1. Spirit Fanfics >
  2. After The Snow >
  3. Capítulo 9- Uma Nova Aliada!

História After The Snow - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Capítulo 9- Uma Nova Aliada!


Fanfic / Fanfiction After The Snow - Capítulo 9 - Capítulo 9- Uma Nova Aliada!

=ANTERIORMENTE=


Me levanto apressado e empunho novamente a espada me preparando mas logo paro, não só eu como todo o campo ao sentir uma rajada de vento forte, e de entre as nuvens acizentada passa com rapidez Sakura plenamente montada em cima do Plano B e logo atrás vinham os outros dois. Nenhum barulho sequer era ouvido no campo tamanha a surpresa de Pocahontas ao se deparar com aqueles três dragões gigantes voando sobre sua cabeça, eu podia jurar ouvir seu coração acelerado de tão silencioso que aquele campo estava ate que...

 

- DRACARYS....

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

 

 

Logo após o grito podia-se sentir o chão tremer pelo forte impacto do fogo dizimando o gelo, nuvens de neve se formaram quando o gelo começou a quebrar, fuligens do fogo, cinzas, calor  e aquela mescla entre o branco da neve e o vermelho do fogo se tornou presente nas partes em que atingia aquele exercito podre de mortos vivos, Pocahontas tinha um semblante fechado em seu rosto, deixando claro sua irritação, certamente passando varias coisas em sua mente, os dragões não eram coisas que todos sabiam, na verdade só Winterfell sabia de sua existência, os guerreiros de Reach  e Wester foram avisados um dia antes da existência dos dragões, muitos acreditavam que sua existência era uma mentira, mas malévola mostrou ser bem verdadeira  presenteando sakura com três deles. 


Com o fogo dos dragões sendo nosso escudo continuávamos a atacar os que estavam mais perto daquelas coisas asquerosas e digo ate mesmo monstruosas,  o que Pocahontas fez passou barreiras que não deveriam ser quebradas, a necromancia era a magia mais negra que eu já tive conhecimento de existência, tão podre quanto as pessoas que as conjuram, porem é como Temari falou toda magia tem sua reação e  a de magia negra era pior delas, aparentemente Pocahontas ainda não notou isso, e se notou sua cede de poder e maior que percepção de si mesma, a pele enrugada em um tom branco azulado onde já foi uma pele morena linda, os olhos caídos, corpo magro e a cada segundo que passava controlando aquele exercito piorava um pouco a situação da mulher.


O clima antes frio dava espaço ao calor das chamas dos dragões da rosada, que estava seguindo o plano a risca, e hora outra voava com eles para alem das nuvens, nos dando a chance de avançar mais pouco a pouco. Logo depois de uma daquelas coisas entrar no meu campo de visão não conseguia mais ver Pocahontas e nem seu cavalo, tento ignorar aquilo naquele momento e foco na batalha, mesmo Sakura tendo ajudado muito com os dragões não podíamos depender só deles, afinal eles se cansam também.


Sons de aço se chocando era o que mais se ouvia entre os gritos e murmúrios, faíscas chegavam a ser vistas quando algumas espadas se chocavam e e faziam um barulho arrastado, sangue também podia ser visto, afinal mesmo mortos tem sangue ou o que um dia foi sangue e hoje era um liquido preto e fedido, mas infelizmente também havia o vermelho do sangue dos nossos, como qualquer outra guerra sabíamos que perderíamos alguém, por isso nossa estratégia consistia em perder o menor numero de pessoas possíveis. Queríamos derrotar Pocahontas para assim trazer todos de volta mas também não queríamos sacrificar vários, eram nosso povo, estavam ali por nos, dando suas vidas por nos e cada vida ali valia para nos.Também havia a questão da Sakura, por mais que ela tenha feito tudo isso por todos os reinos, por todos que amamos, ela foi imprudente tentando levar a culpa por outra pessoa, fazendo assim todos acharem que ela era uma vilã, convencer os velhotes da verdade não seria nada fácil, mas ela fez muito por nos então faríamos tudo para eles acreditarem e ela não ser exilada, nossas chances quanto a isso eram boas, pelo menos eu prefiro acreditar que são, por mais que ela diga que tudo bem, que já se acostumou com a idéia de que quando tudo voltar ao normal ela será exilada para ilha sei que no fundo ela tem esperança, assim como todos os aldeões tem esperança nela.


O barulho de minha espada me faz despertar e vejo uma das coisas, ele era grande maior que os outros, estava sem o olho esquerdo e tinha muitos arranhões em sua pele azulada, mas o que me chamou a atenção foi a marca de nascença em seu braço direito, aquele era o ferreiro de Wester que tinha ido beber a alguns dia e não dera as caras desde então, por que o ferreiro de Wester estava ali e o que tinha te acontecido, então era assim que provavelmente Pocahontas conseguiu todo aquele exercito amaldiçoado. 


