História A Dangerous Love of the Mountain - SuLay - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Kristao, Mpreg, Sulay, Wolf!au, Xiuchen
Visualizações 87
Palavras 2.459
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Lemon, LGBT, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vocês ainda não desistiram de mim não, correto? Me desculpem está aparecendo tão atrasado!! Eu realmente estava com o capítulo quase pronto, apenas faltava escrever ele... E esse era o problema... É muito ruim ter um bloqueio e eu queria me desculpar pela a demora e pedir que não me abandonem... Tá bom? hehehe :3

~Primeiramente algumas explicações sobre o capítulo:
1º. Jamais leve animais selvagens para sua casa. Deixem os bichinhos em seus hábitat porque eles são felizes lá!
2º. Quando for pegar qualquer bichinho, que seja domestico, da rua, o leve em um veterinário antes. Jamais pegue-o e não o leve a um especialista!
3º. As ações do JunMyeon nesse capítulo são inspiradas no meu dog, então um lobo não age assim.

~Segundamente, eu queria agradecer aos favoritos e aos comentários recebidos no capítulo anterior, mesmo eu ainda não tendo respondido quase ninguém por falta de tempo, eu li todos sz.

~Terceiramente, se algum erro passou, me desculpem! Vocês estão vendo a hora em que eu estou postando e eu acabei de editar esse capítulo... Então realmente me desculpem se algum passou despercebido!

Ok, vou parar de falar tanto... Boa leitura!!! sz

Capítulo 4 - Novos "territórios"


 

Achar que arrumar as malas em cima do carro em que Yixing os levou ali não foi a ideia mais prudente deles, mas até que deu certo. Agora o problema era entrar seis lobos e seis pessoas dentro de um carro sem que chamasse mais atenção do que já estava. Yixing estava quase perdendo seus cabelos de tanto que os puxavam enquanto tentava pensar em uma forma de prosseguir com aquela viagem sem que ninguém se ferisse.

_AISH! Não dá para ir todo mundo dentro desse carro! Se esses lobos fossem um pouco menores talvez desse, mas não dá! É impossível! - LuHan fala enquanto tentava entrar dentro do carro.

_Bem, teremos que caber todos dentro.... Eles salvaram nossas vidas, nada mais justo que salvarmos a deles também! Então temos que caber todos aqui dentro! - MinSeok diz entrando dentro do carro junto do lobo castanho. - Bem, acho que Chen dará aqui dentro... - cantarolando, fala entrando no carro.

_Chen? - Pergunta Yixing, olhando para o lado e vendo o lobo marrom sentado ao seu lado. - Ele te falou o nome dele? - Com um rosto revestido em uma expressão inocente, se dirige a MinSeok.

_Ele é incapaz de falar qualquer coisa não é Yixing? Então eu inventei um nome para ele para que eu não o fique apenas chamando por "Lobo" isso ou "Lobo" aquilo. - Fala simplista.

_Entra logo! - Diz LuHan empurrando a bunda de MinSeok para que entrasse logo. - Está cheio de carapanã* aqui! Vocês sabem o quanto eu odeio os zumbidos que eles fazem! - Fala entrando no carro.

Depois de tanto um empurrar o outro e enfiar (literalmente) os lobos e os garotos dentro daquele carro, finalmente poderiam partir para a casa de Yixing, que foi onde todos deixaram seus carros. Claro que eles não esperavam que acidentes ocorreriam dentro do carro e que, o que era para ser uma viagem “tranquila”, acabou se tornando a coisa mais desconfortável possível. Ninguém poderia saber que dois dos lobos que estavam ali passariam mal correto?

_AAH! Eu não acredito nisso! – Grita BaekHyun ao ver que o lobo que ficou ao seu lado simplesmente vomitar algo castanho claro.

_AI QUE NOJO!!!!! - Diz Tao ao ver que o lobo que estava com o Yixing também passou mal e acabou vomitando. - Estava ruim demais para piorar! - Fala baixinho tentando se afastar daquela gosma que o lobo ao seu lado regurgitou.

_Calem a boca por favor.... Já não basta tudo está desse jeito e vocês ainda ficam gritando?! Quer que eu cause um acidente por causa disso? - Yixing ao volante profere enquanto dividia sua atenção no transito e os meninos que estavam dentro daquele carro e estavam gritando basicamente dentro de seu ouvido.

