1. Spirit Fanfics >
  2. Acho que nascemos no lugar errado (Imagine jihyo)G!P twice >
  3. Extra - Casamento do Ano. Part 2 (festaaa :3)

História Acho que nascemos no lugar errado (Imagine jihyo)G!P twice - Capítulo 28


Escrita por:


Notas do Autor


Aproveitem o segundo extra 😗,o terceirovai ser o último.

Capítulo 28 - Extra - Casamento do Ano. Part 2 (festaaa :3)


Fanfic / Fanfiction Acho que nascemos no lugar errado (Imagine jihyo)G!P twice - Capítulo 28 - Extra - Casamento do Ano. Part 2 (festaaa :3)





Pov S/n



- está brava comigo ?. - percebo que ela estava se mordendo de raiva por dentro. - sabe que eu não fiz nada de errado não é ?


Jih - ..........eu sei. - responde seco. - é melhor vc colocar a sua blusa,eu vi alguns abutres olhando para vc. - segura meu queixo. - só eu posso olhar para esse corpo.


- que possessiva kkk. - pego minha blusa e a coloco. - vejo vc de noite ?. - sorrio de lado.


Jih - conserteza sim. - vêm e me beija. - consegue ficar algumas horas sem mim ?


- não sei se consigo. Vou ficar carente sem vc,não vai unnie. - fica surpresa por eu ter a chamado assim.


Jih - vai ficar tão triste assim sem mim ?. - da um sorriso divertido.


- vou.


Jih - eu ia tomar banho agora,se quiser podemos tomar juntas. 


- eu ia adorar ficar no mesmo chuveiro que vc. - lhe dou um selinho.


Dah - nada disso. - me afasta dela. - vcs não vão se ver até a hora do casamento. - vai a levando pra dentro de casa.


- tchau minha paixão. - aceno deixando um beijo no ar.


Jih - tchau meu amor. - retribui no mesmo gesto que faz um sorriso bobo aparecer no meu rosto.


Momo - é minha gente,quando a gente ama alguém nós ficamos com cara de troxa.


- vai plantar mandioca. 


Momo - quem sabe eu não plante uma na mão da Dahyun ? E o resto ela faz crescer kkk.


Chae - kkk essa foi boa.


- só vc mesmo. - nego com a cabeça. Acho impressionante ela ser tão mente poluída e madura,vai entender.






O tempo foi passando,agora deve ser 15:45,Jihyo ainda não está pronta,minha felicidade quase não cabe no meu coração,daqui a algumas horas eu vou estar casada,vou poder finalmente ver ela vestida de noiva mostrando aquele sorriso que eu tanto adoro,vou poder chorar sabendo que eu realizei o meu maior sonho que é de ficar ao lado dela até eu não poder respirar mais ,compartilhar os meus momentos com ela. Como eu também vou casar,tenho que ficar apresentável para todos.


E como criança não tem nenhum neurônio na cabeça,os meninos,a Momo e eu tivemos a ideia de tomar banho todo mundo junto,que brilhante ideia não é ? 



Suga - dá pra vcs falarem mais baixo ?


RM - chato.


Suga - Fo-Da-Se. Eu tô tentando tomar meu banho calmamente mas como vcs não param com o cool quieto assim fica difícil. - fala enquanto lava o seu cabelo.


V - não temos culpa se vc é um velho reclamão. - Suga começa a reclamar. - kkk não falei ?


Todos - kkk.


Momo - quem disse que é só mulher que reclama ?. - rimos de novo.


V - o Suga para de reclamar depois do sexo,ele fica mais calmo,até carinhoso eu ouso dizer.


Suga - CALA A BOCA V. - cora com a sua fala e taca o sabonete que estava ao seu lado no meio das pernas dele que consegue se defender.


V - essa foi por pouco. - suspira aliviado. - não tem porque ficar com vergonha Suga,é uma coisa normal falar sobre sexo.