Quando as rajadas de vento ficavam violentas noto que eu, Gaara, Naruto e Neji  avançamos de mais e estávamos sozinhos em meio aos mortos, nos olhamos espantados por nenhum de nos ter notado antes.


- Fodeu pessoal 


Ouço Naruto falar.


- A gente tomou no cu


Diz Neji e ouço o tilintar de sua espada contra a do oponente assim como os outros.


Gaara já estava sem areia suficiente, Naruto não estava mais pegando fogo e nem eu e nem Neji tínhamos distancia suficiente para usar magia.


- Sim a gente realmente tomou no cu


Falo e começamos a nos juntar mais a medida que eles avançavam para cima de nos e finalmente consigo ver que literalmente viemos parar no outro lado do campo, o que explica estarmos sozinhos aqui onde antes estava Pocahontas que tinha sumido junto ao seu cavalo fazia um tempo e isso não era bom. 


Os tremores no solo voltaram e logo o brilho avermelhado se fez presente e o calor também, mas desta vez bem mais perto de nos e as escamas escuras de Drogon pode ser vista por nos que começou a voar mais baixo em nossa volta tentando abrir espaço, pousando em seguida com Sakura que estava em suas costas esticando a mão para que subíssemos  e assim íamos fazendo enquanto os outros dois voavam alto  soltando fogo em alguns lugares.


Algo cintilante passou pelo ar de maneira rápida nos fazendo acompanhar com os olhos, e logo o som do grunido de Viserion foi ouvido junto com uma pequana explosão de fogo após uma imensa lança de gelo atravessar sua garganta, ele começa a declinar jorrando seu sangue pelo ar e a minha frente Sakura com a respiração e coração acelerados, boca entreaberta e olhos arregalados, olhava aquilo começando a ter o brilho das lagrimas em seus olhos. O dragão de escamas esverdeadas logo cai no chão fazendo um imenso barulho e a grossa camada de  gelo se quebrar dando a visão a do lago profundo abaixo, fazendo o dragão afundar fechando os olhos amarelos já sem vida e noto os olhos da rosada indo na direção em que a lança saiu e faço o mesmo vendo Pocahontas um pouco distante de nos, os dentes da rosada começar a ranger com o maxilar trincado de raiva e ponho a mão em seu ombro a fazendo olhar de rabo de olho para mim.


- Não faça o que esta pensando em fazer, ainda não é a hora para isso.


Falo tentando acalma-lá  mesmo sabendo que depois daquilo não seria fácil.


- Neji avise a todos para sair do campo imediatamente.


Ela me ignora falando com Neji que a obedece mandando telepaticamente todos abandonarem o campo e podíamos ver de cima o sorriso de Pocahontas ao ver nosso exercito deixar o campo, começando a fazer outra lança de gelo provavelmente para Drogon, Sakura ainda a olhava mortalmente enquanto continuávamos a ir mais alto.


- Sakura os exércitos saíram do campo.


Fala o Neji para Sakura usando magia vendo que todos já tinham saído e quando ele fala isso logo começamos a descer novamente.


- RAZBUNAZE 


O fogo saindo da boca dos dois dragões aquele comando era violento queimando tudo o que visse pela frente e ali entendi o por que de tirar os nossos homens de campo, Drogon e Rhaegal queimavam tudo pela tristeza que compartilhavam com sua mãe que acabará de dar o comando a eles, diferente de “dracarys” que era mais defensivo como o fogo de dragão “razbunaze” era violento como a própria vingança por Viserion. Quando Drogon pousa cara a cara com Pocahontas noto sua cara de desespero e aflição, certamente achava que poderia ganhar aquela guerra, principalmente achou que poderia matar Viserion e ficar por isso mesmo mas não.


- Skorī dēmalȳti tymptir tymis, ērinis iā morghūlis. "Quando você joga o jogo dos tronos, você ganha ou você morre"


 - Dracarys. 

 

Nos falamos e logo um grito agudo foi ouvido por segundos ate o corpo carbonizado virar cinzas tamanho o poder do fogo de Drogon que logo voltou a voar como se nada tivesse acontecido junto a Rhaegal rumo a Winterfell e Neji informou que as meninas estavam levando o exercito de volta.


 Por nos nenhuma palavra foi dita ate pousarmos no pátio do castelo e todos descermos, nos afastamos ate chegarmos onde os mais velhos estavam.


- O que aconteceu? Cadê os outros? E o Viserion? 


Pergunta malévola e olhamos para trás vendo Sakura distante entre os dois dragões que tinham a cabeça baixa junto com sakura q fazia carinho neles.