Apesar de tudo apontar para um provável acidente, nada aconteceu e Yixing dava graças aos deuses por nada ter acontecido. Ele sabia mais que ninguém dentro daquele carro que se por acaso algum policial decidisse parar aquele carro, o mínimo que eles pegariam era uma prisão por ter animais selvagens dentro do automóvel, mas, por sorte, não toparam com nenhum oficial fazendo a ronda aquela noite.

Quando chegaram à casa de Yixing, todos saíram de dentro do carro e faziam de tudo para que não tocassem nas gosmas que os lobos acabaram soltando durante o trajeto. Sabiam que o proprietário do carro ficaria chateado o suficiente para que começasse a xingar todos em seu idioma natal, e que eles sabiam que apenas sairiam dali depois de limpar o que “eles fizeram”, importando ou não se foi o lobo que o estava acompanhando ou não, provavelmente ele faria os meninos ali presentes limparem aquilo até que ficasse brilhando.

_Acho que o melhor a se fazer é sair o mais rápido daqui antes que Yixing veja o que eles fizeram... - KyungSoo sussurra, assim que Yixing sai, para que apenas os outros que estavam ainda dentro do carro escutassem.

_Provavelmente é o mais seguro a se fazer.... Talvez ele só libere a gente depois de ver que limpamos essa bagunça com nossas línguas caso ele descobrir.... - Fala BaekHyun baixinho.

Assim que decidem sair de fininho para que Yixing não veja tão cedo a bagunça que estava dentro daquele carro, enrolaram o que puderam o mesmo para que ele não voltasse para dentro do carro para pegar nada, já que sabiam que se ele sequer abrisse uma das portas veria o que os lobos fizeram em cima do banco de trás e no chão do carro e, com certeza, ele não ficaria nada feliz. Toda a vez que ele fazia menção de ir para perto do carro, algum dos meninos impedia-o, perguntando ou comentando algo que tirava a ideia de ir até o carro momentaneamente, enquanto os outros pegavam suas coisas de cima do carro, colocando nos carros dos devidos donos. Assim que terminam de fazer aquela missão que parecia não ter mais fim, chamaram os outros, mostrando que já estava tudo pronto.

_Bem... - Começa KyungSoo, atraindo a atenção de todos ali. - Acho que já está na hora de irmos.... - Fala puxando os outros meninos para seus respectivos carros.

_Mas eu não os ajudei em nada.... – Diz Yixing com a voz triste.

_Sabemos que você vai precisar de energia para daqui a pouco. - Fala Tao e BaekHyun ri, assentindo ainda sorrindo.

Terminam de se despedir, e correm para dentro de seus carros, vendo que os lobos também os seguiam. Quando ligavam seus carros e iam se distanciando lentamente, viram que Yixing se direcionava para seu carro e logo em seguida escutam um grito alto e escutando um xingamento na língua natal de Yixing. Apenas riam e sabiam que para receber o perdão de seu amigo chinês seria um pouquinho complicado, mas nada que um pouco de conversa e uns bons presentes não o ganhem novamente, não é?

----------  e)(o  ----------

~YiXing~

Eu não estava acreditando no que os meninos fizeram comigo! Como eles puderam me deixar longe do carro apenas para que eu não visse aquilo enquanto eles estavam aqui? Eles são maus e eu deveria puni-los de alguma forma por ter deixado toda essa bagunça para somente eu arrumar. Será que eles não sabem que eu estou cansado e que, pelo o menos, uma pequena ajuda seria boa? Essa gosma me faz sentir nojo... O pior é que agora eu tenho um lobo para cuidar.... Então, tecnicamente, caso ele passar mal por algum motivo, provavelmente eu terei que arrumar a bagunça dele. Somente em pensar em algo do tipo já me dá calafrios.... Porque eu sei que sempre será nojento.

Quando eu olhei para o meu lado, vi que aquele lobo castanho tinha se aproximando como se quisesse verificar o que tinha acontecido, já que eu acidentalmente gritei tão alto que tenho certeza de que os vizinhos que moram a alguns bons metros daqui escutaram. Ele parecia tão concentrado tentando achar o motivo que parecia vidrado em algo, mas segundos depois ele simplesmente se deitou ao lado da minha perna e ficou me olhando.

