira, logo fazendo os ovos mexidos, desligo o fogo e pego um prato, logo colocando todo o conteúdo nele, sigo para a mesa depositando o prato em sua frente.

- Pronto-.digo simpático.

- Naruto não precisava-.fica muito corado.

- Que isso, é só um agrado pra você-.o que eu disse Jesus.

- Agora eu tenho a obrigação de fazer algo para você, pode pedir qualquer coisa-.diz com um olhar fixo em mim.

- Hum qualquer coisa?-.pergunto simplista.

- Uhum-.assente positivamente.

- Eu quero que você aceite ir tomar sorvete comigo-.digo esperando a rejeição o que não aconteceu.

- Tudo bem eu aceito-.diz corado.


Eu não sei o que eu estou fazendo eu sou maluco em pedir uma coisa dessas quando foi que eu cheguei a esse ponto eu não posso fazer isso com ele, mas ele aceitou então não faz mal néh?

- Você é muito bom cozinhando-.muda de assunto.

- Obrigado-.digo pomposo.

- Naru eu queria dar uma volta na cidade e queria saber se você poderia me levar se não for incomodar-.fica vermelho.

- Não incomoda-.digo gentilmente

- Thank you-.começa a comer.

- De nada.

Agora que eu fui perceber que ele tem um corpo mais feminino, deve ser por causa do hermafrodismo.

- Sasuke o que você costuma vestir?-.perguntei inesperadamente.

- Oi?-.balbuciou perdido.

- Ah eu fui um pouco sem noção desculpa-.coço a nuca sem graça.

- Ah de boa, respondendo sua pergunta, eu visto mais é shot por quê?-.arqueou a sobrancelha

- Nada não .

- Naru o que foi?-.diz não acreditando em minha desculpa.

- Nada eu só queria te avisar que aqui no Brasil tudo é bem diferente de onde você mora.

- e?

- Tem pessoas que não concordam com homens vestindo este estilo de roupa-.pontuei o fato.

- Eu não me importo com a opinião de terceiros, eu tenho dois ouvidos um para entrar e ou outro pra sair-.diz estressado .

- Tudo bem então.

- Naru você viu meus avôs?

- Ainda não os vi.

- Ah tudo bem, eu vou me trocar-.diz se retirando.

- Tchau.

- bye.


Não sei o por quê mas eu fiquei um pouco incomodado com o que ele falou, eu não sei quando eu comecei a me importar tanto com os outros, eu sempre vivi sozinho, mas quando ele está aqui eu me sinto completo, coisa que me falta desde o dia em que minha mãe morreu naquele acidente, hum (suspirar) eu não posso fazer isso ele é muito novo e seus pais não iriam gostar eu poderia ser até preso e nunca mais vê-lo.












"P.o.v Sasuke"













Acordo e não vejo nenhum sinal do Naruto em lugar nenhum levanto-me e me direcionando ao banheiro, quando eu abri a porta me deparei com o Naruto de costas o que fez meu coração falhar algumas batida e minha alma sair do meu corpo por um segundo o que pareceu uma eternidade, logo voltei a realidade e sai rapidamente do banheiro e sentando-me na cama e começando pensar em coisas entediantes para sumir com essa vergonhosa ereção o que funcionou, porém meu rosto continuou pegando fogo, sinto um calafrio percorrer minha espinha ao perceber que só estou de cueca e que ele me viu corado.

- Bom dia naru-.digo educadamente.

- Bom dia sasu-.deu um sorriso radiante.

- Você dormiu bem...?-.digo espreguiçando-me

- Um pouco e você?-.diz passando seu desodorante.

- Dormi sim, vamos tomar café?

- Sim vamos.

Visto uma camisa bem grande de pijama que eu tinha e o segui até a cozinha o café foi algo inesperado, porque ele fez ovos para mim eu não esperava que isso fosse acontecer confesso que fiquei muito surpreso, mas ao mesmo tempo eu gostei de comer algo feito por ele .

- Agora eu tenho a obrigação de fazer algo para você, pode pedir qualquer coisa-.digo com um olhar fixo em si.

- Hum qualquer coisa?

- Uhum-.assenti positivamente.

- Eu quero que você aceite ir tomar sorvete comigo.

- Tudo bem eu aceito-.coro inesperadamente.-você é muito bom cozinhando-.mudo de assunto.

- Obrigado.

- Naru eu queria dar uma volta na cidade e queria saber se você poderia me levar se não for incomodar-.peço já preparado para a rejeição.

- Não incomoda.

- Thank you.

- De nada.

Começo a sentir seu olhar sobre mim o que meu deixou um pouco desconfortável.

- Sasuke o que você costuma vestir?

- Oi?-.perguntei não entendendo o que ele quis dizer.

- Ah eu fui um pouco sem noção desculpa-.coça a nuca constrangido.

- Ah de boa, respondendo sua pergunta, eu visto mais é shot por quê?

