1. Spirit Fanfics >
  2. Os Místicos:Lembraças de chama >
  3. Novos laços

História Os Místicos:Lembraças de chama - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


AVISO:Esse capítulo foi reescrito e repostado para fazer sentido com o capítulo número 4

AVISO-2:Eai estrelinhas, muitos de vcs talvez nem lembrem dessa história, mas eu descidi reescrever os capítulos ja feitos dela para ficar igual ao meu estilo de escrita atual, mesmo que eu sinta que escrever histórias esteja ficando chato, eu peovavelmente foi continuar postando histórias quando eu ficar com vontade, ent estou meio que contando com apoio de vcs, mesmo que muitos nem estejam mais no Spirit

Bora pro Capítulo!

Capítulo 2 - Novos laços


O sol estava começando a surgir nos meus, quando um celular disperta, sendo silenciado por sua dona, que ao abrir os olhos, fica tentando focar sua visão para não atropeçar em nada ao levantar, mas barulhos de passos no corredor a chamam atenção, e olha em direção a porta de seu quarto, batidas ressoam e uma jovem adulta aparece na fresta, os olhos dela eram amarelo reluzente, seus cabelos longos e brancos, as vestes eram leves, uma regata preta com um colete beje de manga longa caindo sobre os ombros, uma saia da mesma cor que sua veste superior, pôr baixo se tinha um short de mesma coloração, e um tenis destacando vermelho. O sorriso da garota foi sincero, e num curto movimento ela se senta na cama procurando seu calçado:

- Bom dia Angel, como esta hoje?

- Bem, e como você esta? Teve aquele sonho? Eu senti que estava agitada de madrugada

- Aquele mesmo sonho todo começo de ano, eu to cansada de ter ele mas não é como se eu simplesmente pudesse parar de sonhar com aquele maldito momento - a de cabelos vermelhos coloca a mão sobre a cabeça e fica olhando pra baixo, vendo a frustação da irmã, Angel se aproxima se sentando na cama e a abraçando com carinho para confortavar a mesma, o abraço da mais velha sempre conseguia acalmar Hiny, que logo se afasta lentamente e olha pra pro rosto de sua irmã - Obrigado pôr sempre me acalmar

- Sou sua irmã, e também me tornei sua guardiã, então vamos levantando, eu sei que suas aulas só começam amanhã mas acho melhor sair um pouco,distrair a cabeça da sua noite mal dormida - ambas sorriem, e Angel se retira do quarto, enquanto Hiny fica mais algum tempo sentada na cama olhando ao redor do quarto, relembrando toda sua vida, antes, e após aquela tragédia que incendiou sua infância.

O sol ja avia se levantado mais, o clima fresco e aconchegante, ótimo para caminhar, e era isso que a jovem de cabelos vermelhos e olhos de rubi estava fazendo, caminhando lentamente a sua direita, que era um enorme parque lotado de árvores e um enorme lago, que ja avia sido usada como regador de energia a muito tempo atrás, que esse trabalho foi transferido para outro lugar, limpando e deixando o lago mais vivo do que antes, sendo extremamente bem cuidado pelos moradores do lugar. Após um tempo de caminhada, Hiny se senta aos pés de uma árvore, seu rosto era de neutralidade, vários pensamentos passavam pôr sua cabeça, então a mesma fecha os olhos pra tentar desligar a mente, focando seus sentidos para os barulhos da natureza, sendo a água, os ventos que batiam nas folhas das árvores e os pássaros, era relaxante, mas barulhos de passos na grama eram chamativos, chegando mais perto da mesma, quando derrepente o barulho para muito próximo, e alguma voz pergunta:

- Moça você ta bem? - Ao abrir os olhos, Hiny se depara com uma garota de cabelos bem curtos pretos escuros, e os olhos claros azuis, ela encarava a mais velha com um olhar confuso:

- Sim sim eu to bem

- Eu disse que ela só estaria descansando Safira - ao olhar pro lado, um garoto de aproximadamente mesma idade que a Hiny se aproxima de ambas, era um garoto de altura mediana, cabelos castanhos claros e olhos verde esmeralda, que ao olhar para a mesma, da um sorriso gentil para a mesma, que fica surpreendida pôr receber aquela gentileza rependina - prazer, me chamo Zack, essa pequena é minha irmã Safira, qual seu nome?

- Hiny

- Que nome lindo, prazer em conhecer você, vai ficar ai sentada sozinha? Podemos fazer companhia - a de cabelos vermelhos se estranha com tudo, era um carinho repentino que estava sendo orefecido a ela:

- Bem vamos caminhar um pouco? Aproveitar que a cidade é calma agora nesses horários - o garoto estende a mão para ajudar Hiny a levantar, aceitando a ajuda, os três começam a andar para fora do parque, e voltam a fazer um caminho pela calçada. Se passou um bom tempo que estavam andando, Hiny rindo muito das palhaçadas dos novos colegas, quando ao passar pôr um beco, os três escutam um miado de filhote de gato, Safira e Hiny se entre-olham, quando o garoto entra dentro do beco e se abaixa proximo a uma coisa, e retira um filhote de gato amarelo, aviam marcas quase pretas mas era um laranja numa tonalidade escuro, e em três de suas pastas eram brancas, e os olhos eram marrons claros, que ao ser levantado pelo garoto lambe o nariz do mesmo, que da risada e olha pras garotas:

- Achei um filhote, bora tornar ele nosso filho? Hehehe - Zack se levanta com o filhote na mão e se aproxima das mesmas - Quem teria coragem de abandonar uma criaturinha dessas?

- Alguém sem coração, tenho certeza - Diz Safira cruzando os braços com uma cara emburrada, mas logo se desmancha ao ouvir o miado do filhote - Essa coisinha é muito fofo! Pena que não vamos poder ficar com ele

- E por que não?

- Nossa mãe tem alergia e nosso pai odeia animais, ele até abandonou um cachorrinho que a Safira tinha ganhado de presente de aniversário - Naquele momento se viu um olhar triste no rosto de Safira, que logo respirou fundo e olha para Hiny, que estava com uma face de espanto:

- Podemos não falar deles? Eu ainda tenho sentimentos ruins sobre os meus pais e isso parece ganhar forma toda vez que eu penso nisso

- Ok ok, mas acho que não tem problema eu ficar com esse gatinho, meus pais amam animais, mas, qual poderia ser o nome dele?

- Não me pergunta isso porque eu sou péssimo em nome, mas um nome que eu gosto é Jack

- Eu também gosto desse nome - diz Hiny levantando o filhote e olhando nos olhos do felino - Seu nome será Jack, oque acha?

- Eu pelo menos acho um nome incrível - o pequeno felino lambe o nariz de Hiny, parecia que o mesmo avia gostado do nome, e todos ali começam a rir, parecia até que um laço de amizade estava se formando, e no inconsistê de cada um, aquilo era algo incrivel.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, capítulo meio parado mas isso vai faler apena, nenhuma história tem seu inicio com uma tragédia né? Mesmo que o passado ou o futuro forem mostrados primeiro fo que o presente

AVISO:Releiam os capitulos anteriores

Bjs estrelados pessoal! 🌟


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...