_Você está com fome? - Pergunto olhando para ele que estava com a cabeça apoiada em cima das patas dianteiras, como se fossem travesseiros superconfortáveis.

Ele simplesmente olhou para mim e abanou bem de leve o rabo para mim, acho que ele realmente está com fome.... Acho que vou leva-lo para dentro, dar um pedaço de carne bem generoso para ele e voltar para arrumar essa bagunça que, provavelmente, foi o lobo dos outros meninos, já que o que estava comigo parecia ser comportado demais para fazer tal coisa.

_Vamos lá dentro para que eu te alimente. - Falo sorrindo na direção dele, andando em direção a porta da minha mansão.

Agora você me pergunta, por que eu moro em uma mansão sendo que eu, desde que pequeno, sou sozinho? Simples, eu tenho pavor de morar em apartamentos. De certeza que se eu não tivesse esse medo eu moraria em um apartamento, que seria bem menor e que daria menos impressão de que eu sou tão solitário desde sempre, basicamente.

Abri a porta da minha casa, indo diretamente para a cozinha procurar algo para aquele lobo. Eu acho que se eu não arrumasse algo para ele comer, acho que seu cardápio seria eu, então não quero correr esse risco. Abro a geladeira assim que chego no cômodo e vejo que tinha um pedaço bem pequeno de carne cortado em tirinhas naqueles pratos de isopor no congelador, espero que ele não fique com mais vontade e acabe me atacando, não estou afim de morrer ainda. Pego o prato, vendo ele me encarando com a cabeça um pouco virada para a esquerda, como se estivesse confuso com o que eu estava fazendo.

_Comida? Você não estava com fome? - Me aproximo dele e coloco o pedaço de carne a sua frente. - Ou você não come carne? - Pergunto, também virando a cabeça confuso com o que ele queria falar com essa "duvida" que ele demonstrava.

Coloquei o pedaço de carne em frente a ele e sai de dentro de casa, afinal ainda tinha que arrumar aquela bagunça que os lobos fizeram no meu carro. Espero que aquele lobo não fique com raiva de mim e simplesmente resolva me atacar, porque eu tenho certeza de que eu não conseguiria me defender contra ele...

----------  e)(o  ----------

~JunMyeon~

            Quando eu escutei aquele homem gritando, eu já tinha uma pequena ideia do que ele tinha visto... Eu sabia que deveria ter feito aquele idiota do ChanYeol lamber aquilo novamente, mas eu tinha certeza que isso apenas seria desperdiçar tempo, fora que chamaria a atenção daquele homem a alguns metros de mim com a cabeça enfiada para dentro do carro, vendo a bagunça que eu e o ChanYeol tínhamos feito... Acho que se ele soubesse que eu também tinha culpa, ele provavelmente me colocaria para ir embora... Mas eu não quero isso...

Ando até ele e enfio minha cabeça para dentro do carro, para parecer que eu estava procurando algo, mas na realidade já tinha conhecimento do que ele tinha achado ali. Ainda bem que os humanos não conseguem distinguir as coisas por cheiros tão bem, se não, provavelmente ele já teria descoberto que foi eu a fazer aquilo também.... Nunca fiquei tão feliz por um humano não poder saber quem tinha feito isso mesmo...

Deitei ao seu lado, esperando o que ele faria para que eu fosse seguir ele, acho que ele achou isso fofo, já que ficou um tempo me encarando. Será que ficar nessa posição faria ele me dar algo? Bem, e se ele soube que fui eu que fiz isso no carro dele? Ah, o que eu faço?

"_Você está com fome?" - Ele me perguntou sorrindo para mim, yep, acho que ele achou essa minha posição fofa o suficiente para que ele me dar um pouco de comida.

Levantei-me e balancei levemente meu rabo, estava feliz que iria ganhar um pouco de comida, já que eu não tinha comido tão bem hoje, já que era o dia em que as fêmeas eram as que comiam mais que os machos na alcateia. Eu precisava de bastante comida para que eu me manter firme.... Já que não era tão seguro confiar em humanos cegamente, já que eles caçam lobos também e eu não sabia se aquele homem tinha esse habito.