- Nada não.

- Naru o que foi?-.digo não acreditando em sua desculpa.

- Nada eu só queria te avisar que aqui no Brasil tudo é bem diferente de onde você mora.

- e?

- Tem pessoas que não concordam com homens vestindo este estilo de roupa.

- Eu não me importo com a opinião de terceiros, eu tenho dois ouvidos um para entrar e ou outro pra sair-.digo estressado.

- Tudo bem então.

- Naru você viu meus avôs?-.perguntei por que eu não os vi ainda.

- Ainda não vi.

- Ah tudo bem, eu vou me trocar-.digo retirando-me irritado, mas não deixando transparecer.

- Tchau.

- bye.


Por que eu não posso ser feliz me vestindo como eu quero, todos falam que eu deveria me vestir mais como homem e que dia que eu deixei de ser, não significa que eu seja menos homem só por me vestir assim, arhh e o pior é que eu achava que o Naruto era diferente, mas me enganei, entrei para o quarto indo para o banheiro, escovei os dentes, despi-me entrando no chuveiro logo depois.

Hum por que eu tenho que ficar aqui, ah maldito seja você Fugaku, mãe eu queria tanto te abraçar, Itachi eu queria que você estivesse aqui para te contar sobre como aqui está sendo um inferno e ouvir você me dando um sermão por ter um pavio tão curto e ter sido grosso com o Naruto, será que isso tudo estava escrito para acontecer?termino meu banho, secando-me e saindo do banheiro com a toalha amarrada em minha cintura, mas levando um susto com um certo loiro sentado na cama encostando suas costas na cabeceira.

- NARUTO O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI?-.grito em surpresa.

- Ah desculpa eu só não queria ficar lá na cozinha sozinho-.diz cabisbaixo, será que foi pelo o que eu disse.

- Naru desculpe-me por eu ter sido grosso no café-.digo arrependido.

- Tudo bem eu quem fui errado.

- Pelo menos aceite minhas desculpas por favor se não eu vou ficar mal por ter feito você ficar triste-.digo me sentindo miserável.

- Tudo bem aceito suas desculpas só não quero que você chore-.diz se aproximando e me dando um abraço apertado que, logo fora retribuído.

- Naru deixa eu me vestir aí nós podemos sair-.coro quando percebo que eu ainda estou só de toalha.

- Ah sim-.me soltou indo para fora do quarto.

- miaww-.apareceu um gatinho do nada me causando um belo susto.

- AHHH-.grito e um Naruto extremamente preocupado apareceu no quarto vendo uma jaca madura caída no chão sem nada me tapando.

- Sasu tudo bem?-.corre extremamente preocupado comigo, levanto-me e ele não percebe uma pequena poça de água ali escorregando e eu que sou extremamente azarado escorrego também caindo em cima de seu colo(em cima do pau dele resumindo) ainda sem nada me tapando.

- N-Naruto-.coro pegando a toalha que estava largada no chão.

- Desculpa-.tenta se levantar escorregando outra vez só que fazendo nos beijar.

- Desculpa, desculpa-.fico envergonhado.

- Foi só um acidente-.segura minha cintura ajudando-me a levantar, logo ficando em pé.-você está bem?

- uhum-.assenti positivamente.

- Que bom-.beija minha testa.- vou sair pra você se vestir.

- miaww.

- Esse gato, tira ele daqui por favor.

- Calma Sasuke-.pega o gato nos braços.-esse é o Juubi ele é bonzinho.

- Tá bom, só sai.

- Que mal humor meu Deus-.diz ele saindo

- Tá Naruto só vaza com esse gato.


Finalmente eu posso me arrumar, mas que roupa eu uso abro o guarda e fico ali pensando até que eu penso em uma ótima combinação,pego uma camisa branca uma calça jeans preta bem colada e um ALL Star preto, passo perfume e desodorante, saio do quarto me deparando com um Naruto afoito pela bagunça que o gato fez.

- Naruto o que aconteceu?

- Eu começei a brincar com ele ai ele meio que se empolgou e começou a arranhar tudo.

- Meu Deus dai-me paciência, JUUBI PARE COM ISSO-.grito e ele para me obedecendo.

- Sasu nós ainda vamos?

- Sim, vamos-.apontei para a porta em sinal de que era para ele ir primeiro.

- Olá pessoal-.meu avô aparece do nada.

- Oi vovô eu e o Naruto estamos indo dar uma volta.

- Juízo-.meu avô grita do quarto.

- Sim vô Tobirama-.saímos em direção a sorveteria.(gente só pra esclarecer quando eu colocar "vô" esto está se referindo ao Tobirama e vovô ao Madara blz)











Tinua?


Notas Finais


Gente sinto muito msm sério eu estou com um sério problema chamado bloqueio criativo ksks mas fora isso tudo bem
Erros serão corrigidos kiss bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...