História A estação -jikook-kookmin- - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 119
Palavras 1.279
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E vamos as Tretas hi hi

B
O
A
💙
L
A
Y
T
U
R
A

Capítulo 4 - Escolhas decisivas


Fanfic / Fanfiction A estação -jikook-kookmin- - Capítulo 4 - Escolhas decisivas

A raiva me tomou naquele instante, junto com a mágoa que eu guardei todo esse tempo, lágrimas ferventes já escorriam pelo meu rosto, e foi ai que eu me lembrei das palavras de yoongi.

"escuta aqui! -ele me olha furioso- eu sei mais que você! Conheço o jimin mais que você, e estou avisando que se você fizer alguma merda e não ouvir ele eu mesmo vou dar na sua carinha seu príncipe de quinta!-ele joga a passagem na minha cara-"

Então ele sabe de alguma coisa, mais que merda. Me joguei na cama fitando o teto sentindo as lágrimas escorrerem pelo rosto, será que estou sendo muito infantil? Talvez eu deva ir e ouvir o que o jimin tem a dizer e depois falar sobre isso, mas se ele já estiver com problemas eu só vou atormentalo mais, ai que droga ele já me machucou tanto e eu aqui preocupado com ele! Será que ele se preocupou comigo durante aqueles anos? Eu acho que não!....ou sei lá talvez ele tenha.....

Me levanto e respiro fundo vou ate meu guarda roupa e visto a primeira coisa que avistei lá.

Não posso agir como uma criança, eu vou até o jimin e dependendo do que ele vai me falar eu conto ou não, por mais que ele não mereça isso não gosto de ver quem eu amo sofrendo, e apesar de tudo eu ainda te amo, porque o amor verdadeiro não é algo que pode se apagar assim, você sempre vai estar nos meus pensamentos, nas melhores e piores lembranças, e porque eu te amo sou incapaz de te esquecer ou tentar te machucar, por mais que já tenha me ferido e eu te odei por mais que eu sofra tanto, eu simplesmente sou incapaz e isso é horrível, porque ao mesmo tempo que eu quero te bater ate você perder a consciência eu ainda quero te proteger meu bolinho de arroz

nois estávamos sentados debaixo na mesma árvore de sempre, comendo o almoço que minha Omma havia trago.

-jimin -chamo ele, que se vira pra mim e ainda com a boca cheia de bolinho de arroz, me murmura um "oi-

-não fale de boca cheia idiota! -dou um peteleco na testa dele-

-ei não me bata, eu sou o hyung aqui vê se me respeita!- ele fala fazendo um bico de raiva extremamente fofo- mais fala logo o que você ia perguntar?

-você tem algum irmão?

-an?Co...co..comoa ssim?-ele parecia assustado-

-você tem algum irmão?

-não..... Eu não tenho... -ele falou olhando para o céu azul com um ar triste mais ele logo balança a cabeça negativamente e me lança um sorriso-

-jimin você é bipolar vai se tratar!

-cala a boca idiota! -ele me da um tapa no ombro-

-você fica fofo com raiva, já te disseram que você parece um bolinho de arroz? Meu bolinho de arroz!- dei um sorriso eu sabia que estava corado mais não mais que o jimin-                                   E nois dois caímos na risada.Eu te amo jimin.

____

O vento batia no meu cabelo o bagunçando, ainda bem que eu não pentiei esse merda.

O tempo está frio, as nuvens tinham se acumulado no céu e por mais que fosse fim de tarde já estava tudo escuro, parece que vai chover canivetes hoje. Me preparei psicologicamente para esse conversa respirei fundo e entrei, a estação não estava tão cheia eu posso ouvir meus passos e sinceramente isso me dá calar frios.

