História Aimless... - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Dor
Visualizações 5
Palavras 1.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Científica, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi, boa leitura...

Capítulo 9 - Depressão de Ana...


"Você é uma assassina"      

"Não fica perto de mim"

"Você vai acabar matando alguém"

-Foram essas as frases que Ana escutou na sua escola... Já se passou um mês desde que Alyce e Cid se conheceram... Algo muito ruim está para acontecer...

Ana:*Isso já está me incomodando...*

Ana:* Só faz um mês, mais parece uma eternidade... Como você conseguiu Cid*...

-Jogam uma bola de papel em Ana...

Ana:* Não sei se eu consigo...*

-Trimmmmmm-

Prof.Josh: Estão liberados...

Ana:* Graças a Deus*

----------------------------------

-Ana vai andando pelo corredor, quando Hanna coloca o pé na frente... Ana tropeça e cai no chão...

Hanna: Olha por onde olha sua idiota...

Ana: Foi você que colocou o pé...

Bianca: Calma amiga, só tenha mais atenção...

-Bianca derruba a mochila de Ana no chão...

Ana: Pode pegar por favor...

Bianca: Se vira...

Ana: Mais foi você que jogou no chão...

-Ana tenta esconder sua frustração...

Cid: Ana...

Ana: Oi Cid...

-Cid pega a mochila de Ana...

Cid: Vamos? 

Ana: Ah claro...

Hanna: Você é amigo dessa coisa? 

-Ana continua escondendo sua frustração...

Cid: Com todo respeito, cala a droga da sua boca...

-Ana e Cid saem pela porta...

Hanna: Filha da puta...

Bianca: Eu vou dar na cara dela...

----------------------------------

Cid: Ana, aquelas garotas estão te incomodando? 

Ana: Não...

Cid: Se não quiser me contar, pode contar pra algum professor ou o diretor...

Ana: Obrigado por se preocupar, mais tá tudo bem...

-Apesar do que Ana disse, Cid sabe muito bem que Ana está sofrendo calada...

----------------------------------

17:30 da tarde...

-Cid trouxe Ana de bicicleta até em casa...

Alyce: Oi Cid...

Cid: Oi Alyce...

Jake: Eae Cid...

Cid: Eae Jake...

Ana: Oi gente...

Jake: Oi Ana...

Alyce: Oi...

Ana: Eu vou para o meu quarto, tenho dever de casa pra fazer...

Cid: Então tá...

Alyce:*Pelo visto a Ana não viu o grampo que eu coloquei nela na nossa última conversa...*

Cid: Ei Jake, cadê a Ema? 

Jake: Ela foi pra casa da mãe dela...

Cid: O dia deve tá sendo difícil pra você...

Jake: N-não cara ,eu tô de boa...

-Alyce chama Cid para uma conversa mais pessoal...

Alyce: Como vai a vida da Ana...

Cid: Pelo oque ela disse tudo bem...

Alyce: Que bom então...

Cid: Por que tá me perguntando? 

Alyce: Só queria saber se o grampo tá funcionando...

Cid: Grampo? 

Alyce: Esquece... 

Cid: Certo...

Alyce: Consigui umas informações na Deep Web sobre a Estrela Cadente...

Cid: Sério? 

Alyce: E pelo que parece, tem uma estrela infiltrada aqui próximo...

Cid: Meu Deus...

Alyce: Essa é nossa chance de descobrir algumas coisas...

Cid: Isso não é muito arriscado? 

Alyce: Não se preocupa, essa parte é comigo...

Cid: Você realmente é muito confiante... Quando pretende atacar? 

Alyce: Ainda hoje, de noite...

----------------------------------

21:00 da noite

-Desde que Ana chegou ela ficou deitada em sua cama...

-Ana levanta e tira sua roupa... fica nua e entra no banheiro...Liga o chuveiro...

Ana: Será que eu mudei? 

Ana: Será que agora eu sou diferente...

Ana: Será que eu vejo as pessoas ainda como alvos...

Ana: Será que... será que...

-Ana começa a chorar...

Ana: Estou cansada de todos me olharem com medo...

Ana: Estou cansada de sentir prazer em ferir pessoas...

Ana: Eu tenho medo de ferir alguém...

Ana: Eu não... eu não posso...

-Ana pega uma faca que estava dentro da pia...

Ana: Eu não quero ferir você... Eu não quero te ferir Cid...

-Ela corta a sua barriga...

Ana: Ah, ai...

-O chão começa a ficar ensanguentado...