Suga - MAS NÃO PRA MIM. Algumas pessoas têm vergonha de falar sobre isso ,como eu.


V - desculpa meu homem açucarado amargo. - vai até ele e se senta ao seu lado o abraçando de lado,com isso eles ficam no próprio mundinho deles.


Jk - o amor é lindo. - olhava a cena. - Jimin ?. - ele o olha. - porque vc não é assim comigo ?


Jimin - não sou obrigado a nada.


RM - kkk,toma.


Jk - não queria mesmo. - chacoalha os ombros. - eu tenho a S/n unnie pra me confortar. - já que eu estou sentada na banheira ao lado dele foi fácil pra ele me abraçar.


- saíiii.


Jk - vc também unnie ?. - fica emburrado. - e vc Momo unnie ? Vai me dar carinho ?. - ela está sentada a nossa frente.


Momo - nem vem. 


RM - vem que eu te dou carinho. - abre os braços.


Jimin - não é que eu fiquei com vontade de ficar com vc meu bem ?. - entra na banheira ficando ao lado dele e o abraça fazendo uma cara enciumada.


RM - se ciúmes matasse. 


Momo - tu já tava no funeral.


- kkk. 


Jk - só isso pra fazer ele me dar carinho.


Jimin - eu sou carinhoso,vc que é muito grudento e faz com que eu me irrite com vc.


Jk - isso eu tenho que concordar. - ri baixo. - a sua mulher é assim s/n ?


S/n - tem vez que sim tem vez que não,depende.


Jk - e a sua Momo ?


Momo - a maioria das vezes ela é assim quando estamos em casa,mas eu não reclamo,eu gosto desse jeito dela.


- é bom ter uma pessoa que expresse isso bem,ela transmite com esses gestos de carinhos que ama vc.


RM - só que não precisa ser exagerado.


- é. 


V - como anda a sua vida sexual Namjoon ?


RM - nem ruim nem boa. Estou ficando com menos pessoas.


V - por que ? Não era vc o pegador do bonde ?


RM - é que eu acabei conhecendo uma pessoa.


Jk - verdade ? Vc gosta dele ou dela ?


RM - não sei,preciso de mais tempo para responder a sua pergunta.


- as vezes é difícil conseguir gostar de alguém logo de cara,cada um tem o seu tempo. Ainda bem que eu tenho uma ótima mulher chamada Jihyo na minha vida,chorem invejosos.


Momo - tá se achando demais pro meu gosto pau pequeno. - joga água em mim.


- ei!!. - jogo água de volta.





Na onde acham que deu isso ? Conserteza deu numa guerra de água pelo banheiro. Acho que nós ficamos brincando no banheiro umas 2 horas,íamos ficar mais só que a Mina veio e quase arrombou a porta ,então não teve jeito,tivemos que sair às presas. Agora eu estou com a Momo no meu quarto,estamos nos arrumando.


Momo - esse dia está passando bem rápido,já são 18:00.


- não é que é verdade mesmo ? Nem parece que eu acordei de madrugada.


Momo - como eu estou ?. - da uma voutinha com o seu terno feminino de cor marrom claro.


- maravilhosa,e eu ?. - meu terno era de cor azul-escuro.


Momo - esplêndida,vamos ver se os outros estão prontos ?


- vamos,estou com um frio na barriga.


Momo - normal,vc vai casar.







Pov Jihyo





Tzuyu - falta só mais um pouco pra sua maquiagem ficar pronta,com isso estamos prontas. Sana me contou que a sua quase esposa acabou de se arrumar.


Dah - todos os convidados já vieram ?


Mina - sim. Encheu de gente lá no salão de festa,está tocando música,então devem estar se divertindo.


Nay - eai meu povo ?. - entra no quarto.


Jeong - oi pessoal.


- a velha já chegou ?


Nay - que audácia,eu sou só alguns meses mais velha que vc. - cruza os braços desacreditada.


