História A garota e a toca do coelho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland)
Personagens Absolem, a Lagarta, Chapeleiro Maluco, Coelho Branco, Gato de Cheshire (Gato Risonho), Lebre de Março, Personagens Originais, Rainha Branca, Rainha Vermelha, Valete de Copas
Tags Chapeleiro Maluco, Lebre De Março, Morpheu, País Das Maravilhas, Rainha Vermelha
Visualizações 11
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Em um mundo totalmente igual ao nosso pode haver tbm uma parcela de coisas escondidas, dêem seus palpites e seus amei

Capítulo 1 - A mariposa


Fanfic / Fanfiction A garota e a toca do coelho - Capítulo 1 - A mariposa


Oque eu estava fazendo, Henry não merecia que eu ficasse braba com ele por ter pegado meu lanche, mas fazer oque o que eu fiz já estava feito e não tinha volta.

Na manhã seguinte a minha discussão com ele fui fazer minha caminhada matinal novamente e logo depois me preparei para mais uma tarde de trabalho já que era sábado e não precisava ir a escola, liguei para Beatriz uma prima minha que sempre passava me buscar pós trabalhávamos na mesma loja de roupas e fantasias.

_bom dia dona Alisson, ficou sabendo da festa que o jebedhia holt está planejando ?

_Não exatamente, ouvi boatos pelo submundo, mas já faz uns dias que não vou andar de skate la então não sei direito

O submundo era um local que antes era uma casa de festas mais fecharam e transformaram em um lugar para diversão com skates patins e bicicletas deram o nome de submundo pós la dentro e tudo escuro a não ser pelas luzes neon roxas e vários lasers coloridos espalhados pelos tetos e paredes.

Logo depois que chegamos ao nosso destino nossa gerente nos ligou informando de um novo carregamento de fantasias, o Halloween estava próximo então as vendas cresceriam, entendemos seu suave recado e começamos a procurar algumas pessoas e outras bugigangas para enfeitar a loja, fui até a dispensa onde haviam algumas peças de um anjo negro com asas imensas, uma ótima decoração para amantes de mitologia, assim que começava a fuçar as caixas empoeiradas ouvia um leve barulho como se várias borboletas batesse suas asas ao mesmo tempo, mas em um quarto fechado seria meio impossível haver vida animal ali, me levantei olhando em volta mais além de mim e as caixas havia apenas um espelho decorativo muito lindo com tema medieval de Castelo na parede, o barulho parecia vir de la, mas além do meu reflexo não havia nada.

_olhos azuis feito a água cristalina de um lago, roupa bege e vermelha como o pêssego jovem garota que crescerá e voltará se medo

_quem está aí ? Beatriz?

Não poderia ser ela, ainda estava no telefone conversando com outros clientes, procurei em volta a voz MAS nao obtive sucesso, olhei no espelho e la estava, uma mariposa com asas enormes e azuis cintilantes como a escuridão da noite poderia ser isso a causa da voz na minha cabeça?, não dando tempo de pensar a mariposa saiu voando para a loja a segui imediatamente mas.. onde estava Beatriz? Tudo estava silenciado e o as asas já montadas do anjo na vitrine começava a se desfazer em uma multidão de mariposas que me ceracaram.

Apareci então em um mundo diferente a minha frente haviam duas crianças brincado uma já estava quase pegando no sono, era uma garotinha vestida em um conjunto de roupas de cetim vermelho uma calça e uma blusa como a dos empresários o garoto usava a mesma coisa mais em seu traje continha uma cartola azul com algo bordado no mesmo; seriam mariposas ? Espera; estavam se mexendo. Despertei daquele sonho acordado Beatriz estava na minha frente balançando a mão a minha frente

_ei está acordada ? Ooiii terra para Alisson está aí prima ?

_ãh ? A sim estou desculpa eu apenas me desliguei sem querer por alguns minutos foi mal estava pensando em meu pai ele está viajando sabe, preocupações

Uma mentira um pouco mal contada , não sei mentir mais posso omitir, seria melhor do que tentar explicar oque eu vi, estaria eu ficando louca? . Assim que terminamos tudo oque tínhamos que fazer voltei para casa com alguns litros de tinta e pincéis novos, meus quadros estavam todos em seus moldes espalhados pelas paredes do meu quarto, algumas retrataram um passado feliz e outras alguns sonhos estranhos mais bonitos que tive, não eram de fácil entendimento mais eram belas, papai gostava delas então não tinha oque julgar


Notas Finais


Proxima parada, alucinacoes, deixem seus palpites e vamos la


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...