"_Vamos lá dentro para que eu te alimente."

Eu espero que ele tenha bastante comida.... Eu sei que humanos normalmente não comem tanto como os lobos, mas eu tenho uma pequena esperança de que teria comida o suficiente para que saciasse minha fome pelo o menos.... Se não, acho que eu teria que ir caçar algo para eu comer.... Eu não iria aguentar a fome e também não queria ter que atacar aquele garoto que tinha me salvo....

Quando entramos na casa daquele humano, vi algo que quebrou totalmente a imagem que eu tinha dele. Não havia nenhuma cabeça de lobo em nenhuma das paredes da casa e em todas as paredes tinham pinturas lindas de lobos, desde os negros aos castanhos! Era lindo.... Parecia que ele gostava de lobos e isso me agradava. Assim que chegamos ao local que ele me daria comida, o humano começou a caçar comida dentro daquele negócio prata, mas por mais que ele procurasse, ele não achava nada e sempre estava com uma pequena bandeja nas suas mãos, acho que ele estava procurando por mais.... Não acredito que ele me daria tão pouca comida...

Ele veio em minha direção quando desistiu de procurar algo dentro daquela caixa prata e veio com um prato branco na minha direção. Nesse prato continha alguns pedaços de carne e um caldo estranho. Sério mesmo que ele acha que eu não sentirei fome só com esse pouco? O encarei com a cabeça um pouco inclinada e, eu queria ter voz para perguntar dele que porcaria era aquela e por que ele me ofereceu comida sendo que não tinha o suficiente.

"_Comida? Você não estava com fome? Ou você não come carne?" - Perguntou de forma fofa, também tombando sua cabeça para o lado.

Bem, comida eu queria, carne eu queria, mas não tinha nem o suficiente para me deixar momentaneamente tranquilo e sem vontade de atacar minha presa mais fácil apenas para saciar essa fome! Como ele quer deixar um lobo em sua casa sendo que ele nem comida tinha!?! Eu estou indignado.

Ele questionou isso e simplesmente saiu da minha frente indo para fora da casa. Acho que eu terei que comer isso e ver se tem alguma outra presa nesse novo território, afinal eu estou em um novo território. Comi todo aquele negócio que ele colocou para mim e comecei a andar naquele lugar, farejando algo que fosse grande e matasse minha fome. Andei e andei por todos os lugares em que eu poderia até que eu vi um objeto que parecia água e ele tinha outro lobo na casa dele! Como assim? Eu não senti cheiro de nenhum outro lobo e ele lobo parecia muito com a minha aparência quando eu me via na água... E se ele fosse um irmão preso dentro daquilo?

Comecei a rugir para aquele lobo que estava dentro daquilo que refletia e ele estava rugindo para mim também! Será que ele não sabe que eu quero salvar ele? Corri em direção aquilo e, sem querer, derrubei aquele negócio! O humano me mataria agora... O que eu faço? Acho que correr para o mais longe daqui é a melhor opção. Corri, corri tão rápido que acabei derrubando outras coisas no caminho.... Quando estava quase chegando naquele lugar que era onde eu tinha comido, dei de cara com o humano.

"É hoje que eu perco minha vida..."


Notas Finais


Enfim, esse capítulo foi algo mais puxado pra comédia... Queria mudar um pouco, já que eu estava achando que estava ficando "sério" demais para um começo. Ah, as ações do JunMyeon são baseadas em fatos reais... Aish.... Só de me recordar o que meu dog fez me dá um pouco de raiva e ao mesmo tempo deixa um sorriso bobo em meus lábios, já que foi algo tão fofo que eu quase relevei... hehehe

-> Outra que eu queria avisar a vocês, por causa da minha demora em postar, eu irei trazer um capítulo especial com ChanBaek, HunHan, TaoRis, XiuChen e KaiSoo para tentar redimir um pouco esse tempo desaparecido. ^^ <-

Bem, mereço comentários? Críticas? Elogios? Esporro por ter demorado um século? (esse eu aceito de boa hehehe) Novamente, um feedback de vocês é sempre bem vindo! ^^

Beijos e até breve!! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...