- tanto faz. Quem diria que vc séria mãe logo da namorada da minha filha.


Nay - que coincidência  não é ? 


Tzuyu - pronto. Terminei,deu trabalho mas terminei.


Nay - não sei o que a s/n viu em vc,sinceramente. - bufa.


- vai começar com essa história de novo ?. - me viro e a encaro. - vc sempre está me lembrando disso sua velha caduca.


Nay - quantas vezes for preciso meu bem,o meu bebê está se casando logo com uma.....


- é melhor nem terminar. 


Jeong - seje mais educada Nayeon,tem que ficar feliz por elas. - a repreende.


Nay - E eu estou,sei que elas se amam, mas se ela machucar a s/n de novo eu saio da minha casa e dou um cassete nela. - semi cerra os olhos tentando me ameaçar. - não tenho medo de fritar uma pira......


Jeong - Nayeon ?!!! Já chega,mas é barraqueira mesmo.


Nay - é mais forte do que eu. - da um sorriso amarelo.


Jeong - peço desculpas por ela Jihyo,acho que o casamento fez isso com a cabeça dela,não deve ter aceitado ainda que a "cria" dela está se casando.


- tudo bem,a velhice chega para todos algum dia.


Nay - vai se fuder,eu não sou velha. - bate o pé no chão.


Todas - kkk.






Pov S/n





- Momo,da pra parar de comer buraco negro ?. - estamos no salão de festa. - a comida não vai acabar e nem sair voando da mesa,espere até depois do casamento.


Momo - me deixa. - continua a comer.


Chae - deixa ela S/n,sabe que só a Dahyun consegue fazer ela parar de comer.


Sana - olha lá a Dahyun


Momo - na onde ?. - olha para os lados e percebe que foi enganada. 


Sana&Chae - kkk


- ficou com medinho ? Kkk


Momo - vão encher o saco de outra pessoa.


Mina - estou vendo que a comida vai acabar rápido por aqui. 


Chae - amor. - a abraça. - eu fiquei com tanta saudade de vc.


Sana - ela só ficou poucas horas longe de vc.


Chae - pra mim foram dias. Vc também ia ficar assim se visse a sua mulher.


Sana - eu nã...........misericórdia,que deusa és está que apareces a minha frente ?. - Tzuyu chega até nós junto de Nayeon e Jeongyeon.


Tzu - obrigado pelo elogio meu bem. - sorri bobo dando um beijo em sua bochecha.


Jeong - eai s/n. - apoia o seu braço na minha nuca. - a sua preciosa musa está pronta,acabamos de sair do quarto.


Nay - é. - revira os olhos.


- sério ? Euvouverelaagora. - falo tudo rápido indo em direção a casa.


Mina - ESPERA. Na onde vc pensa que vai ?. - segura meu braço. - daqui a alguns minutos "VC". - aponta pra mim. - vai subir naquele altar e esperar a sua noiva chegar. - faço birra.


- ...........tá bom. Vou vê-la de qualquer jeito,só queria dar uma espiadinha.


Nay - é capaz dela furar os seus olhos para não acontecer isso.


- é bem provável.


Momo - por quê a Dahyun ainda não veio ?


Mina - ela vai trazer a noiva na hora do casamento.


Tzuyu - eu que queria fazer isso só que ela ganhou de mim no pedra,papel e tesousa. - faz uma cara triste.


- quem sabe na próxima ? Ainda tem duas chance para isso acontecer. Que horas são ?


Mina - 18:35. Tá na hora do povo ir se sentar lá fora.


- quem vai dizer ?


Mina - deixa comigo. TÁ NA HORA DO CASAMENTO.


Todos - UUHHUUUUL. - começam a sair.


Chae - essa foi rápida.







.................






Pov Jihyo





Dah - como vc se sente ?. - fala enquanto me olho no espelho.