- Ele morreu.


Falou Gaara suspirando.


- Pocahontas matou ele e iria matar os outros dois, o restos do pessoal esta vindo com os exércitos.


Explicou Naruto sentando no chão suspirando cansado.


- Sabíamos que tinham vencido, o gelo começou a derreter um pouco antes de chegarem.

 


+Quebra de Tempo+

 


Depois de um tempo o pessoal chegou, os homens e mulheres dos exércitos comemoravam o gelo derretendo, lento, mas derretendo.
Em nenhum momento Sakura tinha saído do lado dos dragões ate eles adentrarem o pátio comemorando, e ela se juntou a nos, mas seus olhos passavam rápido de um lado para o outro procurando algo.


- Cade o Sasuke? 


Ela pergunta pras meninas que tinham acabado de parar em nossa frente e elas ficam com cara confusa.


- Achamos que ele estava com você no Drogon.


Fala Ino o que causa uma pequena aflição em todos. 


- Ele já deve estar chegando querida vamos esperar mais um pouco.


Fala Regina se aproximando.


- Ele não vai voltar.


Fala alguém e quando nos viramos vimos Shion.


- Shion se eu fosse você eu ia embora, eu não estou muito bem hoje e eu juro que se me irritar mais eu te mato.


Fala a rosada e vejo Gaara e Naruto disfarçadamente segurarem ela levemente para realmente não fazer isso.


- Eu só quero ajudar, cansei de tudo isso, principalmente de ser a escrava da Karin, era para mim ser a rainha e não a escrava de duas loucas que mataram o próprio sangue por poder, não quero mais fazer parte daquilo, se for pra servir uma rainha que seja uma realmente merecedora de uma coroa e não uma surtada.


- O que quer dizer com tudo isso Shion? Não estamos entendendo nada. Que duas? Quem matou quem? Cadê o Sasuke?


Pergunta Hinata visivelmente irritada, ela nunca gostou da loira.


- Posso responder qualquer coisa mas por favor eu imploro, protejam a mim e meu reino, só por eu estar aqui elas já vão querer minha cabeça. 

- Me responda onde esta o Sasuke e eu vejo se eu mesma não arranco sua cabeça.


A loira respira fundo e começa a falar tudo o que sabia, surpreendendo ate os mais velhos.


- Eu achei que tinha prendido Ariel na ilha.
- Ela saiu como eu disse, agora por favor proteja a mim e a meu reino.


Ela suplica e se ajoelha juntando as mãos como se fosse orar e em seus olhos víamos as lagrimas rolarem, nunca pensei ver ela assim, como ela mesma diria “se humilhando” para qualquer um.


- Não se preocupe enviaremos patrulhas para Crown Land hoje mesmo.


Fala Hinata calma e Sakura se abaixa a ajudando a levantar.


- Você não esta bem e eu também não, precisamos de um banho e descansar um pouco, depois gostaria de ouvir essa historia novamente, minha mente não esta processando nada muito bem agora.


Começamos a andar para dentro do castelo com as duas e fazemos o que Sakura disse, vamos cada qual para seus respectivos quartos.


- Vai tomar banho primeiro


Falo pra Temari assim que entramos nos quarto e assim ela faz. 

 

 

________________________________

 


+Shion Vision+

 

 


Assim que acordo e vejo que não estava em meu quarto me recordo calmamente de tudo e respiro fundo me levantando daquela cama macia  e saiu do quarto descendo as escadas na esperança de encontrar alguém por lá, e encontro, Sakura estava sentada no sofá olhando janela a fora com um olhar vazio.


- Sinto muito pelo o que aconteceu com um de seus dragões.


Falo e vejo ela tomar um leve susto ao dar um pulinho e logo me olhar com um sorriso termo.


- Pode me contar de novo? Acho que minha cabeça esta melhor para ouvir tudo.


Ela pede sorrindo e eu aceno com a cabeça me sentando ao seu lado no sofá.


- Karin levou o Sasuke no meio de sua luta contra a Pocahontas, esperou  um momento em que estivesse distraída, não sei o que ela pretende fazer com ele. E sobre a rainha Ariel sei que ela saiu da ilha sozinha mas eu ouvi ela dizer com todas as letras que ela e o rei Eric passaram muito tempo tentando tomar Wester e Winterfell e logo depois ela mesma matou a própria filha, depois disso eu soube que não podia continuar ali então esperei elas se distraírem com o seqüestro do sasuke para fugir e vir atrás de vocês por ajuda.


- Não se preocupe vamos trazer o sasuke de volta e proteger seu reino, com fogo e sangue.


Ela fala e eu sorrio sabendo que aquilo era verdade.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...