História Alguém como você - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Bad, Carta, Despedida, Sasusaku, Termino
Visualizações 65
Palavras 1.256
Terminada Sim
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie gente😊😊
Espero que gostem ❤

Obs: me desculpem pelos erros ortográficos.

Capítulo 1 - Capítulo único


"Você me perguntou se eu te amo? Claro, que eu te amo, mas nós dois sabemos que nunca vamos dar certo, eu tentei por anos manter nosso relacionamento, me doei por completo e você só pela metade, eu mereço alguém que me dê o amor que você não conseguiu me dar, e você merece alguém que te mude como eu não consegui mudar…Eu quero que você me esqueça, precisamos disso para sermos felizes, nosso amor é impossível, mesmo que exista sentimentos não significa que fomos feitos um para o outro. 

Você me deu tudo que eu precisava, você me mostrou como o mundo realmente é quando você tira o pé do freio, e eu te agradeço por isso, você me deu o sentimento que tanto desejei, mas você não mudou por mim como eu tanto esperei, desistiu na primeira tentativa e me deixou levando isso adiante sozinha… E no fim machuquei mais do que o  previsto. Apesar de tudo que passamos, eu sei que vou encontrar alguém que me trate como eu mereço, e você vai achar alguém que aceite seus defeitos como eu não consegui aceitar, alguém que ria de suas brincadeiras e conheça tuas manias. E Daqui a alguns anos você vai me ver e tudo isso que sentimos vai ter desaparecido.

Sobre esse amor; o doe para outra pessoa não o guarde para mim, pois eu não conseguirei mais continuar me machucando com isso...Me desculpa por não continuar lutando pelo nosso amor, mas eu já tentei demais, te dei milhares de chances que você jogou no lixo, então eu estou indo embora, quando eu sair por aquela porta todo esse amor vai ficar aqui; dentro desse apartamento frio e sem cor. Eu só te peço para não vir atrás de mim, é tarde para tentar consertar o que já passou, obrigada por esse amor que você me deu, mas chegou a hora de partir, me deixa ser feliz com outra pessoa e encontre alguém para você.

Acredite eu jamais amarei alguém como eu amei você, ninguém vai ocupar o seu lugar no meu coração, mas isso tudo não vai vir a tona de novo, porque dói toda vez que você toca, me esqueça por favor, eu imploro, lembra que eu te disse que uma vez: O amor dura, mas vezes machuca? O nosso durou, mas sempre nos machucou de todas as formas possíveis. Eu não vou apagar nossas lembranças da minha mente, tudo que vivemos vai ficar guardado aqui...Eu te amo, mas, chegou minha hora de dizer adeus."

Com os olhos cheio de lágrimas e um vazio insubstituível no peito eu me levanto deixando a carta escrita a mão em cima da mesa. Eu sei que foi cruel da minha parte deixar uma carta ao invés de dizer pessoalmente, mas iria doer muito mais do que está doendo agora, se eu olhasse nos olhos de Sasuke, e eu sei que jamais conseguiria dizer a ele essas palavras tão dolorosas. Espero que um dia tudo o que vivemos não passem de memórias, boas lembranças… Eu quero que ele seja feliz, que me esqueça, que não sofra com a minha ausência, preciso que ele seja feliz para que assim, eu possa seguir em frente, um dia ele vai me agradecer por isso.


     [...]


Não consegui trabalhar direito depois daquela conversa toda com Sakura, eu só espero ter dito a ela as palavras certas dessa vez, eu já a magoei demais e não quero que dessa vez aconteça a mesma coisa, a partir de hoje eu pretendo ser melhor, uma pessoa melhor, por ela,o amor da minha vida, e a pessoa que eu mais preciso ao meu lado, ela é minha luz, minha perdição, eu preciso tanto dela quanto o ar que eu respiro, não sei o que fazer se eu a perder, definitivamente eu não sei.

Abro a grande porta de madeira pesada da sala e adentro minha casa, as luzes estavam todas apagadas e o lugar estava frio, Sakura provavelmente desligou o aquecedor. Caminho até interruptor e de imediato a luz se acende, passo pela mesinha da sala e logo noto um papel pequeno, escrito a mão, uma sensação estranha passou por meu corpo, me deixando de certo modo com medo, me sento na pequena cadeira que ficava a frente e pego o papel na mão e começo a ler. Cada palavra, cada frase era como uma facada em um lugar diferente do meu coração, minhas mãos começam a tremer e meu coração sangrava desesperado.

_ Linda! Não, não, não pode ser, eu não posso te perder, volta pra mim! _ As lágrimas geladas começam a cair dos meus olhos, o vazio que agora se instalou no meu coração parecia se alastrar pelo meu peito, ela era minha direção agora eu estou perdido, sem rumo, sem nada, sem ela eu sou apenas eu, idiota e solitário. Eu a perdi para sempre. E é tudo minha culpa, eu não dei a ela o que ela precisava, eu fui insuficiente para Sakura e agora ela vai encontrar alguém que vai dar a ela tudo que eu não dei, eu nunca a mereci, mas eu não queria perdê-la, e agora eu perdi.

Levanto as presas do chão e pego uma caneta e um papel: 

"Linda, eu sei que tudo que eu disser aqui vai ser em vão, e não estou te pedindo para voltar, eu só quero te dizer algumas palavras mesmo eu sendo péssimo nisso. Me desculpa por todas as vezes que eu te fiz chorar, me perdoa por quebrar seu coração, por fazer você perder o seu tempo comigo. Eu nunca fui a pessoa certa para você, eu sabia, mas sempre ignorei, achei que você nunca cansaria das minhas chatices, dos meus erros; que para mim eram bobos. Mas em você doía, eu quero que saiba que eu sempre vou te amar, eu não vou encontrar outra pessoa para ocupar o seu lugar, porque eu jamais vou amar alguém, só você, linda. 

Me perdoa por ter te machucado tanto com minhas palavras e minhas atitudes. Você me deu os melhores anos da minha vida e tudo que ninguém nunca me deu. Eu não vou te procurar como você me pediu, mas também não vou esquecê-la. Seja feliz com a pessoa que você escolher e eu espero de verdade que ela te trate e te ame como você merece, que te dê tudo que eu jamais consegui te dar. Eu te amo para sempre"

Tudo isso que eu escrevi foi sincero, mas me quebrou de uma forma incurável, eu provoquei tudo isso e assumir dói demais. Mas eu espero que ela possa ser feliz, não desejo nada além de felicidades a ela. Eu vou seguir em frente por ela, mas ela está tatuada no meu coração permanentemente, vou amá-la para sempre, sempre que eu a ver vai ser como da primeira vez, quando ela apareceu com seus cabelos molhados e suas roupas sujas depois de cair correndo da chuva, todos os nossos momentos vão ficar aqui no meu coração, no lugar mais especial que eu conseguir guardar.

Pego a carta e as chaves do apartamento, tranco a porta assim que saio, eu sei que saí de lá disposto a deixar tudo, agora são apenas lembranças de dias insubstituíveis, mas, que já passaram...Coloco o bilhete na caixa de correio.

"Sakura sempre fora o oceano em que não consegui navegar" _ olho para a caixa de correio uma última vez, então isso era o fim de um amor impossível? Nunca imaginei que doesse tanto dizer adeus.


Notas Finais


Obrigada por lerem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...