- maravilhosa. - sorrio largo. - que horas são ?


Dah - 19:25




S/n - MEU AMOR,TE VEJO LOGO LOGO. - grita perto da janela. - TE AMO MINHA RAINHA.


Tzuyu - não a incomode.


Momo - Deixa ela,só falta ela subir na janela de tanta alegria.


S/n - será que ela escutou ?


Mina - quem não ia escutar ? Um microfone desses.


Sana - kkk.



Eu e Dahyun damos risada.



S/n - TE ESPERO NO ALTAR FLOR DO DIA. Vamos meninas.


Momo - TAMBÉM DE VEJO LÁ MEU BEM.


Chae - vamos cantar que música para fazer a nossa entrada triunfal ?


Sana - lógico que vai ser o bonde das maravilhas.


Momo - bora cantar.


Todas - O BONDE DAS MARAVILHAS É A NOVA SENSAÇÃO. E pra começar chama a Carol *do popozão,cola a bunda no chão.......vaiiii*. - elas vão se afastando ao ponto de nós não conseguirmos escutar mais nada.


Dah - essas meninas. - nega com a cabeça. 


- kkk,a melhor família que eu poderia ter.


Dah - a minha também..........os anéis,com quem está ?


- com a Mina,ela e a Chae que vão entregar eles. 


Dah - qual vai ser o dia que vcs vão viajar ?


- amanhã de manhã. Vamos tentar não beber muito,temos que ter bastante energia pra essa viajem.


Dah - sei bem que energia é essa. - sua voz sai maliciosa. - safada.


- Não é nada disso que está pensando. - olho pro lado. - e eu não sou safada.


Dah - a cozinha quase tinha virado um cenário porno se nós não tivéssemos chegado a tempo.


- eu te falei que aquele foi um momento de fraqueza.


Dah - seiiii,vou fingir que acredito...........mais 15 minutos e nós saímos por aquela porta.


- está bem.








.................






Pov S/n




Momo - olha pra mim. Segura essas lágrimas porque se vc começar a chorar vai acabar borrando a sua maquiagem.


- pra vc é fácil falar,não é vc que vai casar daqui a 15 minutos. - meus olhos estavam marejados.


Chae - sogrona,segura o choro e força na peruca.


Mina - é,segure só mais......... - vê o casal jikook quase se comendo no banco. - bonito,QUE BONITO EM. - vai até eles. - QUE CENA MAIS LINDA SERÁ QUE EU ESTOU ATRAPALHANDO O CASALZINHO AÍ.


Momo - QUE LIXO.


Chae&Sana -kk,SE TÁ DE BRINCADEIRA.


Tzuyu - falem mais baixo meninas,não conseguem ficar um minuto com a boca fechada ?. - bufa.


Sana - fica tranquila minha yodazinha,vc sabe que eu nunca consigo ficar com a boca fechada perto de vc. - tenta sensualizar e ela consegue. Chega bem perto e segura os braços dela ao lado do corpo. - ela sempre está tocando em alguma coisa,especialmente aqui. - olha pra baixo.


Tzuyu - eu......eu - não sabia o que dizer.


Momo - que isso,então a passiva é a yoda ? Revelações minha gente.


- kkk,agora até o choro foi embora.


Tzuyu - Sana!!. - a afasta dando uma leve empurrada. - isso são modos ? Não estamos em casa. - suas bochechas estão avermelhadas.


Sana - desculpa,não me controlei. - sorri fofo. - sabe que vc é minha única fraqueza. - tenta chegar perto.


Tzuyu - nem mais um passo,vamos nos sentar antes que vc invente de fazer outra gracinha.


Sana - eu não quelu. - resmunga fazendo uma cara fofa.


Tzuyu - A-GO-RA.


Sana - é pra já.


Momo - mas é cadelinha mesmo.


Chae - só ela mesmo ?


Momo -  o que vc quer dizer com isso ?


Chae - vc também é.


