História A Million Reasons - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Guns N' Roses
Personagens Axl Rose, Dizzy Reed, Duff Mckagan, Richard Fortus, Slash
Tags Axl, Gnr, Guns´n´roses
Visualizações 80
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiie meus amores, por favor me perdoem pela demora pra atualizar. Fico muito feliz que vocês estejam gostando <3 por favor leiam as notas finais..

Capítulo 9 - Seriously?


Fanfic / Fanfiction A Million Reasons - Capítulo 9 - Seriously?

Acordei no outro dia com uma puta ressaca. Tomei um banho bem demorado e depois um remédio, não sentia nada de fome então só tranquei a porta do quarto e peguei meu notebook. Atualizei Fc e assisti tudo que precisava sobre o show do dia anterior. Quando peguei o celular tinha duas mensagens do Axl e um monte da Mel. Abri primeiro as dele:

"Você queria o que? Você esta estudando, ainda decidindo o que quer da vida e eu estou em tour. Não teriamos tempo para algo sério." - e a outra dizia: "Melinda eu não esta a mentindo quando disse que você era única." 

Ele só pode ta brincando com a minha cara. Mandei uma resposta, mal conseguia escrever de nervosa.

" Você ta de sacanagem? Pra mim não ia ter tempo mas pra namorar com ela tem? Tudo bem Axl, você que sabe. Vou excluir seu número, por favor não manda mais mensagens. Quero evitar conflitos."

Depois disso não sabia se gritava de raiva, se tacava meu celular na parede ou se chorava. Então resolvi abrir as mensagens da Mel.

" Linda o que aconteceu? O Axl ta pirado no quarto. Tava quebrando tudo, agora que parou."

"Ele disse que você terminou com ele. Como assim? Vocês estavam juntos?"

"Por favor responde, ele vai acabar matando alguém aqui."

"Você ta bem?" - essa tinha sido a 5 minutos, então respondi

"Eu to bem. Não a gente não tava junto, você sabe. Foi erro meu, bebi demais e mandei mensagem pra ele chamando ele de mentiroso. Sinto muito por tudo isso Mel."

Ela visualizou e logo depois começamos uma chamada de video:

- Sinto muito Mel, não queria causar problemas. Eu fui lá pra me divertir e acabei ficando pior ainda.

- Você não precisa se desculpar nem explicar nada, você ta mal. Axl ta impossível de lidar hoje, nem a Beta conseguiu acalmar ele. Você não precisa se desculpar nem explicar nada, você ta mal. Axl ta impossível de lidar hoje, nem a Beta não conseguiu acalmar ele.

- Não queria que vocês tivessem que aguentar as consequências do que eu causei.

- Não tem problema, logo ele vai parar. E a culpa não é sua, ele que errou.

Fiquei conversando com ela enquanto me acalmava e depois desligamos e eu fui dormir de novo, estava com uma dor de cabeça terrível, acho que mais pelo que tava acontecendo do que pela ressaca.

Quando acordei já era de de tarde e minha dor de cabeça tinha passado mas fiquei deitada lá, não tinha fome, nem ânimo pra levantar da cama e muito menos pra pegar o celular e ter que ver fotos deles de novo, sem conseguir controlar comecei a chorar de novo. Um tempo depois ouvi uma batida na porta, limpei as lágrimas e disse para entrar, era meu avô.

- O que aconteceu minha filha? Você não tomou café, não almoçou. - ele perguntou sentando na cama e eu me ajeitei me sentando também.

- Nada não vô, só tava indisposta. Ontem eu acabei bebendo muito na festa.

- Melinda eu te conheço, sei que não é só isso, tem algo errado. Você sabe que pode me contar tudo.

Depois que ele falou isso eu tentei contar mas comecei a chorar, então meu avô me abraçou e ficou fazendo carinho no meu cabelo até eu me acalmar, o que demorou a acontecer. Mas depois que consegui ficar mais calma eu contei tudo, meu avô era bem mais compreensivo que minha avó então em nenhum momento ele me julgou, ele só escutou tudo em silêncio, por que ele sempre soube que meu amor pelo Axl não era coisa apenas de fã e muito menos passageiro. Quando terminei de contar tudo, deixei ele falar.

- Acho que nessa história os dois estão errados, claro que ele muito mais por ter te falado uma coisa e feito outra, mas vamos entender os dois lados. Ele errou por ter te dito que você era única e inesquecível e alguns meses depois ter te deixado por outra, e ele errou por não ter te contado isso antes de você saber pelos outros, e eu não estou defendendo mas acho que ele fez isso por que tem medo dos julgamentos que iriam acontecer quando descobrissem de vocês, não por ele mas por você, e como vocês moram longe ele tem medo que você canse dele e resolva ficar com alguém mais novo, e troque ele, é isso que eu acho. E você está errada também, sei que você ficou muito magoada e com todo o direito, mas deveria ter conversado com ele antes de qualquer coisa, e errou também ao ir para a festa ficar bêbada pra esquecer tudo e acabar mandando mensagem xingando ele. Vocês deveriam conversar para esclarecer tudo isso que está acontecendo, e se ele quiser ficar com ela você não pode fazer nada minha filha, eu sinto muito. Gostaria muito de mudar isso, mas é a realidade, e as vezes devemos deixar partir quem amamos de verdade, é melhor do que prender essas pessoas e elas serem infelizes. - depois de falar tudo isso e me deixar com os pensamentos a mil meu avô saiu do quarto e me deixou sozinha.

Fiquei sentada lá pensando em tudo que ele havia falado não sei por quanto tempo, e comecei a concordar com meu avô, eu amava ele mas não tinha o direito de cobrar nada dele, nós não estavamos juntos, apenas ficamos. Deveria ter conversado com ele depois de ler a notícia e acabado de vez com isso, quanto mais eu ficar me prendendo em algo que não aconteceu, mais eu vou sofrer. Liguei pra Mel e conversei com ela sobre isso e pedi a opinião dela, que era a mesma do meu avô. Depois que desligamos coloquei uma playlist deles pra tocar e passei o resto da tarde na cama, pensando no que fazer, levantei só pra ir no mercado comprar algumas besteiras pra não morrer de fome. Ele não devia querer falar comigo, devia estar muito bravo, ou não dava a mínima e estava com a Sasha. Resolvi arriscar e liguei pra ele, que atendeu no segundo toque.

- Alô? - falou com voz de sono.


Notas Finais


Meus amores a demora pra atualizar é pq eu comecei a trabalhar e estou ACABADA. A uns dias atrás eu cheguei já pensando em postar, mas foi deitar na cama pra escrever que eu dormi kkkk então me perdoem, vou ver como faço pra conciliar tudo.. Mas me digam, vocês gostam de capítulos assim ou querem maior?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...