Abri a porta da cafeteria e ouvi o sino tocar anunciando que eu havia chegado logo vi o Park sentado no fundo do estabelecimento, ele levantou seu olhar ate mim e fez um sinal com a mão para que eu fosse ate ele e assim o fiz, caminhei devagar, meu coração parecia querer sair para fora do corpo, minha respiração descompensada, tudo se passa em câmera lenta, minha visão pareceu embaça, meu estômago revirar as famosas borboletas, e ai eu lembrei que ele ama borboletas principalmente as vermelhas, e como mágica eu vi sentando ao lado dele o jimin do meu passado a criança sentada ao lado dele, olhei para os lados e eu estava no parque onde tudo aconteceu, o jimin criança sorria mais o Park adulto chorava.

-ei Jungkook você esta bem? Já está ai parado a uns cinco minutos-ele parecia preocupado-

Ouvi a voz do Park ecoar em minha mente se repetindo e ecoando cada vez mais longe e tudo que eu via se desfez como um borrão e vi que não se passava de uma peça que minha mente me pregou.

-sim eu estou bem jimin- sacudi a cabeça e me sentei a sua frente-

-jimin.....é raro me chamar assim, você mudou muito kook, eu quase não me lembrava de você, foi difícil mais eu consegui, não foi a toa que eu me apaixonei por você a um ano atrás.

-mais o que você ta falando ? Um ano atrás?

Isso não faz sentindo eu conheço ele a anos muito anos, não só um ano, mais que porra a vida preparou pra mim agora.

-me deixe falar OK? -fiz que sim com a cabeça mesmo não tendo certeza se faria isso- bom....eu não sei como te falar isso, eu sou -ele parece estar sofrendo pra me falar isso da pra ver a dor em seu olhar, mais por que? Não foi ele que sofreu todo esse tempo né? Fui eu-

-você é Park jimin o garoto que me fez de trouxa por anos, eu fui aquele parque todos os anos desde da sua ida jimin todos os dias no mesmo horário sem exceção -falei com raiva porém sem aumentar meu tom de voz- sabe como eu me senti quando vi você beijando aquele garoto? Jimin eu era....não eu não era, eu sou apaixonado por você desde de sempre, e quando você voltou a primeira coisa que você faz é aquilo? Sinceramente eu vim aqui pra ouvir tudo que você ia falar, eu não sabia se era sobre isso ou não, mas quando você tomou esse rumo eu não pude evitar.... Porra jimin....eu te amo eu queria pelo menos uma explicação, você sabia que era eu faz um ano, um ano que você trabalha nessa maldita estação e nunca abriu a boca para me falar um "oi Jungkook desculpa de fazer de trouxa e nem ter de dito um oi" -afinei a voz para tentar imitalo, respirei fundo e o fitei ele estava chorando não vou mentir me senti mal mais mesmo assim continuei eu não vou guardar tudo isso por mais tempo- 5 anos jimin.......tinhão se passado era meu aniversário de 14 anos e eu fugi da festa para ir ate o parque como sempre em 5 anos -eu falava enquando fitava o garoto- eu cheguei lá e esse ano eu te vi, era você lá só que você já estava ocupado não era mesmo? Jimin -me entreguei ao choro, não consegui aguentar mais- eu....só queria que você tivesse dado Sinal de vida.. Eu não ia me emportar se você já estivesse com outro mesmo que doesse eu ia aguentar eu só queria que o meu bolinho de arroz ligasse pra mim, como antes......mais isso não aconteceu....todos esses anos eu sofri tanto. ...porque eu te amo mais você... Você não me -antes que eu terminasse de falar jimin me deu um tapa na cara, juro que nada doeu mais em mim que esse tapa-

Ele se levantou e colocou o dedo na minha cara,ele  estava vermelho de raiva e pelo Choro.

-por que você é tão egoísta? Você se perguntou o que eu passei? Não. Você você você e você se você realmente me amasse teria ido atrás de mim...mais você e seu falso amor não foram.....nem era eu e você está me culpando....seu idiota -ele tremia muito estava muito alterado-

-como assim não era você?


Notas Finais


Eita, como assim não era o jimin? Bom eu deixo essa treta para o próximo capítulo.......


Desculpem os erros de português


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...