- kkk,todo mundo aqui é.


Momo - eu não.........pensando bem,é,eu sou mesmo.


- eu deixava a minha mulher me pisar se ela quisesse.


Momo - eu deixava a minha dar um tapa na minha cara se ela quisesse.


Chae - eu deixava....... - Mina a olha. - esqueci,eu já deixo ela fazer o que quiser comigo.


Momo - MINA NÃO É MAIS PASSIVA ?



Todos que estavam alí olham pra cá.



- fala baixo sua menina burra.


Mina - Momo.............da próxima o seu caixão vai estar pronto para colocar o seu corpo,vc me entendeu ?


Momo - cla-claro kkk. - ri de nervoso. - por quê a sua filha teve que puxar a Jihyo nessa parte ?. - vem ao meu lado.


- nem eu sei kkk.





Pov Jihyo




Dah - vamos ? Está na hora.


- ...........vamos.








*música On

Bon Iver & St.Vincent - Roslyn





Pov S/n




Todos estão sentados em seus lugares ,eu sou a única de pé sem contar com a pessoa que vai casar a gente. Daniel também veio,ele já está bem melhor do que na última vez em que o vi,ouvi falar que ele conheceu uma garota,espero que dêem certo. Aquela Jennie parece que deu sorte,Jisoo e Irene não param de olhar pra ela que está no banco ao lado,e como eu sei que essa menina não é lerda ela está retribuindo os olhares. As meninas por incrível que pareça ficaram quietas,elas não querem sentir a fúria da Mina e da Tzuyu. A única coisa que falta é ela,eu quero tanto a ver de vestido,poder beijar aqueles lábios viciantes depois de nós dissermos sim. (Quem não quer?)

As luzes laranjas combinaram com o ambiente,e complementou ainda mais com os vagalumes. Sabe quando sua garganta seca de ansiedade ? É assim que ela está agora,meus olhos não param em um único lugar,sinto minhas mãos quererem suar,da pra sentir os meus batimentos fortes em meu peito,me sinto inquieta.





De longe eu a vejo,e como eu vejo.




Acho que os papéis foram tocados,ela parecia um anjo chegando cada vez mais perto de mim.


Seus olhos tinham um brilho indescritível,eles vão de encontro com os meus,e automaticamente um sorriso largo surge em nossos lábios.



Deixo algumas lágrimas caírem lentamente,sinto ela querer fazer o mesmo que eu mas isso iria borrar a sua maquiagem. Todos se levantam,Dahyun segurava a sua mão esquerda,os passos lentos que causavam mais ansiedade em mim.



Suas pupilas estão dilatas,sei como ela deve estar se sentindo.




Quando chegam na escada Dahyun vai se sentar ao lado de Momo. Ela sobe os três degraus e para a minha frente,dava pra escutar a sua respiração.



- sabia que vc está incrível ? Não poderia ter melhor deleite para os meus olhos


Jih - obrigada. - cora.


? - vamos começar. - todos se sentam.






Pov Jihyo&S/n









Jihyo - Neste momento eu devo estar parecendo uma adolescente apaixonada,me sinto nessa época de novo,à época em que eu me apaixonei por vc,foi intenso,tão intenso como vai ser nos próximos dias em diante. Eu escutava as palavras ditas mas era quase impossível com o seu olhar sobre mim,eu queria que vc me abraça-se,me beijasse, disse-se que me amasse perto do meu ouvido. Queria essas coisas simples que eu não pude ter por vários anos.


Mina e Chae vêem e trazem os anéis. 


Quem diria que um dia eu ia colocar ele de novo em meu dedo. Mina entrega um para mim e o outro Chae entrega para vc.






? - Park Jihyo,vc aceita Yoo S/n como sua legítima esposa ?


- ........sim. - coloco o anel em seu dedo. - eu aceito.




S/n - espero ser minha vez.