Ana: Por que eu não consigo ser uma pessoa normal ?!

-Ana corta sua coxa esquerda...

Ana: Ah, ah...

-Ela corta a coxa direita... Ela cai de joelhos no chão devido a dor...

Ana: Dor, essa foi a sensação que fiz pessoas inocentes sentirem...

-Ela começa a se cortar nos (nos braços)

----------------------------------

Cid: Então você vai na frente? 

Alyce: Sim, ainda tenho que localizar ela, qualquer coisa me liga...

Cid: Certo...

Alyce: Não se preocupa com o Jake... Ele sabe se cuidar...

Cid: Então tá... Toma cuidado...

Alyce: Ok, tchau... até daqui a pouco...

Cid: Até...

----------------------------------

Ana: Dor eu causei, dor vou sentir...

-O chão fica coberto de sangue e água...

-Ana lembra de seu passado e lembra da amizade que tem com Cid...

Ana: Acho que o melhor seria eu  dar um fim nisso...

-Ana mira a faca no pescoço...

-Barulho de corte-

Ana: Me perdoe Cid, mais eu não posso te ferir...

-Ana cai inconsciente no chão, ela está com a barriga e pescoço cortados na horizontal... suas coxas e braços também estão cortados... A água continua a cair... O corpo inconsciente de Ana continua a escorrer sangue...

----------------------------------

-Devido Ana ter caído em cima do ralo... a água estava vazando por toda a casa... Cid nota a presença da água ensanguentada e resolve seguir a fonte...

Cid: O quarto da Ana? 

-Ana acorda por um momento e num baixo sussurro Ana diz: Cid...me perdoa...

Cid: Ana?!

-Ele abre a porta do quarto... E vê a água saindo do banheiro...

Cid: ANA!

-Ele abre a porta do banheiro apressado...

Cid: A-ana... por que...

Ana: (sussurrando devido a fraqueza) Não...me veja assim...

-Uma lágrima escorre no rosto de Cid, ele percebeu que todos os dias que via Ana, ela escondia algo atrás do seu sorriso... Ele se sente culpado quando vê Ana nua caída no chão, toda cortada e ensanguentada... 

-Cid desliga o chuveiro, pega Ana nos braços e tira do banheiro... Ele a leva para outro quarto...

-Ele pega uma vela, uma agulha e um rolo de linha...Ele eesquenta a agulha na vela e com carinho ele começa a costurar os cortes de Ana...

Ps: Para quem não sabe, esse processo de esquentar um objeto de ferro e passar sobre as feridas se chama: Cauterização... Acontece que devido a temperatura elevada do ferro, a hemorragia é cessada...

----------------------------------

23:00 da noite...

Ana: Cid...

-Cid corre e abraça Ana... (que ainda está nua)

Cid: Que bom que você está bem...

Ana: Não abraça com força, eu estou sentindo dor...

Cid: Ah desculpa...

Ana: Por que você me ajudou? 

Cid: Eu não podia te deixar morrer...

Ana: Seria o certo a acontecer...

Cid: Olha, eu não me importo se você matou milhares de pessoas, eu não me importo se você me matar... Mais eu me importo com você...

Ana: Mas...

Cid: Não importa o seu passado, a única coisa que eu me importo no momento é com você...

Ana: Obrigado Cid...

Cid: Não precisa agradecer...

Ana: Você me deu um motivo para viver...

Cid: Já ia me esquecendo... 

-Cid pega um prato de sopa...

Cid: Abre a boca...

Ana: Não tô com fome...

Cid: Você precisa comer...

Ana: Não preci-

-Cid enfia a colher na boca dela...

Ana: É de carne...

Cid: Eu sabia que você gostava...

Ana: Acho que te amo...

Cid: haha...

Ana: Mais me fala... Você costurou todos os cortes? 

Cid: Sim...

Ana: Então você viu a minh-

-Cid enfia a colher de sopa de novo...

Cid: Se serve de consolo por eu ter te visto pelada... Você é linda...

Ana: Obrigada...

Cid: Mas agora é sério... 

-Cid corta a própria mão com uma faca...

Cid: Promete pra mim que você nunca mais vai tentar se matar...

-Ana corta sua mão... Os dois dão as mãos selando um pacto de sangue...

Ana: Eu prometo...

Cid: Agora come...

Ana: Tá...

Ana pensando: Cid, obrigado por me tratar com carinho... Eu te amo...










Notas Finais


Obrigado por lerem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...