? - e vc Yoo S/n ? Aceita Park Jihyo como sua legítima esposa ?


 - antes de eu dizer "sim",eu tenho coisas que quero te falar......................daqui pra frente eu vou segurar sua mão e nunca mais soltar,eu prometo. Eu me sinto tão infinita porque vc me faz sentir assim de um jeito ou de outro,sinto que consigo te amar eternamente. Em poderia dizer o felizes para sempre,mas não vou me iludir,não existe isso,só existe os vastos sentimentos que podemos ter mesmo que alguns sejam negativos até os nossos últimos dias. Eu acreditei que eu nunca ia desistir de vc,mas eu fiz exatamente o contrário,e sei que ter perdido vc por anos me fez amar vc mais ainda e nunca mais desejar aquilo que me destruiu amargamente. Sei que o destino sorrio para nós quando nos conhecemos,ele laçou os nossos destinos,e bem,ele acertou na escolha.


Impossível de eu pensar e não querer chorar ao mesmo tempo por que,eu sou profundamente,totalmente,perdidamente.



Apaixonada por vc Park Jihyo. - respiro fundo. - e sim,eu aceito vc com todo o meu coração. - coloco o anel em seu dedo e derrepente nossos anéis voltam a cor normal deles,aquele incrível espaço cheio de estrelas,ela nem espera a pessoa falar e logo me beija,e de língua ainda.


? - as esposas podem se beijar kkk.


Momo - safadinha,foi de língua,fogo infinito essa daí tem. - todos riem. - isso aqui não é puteiro,podem parar de se engolir que eu quero comer. - Nos separamos. - aiii amor,sua agressiva. - fala depois de ter levado um tapa na cabeça pela Dahyun.


Dah - melhor do que não ter nenhum neurônio na cabeça.


Sana&Chae - TOMA  DISTRAÍDA. - todos riem de novo.


- BORA COMER MEU POVO.


Todos - UUHUUUULLL.





.............







Pov Autora




Pessoas se divertindo,isso é bom não é ? Nada para se preocupar,queria que todos os dias fossem assim. Pessoas dançando, comendo,bebendo e conversando,nem parece que a dois anos enfrentaram dificuldades extremas. Nossas meninas estão aproveitando bem a festa,e por isso eu devo mostrar o qual bem elas estão aproveitando a festa.




Dah - MOMO,DESCE DA MESA AGORA.


Jih - VC TAMBÉM S/N.


Momo - nãoooo,..........eu to bem.


S/n - amorrrr,..........deixa eu dançar com a Momo,estamos nos divertindo,não é Momo ?


Momo - éeee.


Jih - É CLARO QUE EU NÃO VOU DEIXAR PORQUE PARECE QUE VCS DUAS ESTÃO SE COMENDO COM OS OLHOS.


S/n - Nós não temos culpa se somos gostosassss.


Dah - Momo eu vou contar até três,se no três vc não estiver aqui,eu fico de greve por 5 meses.


Momo - s/n,...........eu vou descer. - desce da mesa.


S/n - vai lá sua covardeee.


Jih - o mesmo vale pra vc. Sem-lua-de-mel.


S/n - ...........obediência é tudo nessa vida. - também desce.


Jih - quanto vc bebeu ? Amanhã a gente vai viajar sua anta. - a repreende.


S/n - foi só uma garrafa de soju,vc sabe que eu não estou bêbada,só um pouco mais solta e sem vergonha na cara.


Jih - eu vi. Vêm que agora vc não vai sair do meu lado. - pega na mão dela.


S/n - claro mamãe.


Jih - kkk,só vc mesmo.





Continua até o proximo extra que é o último. 


Notas Finais


Me desculpem se ficou + ou - esse extra,não sei o que deu em mim nesses dias,acho que eu fiquei sem muita animação ou é a dor de cabeça que fez eu ficar assim. Desculpem se ficou ruim,de verdade 😿,mas espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...